Festas , foguetes e Balões

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Festas , foguetes e Balões

Mensagem por Vitor mango em Seg Abr 29, 2013 8:15 am

Festas , foguetes e Balões ...meu artigo no Diario de Leiria

O ano passado toda a região de Leiria ardia e no ar
misturava-se o ensurdecedor estalar dos foguetes com
o alarme das sirenes dos bombeiros

Um calor de abrasar vinha conferir ao drama um enorme
desconforto a que se associou medo .e muitas vezes o
puro pânico num céu já escuro do fumo da mata ardida

Um dinamarquês veio ter comigo completamente assustado
. Pensava que estávamos em guerra civil . O caso não
era para menos !. Convenci-o de que os foguetes eram
avisos para o POVO comparecer na festa na aldeia mais
próxima e que os fogos eram normais nesta altura . Não
havia lógica na minha resposta mas a minha convicção
não admitia argumentação .

A Origem dos Foguetes e Balões

A origem das festas , por esta altura tem a ver com os
rituais da época das colheitas que marcam o ápice do
Verão em que os povos antigos como os celtas , bascos,
egípcios e sumérios saíam á rua gritavam e dançavam em
volta de uma fogueira ou se ofereciam oferendas ás
divindades
Na tradição cristã acrescentou-se a euforia do pai de
S. João chamado Zacarias que não tendo filhos ,
recebeu uma mensagem de que ia ser pai que o deixou
gago . Quando o filho nasceu desfez-se a gaguez e
explodiu em alegria

Com o nosso dinamarquês eu fui mais longe
acrescentando a minha pitada de ironia nas tradições
lusitanas para justificar tanto barulho.
Sabe que vivemos muito perto da costa e quando os
piratas se aproximavam da costa
os foguetes eram um sinal claro para tudo pegar em
armas para a sua defesa . Hoje é o padre da aldeia que
engrossa a voz para os fieis irem á igreja e depois á
festa .
Aí já se convenceu , até porque o seu país exportava
piratas para a nossa costa .

Vamos aos Balões

Já não há lançamento de balões em Portugal mas ainda
me lembro de assistir ao lançamento dos mesmos . Para
os mais novos informo que os balões eram feitos com
uma estrutura muito leve de arame revestido a papel de
seda , sanfonado e com uma boca aonde era suspensa uma
mecha a arder . O Balão era erguido pelos populares
até que o ar quente , no seu interior , o erguesse
verticalmente .
Ficando mais leve que o ar bastava um pequeno impulso
para ele começar a subir o que deixava os incrédulos
de boca aberta , daí a origem :
- Oh patego olha o balão !
Havia ainda um rabo que era acrescendo na ascensão
para o equilibrar
Este balão percorria quilómetros ou incendiava-se no
ar
A aldeia inteira adorava o lançamento dos balões até
que foram proibidos dado o evidente perigo de
incêndios
Os balões são de origem chinesa e foram trazido
primeiro para Veneza e daqui para Portugal .

Balões no Brasil
Para minha surpresa fui encontrar o lançamento de
balões nas aldeias e zonas mais pobres do Brasil .
Apesar de altamente proibido , as populações
acrescentam a este ritual a capacidade de fazer
lançamentos fugindo ao controle policial
A tradição dos balões manteve-se mas dos foguetes não
, pelo menos na parte que visitei .

As leis portuguesas

Com tanto fogo e perigo de incêndio a pergunta lógica
é porque não se acabam com os foguetes .
Só as Camaras podem autorizar o lançamento de foguetes
a pelo menos 300 metros longe de pinhais e os
bombeiros têem de ser avisados com antecedência
Só que esta norma cria casos anedóticos como este em
que duas aldeias pertencentes a Câmaras diferentes ,
uma viu recusado o lançamento e a outra a devida
autorização . O caso ficou sanado com a ida dos não
autorizados lançar foguetes na casa alheia .

Depois há o caso das actividades económicas que a
industria arrasta onde trabalham 2000 trabalhadores e
se factura 50 milhões de euros . Proibir , o seu
fabrico é, de caras entregar o negocio aos vizinhos
espanhóis que lhe chamariam um FIGO

Neste caso actua-se tal e qual como na poluição das
pocilgas pela industria dos “ Porcos “ que estando em
causa uma industria ou o bem estar e a saúde das
populações , se protege quem polui numa opção
anti-natural .
No caso dos FOGOS o caso não é grave é dramático !
A Floresta ardida o ano passado arrasou com parte da
nossa capacidade de mobilizar milhões de euros em
empregos ao mesmo tempo que atirou para o desemprego
milhares de pessoas cuja actividades estava ligadas á
Floresta

Aqui como com a poluição sabemos que a repressão não
funciona mas sim uma consciencialização das populações
começando pelas crianças nas escolas .
O futuro poderá encontrar outras formas electrónicas
de chamar as populações para as festividades desta
época .Como nada se faz ninguém tem interesse em
modificar nada

As leis multam agora os fumadores que nos carros abrem
as janelas e atiram as beatas para a estrada . Em dias
de calor basta uma aragem para levar a mesma para a
berma e se iniciar um foco de incêndio enquanto o mau
cidadão liga o ar condicionamento sem sequer sonhar a
vida negra que vai levar aos bombeiros debaixo dum
fogo tórrido .
Um tímida norma para o muito que havia a fazer .

Somos governados pelo nacional Porreirismo central ou
localmente e quanto a isto só existe uma acção eficaz
.
Educação !
Ou então corremos o risco de um ministro qualquer vir
dizer que os fogos se devem a granadas guardadas
como recordação de uma guerra perdida algures no
planeta e de onde os nossos soldados regressaram .Uma
forma anedótica para não chamar outro nome para
classificar um POVO que sempre gostou da floresta
desde a sua origem e que não merecia ter semelhante
ministro a abrir a boca .

O POVO inteiro sabe perfeitamente a origem dos fogos
e a industria que o acciona para alem das causas
naturais evidentes em que as matas implantadas sem o
mínimo de cuidados de acesso e ausência de desmataçâo
e a fuja das populações do interior do país para as
cidades .A ausência de populações libertaram o Fogo
para avançar nessas áreas .

Nisto tudo podem podíamos dizer que o exemplo é o da
pescada de rabo na boca .
A única coisa é rezar a um santo , menos ao S.
Zacarias que esse ficou gago e só gritou quando soube
que era pai
O caso não era para menos

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Festas , foguetes e Balões

Mensagem por Vitor mango em Seg Abr 29, 2013 8:17 am


_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum