Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Vitor mango em Qua Abr 22, 2009 1:40 pm

A
maior e melhor fábrica de secagem
de bacalhau na América do Norte
Por Manuel Luciano da
Silva, Médico



A
maior e melhor fábrica de secagem de bacalhau na América do Norte está
localizada na cidade de Pawtucket, Estado de Rhode Island, Estados Unidos da América.


Pertence
a dois luso-americanos Manuel
Rodrigues, nascido em Montevideo,
Uruguai, (mas filho de imigrantes portugueses)
e a Joaquim Duarte, nascido em Mangualde, no norte de Portugal.



A
secagem do bacalhau é feita
em estufas especiais, duma
maneira científica com calor e humidade controlada e devidamente inspeccionadas
regularmente pelas Autoridades Sanitárias
Estatais.






Bacalhau
exposto em mesas deste género para o freguês escolher o que desejar.


A
melhor prova de limpeza desta fábrica de secagem é que quando
entramos no estabelecimento não
sentimos nenhum cheiro desagradável, mas
sim um cheiro característico a sal
seco.




Depois
do bacalhau escolhido será partido pelo perito Henrique e pesado


Esta
fábrica vende e exporta bacalhau
para toda a América do Norte. Se estiver interessado em obter o melhor bacalhau
da América pode contactar directamente esta
institui
ção industrial. Aqui estão
as coordenadas:





North
America Salt
and Fresh Fish Corp.

Wholesale & Retail Fresh Fish

Specializing in Dry Cod
450 Prospect Street
Pawtucket, Rhode Island, 02860
Tel. 401-725-8990
Fax 401-725-8991


Um
dos caminhões da companhia




O
bacalhau existe nos oceanos há mais de cento e cinquenta milhões de anos!...




Continua
a ser o melhor alimento para a saúde
humana devido às suas qualidades excelentes.
Leia este artigo com atenção:



O
bacalhau faz melhor
à saúde do que o bife!
Por
Manuel Luciano da Silva, Médico









Porque
é que o bacalhau faz melhor à saúde do que a carne vermelha, como o bife ou
carne de porco?


Porque
o bacalhau tem magníficas qualidades alimentícias!


(1)
Tem poucas calorias visto não ter açúcar nenhum.
É óptimo para os diabéticos.



(2)
Tem tantas proteínas como o bife. É óptimo para o crescimento.





(3)
É um peixe gorduroso, mas a sua gordura é composta pelo ácido linoleico e ômega
três, que fazem baixar o colesterol.




(4)
É muito rico em cálcio para evitar a osteoporose.




(5)
É muito rico em fósforo, necessário para o bom funcionamento do nosso cérebro.




(6)
É pobre em ferro, evitando os ataques do coração.




(7)
Tem uma quantidade de sal semelhante ao do nosso sangue.




(Cool
É muito rico em potássio, elemento muito necessário para a contracção saudável
dos músculos e do coração.




(9)
É
muito rico em iodo absolutamente necessário para o bom funcionamento da nossa
glândula tiróide.




(10)
É muito rico em flúor necessário para evitar
cavidades dentárias.




(11)
É muito rico em vitaminas. A, D e Complexo B.
Porquê? Porque o bacalhau alimenta-se do plânkton.



E
o que é o plâncton?




É
uma palavra grega que quer dizer "vida que flutua". Plânkton é um
conjunto, um lençol flutuante, composto de seres orgânicos na maior parte
microscópicos que flutuam nas águas doces e salgadas. Fitoplâncton se é
vegetal -> algas; zooplancton se é animal -> crustáceos e protozoas. A
exposição do plânkton ao sol origina a concentração de vitaminas devido ao
fenómeno da fotossíntese. Assim o plânkton torna-se um verdadeiro petisco
para os cardumes de peixe. Quando navegamos no mar podemos observar a fluorescência
da água devido à reflexão da luz nos seres vivos que compõem o plânkton.



(12)
Quem é que ainda não ouviu falar
do óleo de fígado de bacalhau como fortificante?




(13)
Pelas suas qualidades excelentes
vitamínicas o bacalhau
é
um
óptimo anti-oxidante para evitar o envelhecimento!




(14)
Não sabemos ainda se o bacalhau faz baixar a homocistina que causa ataques do
coração quando está elevada no nosso sangue.




Devemos
analisar ainda outro dado importantíssimo do bacalhau que é a sua composição
em ácidos essenciais linoleico e ômega 3.




Quais
são os efeitos destes ácidos na nossa saúde?




(15) Diminuem
o colesterol mau no nosso sangue;




(16)
Aumentam o HDL ou seja o colesterol bom;




(17)
Diminuem os triglicerídeos (gorduras más);




(18)
Aumentam a capacidade de exercício;




Evitam
a agregação das plaquetas, portanto diminuindo os ataques cardíacos e
as embolias cerebrais ou "strokes".




(19)
Suprimem a divisão das células
cancerosas.


O
bacalhau e o ovo de galinha




Durante
muitos anos a Medicina considerou o ovo de galinha o alimento mais completo.
Actualmente, devido ao grau elevado
de colesterol que os ovos possuem,
o bacalhau é muito superior para a nossa saúde pelas suas qualidades
excelentes acima apontadas.




O
bacalhau faz DESCER o colesterol mau, enquanto a carne de bife
e de lombo de porco só fazem SUBIR
o colesterol mau no nosso sangue, contribuindo
assim para o desenvolvimento da arteriosclerose nas nossas artérias
especialmente do coração e do cérebro.




Viva
o bacalhau!

Viva
o

nosso
Fiel Amigo!
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Vitor mango em Qua Abr 22, 2009 1:44 pm

O bacalhau é pescado em tres zonas bla bla bla
O bacalhau era pescada a 200 metros mas com as alteraçoes climaticas ele ( o fiel amigo ) cavou para os 900 metros e aí é preciso muita guita para o sacar
Portugal importa a quase totalidade do bacalhau da Noruega
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por ricardonunes em Qua Abr 22, 2009 1:55 pm

Por falar da pesca do fiel amigo Cool

O Navio Gil Eannes


Os Estaleiros Navais de Viana do Castelo projectaram e construíram (dados cronológicos) esta unidade que tem o comprimento total de 98.450m, boca 13.716m e pontal de construção de 8.000m, desloca cerca de 4.854 toneladas com o calado médio de 8 pés, a que corresponde o porte de 2.600 toneladas, e, em serviço, deve dar a velocidade de 12.5 nós.

Dispõe de 4 porões e 3 cobertas para carga: os porões n.º 1, 2, e 3 e a coberta do n.º 1 estão preparados para o transporte de carga refrigerada; o porão e coberta nº 4 servem para o correio; na coberta de ré guardam-se «bidons» para o fornecimento de combustível a outros navios.

O casco, particularmente reforçado para a navegação em mares com gelos, é compartimentado de harmonia com as mais recentes disposições regulamentares de segurança. Satisfizeram-se inteiramente os preceitos da Convenção de Londres de 1948, quanto à protecção contra incêndios: o navio tem cerca de 2500 metros quadrados de superfícies isoladas contra fogo e, além dos meios usuais para combater incêndios, dispõe de um sistema automático de inundação dos locais habitados, por meio de chuva, e de um outro de alagamento dos porões de carga, com gás carbónico, este último associado a um equipamento especial para a detecção de fumos.

O serviço de carga e descarga é feito por meio de 11 paus de carga, servidos por 8 guinchos eléctricos, cada um de 3000kg de força. Completam a maquinaria do convés um molinete dos ferros de 35 HP e um sistema de governo electroidráulico, com o comando normal na casa do leme e o comando de recurso no convés, à popa.

O arrefecimento dos porões de carga refrigerada é feito por meio de difusores de ar frio, associados a sistema individuais de condutas de distribuição. As máquinas frigoríficas, instaladas em dois lugares distintos, totalizam a potência de 140HP.

Os motores principais são dois, cada um de 1400BHP a 300 r.p.m.. Entre os auxiliares mais importantes, contam-se 5 grupos electrógeneos capazes de fornecerem 512kW, 16 grupos electrobombas e 2 grupos electrocompressores. A potência eléctrica total instalada é de cerca de 780kW.

O sistema de comunicações internas do navio compreende uma rede de telefones automáticos, uma outra de intercomunicadores, uma instalação de som para música e ordens, além dos usuais porta-vozes e telégrafos mecânicos de ordens. Para as comunicações com o exterior, o navio está equipado com uma instalação de T.S.F. das mais completas, compreendendo receptores e transmissores de grafia e fonia, nas gamas de onda autorizadas.

Foi particularmente cuidado o estudo da ventilação, que é feita com ar aquecido para prover também à manutenção da temperatura ambiente dos locais habitados ao nível dos 18ºC. O aquecimento do ar é feito com vapor fornecido por uma caldeira de 50 metros quadrados de superfície de aquecimento.

O navio tem um elevador para o serviço da parte hospitalar e lavandarias mecanicas completas, com aparelhagem de desinfecção, máquinas de lavar, enxugar e passar a ferro.

A aparelhagem de navegação compreende, além do usual, girobússola com duas repetidoras, sondador eléctrico, aparelhagem Loran de posição, radiogoniómetro e radar.

(Retirado da brochura original dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo e pelo Grémio dos
Armadores de Navios da Pesca do Bacalhau de 1955 e constante na reedição "Gil Eannes"
da Câmara Municipal de Viana do Castelo e da Comissão Especial Pró Gil Eannes de 1997)



quem quizer saber mais, "klic" aqui
avatar
ricardonunes

Pontos : 3302

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Vitor mango em Qua Abr 22, 2009 1:57 pm

Ouvi uma reportagem dos bacalhoeiros de Ilhavo
Chiça aquilo era mesmo uma vida dramatica
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por RONALDO ALMEIDA em Qua Abr 22, 2009 1:58 pm

O Pai DO MEU TIO ERA O maior armador DE bacalhau DE PORTUGAL!!! tINHA 6 navios!!! Naquele tempo, depois meteu0se nos vinhos , HOTELARIA, AGRICULTURA ,IMOBILIARIO. Chegou a ser o 40 HOMEM MAIS RICO DE PORTUGAL!!! GRANDES PORTUGUESES, nao esta CAGADA de POLITICOS que so DESTROEM e consomem e FALAM BARATO!!! e roubam!!!
avatar
RONALDO ALMEIDA

Pontos : 10367

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Vitor mango em Qua Abr 22, 2009 2:07 pm

Pesca do Bacalhau



Na pesca do bacalhau, tudo era duplamente complicado. "Maus tratos, má comida, má dormida... Trabalhavam vinte horas, com quatro horas de descanso e isto, durante seis meses. A fragilidade das embarcações ameaçava a vida dos tripulantes" dizia Mário Neto, um pescador que viveu estes episódios e pode falar deles com conhecimento de causa.

Quando chegava à Terra Nova ou Gronelândia, o navio ancorava e largava os botes. Os pescadores saíam do navio às quatro da manhã e só regressavam à mesma hora do dia seguinte, com ou sem peixe e uma mínima refeição: chá num termo, pão e peixe frito. No navio, o bacalhau era preparado até às duas ou três da manhã. Às cinco ou seis horas retomava-se a mesma faina. Isto, dias e dias a fio, rodeados apenas de mar e céu.


Teresa Reis, A pesca do bacalhau"

A pesca do bacalhau realizada pelos pescadores portugueses na Terra Nova e Gronelândia, encontra-se intimamente associada à saga das navegações e descobertas, datando do séc. XIV. Há registo da partida, da ilha do Faial, de Diogo, de Teive em 1452. A partir da viagem dos Corte-Real, em meados do século XVI, foi elaborado o Planisfério de Cantino, onde se divulgava um primeiro mapa menos fantasioso dessas regiões (Terra Nova e Labrador) e com o qual a navegação se tornou mais segura e maior a presença portuguesa na pesca do bacalhau.

Em 1504 havia na Terra Nova colónias de pescadores de Aveiro e de Viana do Minho. Em 1506 um dos principais portos bacalhoeiros era Aveiro. Entre 1520 e 1525 existiu, na Terra Nova, uma colónia de pescadores de Viana do Minho que se dedicava à pesca sedentária - pescavam e secavam o peixe ali mesmo. A permanência ia de Abril a Setembro.

No reinado de D. Manuel I (1465-1521) Aveiro foi o porto que mais navios enviou para a Terra Nova (cerca de 60 naus) e em 1550 saíram cerca de 150 naus. O período de dominação dos Filipes (1580-1640) levou quase à extinção da pesca do bacalhau (em 1624 não havia qualquer barco nos portos de Aveiro). A recuperação da Pesca do Bacalhau só se faz no séc. XIX. Até lá, 90% do consumo interno do bacalhau é importado. Em 1830 foram criados incentivos à pesca com a extinção do pagamento dos dízimos e com a construção de 19 barcos.

Sem alterações notórias, através dos séculos, a tripulação dos Bacalhoeiros era composta por:

* Capitão
* Piloto
* Marinheiros (pescadores)
* Cozinheiro
* 1 ou 2 moços (mais recentemente passaram a ser 6, 8 ou 10) conforme a capacidade do navio.

Entre os marinheiros - Pescadores, a divisão era:

* Escalador
* Salgador
* Simples pescador
* "Os verdes" (os que se iniciavam na faina)

Havia tripulantes com funções específicas: "troteiro", "cabeças', "porão", "garfo", "celhas", etc. E muitos estão enterrados num cemitério em St. John's, do qual ninguém fala, nem sequer atrai visitantes.

As iscas usadas eram amêijoas, lulas.... Só na década de 20, apareceu a assistência aos barcos feita por 2 barcos a vapor - Carvalho Araújo, em 1923, e Gil Eanes, em 1927.

O atraso português no processo de industrialização determinou que esta pesca se prolongasse pelo século XX (até 25 de Abril de 1974) com base numa tecnologia ultrapassada: pesca à linha de mão, munida dum único anzol, a bordo dos dóris, pequenas embarcações individuais de fundo chato e tabuado rincado, com um comprimento de 4 a 5 metros e 80 a 100 Kg de peso, apoiando-se nos tradicionais veleiros de madeira. Tratava-se, contudo, de uma técnica de pesca bastante menos agressiva dos recursos dos que as redes de emalhar ou de arrasto.

Em 1934 foi feita a organização corporativa da Indústria Bacalhoeira. Planeou-se uma grande reorganização da Pesca do Bacalhau, através de:

* Empréstimos do Estado a armadores portugueses
* Criação da Comissão Reguladora do Comércio do Bacalhau e da Cooperativa dos Armadores de Navios de Pesca do Bacalhau entre outras.
* Renovação da frota
* Desenvolvimento da Pesca do Arrasto

Mas em Portugal continuou-se a insistir na pesca à linha. Os últimos grandes veleiros foram construídos em 1937: Argus, Santa Maria Manuela e Creoula, mas poucos anos se mantiveram nesta faina. A última viagem dum lugre - o Gazela Primeiro - ocorreu em 1969. As capturas tinham começado a diminuir e em 1974 a situação estava num caos. Era difícil recrutar pescadores, que preferiam emigrar, o que lhes proporcionava menos sofrimento e melhor perspectiva de vida. O total de barcos era então de 55, sendo 5 de pesca à linha, 13 com redes de malha e 37 d
e
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Vitor mango em Qua Ago 29, 2012 1:32 am

a...m...e..n

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Joao Ruiz em Qua Ago 29, 2012 3:38 am

.
Que estranho!

O Kllux não deu aqui um ar da sua graça. Será que cortou relações com o bacalhau?!

Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Kllüx em Sex Ago 31, 2012 8:13 pm





Laughing Laughing Laughing queen lol!

Gavião de Penacho


De bico p’ra cima


De bico p’ra baixo!


Mais acima, mais abaixo


Vai ao centro ... e


Mete p’ra dentro!


Laughing Laughing Laughing

Esta the √ai ao centro e meter pr'a dentro... tem k perguntar ao Dr. Mango Mok@$, king kümo se faz. bounce bounce bounce

avatar
Kllüx

Pontos : 11176

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Kllüx em Sex Ago 31, 2012 9:18 pm





AVOID COD: Atlantic (Canada & US)
Evite Bacalhau: Do Atlântico assim como outros animais vertebrados que nascem e vivem na água, respiram pelas guelras e komem toda a merda k lhes aparece na frente da bükarrrrrrrrrra. Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz Razz





A escolha é sua... mas a sardinha é uma escolha muito mais saüdável.
O bacalhaü kontem altos níveis de merkürio Twisted Evil









avatar
Kllüx

Pontos : 11176

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Kllüx em Ter Set 04, 2012 6:41 am




De bico p’ra cima Laughing Laughing Laughing






avatar
Kllüx

Pontos : 11176

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Vitor mango em Ter Set 04, 2012 9:35 am

Alabote é o unico pe3ixe que eu vejo no programa do Ransey ser KU zi Nhado e...tivce que ir ao Google ( salvo sseja para ver o aspeto

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108398

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Viva o bacalhau! Viva o nosso Fiel Amigo!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum