100 OBSESSÃO...Magazine

Página 2 de 25 Anterior  1, 2, 3 ... 13 ... 25  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Ter Jan 27, 2009 6:37 pm

Relembrando a primeira mensagem :




Cancro: Afinal a fonte da juventude estava dentro de nós, revela cientista luso-americano





Nova Iorque, 03 fev (Lusa) – Uma equipa de cientistas liderada pelo luso-americano Ronald dePinho conseguiu pela primeira vez inverter o processo de envelhecimento através da manipulação genética, abrindo o caminho para uma espécie de “fonte da juventude” nas células humanas.

Em entrevista à Lusa, o luso-americano, professor na escola de medicina de Harvard e no Dana Farber Cancer Institute, explicou que a sua equipa de investigadores conseguiu artificialmente “ligar e desligar” o gene responsável pela reparação do ADN de ratos de laboratório.

As cobaias foram primeiro sujeitas a envelhecimento prematuro, que causou a perda de capacidades cognitivas e sinais exteriores, e quando o gene “voltasse a ser ligado” esperava-se um “abrandamento do processo de envelhecimento ou estabilização”.

“Em vez disso, vimos uma inversão dramática dos sinais e sintomas do envelhecimento: o cérebro aumentou de dimensão, a memória melhorou, deixou da haver pelos grisalhos e regressou a fertilidade”, disse à Lusa.

“Isto ensina-nos que há uma tremenda capacidade de os nossos tecidos se rejuvenescerem por si próprios”, adianta dePinho.

Publicado na revista Nature no final de 2010, o estudo tem vindo a receber grande atenção mediática.

Mostra como a manipulação, através de enzimas, das extremidades dos cromossomas responsáveis pela regeneração das células, os telómeros, pode inverter o envelhecimento e doenças relacionadas com a idade, como cancro, diabetes ou Alzheimer.

Apesar da importância da descoberta, o trabalho a fazer é ainda “tremendo”, afirma, e será precisa “uma década ou mais” até que se chegue a “uma estratégia segura e eficaz” para reparar o ADN.

“Se conseguíssemos descobrir uma droga que pudesse especificamente reativar este gene e reparar os telómeros, as pessoas teriam menos problemas relacionados com a idade, diabetes ou doenças de coração”, afirma.

Entre as dificuldades que os investigadores enfrentam está perceber em que momento ligar este gene e por quanto tempo, porque também células cancerosas podem ser estimuladas, se em presença no organismo.

“Para se poder começar a multiplicar e nunca envelhecer, uma das coisas que a célula cancerosa faz é ligar este gene. Se temos um cancro que já começou e ligarmos o gene, podemos torná-lo mais agressivo”, afirma dePinho.

Além de procurar entender o “calendário próprio” para reativar o gene, a sua equipa vai agora debruçar-se em como é que os tecidos retêm a capacidade de rejuvenescimento, ou seja “os processos biológicos e moleculares que permitem criar esta resposta tremenda”.

“Há uma tremenda quantidade de trabalho para tirarmos partido disto e em última análise melhorar a saúde humana”, afirma.

Co-fundador de empresas de investigação médica – uma delas (Aveo Pharmaceuticals) cotada no Nasdaq – dePinho defende que o conhecimento “ainda é muito básico para poder ser conduzido esforço comercial”.

Mas, afirma dePinho, o que esta e outras investigações já deixaram claro é que as pessoas podem começar a “atrasar o relógio já hoje”.

“É essencialmente fazer exercício, comer devidamente e não fumar. Um estilo de vida saudável tem impacto imediato na longevidade”, disse à Lusa.





Última edição por Kllüx em Sex Jan 18, 2013 6:59 am, editado 20 vez(es)
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Viracopos em Qua Jan 28, 2009 9:32 am

O Bispo escreveu:traduzzione per portuguese

Tradução: Italiano » Português
Mi lamento che la nostra ragazza. Sera, che l'onorevole Furia ho potuto dare la direzione in cui io sono stato benedetto nel mio confessionario qui?


Eu lamentar que a nossa menina. Boa noite, Senhor Furia que eu podia dar a direção em que tenho sido abençoado em meu confessionario aqui?


olha olha o Bispo de pau feito
Eh pá olha kisto aqui é para gente de barba rija pah
avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Viracopos em Qua Jan 28, 2009 9:41 am

Viracopos escreveu:
O Bispo escreveu:traduzzione per portuguese

Tradução: Italiano » Português
Mi lamento che la nostra ragazza. Sera, che l'onorevole Furia ho potuto dare la direzione in cui io sono stato benedetto nel mio confessionario qui?


Eu lamentar que a nossa menina. Boa noite, Senhor Furia que eu podia dar a direção em que tenho sido abençoado em meu confessionario aqui?


olha olha o Bispo de pau feito
Eh pá olha kisto aqui é para gente de barba rija pah

esqueci-me de assinar
ah vossa


avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Viracopos em Qua Jan 28, 2009 9:43 am

eu??????????
nem pensar
quando guio nao bebo




avatar
Viracopos

Pontos : 552

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 9:56 am

avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 10:01 am

Rússia/Cuba: Moscovo insiste no levantamento do bloqueio norte-americano a Havana



A Rússia insiste que os Estados Unidos ponham fim ao bloqueio económico a Cuba e pretende que as relações entre Moscovo e Havana adquiram novas dimensões, disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, citado pela agência noticiosa Ria-Novosti.

"A Rússia irá exigir o levantamento do embargo como um vestígio do passado", disse Lavrov a propósito da visita a Moscovo do Presidente cubano Raúl Castro, que começou hoje.

"Moscovo apela à normalização da situação em torno de Cuba e à reintegração desse país das Caraíbas nos processos globais e regionais", acrescentou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo.

"A União Europeia mantém a mesma posição e esperamos que a solidariedade da comunidade internacional obrigue finalmente os Estados Unidos a reverem a sua política em relação a Cuba e agirem de forma mais realista", disse Lavrov.

O ministro salientou que Cuba é tradicionalmente um amigo da Rússia e um dos seus parceiros prioritários na América Latina.

"A visita do presidente Raúl Castro é um marco importante na história das relações bilaterais", disse.

Segundo o chefe da diplomacia russa, em Moscovo, o presidente cubano trocará impressões sobre a situação em áreas de conflito, a crise financeira global, a situação na América Latina e na região das Caraíbas, "onde tem sido sempre alto o prestígio de Havana", disse o chefe da diplomacia russa.

O programa da visita, que começou hoje, não foi anunciado até agora, mas sabe-se que a parte oficial está prevista para sexta-feira, 30 janeiro.

Durante a sua estada em Moscovo, Raúl Castro assinará vários documentos que, de acordo com ambas as partes, irão estabelecer uma base sólida para relançar as relações bilaterais em todas as áreas.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 10:03 am

Banca: Atrasos nas investigações ao sector financeiro prejudicam endividamento português - João Salgeiro



Os atrasos nas investigações ao sector financeiro, como a Operação Furacão, prejudicam a imagem e a capacidade de endividamento de Portugal no exterior, considerou hoje o presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB).

A reacção de João Salgueiro surge um dia depois o Banco Privado Português (BPP) ter sido alvo de buscas por parte de elementos do Ministério Público, da Polícia Judiciária e da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

"Parte do problema vem de a Justiça ser muito lenta em Portugal…Não sei se é por não ter condições ou se a nossa legislação sobre o processo civil e criminal é má. O que é certo é que os processos demoram muito tempo", disse João Salgueiro à agência Lusa.

Uma das consequências, afirmou o presidente da APB, é a de afectar a imagem de Portugal no exterior, com implicação directa na capacidade de conseguir empréstimos.

"Estamos com uma investigação há vários anos, dentro da ´Operação Furacão`. E isso não é bom. Temos de ter a noção de qualquer processo demorado não nos vai ajudar a manter a possibilidade de continuar a beneficiar do endividamento internacional", declarou.

"Todos estes dossiers vão parar aos ´portuguese desks`, às pessoas que estão a decidir sobre o crédito a Portugal e isso é mau. Não tem a ver só com esta operação [a Furacão], mas com uma série de incidentes, acontecimentos e processos que estão em curso em Portugal e que demoram tempo demais", acrescentou, lembrando também o "o caso Freeport, que já tem também muitos anos".

João Salgueiro considerou que as buscas como a de terça-feira ao BPP não afectam o sector bancário português, porque "não é uma busca à banca em geral, mas a algumas entidades que não são só bancárias".

O mesmo responsável disse que "sem saber todos os factos e se todas as formalidades jurídicas foram preenchidas" não pode ter uma opinião mais pormenorizada, mas ressalvou que "não é banca [que está na berlinda], são alguns bancos".

"Não há uma entidade banca. É como dizer ´a comunicação social` porque um jornal teve algum incidente", exemplificou.

Sobre o sistema bancário português, João Salgueiro considera que se tem mostrado mais sólido que outros, mas atribui esta característica a pura "sorte".

"Nós temos a sorte de ter um sistema bancário que se tem mostrado mais sólido que alguns outros. Não por nosso mérito, mas aconteceu assim. Portugal e Espanha, como se endividavam no estrangeiro, não tiveram muito dinheiro para fantasias, como tiveram os bancos alemães e norte-americanos", explicou.

"Temos um défice de poupança e portanto não tínhamos muito dinheiro para aplicar em produtos derivados. O que foi uma sorte. A gestão da banca, no meu entender, é boa, mas teve essa sorte de não ter dinheiro para fantasias", concluiu.

Agora, diz João salgueiro, "estamos na situação de precisar de dinheiro no estrangeiro".

"Noutros tempos havia o Fundo Monetário Internacional (FMI), agora não há FMI, mas haverá qualquer coisa equivalente se continuarmos neste caminho", previu.

"Na altura só se obtinha dinheiro com uma carta de intenções enviada ao FMI. A nossa carta de intenções agora é o Orçamento de Estado, e pelos vistos o Orçamento não convenceu os mercados internacionais e veio um "downgrading" do rating", recordou o presidente da APB.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 10:05 am

BPN: Accionistas avisados em 2007 das off-shores - ex-director de Operações



O ex-director de operações do BPN Ricardo Pinheiro garantiu ter avisado alguns accionistas de referência da SLN em 2007 para um conjunto de operações com suporte em 'off-shores' que não estavam relevadas nas contas do grupo.

"Tínhamos [em início de 2007] a noção de que havia ali uma série de situações que não estavam relevadas no grupo mas não tínhamos a noção da dimensão do problema", disse Ricardo Pinheiro, numa entrevista por telefone à agência Lusa a partir de Angola.

Ricardo Pinheiro foi director de Operações desde meados de 2005, convidado por António Franco que na altura passou a administrador, até ao final de 2006.

"Estamos a falar de operações que tinham o seu suporte em off-shores e que não eram relevadas nas contas do Grupo SLN", disse Ricardo Pinheiro, que se escusou a especificar quais os accionistas que avisou em pessoa.

Na altura, entre os accionistas de referência da SLN estavam o próprio presidente-executivo Oliveira e Costa, Manuel Neves dos Santos, Adelino Silva, Joaquim Coimbra, Almiro Jesus, Joaquim Abreu, Fernando Cordeiro, António Cavaco, Avelino Mota Francisco, Alberto Queiroga Figueiredo e Manuel Sousa Veríssimo.

O objectivo da "conversa informal, num átrio de hotel", adiantou Ricardo Pinheiro, era fazer com que "os accionistas, de alguma forma, alterassem a coordenação da instituição [na altura entregue a Oliveira e Costa], que houvesse uma alteração na governação e que, com isso, pudessem resolver as situações".

"Entendíamos que a governação da Sociedade [SLN] não poderia continuar daquela maneira", reforçou. "O objectivo era que os accionistas se empenhassem mais na governação".

"Quando falo ´nós`, falo das pessoas da Direcção de Operações [do BPN, na altura]. Chegavam-nos papéis para lançar, coisas para contabilizar sem muitas vezes ter a correspondência do que estava por detrás delas", acrescentou Ricardo Pinheiro.

De acordo com o ex-responsável, esse procedimento resulta da forma de trabalhar no BPN ao tempo de Oliveira e Costa, que passava por compartimentar a informação.

"A forma como o Oliveira e Costa geria e lidava com as pessoas - além de ter a eloquência e a capacidade para levar as pessoas atrás dele - era a de dividir muito a informação. Ninguém tinha a informação completa. Nós não tínhamos forma de associar àquilo que fazíamos ao que estava por detrás dos movimentos que fazíamos", disse Ricardo Pinheiro.

"Era mesmo bastante compartimentada. As pessoas que eventualmente tinham a panorâmica geral seriam muito poucas e eu não me incluía nelas", sublinhou.

Ricardo Pinheiro, um dos antigos responsáveis do BPN que o CDS-PP quer ouvir em sede de comissão parlamentar, manifestou-se pronto para colaborar com todas as entidades, incluindo o Banco de Portugal que em meados de Janeiro manifestou intenção de ouvir as suas declarações.

"O Banco de Portugal entrou em contacto comigo [a 14 de Janeiro] para prestar declarações - e perguntaram-me se eu iria a Portugal brevemente. Como não está prevista a minha ida a Portugal nos próximos tempos estamos a estudar uma forma alternativa", adiantou Ricardo Pinheiro.

O ex-responsável do BPN recusou ainda que esteja "fugido" em Angola devido a toda a situação do banco e da Sociedade Lusa de Negócios.

"Estou disponível para prestar todo e quaisquer esclarecimentos sobre este assunto. Eu não fugi para Angola [...] Aceitei vir para cá de forma definitiva, como opção de vida. Não estou aqui por nenhum outro motivo, senão por querer estar aqui", sublinhou Ricardo Pinheiro, que actualmente trabalha para o Banco Sol.

Três dos accionistas de referência do grupo SLN [Alberto Figueiredo, Adelino Silva e Jorge Petiz] admitiram a 11 de Novembro no programa da RTP "Prós e Contras" que em Junho de 2007] tiveram conhecimento de "problemas" e "situações" no seio do grupo.

Os accionistas presentes no programa afirmaram no entanto que não tinham então conhecimento da existência do Banco Insular.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 10:07 am

Cancro: Estudo sobre influência das variações genéticas na resposta ao tratamento distingue investigadora portuguesa


A investigadora portuguesa Áurea Lima foi distinguida pela Comissão Científica do Congresso Internacional de Tratamento Anti-Cancro por um estudo sobre a forma como as diferenças genéticas condicionam a resposta dos doentes a determinados medicamentos.

Áurea Lima, 29 anos, docente na Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU), é a primeira portuguesa a ser premiada por aquela instituição, tendo sido distinguida pelo trabalho desenvolvido no Laboratório de Oncologia Molecular do IPO/Porto.

“A base deste estudo era perceber de que forma as diferenças nos genes das pessoas condicionavam a resposta a um determinado medicamento”, salientou a investigadora, em declarações à Lusa.

O estudo realizado por Áurea Lima envolveu 148 doentes com cancro do pulmão de não pequenas células, que representa 75 a 85 por cento do total de casos de cancro do pulmão.

“Concluímos que os doentes com uma determinada variante do gene TYMS têm um tempo de sobrevivência superior ao de doentes com outra variação genética”, revelou.

Segundo a investigadora, este gene é especialmente importante porque a sua enzima é responsável pelo crescimento das células, mas também pela reparação de erros nas células.

Na sequência desta investigação, Áurea Lima pretende agora “estender o estudo a mais doentes para obter uma melhor avaliação dos dados”.

“O nosso objectivo é perceber porque é que os doentes não respondem todos da mesma maneira, apesar de terem a mesma doença e o mesmo tratamento”, salientou.

As conclusões podem vir a traduzir-se, em termos clínicos, num melhor estudo genético dos doentes antes de os submeter a um tratamento farmacológico.

Isto porque o sucesso das abordagens terapêuticas está condicionado pelo perfil genético do doente, além das características específicas da doença.

O estudo realizado pela investigadora portuguesa demonstra que, além de variáveis como a idade, o sexo, a alimentação, também as variações genéticas podem influenciar a resposta dos doentes aos tratamentos.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 10:10 am

AR: Líder bancada PS acusa PSD de "populismo barato"



O líder parlamentar do PS, Alberto Martins, acusou hoje o PSD de "populismo barato" e criticou a postura da líder social-democrata de defender agora medidas que recusava há um ano.

Durante o debate quinzenal com o primeiro-ministro, o líder da bancada socialista acabou por dedicar grande parte da sua intervenção a atacar o PSD, considerando que a líder do partido, "não atreita a respeitar a verdade".

"Como é possível esquecerem que a líder do PSD assinou compromissos sobre o TGV", questionou Alberto Martins, lembrando, igualmente, que há um ano Manuela Ferreira Leite dizia não ser honesto baixar impostos e agora defende essa medida.

"A isso chama-se populismo barato", acusou Alberto Martins, considerando que o PSD está a adoptar "a cartilha clássica do neo-liberalismo" defendendo a baixa de impostos e a privatização de todas as actividades.

Na resposta à intervenção do líder da bancada socialista, o primeiro-ministro reforçou as críticas acusando os sociais-democratas de fazerem "pura chicana política" no caso do estudo sobre "Políticas de valorização do primeiro ciclo do ensino básico em Portugal".

"Não querem olhar para a substância do relatório, querem negar o que está aqui escrito", salientou.

"Dizem que os especialistas foram pagos por nós para satisfazer a nossa política (…). Nunca vi o debate chegar tão baixo", acrescentou ainda José Sócrates, criticando o "argumento da direita" de estar apenas a trabalhar para as estatísticas.

"A melhor forma de disfarçar o insucesso é não haver estatísticas", enfatizou ainda o primeiro-ministro.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 10:55 am

avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Paulo em Qua Jan 28, 2009 11:10 am

Sr. Furia, gosto muito deste seu Sem Obcessao!!! Muito Obrigado. eNBORA EU SEJA GAY, ACHO AS FOTOS LINDAS. Nao tem por ai umas fotos do Mr. Universo?

Paulo

Pontos : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 11:17 am

Paulo escreveu:Sr. Furia, gosto muito deste seu Sem Obcessao!!! Muito Obrigado. eNBORA EU SEJA GAY, ACHO AS FOTOS LINDAS. Nao tem por ai umas fotos do Mr. Universo?

Da Miss Universo não, mas tenho da minha Maria.... Very Happy



Ó minha Marizzzzzzzinha..... deixa-me ir há kuzzzzzinha, pra'cheirar teu bakalhau! ©kim barreiros
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Viriato em Qua Jan 28, 2009 11:33 am

Fúria® escreveu:
Paulo escreveu:Sr. Furia, gosto muito deste seu Sem Obcessao!!! Muito Obrigado. eNBORA EU SEJA GAY, ACHO AS FOTOS LINDAS. Nao tem por ai umas fotos do Mr. Universo?

Da Miss Universo não, mas tenho da minha Maria.... Very Happy



Ó minha Marizzzzzzzinha..... deixa-me ir há kuzzzzzinha, pra'cheirar teu bakalhau! ©kim barreiros

É quase tão boa como a minha prima. Quanto á peladinha não aprecio. Gosto mais de um buçozinho. Assim como aquela que a Diana falava. Mesmo com K não me incomoda...
avatar
Viriato

Pontos : 16657

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 7:39 pm

Crise: Câmara dos Representantes aprova plano de relançamento da economia para os EUA



A Câmara dos Representantes norte-americana aprovou hoje um plano de relançamento da economia americana no valor de 819 mil milhões de dólares (622 mil milhões de euros), que deverá ser ainda aprovado pelo Senado.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 7:43 pm

Futebol: Taça - FC Porto afasta Leixões (1-0)


FC Porto´s Bruno Alves (R) fights for the ball with Leixoes´ Ze Manel during their Portuguese Cup soccer match held at Dragao Stadium, in Porto, north of Portugal, 26 January 2009.

Um golo de Mariano logo aos cinco minutos valeu hoje ao FC Porto um lugar nas meias-finais da Taça de Portugal de futebol, com 1-0 sobre o Leixões que havia triunfado para a Liga em pleno Dragão.

As equipas mal tinham aquecido na noite fria, chuvosa e com nevoeiro quando o pequeno argentino, em lance de insistência, atirou a contar já na pequena área, no tento que deu justiça ao desafio, pois os campeões nacionais foram quase sempre a melhor equipa em campo.

Avisados pelo desaire na Liga e pelo facto do Leixões (muito apoiado pelos adeptos) ter afastado o Benfica na ronda anterior, os portistas aplicaram-se e agora juntam-se nos semi-finalistas ao Paços de Ferreira, que esta tarde venceu a Naval por 5-3.

A atravessar um ciclo exigente de desafios, Jesualdo Ferreira poupou cinco titulares, mas o FC Porto procurou marcar cedo, conseguindo-o no lance concluído pelo “suplente" Mariano.

Sem três dos habituais no “onze”, incluindo Braga (autor de dois golos no triunfo 3-2 no Dragão, para a Liga), o Leixões não acusou o tento e continuou a tentar jogar de igual para igual, mas pecava no último terço do terreno, onde era inofensivo.

As ameaças foram, no entanto, mais incisivas na cabeça de Zé Manel (35 minutos), mas Nuno, instintivamente, salvou com defesa vistosa para canto, redimindo Bruno Alves que originou o perigo com um mau passe na zona proibida.

Aos 43, Chumbinho galgou muitos metros a evitar adversários e disparou à entrada da área, mas errou por pouco.

Hulk (46) e Lisandro (51) restabeleceram a normalidade do domínio “azul e branco” e colocaram à prova os reflexos de Beto, mas a vantagem mínima mantinha-se: mais tarde, Lucho, sem Beto na baliza, atirou com a bola a raspar na trave.

O Leixões continuava compacto e determinado, mas só aos 79 ameaçou, com Zé Manel, rápido e de cabeça, a perder novamente o duelo com Nuno.

Depois de passar alguns minutos a ver jogar, o FC Porto reassumiu o controlo e Lisandro e Bruno Alves podiam mesmo ter sentenciado, mas não conseguiram.



Jogo no Estádio do Dragão, no Porto.

FC Porto - Leixões, 1-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Mariano, 05 minutos.



Equipas:

- FC Porto: Nuno, Fucile, Stepanov, Bruno Alves, Benitez, Raul Meireles, Guarin, Lucho, Mariano (Tomas Costa, 75), Hulk (Rodriguez, 63) e Lisandro.

(Suplentes: Ventura, Pedro Emanuel, Rolando, Bolatti, Tomás Costa, Rodriguez e Farias).

- Leixões: Beto, Laranjeiro, Nuno Silva, Élvis, Angulo (Nwoko, 66), Roberto Sousa, Bruno China, Hugo Morais, Zé Manuel, Diogo Valente (Sandro, 81) e Chumbinho.

(Suplentes: Berger, Sandro, Diogo Luís, Ruben, Castanheira, Paulo Tavares e Nwoko).



Árbitro: João Ferreira (Setúbal).

Acção disciplinar: cartão amarelo para Fucile (19), Roberto Sousa (34), Raul Meireles (88), Bruno China (89) e Sandro (93).

Assistência: 17.611 espectadores.


Última edição por Fúria® em Qua Jan 28, 2009 8:21 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 8:20 pm



Tokyo Auto Salon
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 8:35 pm

Porto: Rio contesta privatização em bloco da ANA para pagar obras em Alcochete com lucros Aeroporto Sá Carneiro



O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, contestou hoje a privatização em bloco da empresa ANA, defendendo uma gestão autónoma do aeroporto Francisco Sá Carneiro, que não deve ajudar a custear as obras em Alcochete.

"Para nós, é fundamental, e tem-se verificado amplo consenso em todo o Norte, de que a gestão do Aeroporto Sá Carneiro deve ser independente do aeroporto de Lisboa", prosseguiu Rui Rio, que reclama maior autonomia para a pista portuense.

"Coloque-se na posição de uma empresa privada que faz investimento, neste caso no aeroporto, de muitos milhões de euros: quando amanhã for tomar opções de gestão, todas as decisões estão condicionadas pelos largos milhões que investiu num dado sítio”, salientou Rui Rio, que é também vice-presidente do PSD.

“Portanto, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro vai-se subordinar a isso", afirmou Rui Rio, à entrada para a conferência "Aeroporto Sá Carneiro - A sua importância para o Norte", organizada pelo Núcleo Ocidental do Porto do PSD.

Na sua opinião, é “o que está no estado de espírito do secretário de Estado Paulo Campos, como é evidente".

Na terça-feira, o secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas e Comunicações, Paulo Campos, defendeu que o sistema aeroportuário em Portugal deve "ser gerido em rede e não de forma autónoma".

Paulo Campos lembrou que "a grande maioria de países faz uma gestão de aeroportos em rede" e que "não existindo sinergias de gestão em rede há um sobrecusto em 10 por cento".

Rui Rio diz que "no espírito do Norte não pode estar” a ideia de “que o aeroporto Sá Carneiro ajuda a pagar o aeroporto de Lisboa", uma obra que considera ser um "investimento perigoso" face ao "quadro actual de crise mundial".

"Queremos que o aeroporto do Porto ajude a desenvolver a economia regional. Por isso é que as coisas são mais ou menos incompatíveis, a não ser que se pare para pensar e se ache, de uma vez por todas, que desenvolver a economia regional é, à escala do Norte todo, também do interesse nacional", realçou.

"A opinião manifestada ontem [terça-feira] pelo secretário de Estado Paulo Campos não é, no entanto, opinião oficial do Governo, porque não existe opinião oficial do Governo quanto às nossas reivindicações", reforçou o também presidente da Junta Metropolitana do Porto.

"Para nós, é fundamental, e tem-se verificado amplo consenso em todo o Norte, de que a gestão do Aeroporto Sá Carneiro deve ser independente do aeroporto de Lisboa", prosseguiu Rui Rio.

Isto porque, referiu, "se for ligado à gestão do novo aeroporto de Lisboa, naturalmente que a preocupação de quem gerir os dois aeroportos vai ser pagar o enorme investimento que vai ser feito ali".

Rio declarou-se convicto de que "não haveria este movimento" se o Governo não tivesse manifestado a intenção de privatizar a ANA - Aeroportos de Portugal.

"Não nos podemos queixar, pois o Aeroporto Sá Carneiro tem tido excelentes taxas de crescimento", justificou.

avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qua Jan 28, 2009 9:24 pm



New York... A cidade que nunca dorme
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por RONALDO ALMEIDA em Qua Jan 28, 2009 10:45 pm

Fúria® escreveu:


New York... A cidade que nunca dorme

MARAVILHA. NEW YORK, NNNNNNNNNNNNNEEEEEEEEEEEEEEWWWWWWW YORRRRRRK!!!!
I Want to wake up ,in a city that never sleeps..............
avatar
RONALDO ALMEIDA

Pontos : 10367

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Admin em Qui Jan 29, 2009 1:44 am

sUPONHO QUE NÃO HÁ A VELHA yORK
avatar
Admin
Admin

Pontos : 5697

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 7:18 am

Admin escreveu:sUPONHO QUE NÃO HÁ A VELHA yORK

Hmm..! Deixa ver............existe sim Mister ADM Very Happy Very Happy Very Happy



Old York
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 7:27 am

And Old People....



In Old York City
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 7:33 am

Velha Coimbra...

Ensino superior: Reitor de Coimbra fala em "vontade política de estrangular o sistema"



O reitor da Universidade de Coimbra, Seabra Santos, afirmou hoje haver "vontade política de estrangular" o Ensino Superior quando as Universidades são "afogadas" com tentativas de reforma num "enquadramento financeiro incompreensivelmente difícil".

Ao intervir hoje numa sessão para fazer o balanço do primeiro ano da reforma de Bolonha na Universidade de Coimbra, o reitor afirmou que as instituições do Ensino Superior têm vindo a ser “afogadas em catadupa com tentativas de reformas, algumas delas já concretizadas”, mas com “um enquadramento financeiro incompreensivelmente difícil”.

“Não há outra explicação que a vontade política de estrangular o sistema. Não há outra razão plausível”, considerou o também presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP).

No entendimento de Seabra Santos, as reformas deveriam ser acompanhadas por “envelopes financeiros, que as tornassem mais eficazes, como acontece noutros países”.

Segundo o reitor, só em Itália é que se verifica idêntico estrangulamento no investimento do Ensino Superior.

Para Seabra Santos, o Ensino Superior perdeu nos últimos quatro anos cerca de 30 por cento do financiamento do Orçamento de Estado.

“Podem inventar-se dotações. Podem sobrepor-se dotações. Podem-se considerar em duplicado e em triplicado dotações, mas esta é a realidade do financiamento do ensino superior. A redução reporta-se aos relatórios de Estado de 2004 a 2009. São números oficiais e que, infelizmente, se concretizam nas execuções ao longo do ano”, explicou.

A transferência do Orçamento de Estado, adiantou, “foi reduzida significativamente em cerca de 150 a 200 milhões de euros entre 2005 e 2009. Se a esse valor se adicionar 110 milhões de prestações obrigatórias para a Caixa Geral de Aposentações chega aos 300 milhões de euros".

“Há-de haver um Governo que há-de olhar para este problema com outros olhos e perceber que assim não consegue desenvolver o país e a economia, e esta questão é particularmente crítica no momento que estamos a atravessar, da crise em que nos encontramos”, sublinhou Seabra Santos.

O reitor considerou ainda incoerente a política do Governo por investir em ciência e desinvestir no Ensino Superior, que na sua opinião sustenta o desenvolvimento científico.

“Reconheço que tem havido investimento em ciência, mas penso que aí até há alguma incoerência, porque todos compreendem que não pode haver um desenvolvimento do sistema científico quando, ao mesmo tempo, não se promove o desenvolvimento do sistema que lhe é sustentáculo, que é o ensino superior”, declarou.

Ao falar para um auditório maioritariamente constituído por docentes, Seabra Santos lembrou que “os estudantes devem ser o centro das preocupações e devem ser servidos como tal”.

As jornadas "Espaço Europeu de Ensino Superior - Ano 1", a decorrer durante o dia de hoje, pretendem debater os sucessos e insucessos da reforma de estudos com o Processo de Bolonha na Universidade de Coimbra, e avaliar as correcções que será necessário introduzir.

As questões pedagógicas, a internacionalização e os sistemas de gestão da qualidade pedagógica são alguns dos temas em debate, em que participam o reitor da Universidade, Seabra Santos, o presidente da Associação Académica de Coimbra (AAC), Jorge Serrote, diversos especialistas e responsáveis da instituição.



Kuinvra é uma lixxxão!
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 7:42 am

Freeport: Carta rogatória inglesa não contém factos "juridicamente relevantes"...



A Procuradoria-geral da República esclareceu hoje que a carta rogatória inglesa que recebeu a 19 de Janeiro "não contém nenhum facto juridicamente relevante" para a investigação do caso Freeport, reiterando que não há arguidos ou suspeitos no processo.

"A carta rogatória inglesa não contém nenhum facto juridicamente relevante que acresça aos factos conhecidos e investigados pelas autoridades portuguesas, nem contém nenhum elemento probatório considerado válido e que justifique uma alteração da posição tomada nos comunicados anteriores", esclarece a Procuradoria-geral da República (PGR) num nota enviada à Lusa.

Face ao "alarme social" que o caso tem suscitado, a PGR refere que "os alegados factos que a Polícia inglesa utiliza para colocar sob investigação cidadãos portugueses são aqueles que lhe foram transmitidos em 2005 com base numa denúncia anónima, numa fase embrionária da investigação, contendo hipóteses que até hoje não foi possível confirmar, pelo que não há suspeitas fundadas".

"Ninguém está acima da lei, mas nenhum cidadão português pode ser considerado arguido, nem sequer suspeito, unicamente porque a polícia de outro país o coloca sob investigação com base em hipóteses levantadas e não confirmadas e que servem somente para justificar um pedido de colaboração", arecsenta a PGR.

Na mesma nota, a PGR esclarece que, no âmbito da invetsigação deste caso, estão "neste momento a ser efectuadas perícias pelo Departamento competente da Polícia Judiciária sobre diversos fluxos bancários", além de outras "diligências várias", consideradas "prioritárias".

A PGR acrescenta que a carta rogatória enviada pelas autoridades inglesas será cumprida, sublinhado que "não foram recolhidos até este momento indícios que permitam levar à constituiçãod e arguido de quem quer que seja".

As autoridades britânicas pediram a Portugal diligências para apurar se José Sócrates "facilitou, pediu ou recebeu" dinheiro para licenciar o Freeport, segundo uma carta rogatória das autoridades britânicas, noticiaram vários órgãos de comunicação social.

O processo relativo ao espaço comercial do Freeport de Alcochete está relacionado com suspeitas de corrupção na alteração à Zona de Protecção Especial do Estuário do Tejo (ZPET) decidida três dias antes das eleições legislativas de 2002 através de um decreto-lei, quando José Sócrates, actual primeiro-ministro, era ministro do Ambiente.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 7:47 am

Zimbabué: O bispo que conforta milhares de vítimas de Mugabe no centro de Joanesburgo



Crianças são a imagem mais nua e crua da tragédia humanitária do Zimbabué em toda a África do Sul: homens, mulheres e crianças, muitas de colo, que procuram o porto seguro que lhes é dado pelo bispo Paul Verryn, na Igreja Metodista Central de Joanesburgo, 29 de Janeiro de 2009, na África do Sul.

Todos os dias, ao fim da tarde, o largo da Igreja Metodista Central de Joanesburgo começa a encher-se de pessoas, que fogem da fome, da doença e da perseguição do regime do Zimbabué.

O espectáculo, já rotineiro para os habitantes do centro de Joanesburgo, é na verdade a imagem mais nua e crua da tragédia humanitária do Zimbabué em toda a África do Sul: homens, mulheres e crianças, muitas de colo, que procuram o porto seguro que lhes é dado pelo bispo Paul Verryn.

Conhecido pela coragem na defesa dos «mais vulneráveis da sociedade» - palavras que utiliza para definir os refugiados - e pela frontalidade nas críticas ao regime do Presidente Robert Mugabe e aos líderes da África Austral, que acusa de apoiarem e sancionarem o regime de Harare, este clérigo sul-africano conquistou a confiança de todos os que fogem do Zimbabué e a admiração dos líderes cívicos, religiosos e políticos da região.

Graça Machel, defensora dos direitos humanos, lançou na passada semana, com várias outras personalidades, na Igreja Metodista Central, a campanha “Salvem o Zimbabué Já!".

Uma dezena de embaixadores da União Europeia baseados em Harare deslocou-se quarta-feira ao mesmo local para “avaliar a situação humanitária dos refugiados e as suas necessidades” e todos afirmaram sentirem-se “vergados pelo peso da tragédia humana” que se desenrola na Igreja Metodista.

Neste momento são mais de duas mil as pessoas que procuram refúgio no local.

Muitas dormem ao relento, frente à igreja, muitas no interior do edifício de cinco andares, espalhadas pelo chão, pelas escadarias, pelos vãos e corredores.

Muitos têm doenças, alguns coxeiam e apoiam-se em muletas, centenas de mulheres carregam ao colo ou nas costas, à maneira africana, crianças de tenra idade.

Todos, sem excepção, exibem as marcas da longa e dolorosa viagem que passa pela entrada a salto na África do Sul. Mais de um milhar de quilómetros para muitos, recheados de perigos, de animais selvagens, de rios infestados de crocodilos e oportunistas que os exploram a troco de uma entrada mais segura no país vizinho.

Logo no exterior fica bem claro que os zimbabueanos não gostam de ser fotografados, nem filmados.

A pequena multidão que ali “acampa” todas as noites tem os seus próprios seguranças e basta que se exiba uma câmara fotográfica para que um grupo de homens zangados rodeie o “intruso” e exija “autorização do bispo” para que a sua mera presença seja aceite pelos refugiados.

“É natural, sabe, muitos deles são procurados por razões políticas no Zimbabué e todos eles estão muito traumatizados pela situação trágica que os forçou a fugir com a roupa que têm no corpo e nada mais”, esclarece Paul Verryn, com um sorriso franco estampado no rosto.

Foi também neste local que muitos milhares de estrangeiros procuraram refúgio quando a onda de ataques xenófobos abalou a África do Sul há pouco mais de um ano. Também nessa crise o bispo os defendeu dos atacantes.

Segunda-feira, logo depois da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) ter divulgado, no comunicado final da cimeira extraordinária de Pretória, que o governo de unidade (com Mugabe na presidência) deverá ser empossado no próximo dia 11 de Fevereiro em Harare, o bispo de 56 anos deixou bem claro o que pensa da estratégia regional para resolver a crise no Zimbabué.

“Mais uma vez a SADC protegeu o ditador e sancionou o regime ditatorial de Robert Mugabe. Apelo a que esse apoio seja retirado de imediato para que o povo do Zimbabué possa escolher os seus representantes sem medo e sem limitações”, declarou.

===============================
NOTA: Os problemas globais são arrepiantes nesta sociedade doente.
Mas para muitos bons analistas, só em Gaza existem dificuldades humanitárias.

avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 5:29 pm

Eu sei kuma NOTA the 500 eurozzzzzitos seria muito + kunveniente mas................

É a Vida..! Kumo dizzzia o outro.
lol! afro
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 5:35 pm



Ai k vidinha!...
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 5:51 pm

Angola: "A expansão angolana está ameaçada" - Economist Intelligence



A economia angolana vai contrair-se este ano, devido à quebra acentuada da produção e do preço do petróleo, voltando a crescer em 2010, afirma a Economist Intelligence Unit (EIU) no último relatório sobre o país.

"Depois de cinco anos de crescimento económico sustentado, alimentado pelo aumento da produção de petróleo, recordes dos preços internacionais e grandes fluxos de investimento estrangeiro, a expansão angolana está ameaçada. A causa principal da retracção é, ironicamente, a fonte da riqueza angolana: as suas substanciais exportações petrolíferas", refere o relatório.

A EIU "espera que o efeito combinado de menores receitas das exportações petrolíferas, quebra no investimento estrangeiro e abrandamento do investimento público, arraste o PIB real para um crescimento negativo pela primeira vez desde 1993".

O último relatório do economista-chefe do Banco Mundial sobre a economia angolana, divulgado quarta-feira, aponta como cenário mais provável uma recessão este ano em Angola.

O crescimento do sector não-petrolífero, diz Ricardo Gazel, mostra-se insuficiente para compensar a quebra nas exportações petrolíferas, grande fonte de receitas do país, que ao longo de 2008 atingiram máximos históricos graças aos preços-recorde da matéria-prima.

As estimativas dos diversos organismos apontam o sector petrolífero como fonte de entre 85 por cento e 90 por cento das receitas angolanas.

Os actuais números da EIU indicam que em 2008 o crescimento do PIB angolano ascendeu a 13,2 por cento, mas que este ano deverá cair para terreno negativo, menos 2,3 por cento, recuperando para 6,2 por cento no próximo ano, "em linha com o aumento da produção petrolífera e à medida que os anteriores cortes de produção são aliviados".

Apesar de ter vindo a reduzir nos últimos meses as suas previsões de crescimento, o governo angolano "recusa-se a admitir o risco de recessão" devido às eleições presidenciais deste ano, segundo a EIU.

"Este será um sério revés para os objectivos de desenvolvimento de Luanda, especialmente porque ainda no ano passado [o governo] comprometeu-se a alcançar uma série de ambiciosas metas de desenvolvimento humano", incluindo uma redução do nível de pobreza e de mortalidade materna e infantil.

Novas reduções nas previsões de crescimento oficiais são prováveis, mas "o Ministério das Finanças vai ver-se sob pressão política para manter a projecção de crescimento acima de zero, para que seja mantida ao menos a aparência de expansão", adianta a EIU.

"A imposição de cortes de produção ao nível da OPEP [Organização de Países Exportadores de Petróleo] e o colapso dos preços petrolíferos internacionais apontam para um fim abrupto da expansão económica angolana. Mas o governo mostra-se avesso a admitir que uma recessão completa está a caminho", prossegue.

As exportações petrolíferas angolanas terão rondado os 1,9 milhões de barris diários no ano passado, novo máximo histórico, quando em 2003 se ficavam pelos 878 mil barris.

No ano passado, diz a EIU, O valor das receitas de exportações rondou os 67 mil milhões de dólares (51.6 mil milhões de euros ao câmbio actual).

Integrado no grupo de publicações britânico The Economist, o gabinete de estudos EIU assina análises e previsões regulares sobre mais de 200 países de todo o mundo e seis indústrias “chave”.
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 7:59 pm



F1 akuatiku Venezzzzzzzzzzzza.......
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Kllüx em Qui Jan 29, 2009 8:05 pm



A Mãe the Vanessa...
avatar
Kllüx

Pontos : 11181

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 100 OBSESSÃO...Magazine

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 25 Anterior  1, 2, 3 ... 13 ... 25  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum