A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Mensagem por Viracopos em Sab Dez 13, 2008 10:30 am

A Acção de Sampaio Garrido
e Branquinho Teixeira
na Defesa dos Judeus Húngaros



Sampaio Garrido

Branquinho Teixeira



Qual a atitude de Sampaio Garrido face à perseguição aos judeus na Hungria?

Na invasão da Hungria em 19 de Março de 1944, Hitler fez avançar as tropas alemãs contra aquela sua aliada que andava em negociações secretas com as potências ocidentais. Com a invasão começaram os guetos e a deportação dos judeus húngaros, conduzida por Eichman.

Funcionários da legação portuguesa, amigos pessoais, simples companheiros de Sampaio Garrido considerados de judeus, ficaram de um dia para o outro sujeitos a serem deportados nos comboios que os conduziriam a Auschwitz. Desconhecidos que vinham de regiões neutrais a última à procura de uma última tábua de salvação viram em série contar-lhe os seus dramas humanos.

O diplomata português reagiu a esta nova situação albergando alguns perseguidos em instalações da legação portuguesa, procurando ajudar a saída do país para outros e emitindo também os primeiros passaportes provisórios colectivos e individuais.

Como reage o governo português?

Em 11 de Maio Salazar mandava enviar um telegrama a Garrido que estava na Hungria. Começando por uma referência aos motivos de humanidade a que o governo português não quer faltar passava depois a acusar Garrido de que ele devia ter avisado o ministério para receber instruções sobre o que andava a fazer porque podia haver consequências para o governo português. É afastado do cargo que ocupava. Garrido planeou a viagem de regresso a Portugal em 5 de junho, mas acabou por ficar na Suíça onde podia contactar com Branquinho Teixeira, o seu sucessor e de onde lhe mandava sugestões.

Qual a atitude de Branquinho face à perseguição aos judeus na Hungria?

Carlos Branquinho aceitou as instruções de Garrido sobre os judeus húngaros e ia realizando algumas ideias de Garrido, que estava na Suíça. A sua acção consistiu na concessão de asilo diplomático e passaportes provisórios até se conseguirem formas que permitissem aos judeus perseguido a saída do país. Chegou a alugar casas em Budapeste onde hospedava judeus justificando que eram da Representação portuguesa e por isso não podiam ser atacadas porque eram território português.

Como reage o governo português?

De uma forma geral, os países aliados não manifestaram grande vontade em acolher a enorme quantidade de judeus que fugia à perseguição nazi. Na realidade o chefe da diplomacia Alemã apenas encarou a possibilidade de oferecer libertações massivas de judeus para o ocidente em troca de dinheiro oferecido por organizações internacionais de judeus por ter absoluta certeza de que este, recusaria acolhê-los.

É neste contexto que deve encarar-se a pergunta que o chefe da diplomacia húngara dirigia a Carlos Branquinho em conversa ocorrida a 24 de Outubro. Aí lhe pergunta o ministro húngaro, sem problemas, se o governo de Lisboa estaria disposto a acolher em Portugal todos os seus protegidos. A vinda dos protegidos da legação para Portugal era a última coisa que Salazar pretendia. Não seria portanto de estranhar se o diplomata português omitido uma resposta e deixado morrer o assunto. Portanto a acção deste diplomata foi procurar ir ganhando tempo e assim salvar alguns judeus de um destino que se sabia já qual era.


Última edição por Viracopos em Sab Dez 13, 2008 10:38 am, editado 1 vez(es)
avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Mensagem por Viracopos em Sab Dez 13, 2008 10:34 am

A rtp 2 DEU UMA SERIE MUITO INTERESSANTE sobre este tema em que o Branquinho salvou uma alta e poderosa familia Hungara que vieream desterrados para Portugal
avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Mensagem por Viracopos em Sab Dez 13, 2008 10:40 am

Viracopos escreveu:A rtp 2 DEU UMA SERIE MUITO INTERESSANTE sobre este tema em que o Branquinho salvou uma alta e poderosa familia Hungara que vieram desterrados para Portugal

ZA Za Gabor e greta Garbo a familia foi salva graças á acção do embaixador Branquinho
avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Mensagem por Viracopos em Sab Dez 13, 2008 10:47 am

Viracopos escreveu:
Viracopos escreveu:A rtp 2 DEU UMA SERIE MUITO INTERESSANTE sobre este tema em que o Branquinho salvou uma alta e poderosa familia Hungara que vieram desterrados para Portugal

ZA Za Gabor e greta Garbo a familia foi salva graças á acção do embaixador Branquinho



A LISTA DE CHORIN
Documentários
A actividade dos diplomatas portugueses em defesa dos judeus e o desfecho da arriscada negociação entre Ferenc Chorin e as SS
Na Primavera de 1944, a Segunda Guerra Mundial aproxima-se do fim, a Alemanha invade a sua aliada Hungria. Centenas de milhares de judeus são deportados para Auschwitz. Dois diplomatas portugueses, Sampaio Garrido e Teixeira Branquinho, tentam salvar umas centenas, entre outros os pais das famosas actrizes Zsa Zsa e Eva Gabor.
À mais rica família judia da Hungria é proposta outra forma de escapar às deportações: negociar directamente com as SS. A moeda de troca é a Manfred Weiss, um grupo industrial controlado pela família Weiss. Tem minas, bancos, seguros, fábricas de armamento. Ferenc Chorin, o membro mais influente da família, está num campo de concentração e aceita entregar ás SS o controlo da Manfred Weiss. Em contrapartida, as SS prometem deixar sair para Portugal trinta e seis membros da família.
A grande interrogação é saber se as SS, com os antecedentes que têm, cumprirão a palavra dada à família Weiss e a deixarão seguir para o exílio em Portugal. “A lista de Chorin” relata a actividade dos diplomatas portugueses em defesa dos judeus e o desfecho da arriscada negociação entre Ferenc Chorin e as SS.
Um programa de Sofia Leite e António Louçã.


Imagem: Pedro Silveira Ramos e Pedro Mateus.
Edição vídeo: Paulo Alexandre.
Pós-produção audio: António Garcia.
Produção: Amélia Gomes Ferreira e Isabel Igreja.
avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Mensagem por Vitor mango em Qua Set 05, 2012 12:40 am

amen

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108820

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Acção de Sampaio Garrido e Branquinho Teixeira na Defesa dos Judeus Húngaros

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum