Hortelã , piratas , chocolates e gripes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hortelã , piratas , chocolates e gripes

Mensagem por Vitor mango em Qua Out 23, 2013 2:34 am

Hortelã , piratas , chocolates e gripes
 por Vitor mango em Seg Out 21, 2013 10:25 pm
Hortelã , piratas , chocolates e gripes

Os botânicos deram-lhe o nome geral  de Mentha mas com
cerca de 25 espécies de hortelãs das quais resultam
híbridos acho que é melhor ficarmos por aqui na
complicada selecção botânica
Esse processo de escolha é na pratica feita pela
industria conforme o seu destino comercial
No século 17 , o almirante inglês Francis Drak
lembrou-se de misturar Rum ( bebida dos piratas ) com
Hortelã para acalmar as dores de estômago e
complicações respiratórias  e criou o “Mojito”  bebida
típica de Cuba .
No Sul dos Estados Unidos faz-se um refresco com 2
doses de Whisky 10 folhas de Hortelã , gelo picado e
uma colher de açúcar ( Mint Julep )
Em Marrocos temos exactamente o Oposto onde a bebida
nacional se prepara um bule metendo folhas de chá
verde e folhas de Hortelã e a seguir água bem a ferver
até que o odor da Hortelã domine o ambiente .
Seguidamente ergue-se o bule vazando devagar para que
na chávena apareça uma espuma abundante símbolo da
arte de bem servir chá
A palavra Mentha deriva de “ mintha “ nome de uma
ninfa a que a deusa grega Persofone , por ciúme ,
transformou em planta
Para os árabes esta planta era sagrada e era utilizada
para limpar as mesas e o chão deixando no ar um odor
estimulante do apetite .
Exactamente o oposto era utilizado pelas mulheres
romanas que proibidas de beber vinho porque se
arriscavam com pena capital, portanto  nada melhor que
mascar hortelã com mel para disfarçar os vapores do
álcool e não ir desta para melhor .
Modernamente a utilização do mentol confere á Hortelã
um lugar de destaque que vai desde as pastas de dentes
aos Chicletes e até aos chocolates e bombons ou tabaco
.
Interessante é que o leitor tropeça nesta “ praga “ de
ervas logo que se embrenha  nos campos e nem sequer
faz a mínima ideia da sua importância . Por esta razão
quando lidamos com a natureza nunca devemos condenar
uma erva ou uma planta pelo seu mau aspecto porque um
dia se pode tornar preciosa .
Mas vamos entrar na área da saúde onde podemos dizer
que o chá de Hortelã é juntamente com o de tília , dos
chás mais benéficos para se tomar depois de uma lauta
refeição já que tem uma acção calmante e aliviam os
gazes intestinais
Na época  das  gripes  é  a altura de meter na boca
aqueles rebuçados com sabor a mentol que nos abrem o
nariz entupido e acalmam a garganta dorida .
E se for picado por insectos esmague folhas de Hortelã
e passe por cima da zona picada e verá que alivia as
dores .
Parece que os ratos não suportam o cheiro desta planta
pelo que nada melhor do que experimentar num sitio
aonde eles sejam indesejados

Como erva da amizade e do amor conta-se que Zeus e
Hermes foram comer a casa de camponeses pobres que ,
para melhor os servirem forraram a casa com hortelã (
se calhar para abafar o mau cheiro ) Se o leitor gosta
de finais felizes conta a mitologia que a cabana no
fim do repasto ,  foi transformado num palácio . Se
acredita em fabulas nada melhor que experimentar numa
sala ou num quarto da sua casa
No mundo da ecologia aconselha-se a plantar Hortelã
junto de uma roseira para não ganhar piolhos

E Chegamos finalmente aos temperos caseiros da boa e
farta mesa Portuguesa que , como sabem possui alguns
derivados de comidas árabes , de assados e grelhados
onde o Alentejo é  rico na escolha das ervas
aromáticas .
Aí é que temos um choque de civilizações , porque a
comida bem “ apimentada “ puxa pelo vinho , só que os
árabes não tocam no vinho pelo que a arte de bem comer
a uma mesa é tipicamente portuguesa



_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum