Porque Nunca mando ninguém á M*rda ... e as Couves do caldo

Ir em baixo

Porque Nunca mando ninguém á M*rda ... e as Couves do caldo  Empty Porque Nunca mando ninguém á M*rda ... e as Couves do caldo

Mensagem por Vitor mango em Sab Fev 16, 2019 1:19 am

Em 1988 estava na China com um atraso de pelo menos 50 anos e onde o papel higiénico era coisa fina e ninguém conhecia
Os intelectuais que me poderiam ajudar tinha saído dos campos para onde o Ditador os tinham mandado caçar pardais de telhado
Nos Hoteis não havia agua quente mas respeitosamente o pessoal metia na entrada dos quartos um termo com agua quente que dava para se fazer a barba
Visitávamos as aldeias e vinhas carregados de sacos de amendoins e tabacos e muitos sorrisos de boas vinda
O autocarro que nos transportava (IPC\FAO tinha que desligar o ar condicionado senão parava nas subidas
Pois e sanitas
...sanitas .... havia nas hortas onde um telheiro ...pois depois um rego por onde corria a agua e...um pé na esquerda outro na direita ...uns gemidos e a gente via o refogado caminhar até ao hortelão que a pouca distancia cuidava de alimentar as couves e os nabos
Na altura em que no aeroporto de Pequim o chão eram de tábuas que rangiam com as passadas ...pois
...e de repente ... a China rebentou e explodiu em progressos

e a pergunta que eu faço
Seria a minha caca que os animou para se abrirem ao mundo?
Duvidas e mais duvidas consomem-se hoje pela duvidas

Porque Nunca mando ninguém á M*rda ... e as Couves do caldo  2Q==
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 113162

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum