Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Gato escondido com o rabo de fora (2)…

Ir para baixo

Gato escondido com o rabo de fora (2)…  Empty Gato escondido com o rabo de fora (2)…

Mensagem por Viriato Sab Set 04, 2010 11:45 am

Gato escondido com o rabo de fora (2)…

O Dr. Paulo Teixeira Pinto foi à SIC, ao programa "Quadratura do Círculo" tentar explicar o projecto de revisão constitucional do PSD. Nada mais adequado num programa cuja designação descreve na perfeição o dilema de PTP e do PSD: desfazer a quadratura do círculo.

Começou por dizer que defendia para a saúde e para a educação os princípios de universalidade e de acesso (??) da Justiça. Ou seja, basicamente, uma prestação de cuidados de saúde e um ensino oficioso para os pobrezinhos e (entusiasticamente secundado por Lobo Xavier) plena liberdade de escolha para os portugueses que “podem pagar mais”.

Criticou o peso da carga fiscal no sustento aos sistemas públicos de saúde e de educação, defendendo o fim das redes públicas, ao mesmo tempo que insistiu nos co-pagamentos (na prática um aumento de impostos encapotado sob a forma de pagamento na hora).

Reconheceu (embora contrariado) que os ricos já pagam mais e que cerca de 46% dos agregados familiares estão isentos de IRS. Desconhece a utilidade dos princípios de solidariedade insistindo na discriminação dos cidadãos no momento da utilização do sistema (mesmo que inesperada e involuntária).

Insistiu (com o apoio entusiástico de Lobo Xavier) na liberdade de escolha (naturalmente para os ricos) defendendo a manutenção das (inéditas e inauditas em termos europeus) deduções fiscais de efeito socialmente regressivo. Percebe-se porquê: os co-pagamentos impostos à classe média e média-alta (para financiar o sistema privado e destruir de vez o sistema público) seriam, naturalmente, reembolsados com o dinheiro de todos aos mais ricos por via das anacrónicas e injustas deduções fiscais.

Finalmente alguém que leia este blogue e conheça o Dr. Lobo Xavier lhe explique por favor que há muitos anos que o sector privado participa no sistema de saúde chegando, nalguns casos, a representar quase quarenta por cento da prestação. Por conseguinte a conversa sobre o Estado dominador e monopolista só pode ser tida por desconhecimento ou má-fé. Já agora como pessoa viajada que deve ser recomendar-lhe uma volta pelos países nórdicos, de matriz social-democrata, e no entanto tão dominantemente estatizantes na saúde e na educação. Porque será?



Pensador
Viriato
Viriato

Pontos : 16657

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos