artigo Mango publicado no Diario de leiria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

artigo Mango publicado no Diario de leiria

Mensagem por Vitor mango em Sex Ago 19, 2011 11:47 am

artigo Mango publicado no Diario de leiria

Quando uma praga o não é

Suponha o leitor que a arvore que tem no seu quintal
,de um momento para o outro era invadida por
borboletas e que em poucos dias centenas de lagartas
começavam a comer-lhe as folhas da sua Amoreira .
A sua vontade é ir á drogaria arranjar um pulverizador
e dar cabo de toda aquela praga
Vamos ter calma e observar de perto esta invasão .
Vemos que a lagarta quando nasce tem apenas 2,5 mm de
comprimento . Durante 42 dias ela come sem parar ,
sofre quatro mudas e o seu peso a partir do original
aumenta 10.000 vezes . Quando atinge os 5 centímetros
procura um lugar tranquilo e começa a tecer um casulo
de cor branca amarelada . Se nada fizermos ao casulo ,
do tamanho de uma azeitona , de dentro dele vai nascer
uma borboleta .
Mas vamos fazer uma experiência com o casulo .
Levamo-lo e , metemo-lo em agua quente para matar a
crisálida ,e amolecemos o mesmo para lhe tirar uma
espécie de goma que cola os fios tecidos pela lagarta
. Depois , com uma espécie de pincel , vamos girando
os casulos , apanhando as pontas dos fios
desenrolando-os lentamente ; Ou seja estamos a
desafazer todo o trabalho que a lagarta fez através de
dois vasos ou sacos colocados ao longo do seu corpo .
Por pequenos orifícios saiem dois finos fios sedosos
que se juntam num só .
Este imenso e meticuloso trabalho demora apenas três
a 5 dias .
Com a paciência de um chinês , o amigo vai
desenrolando tão fino fio e enrolando-o numa roda
formando uma meada . Para já , não sei se conseguirá
enrolar mais de 1 quilometro de fio sem perder a
paciência . Se conseguiu lave a meada em agua quente e
bata-a e purifique-a com um acido leve . Seca a
meada é depois penteada e pronta para entregar para a
tecelagem .
O amigo não descobriu o fabrico da seda porque isso já
foi feito á 2.600 anos quando um chinês chamado Hwang
–Te ofereceu um vestido de seda á sua esposa Hish–Ling
–Shi .
Devo dizer-lhe que a seda , era de tal maneira
preciosa que por exemplo D. João II (1466) proibia
que na corte fossem usados tais vestidos . Esta seda
produzida na China chegava até nós pelo rota da seda
até Veneza. Atravessava os Himalaias , a Índia e a
Pérsia , até chegar á Turquia , Grécia e Roma
No ano de 550 dois frades visitaram a China e
trouxeram , escondidos em bambus , ovos do bicho da
seda .
Quando em 1988 visitei a china , integrado numa
missão da FAO , havia um grupo de Italianos que não
descansaram enquanto não os levaram a ver um tear
artesanal numa aldeia , cuja foto anexo . Nessa altura
não tinha a sensibilidade da enorme influencia que a
seda veio trazer ao mundo ocidental . Esta fibra ,
feita por uma lagarta de aspecto peçonhento garantia
que o fabrico de finíssimos vestidos fossem quentes no
Inverno e frios no Verão
E nisto de fios criados pela bicharada li algures que
um fio de “seda” criado por uma aranha é capaz de
travar um besouro em pleno voo e mais , se fosse
possível fazer um fio de aranha da espessura de um
lápis , esse mesmo fio teria resistência para
travar no ar um Boing 707 sem se partir .
Se o amigo leitor gosta de curiosidades informo que um
bicho da seda macho consegue detectar uma fêmea a 11
quilómetros

Vamos voltar de novo á amoreira do seu quintal com as
folhas devoradas pelas lagartas do bicho da seda .
Como o leitor viu , uma praga só é uma praga quando
ela , do nosso ponto de vista , não nos traz
benefícios .
Mesmo que desconheçamos a riqueza desta “ praga “ devo
informar que ir a correr comprar um insecticida para
matar lagartas não é solução
Primeiro , as lagartas podem comer até 50% das folhas
de uma arvore sem que isso a prejudique . Depois
através de algumas lagartas mortas , nós podemos
avaliar as causas dessas mortes e criarmos , a partir
daí , o nosso controle sobre a “ praga “ Ao
utilizarmos um insectidade vamos naturalmente alterar
e matar a maioria dos insectos que se autocontrolam
uns aos outros .
Mas voltando ainda á China a cena mais comica a que
assisti foi a discussão entre um entomologia canadiano
e um colega chinês onde o canadiano despejou tudo
sobre o que era insecticida mais forte e mais eficaz
produzido pelo ocidente e o chinês abanava a cabeça e
dizia não . Que o sistema deles era muito mais eficaz
.
Aflito o canadiano perguntou-lhe
Então qual é o vosso método para o controle da praga ?
A resposta foi cómica
Nós , Chineses , fritamos esses insectos e
comemo-los !
“SER um petisco muito bom “ !- Disseram eles perante a
nossa estupefacção

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 109298

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum