Quando necessitamos de um inimigo escolhemos a galinha mais gorda

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quando necessitamos de um inimigo escolhemos a galinha mais gorda

Mensagem por Vitor mango em Seg Mar 23, 2015 1:57 am

Praticamente todas as guerras abertas e por abrir  teem causas religiosas que começam por um beijo do Judas depois a fúria dos romanos que não tendo misseis deitaram o templo de Sal e limão abaixo mataram tudo o que quiseram levaram os bons músculos como escravos pras obras
Com 50 ou 60 milhões de mortes na Europa tendo por motivação colonizar o quintal ao lado lamberam-se as feridas de guerra e mandaram-se os judeus para uma colónia britânica abrindo a fúria de quem la vivia
Com as mesmas motivações de Adolfo o louco os novos visitantes judeus berravam que aquela terra era deles e mostravam o registo dos Godis carimbando e com chancela americana
Como o mal de um cão se trata com o pelo do mesmo tudo o que era árabe abriu os books da religião afiou o sabre e partiu à  desfilada
-Ao ataque !Morte ao Infiel !
Invade-se o Iraque na cata de armas que o Barroso nunca viu nem sequer apalpou para ver eram macias e na fúria da arca das maldições abertas os judeus rodeiam-se de muros armas munições fazem apartaid cometem assassinatos políticos torturas campos de concentração tudo em nome da sua segurança
Sem perceberem o mundo que as religiões abriram os americanos  metem os drones no ar e vão matando chefes desorganizando por completo qualquer controle de fanáticos com conversas privadas dos deuses
Com o rotulo de ter retirado soldados americanos da fornalha das guerras Obama recusa receber o PM de Israel nque  puxa de argumentos para iniciar uma guerra com o Irão vai aos EUA empurra o Senado ( Obama  evita o beijo )recebe o apoio dos votos de quem gosta dele enquanto as fabricas de armamento ligam o gaz do fabrico para mais biliões de notas frescas salpicadas de sangue suores cadáveres e novos monstros na arte de holocaustiar
Putin com os caules apertados por erros de estratégia de quem lhe pisou os caules amua
Em Portugal ?
Porrah pah temos o futebol o Marcelo no palrear e a ler titulos de livros  a ministra do bago a contar tanta uva e o Presidente em Belém a ver NS a levitar nos problemas à  espera que se lembrem dele
No mar as ondas vão e quando regressam (incentivos ao regresso de quem partiu ) bate no marisco ...o povo levanta a loira trinca no tremoço ..palmadas nas costas graças e gracejos não temos guerras nem guerrilhas nem militares aos tiros só e apenas na onda Salgado desaparecem relatórios submarinos deficits e muito capital fresco


A xanta pax do Signiri xeja convosco herma.nus ..amen



arma lusitana para o deficit


Última edição por Vitor mango em Seg Mar 23, 2015 2:11 am, editado 2 vez(es)

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106507

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quando necessitamos de um inimigo escolhemos a galinha mais gorda

Mensagem por Vitor mango em Seg Mar 23, 2015 2:03 am

quando fechamos a mão com aquilo que dizemos nosso nada mais entra

Os judeus hoje estão muito mais perto da implosão do que no começo da IIGG

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106507

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum