Geral

Ir em baixo

Geral Empty Geral

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Mar 04, 2012 4:17 pm

.
Estudos reiteram benefícios da dieta mediterrânica

por Lusa
Hoje

Geral Ng1469780

A dieta mediterrânica é a mais saudável para o coração e para controlar colesterol, triglicéridos, pressão arterial e glicose, concluem 50 estudos divulgados pela revista do Colégio norte-americano de Cardiologia.

O número de Março da revista publica uma meta-análise que inclui os resultados de 50 investigações sobre a dieta mediterrânica, que a apresentam como "um seguro de vida" para ter um coração saudável. Demóstenes Panagiotakos, professor da Universidade ateniense Harokopio e coordenador do estudo, salientou, citado pela agência Efe, que a comunidade médica detectou que a síndrome metabólica "está a aumentar rapidamente em todo o mundo, ao mesmo tempo que a incidência crescente da diabetes e da obesidade".

Por síndrome metabólica designa-se o conjunto de doenças ou factores de risco que aumentam a possibilidade de se vir a sofrer doenças cardiovasculares. O excesso de peso é um desses factores. Segundo os dados analisados por Panagiotakos e Christina-Maria Kastorini, a dieta mediterrânica tem um dos padrões mais conhecidos e bem estudados e demonstrou estar associada à diminuição da mortalidade devido a doenças coronárias, diabetes tipo 2 e alguns tipos de cancro.

Os peritos definem a dieta mediterrânica como correspondendo a um padrão alimentar que inclui uma dose diária de fruta, verdura, cereais integrais e laticínios com pouca gordura, além de um consumo semanal de peixe, aves, frutos secos e legumes, com um consumo relativamente baixo de carne vermelha e moderado de álcool, normalmente às refeições. Também está incluído no padrão alimentar o consumo elevado de azeitonas e azeite.

"Os nossos resultados somam-se ao conhecimento existente e demonstram mais uma vez o papel de protecção e a importância de factores como, principalmente, o estilo de vida e os hábitos alimentares no desenvolvimento e progressão da síndrome metabólica", avançou Pangiotakos.

In DN

Geral 0002037D

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Geral Empty Gastronomia sofisticada

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Mar 04, 2012 4:18 pm

.
Gastronomia sofisticada
Douro


Geral Ruipaula

Ingredientes da Amazónia unem-se à gastronomia do Douro

Os sabores selvagens da Amazônia se uniram nesta quarta-feira à tradição do Douro, num momento único de cozinha protagonizado pelo chef português Rui Paula e pelo amazonense Ofir Oliveira, que apostam na introdução de produtos regionais na gastronomia sofisticada.

A iniciativa inédita partiu do D.O.C, o restaurante de Rui Paula, espaço que navega sobre as águas do rio Douro, na Folgosa, norte português, e que se situa no meio de vinhas.

Esta foi também a oportunidade de Ofir Oliveira ir pela primeira vez a Portugal com a missão de divulgar não só a gastronomia amazonense, mas também apelar à preservação da floresta Amazônica, de onde provêem muitos dos ingredientes utilizados pelo cozinheiro brasileiro, como as frutas cucuaçu, taperebá ou a castanha do Pará.

\\"Nós trabalhamos com os produtos originais\\", disse Ofir Oliveira.

O chef de cozinha levou ainda para Portugal as farinhas de paracui, feitas através do acari-bobó ou do tamuata, a farinha de água e a de tapioca, acondicionada na cesta de vime, que, segundo Ofir, é a \\"primeira embalagem a vácuo que o mundo produziu\\".

A farinha é envolta em folha de guarumá, um arbusto que nasce junto aos rios, cujos talos servem para produzir a cesta.

Na cozinha do D.O.C misturaram-se duas gastronomias ligadas à tradição, às origens e à terra. O ingrediente principal do menu preparado pelos dos dois cozinheiros foi mesmo a criatividade e a surpresa.

A troca de idéias entre Oliveira e Rui Paula levou à criação de um frango com cupuaçu.

\\"Queremos proporcionar uma viagem de sabores recriando a rota dos descobrimentos que os portugueses efetuaram ligando o Brasil e o Oriente\\", frisou Rui Paula.

Aos ingredientes da Amazônia, o chef luso juntou a couve troncha, carne, peixe, lingüiça e o azeite da região.

Já que o palco para o encontro é o Douro, à mesa do D.O.C não poderiam faltar os vinhos produzidos na região mais antiga demarcada do mundo.

Livro

A fusão da cozinha da Amazônia com a do Douro serve de tema para o lançamento do livro \\"Rui Paula - Uma cozinha no Douro\\", no qual o cozinheiro propõe um \\"novo receituário, moderno, cosmopolita e internacional, mas com uma forte ancoragem nos produtos portugueses, nas memórias e sabores antigos\\".

O primeiro livro de Rui Paula foi pela editora QuidNovi e conta com a autoria de Celeste Pereira e fotografias de Nelson Garrido.

O chef luso aposta na apresentação de pratos elaborados, mas em que valoriza o produto, procurando realçar o sabor.

A mesma linha de pensamento seguida por Ofir Oliveira.

\\"A nossa proposta é dar a conhecer ao mundo uma cozinha sofisticada e que vem da natureza. Através disso, nós falamos da cultura e da preservação do meio ambiente\\", frisou o brasileiro.

É que, conforme alertou Oliveira, se a floresta Amazônica não for preservada, o mundo \\"não virá a tempo de conhecer os sabores que ela oferece\\".

Ofir Oliveira é membro da organização internacional Slow Food, um movimento que foi fundado como uma associação enogastronômica pelo ativista alimentar Carlo Petrini na cidade de Bra, no norte da Itália, em 1986.

O objetivo inicial era o de apoiar e defender a boa comida, o prazer gastronômico e um ritmo de vida mais lento e, mais tarde, a iniciativa foi ampliada para abranger a qualidade de vida e, como conseqüência lógica, a própria sobrevivência do planeta em que vivemos.

A Slow Food possui, atualmente, cerca de 85 mil associados em 132 países

Lusa, 2008-10-30
In DTM

Geral 00020126

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Geral Empty Gastronomia portuguesa marca presença no Fórum Girona 2009

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Mar 04, 2012 4:28 pm

.
Gastronomia portuguesa marca presença no Fórum Girona 2009

Geral 0ACABCE856AE46A5F526B0499471

Chefs nacionais levam o melhor da gastronomia e dos vinhos portugueses àquele que é considerado como sendo o maior congresso gastronómico da Europa

O melhor da gastronomia e dos vinhos portugueses vai ser apresentado por conceituados chefs nacionais no Fórum Girona 2009, o maior congresso gastronómico da Europa, que se realiza no Palácio de Feiras e Auditório do Palácio de Congressos daquela cidade catalã, a partir de hoje e até 25 de Fevereiro.

O evento, patrocinado pelo Turismo de Portugal e pela Associação Turismo de Lisboa, pretende dar a conhecer ao público espanhol (profissionais de referência na área, líderes de opinião e público em geral), e à Catalunha em especial, a gastronomia e os vinhos portugueses – um dos produtos turísticos estratégicos nacionais.

Aberto ao público em geral nos dois primeiros dias, o congresso estima receber 30 mil visitantes, 150 profissionais mundialmente reconhecidos, 300 expositores e 200 jornalistas.

Em 2008, desembarcaram nos aeroportos portugueses 1,125 milhões de passageiros oriundos das quatro regiões espanholas de média distância mais populosas (Catalunha, Madrid, Valência e País Basco), com a Catalunha a gerar 405 mil passageiros. Entre estas quatro regiões e os aeroportos portugueses registam-se mais de 300 frequências aéreas semanais.

A participação de Portugal neste evento, como país convidado, antecipa a 2.ª edição do festival gastronómico nacional - Peixe em Lisboa, que acontecerá de 18 a 26 de Abril, no Pavilhão de Portugal, com a participação de 20 chefs nacionais e internacionais e 10 restaurantes. Em 2008, a 1.ª edição atraiu 15 mil pessoas.


Fórum Girona 2009

22 de Fevereiro | Dia de Portugal

Menu em sistema buffet para todo o público, produzido exclusivamente com produtos e vinhos portugueses, confeccionados por seis chefes nacionais (Alexandre Ferreira, Escola de Hotelaria de Lamego; Jerónimo Ferreira, Sheraton Porto; Álvaro Costa, Pestana Porto; Marco Gomes, Foz Velha; Vítor Matos, Tiara Hotel; Luís Américo, Degusto)

23 de Fevereiro | Jantar oficial

Jantar oficial para convidados do Turismo de Portugal, com um menu de degustação elaborado com produtos, ingredientes e vinhos portugueses e confeccionado pelos chefes Henrique Sá Pessoa (Alma), Fausto Airoldi (Evolução Gastronómica), Bertílio Gomes (Vírgula), Vítor Sobral (Terreiro do Paço), Augusto Gemelli (Gemelli) e Luís Baena (Terraço, Hotéis Tivoli). Acção de promoção dos vinhos Alvarinhos.

24 de Fevereiro | Aulas magistrais e cozinha ao vivo; degustação de vinhos

No auditório central, os chefes Luís Baena e Augusto Gemelli dão aulas magistrais e cozinham ao vivo para 1200 congressistas. O gastrónomo José Bento dos Santos acompanha esta acção. Noutra sala, o chefe José Avillez harmoniza Vinhos do Porto com elaborações doces, prova comentada pelo enólogo Bento Amaral para 90 especialistas mundiais. Degustação de vinhos do Douro.


In Msn Notícias

Geral 00020320

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Geral Empty Re: Geral

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum