1ª Liga 2010 - 2011

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1ª Liga 2010 - 2011

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Jul 04, 2010 8:03 am

Moutinho no Dragão deixa Alvalade em polvorosa

por BRUNO PIRES, CARLOS NOGUEIRA, TIAGO SILVA PIRES
Hoje


Pela primeira vez na história do futebol português, um capitão de um grande ruma a outro grande numa negociação directa entre dois clubes.

João Moutinho deixa o emblema onde se formou, o Sporting, e vai jogar no FC Porto nas próximas quatro temporadas, naquele que é o maior negócio entre dois clubes portugueses.

A decisão de negociar, por parte dos dirigentes leoninos, deixou os órgãos sociais dos verdes e brancos em polvorosa, desagradados com a forma de actuar do presidente José Eduardo Bettencourt, que cedeu, no entender desses dirigentes, à "chantagem" do futebolista, que reclamava o facto de lhe ter sido prometida a saída neste defeso, e do seu empresário, Pini Zahavi, visto como um dos maus da fita.

Os próximos tempos para Bettencourt prometem não ser fáceis, isto a menos que os resultados ajudem e façam esquecer a saída de um símbolo para um dos clubes rivais. Se tal não acontecer, a contestação interna subirá de tom até níveis imprevisíveis.

O primeiro sinal de que algo não estava bem surgiu na quinta--feira, dia do aniversário do clube. Bettencourt confidenciou a pessoas próximas de que Moutinho podia sair e que já não seguiria para o estágio francês, que se inicia amanhã em Évian-les-Bains.

Segundo o DN conseguiu saber, Moutinho e Costinha travaram-se de razões após uma soma de pequenas divergências que tiveram início na época passada. A gota de água foi a divulgação de que o médio iria perder a braçadeira de capitão. Moutinho não gostou de ler a notícia e interpretou que teria sido o Sporting a "passar" a informação. Em simultâneo, com a ausência de propostas do estrangeiro, fez ver que merecia ser aumentado, ao que lhe foi respondido que não era possível e que o seu ordenado já "batia" no tecto salarial.

Colocado perante o interesse do FC Porto, o Sporting vacilou mas, à falta de ofertas, tomou a decisão de negociar com o FC Porto - que deve deixar sair Raul Meireles - , um clube com o qual se tem entendido bem no que toca a medidas estruturantes no futebol português, nomeadamente no que à Liga de Clubes diz respeito.

Segundo o DN conseguiu apurar, o Sporting vai receber, sensivelmente, dez milhões de euros, e fica com a metade do passe de Postiga que ainda pertencia ao FC Porto (2,5 milhões) e ainda a totalidade dos direitos desportivos do jovem central Nuno André Coelho. E ainda mantém 25% do passe de Moutinho. O FC Porto, por seu turno, tenciona vender parte de 75% do passe que adquiriu, de forma a suavizar o investimento feito.

O brasileiro Helton foi outro dos nomes conversados, mas o Sporting tem, praticamente, garantido o guarda-redes Nilson, do Vitória de Guimarães.

O último passo da negociação foi dado com o empréstimo do extremo Bruno Pereirinha aos minhotos.

Em cima da mesa está ainda a possibilidade de o Sporting e o FC Porto negociarem, em separado, Farías e... Vukcevic. Ontem, porém, o treinador do Sporting, Paulo Sérgio, decidiu reintegrar o montenegrino deixando uma pequena farpa a Paulo Bento e Carvalhal: "Apercebi-me junto do grupo que, muitas vezes, Vukcevic foi mais vítima do que prevaricador e que é bom elemento no balneário."

In DN


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vítor Baía deixa FC Porto

Mensagem por Joao Ruiz em Seg Jul 26, 2010 3:54 pm

Vítor Baía deixa FC Porto

Hoje


A decisão partiu do antigo guarda-redes, que agora desempenhava o cargo de director de relações externas do clube

Vítor Baía deixou o cargo de director de relações externas do FC Porto, que ocupava desde que abandonou a carreira de guarda-redes. A informação foi hoje confirmada no site oficial dos dragões.

'O director de relações externas da FC Porto – Futebol, SAD, Vítor Baía, apresentou um pedido de cessação de funções ao presidente do Conselho de Administração, no qual demonstrou 'o propósito de abraçar um projecto de natureza pessoal'. A Administração compreendeu os argumentos aludidos, restando desejar-lhe os maiores sucessos na sua nova actividade, sem prejuízo de esperar que se criem condições para o seu retorno quotidiano a esta casa.

In DN


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Contratos milionários deixam Jesus nervoso

Mensagem por Joao Ruiz em Ter Ago 17, 2010 7:17 am

.
Contratos milionários deixam Jesus nervoso

por CARLOS NOGUEIRA
Hoje


O treinador deseja que a janela de mercado feche rapidamente para que os jogadores se concentrem apenas no trabalho.

Maldito mercado de transferências! Esta deve ser uma frase muitas vezes repetida por Jorge Jesus nos últimos dias. As derrotas com o FC Porto e a Académica colocaram a nu um problema que, sabe o DN, se vem agudizando à medida que avança o mês de Agosto.

É que alguns dos jogadores mais importantes da equipa do Benfica, no caso Luisão, David Luiz, Fábio Coentrão e Cardozo receberam propostas salariais milionárias de outros clubes, o que faz aumentar o desejo de verem concretizada uma transferência.

A situação agudizou-se com a chegada dos jogadores que estiveram no Mundial da África do Sul, com o treinador a ter a consciência de que esses atletas estão com algumas dificuldades em assimilar aquilo que pretende deles, pois estão constantemente a receber telefonemas de empresários a acenar com propostas. Jesus debate-se com um problema de falta de tranquilidade para trabalhar, daí se explica o menor rendimento.

Ao que o DN apurou, o recente desabafo de Jesus de que só iria ter a equipa a render o máximo na 4.ª ou 5.ª jornada prende-se não só com os índices físicos, mas sobretudo com o fim do mercado (31 de Agosto), que permitirá mais tranquilidade para desenvolver o trabalho que deu frutos na última época.

Conhecendo bem a forma de pensar dos futebolistas, o DN sabe que Jesus tem evitado puxar as orelhas aos seus atletas nesta fase, pois assim poderia criar focos de conflito desnecessários.

O treinador do Benfica deseja, ainda assim, que nenhum desses jogadores mais assediados saia, sobretudo aqueles que compõem o sector defensivo, e pretende ver a equipa reforçada com dois elementos que possam fazer esquecer Ramires e Di María.

Jesus também anda nervoso com a demora que o processo de reforço do plantel está a ter, até porque isso representará igualmente um atraso na evolução da equipa. Durante esta semana deverão haver desenvolvimentos significativos relativos ao médio direito. Com Wesley, do Santos, praticamente descartado, até porque os ucranianos do Shakhtar surgiram com "dinheiro fresco" (10 milhões de euros), o Benfica vai avançar para Elias, do Corinthians, ou Maylson, do Grêmio. O DN sabe que já se iniciaram os primeiros contactos para a contratação de um deles, pelo que nas próximas horas deverá viajar um emissário encarnado para o Brasil para fechar este dossiê. Enquanto isso, no Uruguai continua-se a falar no interesse do Benfica no central uruguaio Sebatián Coates.

In DN


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Liga 2010 - 2011

Mensagem por Viriato em Ter Ago 17, 2010 7:27 am

Eis como vai acabar Jesus (o do Benfica)


avatar
Viriato

Pontos : 16657

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Liga 2010 - 2011

Mensagem por Vitor mango em Ter Ago 17, 2010 7:56 am

[color=red]amen [/color]
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Liga 2010 - 2011

Mensagem por Vitor mango em Ter Ago 17, 2010 7:56 am

Vitor mango escreveu:[amen
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Liga 2010 - 2011

Mensagem por Joao Ruiz em Ter Ago 17, 2010 9:02 am

Ai que mauzinhos!!!!

Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bettencourt ameaça proibir entrada a jornalistas

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Out 03, 2010 2:11 pm

.
Bettencourt ameaça proibir entrada a jornalistas

por ISAURA ALMEIDA
Hoje


Presidente do Sporting revoltado com notícias sobre o clube pode tomar "medidas drásticas".

E vão dois comunicados! Na véspera do jogo com o Beira Mar os leões fizeram questão de lamentar "as notícias falsas" que têm afectado o grupo de trabalho nos últimos dias. Depois do comunicado lido pela manhã pelo capitão Daniel Carriço, ao início da tarde foi a vez de José Eduardo Bettencourt marcar posição e reagir às referidas notícias. O presidente ameaça os jornalistas com "medidas mais drásticas", que podem culminar na proibição de entrar nas instalações do clube.

Leia o comunicado na íntegra:

"O Sporting tem sido alvo, constantemente, de notícias caluniosas e totalmente falsas, que afectam gravemente o bom nome e a imagem da Instituição e dos seus profissionais.

A permanente divulgação de factos que não passam de mera ficção e de notícias fabricadas com intuitos desestabilizadores obrigam-nos a tomar medidas mais drásticas, caso a comunicação social não se retrate e não inverta esta tendência maliciosa de denegrir o Sporting.

A sucessiva difamação, quer dos dirigentes quer dos profissionais deste Clube, muitas vezes a rasar o enxovalho e a maledicência não é tolerável e requer uma tomada de posição rigorosa na defesa dos nossos interesses.

Assim sendo, e porque todo o grupo de trabalho - dirigentes, técnicos, jogadores e demais staff do Departamento de Futebol - está revoltado com a situação e solidário na acção, a partir desta data, quem desrespeitar o bom nome do Sporting e dos seus profissionais ficará privado de entrar nas instalações do clube. A bem da verdade e do respeito pela ética".

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leão vence com medo da própria sombra

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Nov 14, 2010 5:37 am

.
Leão vence com medo da própria sombra

por BRUNO PIRES,
Hoje


Na primeira parte, o Sporting passeou. Aos 47' sofreu um golo e a equipa encolheu-se com responsabilidades para Paulo Sérgio.

O Sporting é, na actualidade, uma equipa em pânico. O que se passou ontem em Coimbra é sintomático do que se passa em Alcochete e em Alvalade.

Uma meia-hora inicial de bom nível com o trio de ataque a funcionar, o meio-campo a carburar e a defesa muito concentrada. Com estes três sectores totalmente ligados, os leões marcaram dois golos, fruto da dinâmica ofensiva (neste particular Vukcevic e Valdés, sobretudo este, estiveram em plano de evidência) que a Académica não conseguiu suster. Ao intervalo o Sporting vencia, convencia, mas a Académica era uma desilusão, principalmente porque a Briosa estava mais bem posicionada na tabela do que o seu opositor.

Mas tudo se alterou aos 47 minutos quando Miguel Fidalgo, um ponta-de-lança português, reduziu a desvantagem. Via-se na cara dos jogadores do Sporting o 'filme' exibido segunda-feira com o Vitória de Guimarães - o Sporting vencia por 2-0 mas perdeu por 2-3.

Os segundos 45 minutos foram de enorme pressão da Académica que tudo fez para chegar ao empate. E merecia. Tudo se complicou para o Sporting quando o seu treinador passou o seu próprio receio para as quatro linhas. Pedro Mendes e Torsiglieri foram lançados apenas para defender os três pontos. E nada mais.

É verdade que o Sporting tem como obrigação vencer, mas não de qualquer forma. O seu técnico, que já foi arrojado noutras ocasiões, exibiu laivos de treinador de equipa pequena - e isso não costuma ser bom sinal. E só não sofreu o empate porque não calhou, porque Rui Patrício fez uma estupenda defesa a remate de Miguel Fidalgo e porque a habitual ineficácia leonina parece ter sido transmitida aos jogadores da Académica. Vendo o pânico dos leões e as enormes cautelas do seu trei- nador, Jorge Costa fez o que lhe competia; retirou defesas, meteu avançados. Arriscou tudo.

O Sporting na segunda parte foi uma amostra de grande clube, mas saiu de Coimbra com os três pontos e igualou o rival Benfica. Pelo menos por umas horas...

In DN


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sporting põe-se oficialmente à margem do título

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Nov 28, 2010 10:15 am

.
Sporting põe-se oficialmente à margem do título

por CARLOS NOGUEIRA
Hoje


Empate (1-1) mantém os leões a 13 pontos do líder. Dragões não perdem desde 21 de Março. Benfica pode ganhar nova alma

O Sporting prometeu muito durante o clássico com o FC Porto, ontem em Alvalade, mas acabou por não conseguir manter a vantagem que tinha ao intervalo. E assim, com o empate a uma bola, a equipa de Paulo Sérgio como que confirmou o adeus à luta pelo título, à 12.ª jornada da Liga.

É que recuperar 13 pontos para o líder do campeonato parece ser uma obra impossível numa época em que, na Liga, os leões têm menos vitórias (cinco) do que partidas que não venceram (sete). Além disso, o Sporting perdeu a oportunidade de apanhar o Vitória de Guimarães no segundo lugar e pode esta noite ver o rival Benfica aumentar a sua vantagem para cinco pontos, naquela que é a luta pelo segundo lugar.

Entre os encarnados, este empate de Alvalade pode servir como um bálsamo, pois se vencer em Aveiro pode reduzir para oito pontos a desvantagem em relação ao FC Porto. Ainda assim, a equipa de André Villas-Boas permanece segura na frente, sem derrotas e, apenas, com dois empates concedidos, fora de casa, precisamente frente a Sporting e V. Guimarães.

Com o empate a uma bola em Alvalade, o FC Porto de Villas-Boas já leva 21 jogos oficiais sem perder. O último desaire portista já foi há oito meses e seis dias, mais concretamente a 21 de Março, na final da Taça da Liga, frente ao Benfica (0-3). Depois disso, nunca mais uma equipa derrotou os dragões, e esta época apenas três se podem orgulhar de não terem saído derrotadas: além de Sporting e V. Guimarães, os turcos do Besiktas, para a Liga Europa, no Dragão.

O treinador portista já definiu que a próxima etapa que quer cumprir é chegar ao final de 2010 sem derrotas. Para já, ultrapassou uma barreira importante - onde na época passada havia perdido por 3-0 -, ficam a faltar cinco desafios com Rapid Viena, V. Setúbal, Juv. Évora, CSKA Sófia e Paços de Ferreira. É mesmo uma meta possível...

http://dn.sapo.pt/desporto/interior.aspx?content_id=1722270

In DN


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Liga 2010 - 2011

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum