Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Paraguai

Ir para baixo

Paraguai Empty Paraguai

Mensagem por Joao Ruiz Dom Set 05, 2010 6:38 am

.
Boletim médico dos líderes: O poder da doença

por SUSANA SALVADOR
Hoje

Paraguai Ng1338304

Foi diagnosticado um cancro ao Presidente do Paraguai, Fernando Lugo, mas as sessões de quimioterapia não impedem o antigo bispo de trabalhar. Ele garante que nada o vai impedir de terminar o mandato. Houve contudo outros chefes do Estado que tiveram de renunciar.

Um cancro linfático que se manifestou num tumor na virilha, outro no tórax e um último numa vértebra da coluna. Foi este o diagnóstico que os médicos entregaram ao Presidente do Paraguai, Fernando Lugo, que se mostra confiante apesar das quatro sessões de quimioterapia a que ainda terá de se submeter. Mas a confiança não afasta as preocupações dos colaboradores nem as pressões para que abdique do poder.

No passado, problemas de saúde obrigaram outros presidentes a resignar. O caso mais conhecido será o de Fidel Castro, que após 46 anos no poder em Cuba se afastou da vida pública e entregou o poder ao irmão, Raúl Castro, em Julho de 2006. Mas não é caso único. Para escapar à pressão, houve também quem tivesse ocultado a doença, como o francês François Mitterrand. E há os que acabaram por morrer ainda em funções, como o palestiniano Yasser Arafat.

"Nada vai impedir-me de concluir o meu mandato em 2013", disse Lugo ao regressar de São Paulo, no Brasil, onde esteve internado para dar início ao tratamento, na segunda semana de Agosto. No sábado, submeteu-se à segunda sessão de quimioterapia. Os opositores, que têm a maioria no Congresso, esperam para ver como evolui a doença, antes de decidir se aumentam a pressão para que o ex-bispo católico deixe a presidência.

Segundo a ministra da Saúde paraguaia, Esperanza Martínez, as sessões de quimioterapia vão realizar-se ao fim-de-semana, de forma a minimizar o seu impacto na agenda presidencial. Mas à medida que se submete aos tratamentos, Lugo terá de ter redobradas preocupações com a sua saúde, para evitar infecções. A segunda semana a seguir à quimioterapia (que será aplicada de 25 a 25 dias, no máximo) é particularmente vulnerável, devendo o Presidente evitar grandes multidões.

A saúde do Presidente é avaliada diariamente. "Esta manhã o Presidente foi submetido a análises de rotina e constatou-se uma recuperação favorável do nível das suas defesas, razão pela qual se 'aliviaram' as restrições indicadas nos dias interiores", revelava um dos boletins médicos da semana passada, depois de numa sexta-feira Lugo ter saído mais cedo do gabinete e ter recebido a visita do médico em casa.

O cancro de Lugo encontra-se num estado avançado, tendo sido detectado num exame de rotina, mas é curável. Além do problema de saúde, o Presidente enfrenta ainda um teste de paternidade (primeiros resultados deram negativo), para determinar se é ou não o pai de um menino de dois anos - após assumir outro filho, gerado quando ainda era bispo.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Paraguai Empty Milhares na rua contra Sarkozy

Mensagem por Joao Ruiz Dom Set 05, 2010 6:43 am

.
Milhares na rua contra Sarkozy

por PEDRO CORREIA
Hoje

Paraguai Ng1338285

Partidos de esquerda, sindicalistas e associações de imigrantes contestam ordem para a expulsão de ciganos.

Milhares de franceses saíram ontem à rua, em 133 cidades, num enérgico protesto contra a decisão do Presidente Nicolas Sarkozy de repatriar ciganos romenos e búlgaros. Na manifestação de Paris, a que reuniu maior número de pessoas, Sarkozy chegou a ser comparado ao general Pétain, o presidente-fantoche tolerado por Hitler na França ocupada de 1940.

Estudantes, sindicalistas, activistas de direitos humanos, dirigentes de associações representantivas das comunidades imigrantes e militantes de todos os partidos de esquerda - com destaque para o Partido Socialista, principal força da oposição - participaram nesta iniciativa, convocada na sequência do repatriamento de cerca de mil ciganos que se encontravam indocumentados em França. Dezenas de organizações não-governamentais apoiaram o protesto.

"Não à política desumana de Sarkozy", lia-se num dos cartazes exibidos em Paris. Um dos oradores desta manifestação, Pierre Corinne, foi muito aplaudido ao afirmar: "A França não é de Sarkozy, a França é de todos os cidadãos, incluindo os imigrantes."

As opiniões dividiram-se sobre o número de participantes. Segundo fontes policiais, não estariam mais de 12 mil pessoas neste desfile. Mas os organizadores referiram um número muito mais elevado: 50 mil.

O presidente da câmara de Paris, Bernard Delanoë, associou-se ao protesto, assim como a líder dos Verdes, Cécile Duflot. Outra participante no desfile foi a actriz Jane Birkin, que salientou: "Estamos a expulsar pessoas que têm sido expulsas de diversos lados há várias gerações."

Marselha, Bordéus, Lyon, Rennes, Toulouse e Lille foram algumas das cidades francesas onde decorreram protestos idênticos ao de Paris. A solidariedade com os ciganos estendeu-se, de resto, a outras cidades europeias, como Belgrado, Budapeste e Lisboa.

"Recusamos esta política incendiária e xenófoba", afirmou Pascal Nakache, presidente da Liga dos Direitos Humanos, no comício de Toulouse, citado pela BBC.

A decisão de Sarkozy, que causou polémica no próprio Governo francês, foi justificada por motivos de segurança após vários distúrbios ocorridos no Verão. Mas o primeiro-ministro François Fillon levantou objecções a tal medida, que mereceu críticas da ONU e do Papa Bento XVI. E o ministro dos Negócios Estrangeiros, Bernard Kouchner, admitiu resignar ao cargo, que ocupa desde a subida de Sarkozy ao poder, em 2007.

O Presidente alega estar a respeitar normas comunitárias, que permitem às autoridades de cada Estado membro da União Europeia repatriar estrangeiros sem contrato de trabalho ao fim de três meses. Cerca de dois terços dos franceses, de acordo com as mais recentes sondagens, afirmam apoiar a decisão de Sarkozy.

Mas o tema permanece na primeira linha do debate político. Na sessão plenária do Parlamento Europeu, que decorre entre hoje e quinta-feira em Estrasburgo, os eurodeputados vão debater a eventual violação, por parte de Paris, das regras europeias sobre liberdade de circulação e direitos fundamentais.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Paraguai Empty Fernando Lugo não se candidata às eleições de 2013

Mensagem por Joao Ruiz Qua Ago 22, 2012 5:48 am

.
Fernando Lugo não se candidata às eleições de 2013

por Leonor Mateus Ferreira, editado por Patrícia Viegas
Hoje

Paraguai Ng2082123

O ex-presidente do Paraguai, Fernando Lugo anunciou ontem que não se irá candidatar às eleições em 2013, em declarações à cadeia de televisão Telesur.

Em vez de se candidatar ele próprio, Fernando Lugo diz estar mais preocupado em fortalecer a formação política que apoia, a Frente Guasú, para garantir a eleição do candidato escolhido nas eleições do próximo ano, segundo noticia o jornal espanhol ABC.

A data das eleições gerais no Paraguai foi ontem marcada para dia 21 de abril de 2013 pelo Tribunal Supremo de Justiça Eleitoral, avançaram as agências Europa Press e AFP.

O ex-presidente, cuja recandidatura estava envolta em dúvidas, esclarece assim a onda de rumores que surgiram nas últimas semanas entre os membros da formação partidária que inclui partidos de esquerda e centro-esquerda.

Lugo foi destituído pelo Parlamento paraguaio a 22 de junho deste ano. A demissão de Lugo teve consequências a nível internacional e o país viu a sua participação na União das Nações Sul Americanas e no Mercado Comum do Sul suspensa até à realização de novas eleições.

In DN

Paraguai Images?q=tbn:ANd9GcSPw6ej9H5fbSpLkNi8r9oIo_zcxDie5WZALbPC_xOdFXWkcmsWCyGv

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Paraguai Empty Re: Paraguai

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos