Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 1:01 am

Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria



País vive nova escalada de violência desde domingo; mais de 60 mil sírios morreram com a guerra civil
























Reprodução/Agência de Notícias Síria Árabe (SANA)

Presidente sírio Bashar Al Assad atende a cerimômia para comemorar
aniversário de Maomé, ao lado de autoridades religiosas e políticas

O presidente da Síria, Bashar al Assad, fez nesta quinta-feira (24/01)
uma rara aparição pública, transmitida pela rede de televisão estatal,
em uma mesquita no norte de Damasco, por ocasião da festa muçulmana que
lembra o nascimento, há 15 séculos, do profeta Maomé.



Nas imagens, Assad apareceu sentado entre o ministro de Assuntos
Religiosos, Mohammed Abdelsatar, e o mufti (maior autoridade sunita) da
Síria, Ahmed Hasum, na mesquita de Al Afram, no bairro de Al
Muayirin.

 A emissora também mostrou o momento no qual o presidente
sírio cumprimentou os fiéis dentro do templo após escutar o sermão do
imã Ahmad al Yazairi.

"Que Alá proteja o presidente de nosso país, o
doutor Bashar al Assad", disse Al Yazairi no sermão.









Leia mais







Abdelsatar havia convocado mais cedo a realização de "milhares de
orações" nas mesquitas na sexta-feira (25/01) para pedir o
restabelecimento da segurança no país, em guerra civil há 22 meses.

"Orações serão realizadas após os serviços na sexta-feira nas mesquitas
da Síria com o apelo para um retorno à segurança e pela proteção da
pátria', disse o ministro, citado pela agência de notícias estatal Sana. Opositores têm realizado protestos anti-regime toda sexta-feira, dia muçulmano de descanso e reza.

Assad também apareceu fora da mesquita após a cerimônia, onde ficou
conversando por alguns momentos antes de entrar em seu carro oficial com
o imã do templo.


A última aparição pública do líder sírio aconteceu no dia 6 de janeiro,
quando fez um discurso na Casa da Ópera de Damasco, no qual reconheceu
que seu país está em uma guerra "em todo o sentido da palavra", disse
que não tinha parceiros com os quais negociar para colocar fim ao
conflito, descartou os apelos para sua renúncia e acusou uma conspiração
de outros países para tentar dividir a Síria.

Violência e descrença

Enquanto isso, conflitos entre tropas sírias e rebeldes continuaram na
parte oeste de Homs, no quinta dia consecutivo de violência na cidade.
De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, 31 soldados, 16
rebeldes e 26 civis foram mortos desde domingo (20/01).

“As tropas sírias se utilizam dos métodos mais hediondos contra seres
humanos... bombardeando com armamento pesado, bloqueando áreas para
evitar a entrada de comida e remédios, mandando milícias sectárias“,
disse o Conselho Nacional Sírio. O Conselho também chamou o “Exército
Nacional Sírio por todo o país para ajudar seus companheiros em Homs com
equipamentos e homens“.

O enviado especial da ONU e Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi,
pediu nesta quinta-feira uma mudança real com um governo de transição
que tenha plenos poderes e conduza o país até a realização de eleições.

Por outro lado, o ministro de Relações Exteriores da França, Laurent
Fabius, também disse hoje que não havia sinais de que a crise síria se
resolveria em breve, em contraste com sua declaração em dezembro de que a
guerra estava perto do fim para Assad. “As coisas não estão evoluindo. A
solução que esperávamos, e com isso quero dizer a queda de Assad e a
chegada da coalizão ao poder, não aconteceu“.

O embaixador do Irã no Iraque, Hassan Danaie-Far, fez um discurso
semelhante: “acredito que [a paz na Síria em 2013] é algo improvável“.
Apesar disso, “notamos que houve alguns sinais no último mês ou dois“ e
que “nem todos os rebeldes combatendo as forças de Assad podem ser
chamados de terroristas“.

Nesta quarta-feira (23/01), a principal plataforma de oposição síria
anunciou que está disposta a aceitar uma transição política, mas sem a
participação de Assad e seu gabinete. "Aceitaremos qualquer solução
política que não inclua a família Assad e os que prejudicaram o povo
sírio. Tirando isso, todas as opções estão sobre a mesa", declarou Walid
al Buni, porta-voz da Coalizão Nacional Síria (CNS).

Desde o início do conflito, mais de 60 mil sírios morreram e outros 650 mil estão refugiados, segundo a ONU.

* Com informações de AFP, EFE e Al Arabiya News

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 1:09 am

a POUCO E POUCO COMEÇO A PERCEBER O DRAMA DA sIRIA E A POSIÇAO DO ASSAD

PARA JA É COMPLEXA
Sabiam que ele ajudou a ia e a america na sua luta contra o Ben Ladd ?
Depois o Libano é uma parte integrante no esquema da Siria por varias razões e jogou ai com o terror para nao deixar sair a vitima e Israelo tentou o jogo para destruir om Hebolad e saiu borrado
A França e Bush acordaram destruir o Assad mas de novo deu borrada porque ele se uniu com o Irão pais de que era inimigo
A Franoça deu uma guinada e fez as pazes com a Siria deixando o Bush descalço mas em troca Assad deu a independencia ao Libano
Actualmente nem a Russi nem a China permitem tocar na Siria e nao querem nem pintados ver la a Nato
Como termina ?
TODO O médio Oriente entronca sempre na guerra de israel e essa mesma guerra serve interesses varios e pestilento onde a religião faz a cocega ...sucede que na Siria havia liberdade religiosa e sendo sunitas nao podiam ver xiitas mas Hoje são aliados

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Joao Ruiz em Seg Jan 28, 2013 6:22 am

.
Se não for muita maçada, dá para pôr um pouco de nexo no fraseado acima, para que se possa aquilatar da sua pertinência?

Gracia tanta!

queen


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 11:02 am

ENTONCES horemos

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 11:03 am

ORAR NA HORA É horar

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106463

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 9:32 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum