Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Mensagem por Vitor mango em Sex Abr 01, 2016 12:45 am

Só que o Brasil fala Português e toda a gente á volta até ao México sempre a subir até esbarrar no Inglês

E a maioria dos Brasileiros nunca se deu ao trabalho como um pais tão micróbio esgravatou o mundo e deu metade a Castela ) em Tordesilhas
Ha diferenças abissais entre Portugal e Espanha com "porrada" de criar bicho ...até que um Rei chamado Filipe viu o trono de Portugal livre e declarou-se Rei dos dois países

Não formou um Só pais mas geriu dois independentemente

Ou seja nenhum militar poderia ir ou ocupar cargos nas nossas colónias e os tratados portugueses com os ingleses mantiveram-se

Depois havia o Papa que recebendo a sua parte controlava as zangas e são Jusuitas que se metem pelas almas gentias e convertem os incrédulos

e outro segredo esta aqui ..na não violencia após ocupação ) e vamos escrita

E vamos ficar por aqui antes que me meta por aí a haflar Catelhano Hombre

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Mensagem por Vitor mango em Sex Abr 01, 2016 12:48 am

Português: uma língua que não fala com o pai

Publicado em 24/02/2011
Permalink
Tags: Filologia, História, Linguística
Lusófonos em geral desconhecem origem galega do próprio idioma. Situação diferente da que ocorre entre ‘galegófonos’, que consideram o português mera variação de sua forma de falar.

Letreiro de uma ‘casa de jantar’ de Santiago da Compostela escrito em galego. (foto: Luis Miguel Bugallo Sánchez/ CC BY 3.0)
Que a língua portuguesa descende do latim, ninguém questiona. O que não se aprende na escola – e muita gente desconhece – é que o português, falado por cerca de 200 milhões de pessoas, é filho também do galego, idioma atualmente restrito a uma população cem vezes menor. Filho mal-agradecido, diga-se de passagem, já que não dá o devido valor ao pai.
Quem explica é o linguista Carlos Alberto Faraco, do Departamento de Letras da Universidade Federal do Paraná, especialista em linguística histórica e filologia românica.
Durante o VII Congresso Brasileiro de Linguística, realizado em Curitiba, ele contou que o galego foi introduzido na região que viria a ser Portugal entre os séculos 9 e 13, antes da consolidação do Reino de Portugal. O galego é a língua nativa da Galícia, região autônoma da Espanha localizada ao norte do país.
Catedral de Santiago da Compostela, capital da comunidade autônoma da Galícia, na Espanha. (foto: Luis Miguel Bugallo Sánchez/ CC BY-SA 3.0)
Com a criação de uma identidade nacional portuguesa a partir do século 13, a língua falada nas terras de Portugal passou a ser considerada própria do país. Ao longo do tempo, passou a receber influência de outros idiomas e a se diferenciar do galego.
Entre os séculos 15 e 16, com a conquista portuguesa de territórios principalmente na América e África, a língua se expandiu mundialmente e hoje é uma das dez mais faladas do mundo.
O galego, por sua vez, ficou restrito à região da Galícia e a algumas colônias de emigrantes espalhadas pela América do Sul, em países como Argentina e Brasil. Os falantes da língua reconhecem o português como uma derivação de seu idioma. Tanto que há uma corrente, chamada reintegracionista, que considera o galego e o português uma coisa só e defende uma norma ortográfica única.
Trecho da obra ‘Cantigas de amigo’, escrito em galego por Martim Codax, jogral que viveu entre a segunda metade do século 13 e começo do século 14 na região da Galícia. (foto: Pierpont Morgan Library, New York)
Na academia, a noção de que a língua de Camões tem parentes na Galícia também é consenso. Então por que entre os falantes de português em geral esse conhecimento é tão pouco difundido?
“Porque a história é sempre contada pelo lado dominante”, responde Faraco. Reflexo dessa herança é o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, onde o galego é ignorado em um dos quadros que ilustra as origens do português.
Faraco defende que a lusofonia, em termos políticos, deve compreender muito mais do que a defesa da língua portuguesa propriamente dita, mas também de idiomas como o galego e o crioulo cabo-verdiano (que tem base lexical portuguesa).
Depois de tanto tempo, será que não está na hora de o filho fazer as pazes com o pai?

Célio Yano

Ciência Hoje On-line/ PR

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Mensagem por Vitor mango em Sex Abr 01, 2016 12:59 am

Por que as terras da Espanha na América viraram vários países?



Por causa de diferenças nos processos de colonização e de independência. "Ao contrário da América portuguesa, não existiu unidade administrativa na América espanhola", diz a historiadora Libertad Borges Bittencourt, da Universidade Federal de Goiás (UFG). Isso aconteceu porque a Espanha dividiu seus territórios na América em quatro grandes vice-reinados, além de outras capitanias gerais e intendências. No Brasil, a criação das capitanias hereditárias foi uma experiência parecida. Mas esse sistema não deu certo por aqui e a Coroa portuguesa acabou assumindo diretamente o controle da sua colônia. Já nas terras espanholas a divisão administrativa funcionou tão bem que se tornou difícil de ser revertida após o início dos processos de independência.
As áreas sob domínio espanhol eram administradas por vice-reis, que estabeleceram suas próprias estruturas locais de governo, embora mantivessem a fidelidade ao rei da Espanha. Outro fator importante para a fragmentação dos países foi a maneira como aconteceram as independências nas colônias. "Na América espanhola elas ocorreram em contextos de guerra. As classes governantes locais impuseram a fragmentação, num loteamento de espaço e poder", diz Libertad. Após a independência dos vários países, ocorreram tentativas frustradas de unir as nações recém-nascidas. Esse era um dos ideais do líder revolucionário venezuelano Simon Bolívar (1783-1830).
Continente dividido A América espanhola teve vice-reinados que depois deram origem às nações
1 - Vice-reinado do Rio da Prata
Fragmentou-se em quatro países: Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. Brigas políticas entre a província central de Buenos Aires e outras províncias interiores levaram à separação da Bolívia e do Paraguai. A região do atual Uruguai foi disputada por argentinos e brasileiros até virar uma nação independente
2 - Vice-reinado do Peru
Foi o vice-reinado que mais manteve sua unidade territorial. Era formado basicamente por apenas um país atual, o Peru, que era o centro do poder espanhol na América do Sul
3 - Vice-reinado da Nova Espanha
Incluía boa parte do território atual do México, abrangendo ainda regiões incorporadas mais tarde ao sudoeste dos Estados Unidos. Era a mais rica colônia espanhola e a capital do vice-reino, a Cidade do México, era a maior cidade das Américas
4 - Vice-reinado da Nova Granada
Englobava o Equador, a Colômbia e o Panamá. A invasão da Espanha pela França em 1808 desestabilizou as colônias e, na Nova Granada, juntas locais substituíram os governantes espanhóis. Isso ocorreu em momentos distintos em cada uma das regiões do vice-reinado, contribuindo para a sua divisão
5 - Terras de segunda
Os territórios que não faziam parte dos quatro vice-reinados foram divididos em capitanias gerais ou intendências, regiões administrativas que recebiam menor atenção da coroa espanhola por abrangerem terras consideradas de baixo valor econômico e estratégico

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Mensagem por Vitor mango em Sex Abr 01, 2016 1:03 am

Depois da batalha de Aljubarrota o PODER caiu numa Nova Burguesia ja que grande parte da nossa nobresa estava do lado de Castela

O Novo Rei centralizou todo o PODER nas Cortes enquanto no resto da Europa a dita Nobreza Tinha PODER

Quando se inicia as " descobertas " Tudo mesmo TUDOOOOOOOOOOOOO estava centralizado na figura do REI ...o que em Espanha não sucedia dado o poder económico da Nobresa que faziam descobertas por conta propria

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Mensagem por Vitor mango em Sex Abr 01, 2016 1:10 am


_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasileiros destam Argentinos e estes os vizinhos mais aqueles

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:51 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum