Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Ir em baixo

Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 1:01 am

Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria



País vive nova escalada de violência desde domingo; mais de 60 mil sírios morreram com a guerra civil
























Reprodução/Agência de Notícias Síria Árabe (SANA)

Presidente sírio Bashar Al Assad atende a cerimômia para comemorar
aniversário de Maomé, ao lado de autoridades religiosas e políticas

O presidente da Síria, Bashar al Assad, fez nesta quinta-feira (24/01)
uma rara aparição pública, transmitida pela rede de televisão estatal,
em uma mesquita no norte de Damasco, por ocasião da festa muçulmana que
lembra o nascimento, há 15 séculos, do profeta Maomé.



Nas imagens, Assad apareceu sentado entre o ministro de Assuntos
Religiosos, Mohammed Abdelsatar, e o mufti (maior autoridade sunita) da
Síria, Ahmed Hasum, na mesquita de Al Afram, no bairro de Al
Muayirin.

 A emissora também mostrou o momento no qual o presidente
sírio cumprimentou os fiéis dentro do templo após escutar o sermão do
imã Ahmad al Yazairi.

"Que Alá proteja o presidente de nosso país, o
doutor Bashar al Assad", disse Al Yazairi no sermão.









Leia mais


  • Discurso de Assad foi sectário e unilateral, diz enviado especial da ONU
  • Síria acusa enviado especial da ONU de estar do mesmo lado de rebeldes
  • Explosão na Universidade de Aleppo causa dezenas de mortes
  • Ban pede unidade no Conselho de Segurança para resolver "calamidade" síria






Abdelsatar havia convocado mais cedo a realização de "milhares de
orações" nas mesquitas na sexta-feira (25/01) para pedir o
restabelecimento da segurança no país, em guerra civil há 22 meses.

"Orações serão realizadas após os serviços na sexta-feira nas mesquitas
da Síria com o apelo para um retorno à segurança e pela proteção da
pátria', disse o ministro, citado pela agência de notícias estatal Sana. Opositores têm realizado protestos anti-regime toda sexta-feira, dia muçulmano de descanso e reza.

Assad também apareceu fora da mesquita após a cerimônia, onde ficou
conversando por alguns momentos antes de entrar em seu carro oficial com
o imã do templo.


A última aparição pública do líder sírio aconteceu no dia 6 de janeiro,
quando fez um discurso na Casa da Ópera de Damasco, no qual reconheceu
que seu país está em uma guerra "em todo o sentido da palavra", disse
que não tinha parceiros com os quais negociar para colocar fim ao
conflito, descartou os apelos para sua renúncia e acusou uma conspiração
de outros países para tentar dividir a Síria.

Violência e descrença

Enquanto isso, conflitos entre tropas sírias e rebeldes continuaram na
parte oeste de Homs, no quinta dia consecutivo de violência na cidade.
De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, 31 soldados, 16
rebeldes e 26 civis foram mortos desde domingo (20/01).

“As tropas sírias se utilizam dos métodos mais hediondos contra seres
humanos... bombardeando com armamento pesado, bloqueando áreas para
evitar a entrada de comida e remédios, mandando milícias sectárias“,
disse o Conselho Nacional Sírio. O Conselho também chamou o “Exército
Nacional Sírio por todo o país para ajudar seus companheiros em Homs com
equipamentos e homens“.

O enviado especial da ONU e Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi,
pediu nesta quinta-feira uma mudança real com um governo de transição
que tenha plenos poderes e conduza o país até a realização de eleições.

Por outro lado, o ministro de Relações Exteriores da França, Laurent
Fabius, também disse hoje que não havia sinais de que a crise síria se
resolveria em breve, em contraste com sua declaração em dezembro de que a
guerra estava perto do fim para Assad. “As coisas não estão evoluindo. A
solução que esperávamos, e com isso quero dizer a queda de Assad e a
chegada da coalizão ao poder, não aconteceu“.

O embaixador do Irã no Iraque, Hassan Danaie-Far, fez um discurso
semelhante: “acredito que [a paz na Síria em 2013] é algo improvável“.
Apesar disso, “notamos que houve alguns sinais no último mês ou dois“ e
que “nem todos os rebeldes combatendo as forças de Assad podem ser
chamados de terroristas“.

Nesta quarta-feira (23/01), a principal plataforma de oposição síria
anunciou que está disposta a aceitar uma transição política, mas sem a
participação de Assad e seu gabinete. "Aceitaremos qualquer solução
política que não inclua a família Assad e os que prejudicaram o povo
sírio. Tirando isso, todas as opções estão sobre a mesa", declarou Walid
al Buni, porta-voz da Coalizão Nacional Síria (CNS).

Desde o início do conflito, mais de 60 mil sírios morreram e outros 650 mil estão refugiados, segundo a ONU.

* Com informações de AFP, EFE e Al Arabiya News

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 110499

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 1:09 am

a POUCO E POUCO COMEÇO A PERCEBER O DRAMA DA sIRIA E A POSIÇAO DO ASSAD

PARA JA É COMPLEXA
Sabiam que ele ajudou a ia e a america na sua luta contra o Ben Ladd ?
Depois o Libano é uma parte integrante no esquema da Siria por varias razões e jogou ai com o terror para nao deixar sair a vitima e Israelo tentou o jogo para destruir om Hebolad e saiu borrado
A França e Bush acordaram destruir o Assad mas de novo deu borrada porque ele se uniu com o Irão pais de que era inimigo
A Franoça deu uma guinada e fez as pazes com a Siria deixando o Bush descalço mas em troca Assad deu a independencia ao Libano
Actualmente nem a Russi nem a China permitem tocar na Siria e nao querem nem pintados ver la a Nato
Como termina ?
TODO O médio Oriente entronca sempre na guerra de israel e essa mesma guerra serve interesses varios e pestilento onde a religião faz a cocega ...sucede que na Siria havia liberdade religiosa e sendo sunitas nao podiam ver xiitas mas Hoje são aliados

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 110499

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Joao Ruiz em Seg Jan 28, 2013 6:22 am

.
Se não for muita maçada, dá para pôr um pouco de nexo no fraseado acima, para que se possa aquilatar da sua pertinência?

Gracia tanta!

queen


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 11:02 am

ENTONCES horemos

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 110499

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 28, 2013 11:03 am

ORAR NA HORA É horar

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 110499

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Assad faz rara aparição pública em mesquita na capital síria

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum