Cerejeiras

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cerejeiras

Mensagem por Vitor mango em Ter Jul 01, 2014 3:37 pm

Por Ana Lucia Santana

A cereja é um fruto que desponta da cerejeira, vegetal que tem sua origem no território asiático. Algumas destas árvores produzem frutas, enquanto outras oferecem madeira nobre. Esta planta pertence ao sub-gênero Cerasus, e por extensão ao gênero Prunus.

Cerejas. Foto: Coffeemill / Shutterstock.com
Algumas destas frutas podem ser consumidas pelo Homem, outras não. Elas são pequenas, apresentando mais ou menos 2 cm, têm o formato redondo, a coloração vermelha que as caracteriza, por ser a mais habitual, e uma substância carnuda, mole, suave ao paladar e sumarenta em seu interior.
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Rosales
  Família: Rosaceae
Subfamília: Prunoideae ou Spiraeoideae
Gênero: Prunus
O ideal é que o cultivo da cereja seja realizado em baixas temperaturas, daí a cerejeira ter sido transportada para a Europa e aí ter se desenvolvido amplamente. Ela demanda 800 a 1000 horas de incidência do clima frio e das chuvas invernais para que sua evolução seja aceitável e produtiva.
Há várias espécies de cerejas, mas todas elas são abundantes em vitaminas A, B e C, cálcio, ferro e fósforo. Ao ser degustada naturalmente, esta fruta tem o poder de reanimar, provocar diurese e efeitos laxantes. Porém, ao ser ingerida em grandes quantidades pode desencadear distúrbios no estômago. A cereja in natura tem 97 calorias e a em calda, 252 calorias.
A cereja-doce tem em sua parte interna uma polpa mais consistente, por essa razão é consumida na forma de conservas, compotas e licores, tais como o Kirsch, o Cherry e o Marasquino, ou como ingrediente de doces. Ela também é muito apreciada como ornamento de sobremesas e drinks. No Brasil não é costume digerir a fruta, pois normalmente ela é importada já em sua configuração industrial.
As cerejeiras não produtoras de frutos são tradicionalmente cultivadas no Japão com propósitos decorativos. Outras árvores conhecidas são a amburana, espécime brasileiro do qual é extraída a madeira nobre. A cereja-do-rio-grande, também de origem nacional, gera frutos e pertence à família Myrtaceae. A árvore conhecida como pêssego-do-mato, de mesma procedência, é igualmente frutífera.
No seu berço natal, o Japão, a cerejeira é intitulada Sakura no ki – Sakura tem o sentido de ‘flor de cerejeira’ – e está ligada intimamente à história do samurai, simbolizando a curta duração de sua vida, similar à existência da flor desta árvore, que ao dela se desligar não sobrevive muito tempo.
Enquanto isso, a cor intensamente vermelha do fruto maduro e repleto de seiva representa o poder da sensualidade. Já seu suco, forte e vivamente tingido, é usualmente associado ao paladar do primeiro amor. Externamente ela é comparada aos lábios da pessoa amada, os quais, ao serem saboreados, parecem verter sangue. A conotação erótica desta fruta é, sem dúvida, ancestral.
É muito comum ver pessoas optarem pela tatuagem de cereja, pois através desta forma de expressão ela se transforma em símbolo de castidade e inocência para as mulheres, pois a fruta se torna madura ainda na árvore. Após ser colhida deste arbusto, ela se despoja destas características, rompendo assim sua virgindade. Aparentemente mergulhada no fogo da paixão, ela passa a representar o desejo nunca satisfeito e a lascívia.
Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cereja
http://www.saudenainternet.com.br/portal_saude/as-calorias-das-frutas.php

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108847

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum