Rússia preocupada com ataque de Israel à Síria

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Rússia preocupada com ataque de Israel à Síria

Mensagem por Vitor mango em Qui Jan 31, 2013 11:35 am

Rússia preocupada com ataque de Israel à Síria


A Síria afirma que a aviação israelita bombardeou ontem
um centro de investigação militar. A Rússia diz que vai tomar medidas
urgentes.




Alexandre Costa
14:39 Quinta feira, 31 de janeiro de 2013



















A Rússia anunciou medidas urgentes para
esclarecer as informações do exército sírio, segundo as quais jatos
israelitas bombardearam ontem um centro de investigação militar sírio,
pois, caso se confirme, Israel terá violado a carta das Nações Unidas.

"Se esta informação for confirmada, estamos a lidar com
ataques não provocados a alvos situados dentro do território de um país
soberano, o que é uma gritante violação da Carta das Nações Unidas e é
inaceitável, independentemente dos motivos que o justifiquem", afirmou o
ministro russo dos Negócios Estrangeiros.

As informações do exército sírio, veiculadas pelos media
do país, indicaram que duas pessoas morreram e cinco ficaram feridas no
bombardeamento israelita sobre o centro de Jamraya, localizado entre a
capital síria e a fronteira com o Líbano.

Tanto Israel como os Estados Unidos recusaram comentar o caso.

Equipamento antiaéreo para o Líbano


Fontes oficiais norte-americanas, que falaram sob
anonimato ao "The New York Times", indicaram contudo ter recebido
informações por parte de Israel sobre o bombardeamento aéreo que ontem
efetuaram em território sírio, que supostamente teve como alvo camiões
que transportariam sofisticado equipamento antiaéreo do centro de
investigação militar com destino ao Líbano onde seriam entregues à
milícia xiita do Hezbollah.

O exército libanês informou de um sobrevoo
particularmente intensivo do seu território, especificando que 16 aviões
de combate israelitas tinham entrado no espaço aéreo libanês só no dia
de terça-feira.

O exército israelita e a presidência e o Departamento de Estado dos EUA recusaram comentar estas informações.

O chefe dos serviços de informações israelitas, general
Aviv Kochavi, está em Washington, onde se reuniu, entre outros, com o
principal chefe militar

Israel avisara anteriormente que tomaria medidas
militares para impedir que armas químicas do regime sírio acabassem em
poder do Hezbollah



Ler mais: http://expresso.sapo.pt/russia-preocupada-com-ataque-de-israel-a-siria=f783631#ixzz2JZzopDkk

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum