Portugueses colocaram milhões na Islândia

Ir em baixo

Portugueses colocaram milhões na Islândia Empty Portugueses colocaram milhões na Islândia

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Mar 21, 2010 6:24 am

Portugueses colocaram milhões na Islândia

por PEDRO FONSECA
Hoje

Portugueses colocaram milhões na Islândia Ng1269625
De Sérgio Conceição à fábrica do Santuário de Fátima, há cerca de 200 lesados.

Quase duas centenas de queixas foram apresentadas até final do ano passado por pessoas e instituições portuguesas, que se constituíram credoras do banco islandês Kaupthing.

Do futebolista Sérgio Conceição (com quase 5300 euros) ao empresário Carlos Moreira da Silva (com mais de 85 mil euros), dos 10 mil euros da Fábrica do Santuário de Fátima aos milhões de euros de bancos e fundos de pensões, o aliciante de elevadas taxas de juro em obrigações - na maioria dos casos - cativou os portugueses a investir na banca da Islândia. Só as principais empresas investidoras nacionais colocaram acima de 100 milhões de euros (ver caixa).

Uma listagem confidencial com mais de 28 mil nomes, alguns repetidos, data de 23 de Janeiro e foi revelada esta semana pelo site WikiLeaks. No total, as dívidas ascendem a milhões de euros e envolvem entidades como a Goldman Sachs e o Morgan Stanley (actual consultora financeira no processo de recuperação do banco), o Deutsche Bank ou o Crédit Suisse, a agência noticiosa Bloomberg ou a empresa de refrigerantes Pepsi, a IBM Austria e a Organização Europeia de Patentes, as espanholas Carmelitas del Sagrado Corazon, e ainda investimentos líbios, do Iraque e da Arábia Saudita.

No caso dos investimentos portugueses, a grande maioria foi em obrigações, mas também há empréstimos bancários. Grande número das queixas está classificada como AF, significando que a decisão de regularização foi adiada, segundo o código de classificação do banco.

O Kaupthing Bank foi à falência em Setembro de 2008, acompanhado por outros dois bancos, o Glitnir e o Landsbanki, arrastando a credibilidade do sistema económico islandês. Os bancos encerraram durante dias e, na reabertura, o valor do sistema financeiro caiu mais de 77%, obrigando ao recurso a empréstimos externos para assegurar liquidez.

No início do mês, um referendo na Islândia rejeitou o pagamento de quase quatro mil milhões de euros à Inglaterra e à Holanda, que os emprestaram para a regularização do pagamento de 400 mil contas do Landsbanki.

Também este mês, o Kaupthing emitiu um novo relatório aos credores, onde revela ter actualizado a lista de queixosos, disponível num acesso seguro do seu site Web. A lista, segundo o banco, "é confidencial e exclusiva para uso das partes que apresentaram queixas" entre Julho e Dezembro passado. Ainda segundo documentos do banco, a 18 de Maio haverá nova reunião de credores.

Neste novo relatório, a comissão de liquidação do banco regista 28 085 queixas de credores de 119 países no valor de 7288 mil milhões de coroas islandesas - cerca de 42 mil milhões de euros ao câmbio actual (0,005 cêntimos), mas a moeda islandesa tem vindo a perder fortemente face ao euro desde Abril de 2009, data de registo do valor das queixas.

In DN

Portugueses colocaram milhões na Islândia 000203D1

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum