Grandes discursos sobre Portugal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Grandes discursos sobre Portugal

Mensagem por Viriato em Dom Jun 12, 2011 5:34 am

Grandes discursos sobre Portugal

por FERREIRA FERNANDES


Gostei dos discursos do fim-de-semana sobre Portugal. Foram discursos bem curtidos, que nos podem levar longe. Mais do que apontar um caminho, caminhou-se. Os discursos de que falo, claro, foram proferidos pelo presidente da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado e pelos representantes sindicais. Traduzidos, os discursos dão isto: subida de 2% nos salários. Coisa enorme, num país que corta no que ganha e suspira de alívio por continuar a ganhar. Os que fazem sapatos vão ganhar mais, porque seu sector subiu 20% nas exportações e começa a confirmar no estrangeiro o lema que espalhou lá fora nas feiras de calçado: "Sapatos portugueses: desenhados pelo futuro." Deixem-me contar uma história que se calça que nem uma luva nesta actualidade. Apeles, o artista grego, tinha feito um desenho de uma divindade do Olimpo. Um humilde sapateiro fez um reparo sobre as sandálias, o que Apeles acatou - mudou o desenho. Embalado, o sapateiro começou a dar bitaites sobre o nariz da divindade, a inclinação do torso, a proporção das mãos... Aí, Apeles mandou parar: "Ne sutor ultra crepidam." Que vai em latim porque foi por aí que nos chegou o provérbio: "Não suba o sapateiro além da chinela." É provérbio antigo e continua a valer. Os nossos bons sapateiros que continuem a fazer bons sapatos, cada vez melhores e mais exportáveis. E como seria bom continuar a ouvir só estes discursos de gente sábia que prova que o é.
avatar
Viriato

Pontos : 16657

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grandes discursos sobre Portugal

Mensagem por Vagueante em Seg Jun 13, 2011 12:10 pm

Viriato escreveu:Grandes discursos sobre Portugal

por FERREIRA FERNANDES


Gostei dos discursos do fim-de-semana sobre Portugal. Foram discursos bem curtidos, que nos podem levar longe. Mais do que apontar um caminho, caminhou-se. Os discursos de que falo, claro, foram proferidos pelo presidente da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado e pelos representantes sindicais. Traduzidos, os discursos dão isto: subida de 2% nos salários. Coisa enorme, num país que corta no que ganha e suspira de alívio por continuar a ganhar. Os que fazem sapatos vão ganhar mais, porque seu sector subiu 20% nas exportações e começa a confirmar no estrangeiro o lema que espalhou lá fora nas feiras de calçado: "Sapatos portugueses: desenhados pelo futuro." Deixem-me contar uma história que se calça que nem uma luva nesta actualidade. Apeles, o artista grego, tinha feito um desenho de uma divindade do Olimpo. Um humilde sapateiro fez um reparo sobre as sandálias, o que Apeles acatou - mudou o desenho. Embalado, o sapateiro começou a dar bitaites sobre o nariz da divindade, a inclinação do torso, a proporção das mãos... Aí, Apeles mandou parar: "Ne sutor ultra crepidam." Que vai em latim porque foi por aí que nos chegou o provérbio: "Não suba o sapateiro além da chinela." É provérbio antigo e continua a valer. Os nossos bons sapateiros que continuem a fazer bons sapatos, cada vez melhores e mais exportáveis. E como seria bom continuar a ouvir só estes discursos de gente sábia que prova que o é.

Confesso que não percebi a alegoria.
Quem é aqui Apeles?
Quem é aqui o sapateiro?

Talvez 2% seja pouco mas atendendo àquilo que está a acontecer na generalidade dos outros sectores da economia, é um avanço enorme.
As exportações sobem 20%? ainda bem que assim acontece. Não se pense todavia que elas continuariam a crescer da mesma forma se, além de 2% de aumento salarial se desse aos trabalhadores um aumento superior.
Não queiramos matar a galinha dos ovos de ouro.

Vagueante

Pontos : 1698

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum