Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Egipto

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Egipto

Mensagem por Joao Ruiz Sex Dez 03, 2010 8:52 am

Relembrando a primeira mensagem :

.
Tubarão atacou turistas no Egipto


Hoje

Egipto - Página 2 Ng1393582

As vítimas, russas, foram levadas de helicóptero da estância balnear no mar Vermelho para o Hospital do Cairo

Quatro turistas russos foram atacados, em momentos diferentes, por um tubarão quando mergulhavam no mar Vermelho, não longe da costa da popular estância balnear egípcia de Sharm el- -Sheikh. Os responsáveis egípcios proibiram de imediato a prática de desportos náuticos junto a Sharm el-Sheikh enquanto o tubarão não fosse encontrado.

Um dos turistas encontra-se em estado crítico no hospital do Cairo, segundo revelou a BBC. De acordo com este órgão de informação, os responsáveis egípcios consideravam tratar-se de um tubarão-branco adulto que queriam apanhar vivo e libertá-lo numa área remota do golfo de Suez. No entanto, o animal em causa acabou por ser apanhado por um pescador.

O tubarão, segundo várias fontes, atacou em dois momentos e sempre casais de russos. No primeiro ataque, que terá ocorrido na quarta-feira, o turista russo perdeu um dos braços enquanto procurava distrair o animal para que a mulher fugisse. O segundo ataque ocorreu ontem e o animal visou as pernas do homem e da mulher; esta teve mesmo de ser reanimada. Hassan Salem, instrutor de mergulho, afirmou ter tentado afastar o tubarão mas quando percebeu que não o conseguia alertou todos os mergulhadores para abandonarem rapidamente a água.

As vítimas foram levadas de helicóptero para o Hospital do Cairo, onde ainda se mantêm.

Os responsáveis egípcios afirmaram que normalmente há dois ataques de tubarões por ano na área e que o número das vítimas tem aumentado porque também tem aumentado o número de nadadores e mergulhadores no local.

Há dois anos, um golfinho salvou um casal, que nadava na mesma região onde ocorreram estes ataques, ao distrair um tubarão que se aproximava.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo


Egipto - Página 2 Empty "Irmandade Muçulmana não tomará controlo do Egipto"

Mensagem por Joao Ruiz Ter Mar 01, 2011 5:12 am

.
"Irmandade Muçulmana não tomará controlo do Egipto"

por DN.pt
Hoje

Tariq Ramadan, de 48 anos, é um intelectual suíço doutorado em estudos islâmicos. Neto de Hasán al Bana, fundador da Irmandade Muçulmana, garante que esta força religiosa e política não vai assumir o controlo do Egipto e considera que há um choque de percepções e não de civilizações.

"As percepções que temos uns dos outros são simplistas. Os árabes acreditam que o Ocidente é cristão e corrupto. No Ocidente acreditamos que o Islão é monolítico, que responde a manchetes de violência e a radicais extremistas. Tudo isto é falso. Temos de desconstruir estas percepções e ver a realidade", afirmou Tariq Ramadan em entrevista ao jornal espanhol Público, no âmbito do lançamento do seu livro, "Mi visión del islam occidental" (A minha visão do Islão ocidental, em português).

Este intelectual considera que os muçulmanos de segunda e terceira geração, na Europa, estão mais integrados. "Sou suíço de nacionalidade e egípcio de origem. Mas, porque falo inglês e francês? Porque estou mais integrado. As nossas percepções estão afastadas da realidade. Por exemplo, não entendemos porquê os muçulmanos europeus vão à mesquita. Interpretamos isso como um sinal de que não se querem integrar e é o contrário. Quem constrói uma mesquita fá-lo porque se sente em casa e quer ficar", vinca Tariq Ramadan.

O autor critica ainda o Ocidente pelos estereótipos que levaram os líderes políticos a apoiarem ditaduras no Médio Oriente e Magrebe, como únicas alternativas aos radicalismos islâmico. E garante que o Egipto não será dominado pela Irmandade Muçulmana, na sequência da saída do ditador Hosni Mubarak: "A Irmandade Muçulmana não vai tomar o controlo do Egipto porque esta não é a sua revolução, é uma revolução do povo. Mas a Irmandade Muçulmana pode participar uma democracia. Agitar o fantasma do Islão radical é o que têm feito os ditadores árabes."

In DN

Egipto - Página 2 Notsure

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Egípcios tentam evitar destruição de documentos

Mensagem por Joao Ruiz Sab Mar 05, 2011 4:15 pm

.
Egípcios tentam evitar destruição de documentos

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1467953

Milhares de egípcios invadiram hoje vários edifícios da agência de segurança interna com o objectivo de evitar que sejam ocultados documentos que contêm provas de violações dos direitos humanos, segundo a agência de notícias AP.

Vários edifícios da agência foram invadidos por manifestantes nas principais cidades do Egipto, entre eles a sede, no bairro de Nasr City, no Cairo, em cujo complexo terão entrado 2.500 pessoas. "Estamos dentro, centenas de nós", disse Mohammed Abdel-Fattah, um dos manifestantes que invadiram o edifício de Nasr City, em declarações à AP, acrescentando que a invasão aconteceu pelas portas traseiras, pelo que os militares não a conseguiram impedir. "Estamos à procura de documentos e de detidos", explicou, enquanto atrás se ouviam gritos de "Deus é grande".

Os serviços de segurança interna são acusados de alguns dos mais graves abusos dos direitos humanos na repressão aos opositores do regime de Mubarak, que governou o Egipto durante quase 30 anos. Os egípcios têm agora receio de que os documentos que comprovam as atrocidades sejam totalmente destruídos, uma vez que acreditam que muitos já foram triturados. Os manifestantes exigem que a agência seja desmantelada e que os seus líderes sejam julgados, afirmando que, apesar da queda de Mubarak, esta continua activa na protecção ao antigo regime, tentando sabotar a revolução.

O primeiro assalto aos edifícios da agência aconteceu na noite de sexta-feira em Alexandria, quando mais de mil pessoas invadiram o prédio enquanto polícias abriam fogo sobre a multidão. Quatro manifestantes foram feridos e mais de 20 agentes de segurança foram espancados violentamente, segundo testemunhas. O papel da agência de segurança no novo Egipto é uma das questões mais delicadas com que têm de lidar os militares que assumiram o poder no país após a saída forçada de Mubarak a 11 de Fevereiro, após uma revolta popular de durou 18 dias.

A agência foi a força de segurança mais forte durante a era Mubarak, recolhendo informações tanto sobre os adversários como os apoiantes do regime, disse o analista político Ali Hassan Ammar. "A agência foi o cérebro por trás de todo o planeamento durante o reinado de Mubarak", afirmou. Segundo Hassan, após a queda de Mubarak, a agência continua a desempenhar o papel de principal fornecedor de informações para os actuais governantes do Egipto, que não têm a experiência na gestão dos assuntos públicos.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty ElBaradei pretende candidatar-se à presidência do Egipto

Mensagem por Joao Ruiz Qui Mar 10, 2011 10:28 am

.
ElBaradei pretende candidatar-se à presidência do Egipto

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1471463

O prémio Nobel e antigo director da Agência Internacional de Energia Atómica, o egípcio Mohamed ElBaradei, afirmou hoje que disputará a presidência do Egipto assim que existir um sistema democrático.

Em declarações à televisão egípcia, ElBaradei afirmou que as emendas constitucionais decididas para conduzir o Egitpo para a democracia são "superficiais". Apelou aos militares que dirigem o país para as deitarem fora ou adiarem um voto sobre as mesmas, previsto para 19 de Março.

As emendas constitucionais limitam a dois os mandatos presidenciais que podem ser desempenhados por uma pessoa, estabelecendo em quatro anos a duração de cada.

Permitem ainda que as eleições presidenciais possam ser disputadas por independentes ou por membros da oposição.

Mas ElBaradei considera que as mudanças não limitam os poderes do presidente nem dão tempo suficiente para os partidos políticos se formarem

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Cada vez mais apelos ao "não"

Mensagem por Joao Ruiz Qui Mar 17, 2011 11:28 am

.
Cada vez mais apelos ao "não"

por Lusa
Hoje

A poucos dias do referendo sobre as alterações à Constituição do Egito, marcado para sábado, cada vez mais vozes apelam ao voto "não", considerando que as mudanças propostas são insuficientes.

Os dois candidatos declarados às presidenciais, Amr Moussa, secretário-geral da Liga Árabe e Mohamed ElBaradei, antigo diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), anunciaram que votariam contra, argumentando que "remendar" a Constituição não é suficiente.

Na segunda-feira, a "coligação de jovens da revolução", que agrupa os militantes pró-democracia que lançaram o apelo à revolta popular contra o regime de Hosni Mubarak, apelou ao "não", exigindo uma nova Constituição.

O apelo ao "sim" no referendo veio do mais organizado dos movimentos da oposição, a Irmandade Muçulmana.

"As emendas constitucionais não são suficientes para satisfazer as reivindicações da revolução e dos revolucionários, mas o país atravessa um período crítico (...) que é preciso ultrapassar com estas emendas para que se passe de um período de transição para um período de estabilidade", afirmou um alto responsável da Irmandade, Mohammed Mursi, no 'site' da organização.

Os egípcios são chamados no sábado a pronunciar-se sobre a reforma constitucional proposta por uma comissão de juristas nomeada pelos militares, que gerem o país após desde o afastamento de Mubarak a 11 de fevereiro.

A comissão propõe que o presidente tenha apenas dois mandatos consecutivos de quatro anos cada e que as condições de candidatura ao cargo sejam menos exigentes.

Uma outra alteração diz respeito à forma de supervisão das eleições, com a comissão a propor que seja sujeita a controlo judicial de forma a evitar fraudes.

A atual Constituição, suspensa pelos militares, determina que o mandato presidencial é de seis anos e não fixa um limite de mandatos.

Para Amr Moussa, as mudanças "não respondem às ambições do povo egípcio, que deseja uma era democrática" após três décadas de regime autoritário e os poderes presidenciais devem ser reduzidos.

Mohamed ElBaradei reclamou uma nova Constituição, afirmando que "atendendo à divisão do povo sobre as consequências do referendo, anulá-lo até à clarificação das coisas é do interesse de todos".

O Prémio Nobel da Paz de 2005 pede a formação de um "conselho presidencial" formado por dois civis e um militar para gerir o país durante um período de transição que pode ir até dois anos. Nesse período seria formada uma Assembleia Constituinte para elaborar uma nova Constituição.

Esta proposta conta com o apoio da coligação de jovens da revolução.

"Nós dizemos 'Vai votar e diz não'. Queremos uma nova Constituição e o prolongamento do período de transição com a criação de um conselho presidencial", disse à agência France Presse Chady Ghazali Harb, membro da coligação.

Dois partidos da oposição, o Tagammou (esquerda) e o Wafd (liberal) também disseram rejeitar as alterações constitucionais.

Segundo o analista político Hassan Nafaa, a revisão constitucional "teria sido saudada se fosse proposta antes da revolução de 25 de janeiro no âmbito de um programa de reformas".

"Mas como surge depois de uma revolução (...) que decapitou o regime, é natural que seja vista como uma tentativa de recuo", afirmou no jornal Al-Masri Al-Yom.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Aprovadas emendas à Constituição com 77% dos votos

Mensagem por Joao Ruiz Dom Mar 20, 2011 5:01 pm

.
Aprovadas emendas à Constituição com 77% dos votos

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1480733

As emendas à Constituição egípcia submetidas no sábado a referendo foram aprovadas com 77 por cento de votos "Sim", segundo os resultados finais anunciados hoje, domingo, pela comissão encarregada da organização da consulta.

O presidente da comissão, Ahmed Attiya, disse que a taxa de participação foi de 41 por cento dos 45 milhões de eleitores e que mais de 14 milhões - 77 por cento - votaram a favor. Os votos contra foram cerca de 4 milhões, o que corresponde a 22,8 por cento.

Os egípcios foram chamados no sábado às urnas num referendo sobre as alterações à Constituição, na primeira etapa de um processo de transição liderado pelos militares após o fim do regime do Presidente Hosni Mubarak.

Entre as emendas propostas, figuram a limitação de dois mandatos presidenciais consecutivos de quatro anos cada e a simplificação das condições de candidatura ao cargo.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty 685 mortos e 5000 feridos durante a revolução

Mensagem por Joao Ruiz Ter Mar 22, 2011 11:07 am

.
685 mortos e 5000 feridos durante a revolução

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1481995

Um total de 685 pessoas morreram e mais de 5000 ficaram feridas durante a revolução egípcia, de 25 de janeiro a 11 de fevereiro, segundo um relatório da comissão encarregada pela investigação dos incidentes.

O relatório, elaborado por um comité do Conselho de Direitos Humanos egípcio, revela as irregularidades cometidas pelas forças de segurança do ex-presidente Hosni Mubarak contra os manifestantes durante a revolução, bem como os nomes de empresários, dirigentes da polícia e altos funcionários implicados nos ataques contra os manifestantes.

O estudo foi entregue à Junta Militar, que dirige o país, ao primeiro-ministro egípcio, Esam Sharaf, e à Procuradoria-Geral, e foi feito com base em informações oferecidas pelos hospitais, que receberam as vítimas, adianta o relatório.

O relatório explica que 1200 manifestantes ficaram feridos nos olhos e que alguns perderam a vista, o que segundo o estudo revela a intenção de matar da parte da polícia.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Mubarak convocado pela justiça para ser ouvido em inquérito

Mensagem por Joao Ruiz Dom Abr 10, 2011 11:21 am

.
Mubarak convocado pela justiça para ser ouvido em inquérito

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1498619

O antigo presidente egípcio Hosni Mubarak e dois filhos foram convocados pela justiça no âmbito de um inquérito sobre a violência contra manifestantes durante a revolta popular no Egipto e por acusações de corrupção, foi hoje anunciado.

Mubarak e os seus filhos Alaa e Gamal são convocados "para serem interrogados sobre as acusações de ataques a manifestantes pacíficos que provocaram mortos e feridos", referiu em comunicado o procurador-geral Abdel Méguid Mahmud.

As manifestações que decorreram entre 25 de Janeiro e 11 de Fevereiro, data da demissão de Mubarak, fizeram cerca de 800 mortos e milhares de feridos, segundo as autoridades.

O antigo chefe de Estado e os filhos terão ainda de se explicar quanto às acusações de "utilização de dinheiros públicos", acrescenta o comunicado, sem adiantar a data em que serão ouvidos.

O antigo presidente egípcio divulgou hoje uma declaração, o que aconteceu pela primeira vez desde que deixou o poder, para se afirmar vítima de "campanhas de difamação" e garantir que não esconde bens no estrangeiro.

Os comentários de Mubarak foram feitos numa mensagem de áudio de seis minutos divulgada pela televisão Al Arabiya e gravada no sábado na sua residência de Charm el-Cheikh, à qual o ex-presidente está confinado desde que deixou o poder.

Mubarak explicou que não pode ficar em silêncio quando há tentativas para denegrir a sua imagem e a da sua família e acrescentou que espera demonstrar na justiça que não tem bens fora do país.

In DN

Embarassed Twisted Evil [/size][/color]

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Estado de saúde de Mubarak é "instável"

Mensagem por Joao Ruiz Qua Abr 13, 2011 5:04 pm

.
Estado de saúde de Mubarak é "instável"

por Dn.pt/Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1501402

A agência noticiosa oficial do Egipto avançou que o estado de saúde de Hosni Mubarak é instável. O antigo presidente egípcio foi internado na terça-feira na sequência de uma crise cardíaca.

Fonte da agência Mena citada pela AFP avança que a equipa médica acompanha a situação de Mubarak, 82 anos, de muito perto.

O antigo presidente egípcio entrou na terça-feira nos cuidados intensivos de um hospital de Charm el-Cheikh, depois de ter sido vítima de uma crise cardíaca, segundo a agência noticiosa oficial. A televisão pública anunciara antes que Mubarak fora vítima de uma crise cardíaca durante um interrogatório.

Depois disso, o Ministério Público egípcio ordenou a detenção dos dois filhos de Mubarak. Gamal Mubarak, o filho mais novo, era um destacado dirigente do partido no poder e considerado como provável sucessor do pai antes deste ter sido derrubado. Alaa é um próspero homem de negócios.

Com 82 anos, Hosni Mubarak, que se demitiu em 11 de Fevereiro, no seguimento de um levantamento popular, estava em residência vigiada em Charm el-Cheikh. Estava ser interrogado no quadro de um inquérito sobre corrupção e as violências que provocaram cerca de 800 mortos durante os protestos de Janeiro e Fevereiro.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Revolução egípcia pode ser traída pelo Exército

Mensagem por Joao Ruiz Qui Abr 14, 2011 4:46 am

.
Revolução egípcia pode ser traída pelo Exército

por DN.pt
Hoje

A revolução que fez cair a ditadura no Egipto corre o risco de morrer às mãos do Exército, que continua a ser controlado por generais próximos do anterior regime. A tensão com as forças revolucionárias tem aumentado significativamente, registando-se de novo detenções arbitrárias e abusos por parte dos militares.

"Estamos perante o risco de uma contra-revolução", avisa o autor egípcio Alaa Aswany, citado pelo jornal espanhol Público. O Conselho militar é composto pelos generais de Mubarak [Hosni Mubarak, Presidente deposto]. O partido do regime está a reorganizar-se e boa parte dos torturadores e criminosos da antiga polícia secreta têm sido recolocados na nova agência de segurança ou no Ministério do Interior. O oficial que ordenou a minha detenção no ano 2000 tem um novo cargo!", contou o economista Hosam el Hamalawy, autor do blogue arabawy.org.

No dia 8 de Abril dezenas de milhares de pessoas voltaram a reunir-se na Praça da Libertação para exigirem a demissão do Conselho militar. Horas depois, o Exército tomou à força o centro da capital, Cairo, e detive 38 pessoas. Morreram duas durante esta acção. "Participávamos num protesto pacífico e, de facto, quando vimos que estavam a chegar os militares gritámos 'Paz!', mas não serviu de nada. Quando dei conta, estávamos a ser atacados e depois levaram-me para a prisão", relatou o jovem Aser Abdel Ghany.

Esta semana, Mikel Nabil, autor de um blogue crítico do Exército, foi condenado por um tribunal militar a três anos de prisão, naquilo que foi considerado o primeiro castigo de consciência desde que os militares tomaram conta do processo que deverá levar a eleições livres em Setembro.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Prisão preventiva para Mubarak e os filhos

Mensagem por Joao Ruiz Qui Abr 14, 2011 4:50 am

.
Prisão preventiva para Mubarak e os filhos

Egipto - Página 2 Ng1501561
Hoje

Hosni Mubarak e os seus dois filhos, Alaa e Gamal, foram colocados em prisão preventiva por um período de 15 dias. Mas enquanto o ex-presidente está no hospital, os filhos estão em Tora, a "Guantánamo egípcia".

Acusados de violência contra os manifestantes que, na praça Tahrir, exigiram a queda do regime, de corrupção e abuso de poder, Hosni Mubarak e os seus dois filhos, Alaa e Gamal, foram interrogados terça-feira em Sharm el-Sheikh.

O ex-presidente sofreu uma crise cardíaca e foi internado nos cuuidados intensivos da estância balnear, enquanto os filhos foram levados ontem para a prisão Tora, no sul do Cairo, onde chegaram algemados e com aspecto de estarem em estado de choque.

Os egípcios que os viram partir, atiraram sapatos, chinelos, garrafas contra a carrinha que os transportou.

In DN

Embarassed Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Mubarak será transferido para hospital militar

Mensagem por Joao Ruiz Seg Abr 25, 2011 3:48 am

.
Mubarak será transferido para hospital militar

por Lusa
Ontem

Egipto - Página 2 Ng1510571

O Procurador-Geral do Egito ordenou que o ex-Presidente do país Hosni Mubarak fosse transferido do hospital internacional de Charm el Cheikh, no Mar Vermelho, para um hospital militar, de acordo com a agência de notícias local.

Citando o procurador Abdel-Maguid Mahmoud, a agência revela que Mubarak deveria ser transferido para a prisão militar de Tora, no Cairo, que não estará ainda pronta para acolher o ex-Presidente.

Assim, Mubarak ficará num hospital militar até que a transferência para a referida instalação seja possível.

A mudança segue-se após diversos exames à saúde de Mubarak de modo a determinar se o ex-Presidente se encontrava em condições físicas para mudar para o hospital militar.

Afastado do poder a 11 de Fevereiro após três décadas à frente do país, Mubarak foi hospitalizado a 12 de Abril na sequência de um interrogatório no âmbito de um inquérito sobre a repressão de manifestações em Janeiro e Fevereiro, que causou 846 mortos, de acordo com um balanço oficial.

In DN

Idea

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Dez mortos em confrontos entre cristãos e muçulmanos

Mensagem por Joao Ruiz Dom Maio 08, 2011 5:51 am

.
Dez mortos em confrontos entre cristãos e muçulmanos

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1522239

O primeiro-ministro egípcio, Essam Charaf, já convocou uma reunião do gabinete de crise após os violentos confrontos entre muçulmanos e cristãos coptas.

Pelo menos dez pessoas morreram e 144 ficaram feridas, várias delas gravemente, em confrontos armados entre cristãos e muçulmanos na noite de sábado no bairro de Imbaba, segundo fontes oficiais, indicando que a calma já voltou àquela área da capital egípcia.

O incidente ocorreu quando um grupo de muçulmanos atacou a igreja Saint Mina por acreditar que os cristãos estavam a deter uma mulher por desejar converter-se ao Islão, para se casar com um jovem muçulmano.

Segundo a televisão pública, testemunhas afirmam que é impossível saber quem começou o confronto, no qual foram feitos disparos e ataques com bombas molotov.

O primeiro-minsitro Charaf convocou uma reunião de urgência do gabinete de crise para examinar os eventos lamentáveis em Imbaba", declarou Ahmed al-Saman, porta-voz do governo.

Charaf "decidiu adiar uma visita que faria ao Bahrein e aos Emirados Árabes Unidos que estava prevista para hoje", indicou o porta-voz.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Mulher de Hosni Mubarak nos cuidados intensivos

Mensagem por Joao Ruiz Sex Maio 13, 2011 4:16 pm

.
Mulher de Hosni Mubarak nos cuidados intensivos

por Lusa/Dn.pt
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1526677

(ACTUALIZADA) A mulher do ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, Suzanne, sofreu um ataque cardíaco depois de ter sido, hoje, sexta-feira, detida preventivamente pelo prazo de 15 dias no âmbito de um inquérito por enriquecimento ilícito.

A mulher de Mubarak deu entrada nos cuidados intensivos, avançou a televisão estatal egípcia.

Horas antes, a autoridade que fiscaliza os ganhos ilícitos decidiu "colocar Suzanne Thabet Saleh, mulher do antigo presidente Hosni Mubarak, em detenção preventiva por 15 dias", segundo a agência. Hosni e Suzanne Mubarak foram interrogados na quinta-feira sobre alegações de enriquecimento ilegal.

O ex-presidente, de 83 anos, já foi interrogado várias vezes, por estas suspeitas e pela alegada responsabilidade na morte de manifestantes nas semanas que antecederam a sua demissão, mas esta foi a primeira vez que Suzanne, 70 anos, foi ouvida pela polícia.

Segundo a agência egípcia, Suzanne foi interrogada sobre a titularidade de uma conta de 20 milhões de libras egípcias (2,3 milhões de euros) num banco do Cairo e sobre a sua luxuosa residência na capital egípcia. Tanto Hosni como Suzanne Mubarak foram interrogados em Charm el-Cheikh, estância turística onde têm permanecido desde que o presidente egípcio foi forçado a abandonar o poder, a 11 de Fevereiro.

Um relatório das autoridades financeiras egípcias citado pela agência indica que a família Mubarak tem várias contas bancárias, em moeda egípcia e divisas estrangeiras, apartamentos de luxo e propriedades. Os dois filhos do casal Mubarak, Alaa e Gamal, estão detidos no Cairo, acusados de abuso de poder e enriquecimento ilícito, além de participação na repressão da revolta.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Pelo menos 65 feridos em confrontos numa manifestação

Mensagem por Joao Ruiz Dom Maio 15, 2011 11:31 am

.
Pelo menos 65 feridos em confrontos numa manifestação

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1527828

Cerca de 100 pessoas atacaram no sábado um grupo de cristãos que se manifestava no Cairo, em frente à sede da televisão estatal, reivindicando medidas que resolvam a tensão religiosa.

Os manifestantes encontravam-se à porta da sede da televisão estatal no Cairo, onde têm permanecido na última semana depois dos confrontos entre cristãos e muçulmanos que deixaram uma igreja em cinzas e causaram 15 mortos.

Mais de 100 pessoas invadiram o local, atirando pedras e bombas incendiárias a partir de um carro, levando a polícia e os militares a dispararem para dispersarem a multidão, tendo sido detidas, pelo menos, 15 pessoas.

Fontes hospitalares citadas pela Associated Press indicaram que 65 pessoas ficaram feridas, duas delas encontrando-se em situação crítica.

Os confrontos religiosos e uma onda de violência crescente têm sido os maiores desafios que os militares egípcios têm enfrentado após as manifestações que conduziram à queda do ex-presidente, Hosni Mubarak.

Os militares garantiram uma resposta firme à violência e prometeram responder a algumas reivindicações da população católica, incluindo a reabertura de cerca de 50 igrejas.

In DN

Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Hosni Mubarak tem um cancro do estômago

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jun 20, 2011 4:31 pm

.
Hosni Mubarak tem um cancro do estômago

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1557526

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak, cujo julgamento pela morte de manifestantes e por corrupção se deve iniciar em Agosto, tem um cancro do estômago, declarou hoje o seu advogado Farid al-Dib à France Presse.

"Ele tem um cancro do estômago e os tumores estão a aumentar", afirmou.

O antigo chefe de Estado, de 83 anos, está hospitalizado desde 13 de Abril, após um ataque cardíaco durante um interrogatório. Em Março de 2010 foi-lhe retirada a vesícula biliar e um pólipo do duodeno numa clínica de Heidelberg, na Alemanha.

"Ele devia ter sido seguido depois disso [a operação na Alemanha], mas não foi o caso", adiantou al-Dib.

A procuradoria-geral egípcia, que tinha pedido que o antigo presidente fosse transferido para uma prisão, anunciou no final de Maio que o seu estado de saúde não o permitia.

Hosni Mubarak deixou o poder a 11 de Fevereiro devido a uma revolta popular sem precedentes, depois de três décadas à frente do país. Segundo um balanço oficial, 846 pessoas foram mortas durante os 18 dias de contestação que levaram à demissão do chefe de Estado.

Se for reconhecido como culpado, Mubarak pode ser condenado à pena capital, segundo o ministro da Justiça, Abdel Aziz al-Guindi.

O advogado de Mubarak negou que o ex-presidente tenha dado ordem para a utilização da força ou de balas reais contra os manifestantes, mas o antigo chefe dos serviços de informações, Omar Suleiman, assegurou que ele tinha "perfeito conhecimento de cada bala disparada".

Os filhos do antigo presidente, Alaa e Gamal, estão detidos preventivamente na prisão de Tora e também devem ser julgados, enquanto a mulher, Suzanne, foi libertada depois de ter "devolvido" cerca de quatro milhões de dólares (três milhões de euros) ao Estado.

Vários antigos responsáveis e homens de negócios estão a ser investigados por corrupção e pela sua responsabilidade nas violências de Janeiro-Fevereiro.

In DN

Rolling Eyes Twisted Evil

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Autoridades dispersam manif de mil pessoas no Cairo

Mensagem por Joao Ruiz Dom Jul 10, 2011 4:39 pm

.
Autoridades dispersam manif de mil pessoas no Cairo

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1575341

As autoridades egípcias dispersaram este domingo pelo menos mil pessoas que se manifestavam no Suez, a noroeste do Cairo, que reclamavam o cumprimento das reivindicações da revolução de 25 de janeiro, afirmou hoje um porta-voz do exército, citado pela EFE.

Os manifestantes cortaram a estrada que liga a cidade de Suez à localidade de Ain Sojna, no Mar Vermelho, e montaram tendas na rua, o que impossibilitou a circulação do tráfego, afirmou a mesma fonte à agência oficial Mena.

De acordo com o porta-voz, que não especificou quem foi responsável por dispersar os manifestantes - se as forças de segurança ou o exército -, os cidadãos que aderiram ao protesto recusaram dialogar com os responsáveis do Governo.

Os manifestantes reivindicavam o afastamento dos polícias que ordenaram a morte dos manifestantes no Suez durante as revoltas populares, que terminaram no dia 11 de fevereiro com a renúncia de Hosni Mubarak à presidência.

O primeiro-ministro egípcio, Esam Sharaf, reuniu-se este domingo com alguns dos jovens que promoveram a revolução e que participaram nos protestos realizados na sexta-feira na praça egípcia de Tahrir, segundo um comunicado do Governo.

Sharaf comprometeu-se a cumprir as reivindicações dos revolucionários e anunciou a suspensão dos polícias acusados da morte de manifestantes durante a sublevação que resultou no derrube do regime de Mubarak.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Adiadas eleições legislativas no Egipto

Mensagem por Joao Ruiz Qua Jul 13, 2011 5:18 pm


.
Adiadas eleições legislativas no Egipto

por Lusa
Ontem

As eleições legislativas no Egipto, que estavam marcadas para Setembro, foram adiadas para Outubro ou Novembro, adiantou hoje a agência noticiosa oficial egípcia, Mena.

A realização de legislativas em setembro fora anunciada pelo conselho militar que governa o Egipto desde a queda do ex-presidente Hosni Mubarak, em Fevereiro.

No entanto, várias forças políticas egípcias queixaram-se da data, argumentando que não estariam preparadas para ir a eleições dentro desse prazo.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Mubarak nega ter ordenado repressão sobre manifestantes

Mensagem por Joao Ruiz Qui Jul 14, 2011 8:34 am

.
Mubarak nega ter ordenado repressão sobre manifestantes

por Lusa
Hoje

O ex-presidente Hosni Mubarak negou ter ordenado às forças de segurança para dispararem sobre os manifestantes durante os 18 dias de insurreição no Egito e que forçaram a sua demissão.

No decurso do interrogatório a que foi submetido, cuja transcrição foi hoje divulgada na imprensa egípcia, o ex-Presidente também assegurou que promoveu vários esforços para terminar com a violência, que vitimou cerca de 900 manifestantes. Mubarak também sugeriu que tanto as forças de segurança como os manifestantes utilizaram armas de fogo durante a rebelião de 25 de janeiro a 11 de fevereiro, que culminou na sua demissão.

Mubarak, 83 anos, também negou as alegações de corrupção, e assegurou que uma conta bancária em seu nome e com milhões de dólares em doações externas se destinava à construção e manutenção de uma biblioteca na cidade de Alexandria.

O ex-presidente justificou a manutenção da conta para evitar que o dinheiro fosse utilizado com outros fins.

A transcrição do interrogatório de Mubarak, efetuado por procuradores do ministério público, foi publicada hoje pelos diários independentes Al-Youm al-Sabea e Al-Dustour.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Kadhafi tem "plano suicida" para destruir Tripoli

Mensagem por Joao Ruiz Qui Jul 14, 2011 8:43 am

.
Kadhafi tem "plano suicida" para destruir Tripoli

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1578752

O dirigente líbio Muammar Kadhafi tem reservas de mísseis "terra-terra", com as quais pode destruir Tripoli caso a capital seja conquistada pela oposição, revelou hoje o representante especial para África do Presidente russo, Dmitri Medvedev.

"Até agora, Kadhafi não utilizou nenhum míssil 'terra-terra', que ele tem em grande quantidade... O dirigente líbio disse-me em Tripoli: 'Se os insurrectos tomarem a cidade, esta será atacada por mísseis e destruída'. Considero que o regime de Kadhafi tem semelhante plano suicida", afirmou Mikhail Marguelov, numa entrevista ao diário Izvestia. Além disso, Marguelov confirmou as declarações do ministro da Agricultura da Líbia de que estão a acabar as reservas de petróleo nas regiões controladas por Kadhafi.

"Em Tripoli, eu constatei pessoalmente que as reservas de combustível estão a acabar. Na estrada entre a fronteira Tunísia e a capital do país havia filas de automóveis de muitos quilómetros nas bombas de gasolina. Compreendi porque é que nos deram seguranças. Pessoas armadas com tacos aproximaram-se dos nossos automóveis. Na nossa embaixada contaram que há casos em que os carros são simplesmente parados para retirarem gasolina", concluiu.

Marguelov esteve em Tripoli e Benghazi no início deste mês, para estabelecer canais de diálogo entre as partes do conflito na Líbia.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Ministro dos Negócios Estrangeiros demite-se

Mensagem por Joao Ruiz Dom Jul 17, 2011 5:03 am

.
Ministro dos Negócios Estrangeiros demite-se

por Lusa
Hoje

O ministro egípcio dos Negócios Estrangeiros, Mohamed Al-Orabi, demitiu-se hoje, e o primeiro-ministro Essam Sharaf deve apresentar na segunda-feira um novo governo para tentar apaziguar a contestação que dura há uma semana no centro do Cairo.

Os media oficiais acrescentaram que Shafar aceitou a demissão de Orabi. Milhares de pessoas permanecem concentradas na praça Tahrir, centro da capital, e doze manifestantes iniciaram há vários dias uma greve de fome.

A praça Tahrir foi o epicentro da rebelião de 18 dias que forçou à demissão o ex-presidente Hosni Mubarak em 11 de Fevereiro.

Os manifestantes têm demonstrado a sua impaciência face ao conselho militar que substitui Mubarak no poder, e consideram que as mudanças no país prosseguem a ritmo demasiado lento.

Os protestos regressaram à praça na passada semana, exigindo julgamentos mais céleres para os membros das forças de segurança suspeitos da morte de cerca de 900 activistas durante o levantamento popular e pedindo a demissão de todos os responsáveis com ligações ao antigo regime.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Mubarak já só consegue ingerir líquidos

Mensagem por Joao Ruiz Ter Jul 26, 2011 4:09 pm

.
Mubarak já só consegue ingerir líquidos

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1590604

O estado de saúde de Hosni Mubarak é "débil" e o antigo chefe de Estado do Egipto já só consegue ingerir líquidos, informou hoje fonte hospitalar, noticia a Efe.

Hosni Mubarak, 83 anos, encontra-se internado no Hospital Internacional de Sharm El Sheik, no Egipto, desde o dia 12 de Abril, quando sofreu um ataque cardíaco, durante um interrogatório judicial.

O director do hospital, Mohamed Fathala, referiu que o antigo chefe de Estado já não consegue comer e só ingere líquidos, tendo por esse motivo perdido muito peso.

Por seu turno, o subdiretor do estabelecimento hospitalar, Azem Azam, adiantou que uma equipa médica realizou um exame mais profundo a Hosni Mubarak e constatou que os seus órgãos vitais estão "semi-estáveis".

Mubarak, que renunciou à presidência do Egito em Fevereiro, está preso preventivamente desde 13 de Abril.

O início do julgamento de Mubarak está marcado para o dia 03 de Agosto.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Anabela Rodrigues eleita nova directora da FDUC

Mensagem por Joao Ruiz Ter Jul 26, 2011 4:17 pm

.
Anabela Rodrigues eleita nova directora da FDUC

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1590397

A catedrática Anabela Rodrigues, membro do Conselho Superior da Magistratura (CSM), é eleita na quarta-feira diretora da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC), sendo a única candidata ao cargo, foi hoje revelado.

Antiga directora do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), Anabela Rodrigues é professora de Direito e Processo Penal e foi presidente da Comissão para a Reforma do Sistema de Execução de Penas e Medidas e da Comissão de Reforma da Legislação sobre o Processo Tutelar Educativo. A eleição da nova directora da FDUC, que sucede a Santos Justos, está marcada para as 18:00, revelou hoje à Agência Lusa o presidente da assembleia da Faculdade, Calvão da Silva.

Antes da eleição, por voto secreto, pelos 13 membros da assembleia, Anabela Rodrigues "expõe o seu programa, que a assembleia já conhece, seguindo-se um período de perguntas e respostas", disse ainda o catedrático da Faculdade de Direito. Anabela Maria Pinto de Miranda Rodrigues foi a primeira mulher a doutorar-se, em 1995, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e, após a eleição de quarta-feira por voto secreto, será a primeira mulher a liderar esta instituição. Nasceu em Coimbra em 5 de Dezembro de 1953.

In DN

Egipto - Página 2 Smile21

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Hosni Mubarak obrigado a ir para o Cairo

Mensagem por Joao Ruiz Ter Ago 02, 2011 4:53 pm

.
Hosni Mubarak obrigado a ir para o Cairo

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1596654

O ministério do Interior egípcio ordenou na segunda-feira a transferência do ex-presidente Hosni Mubarak de Charm el-Cheikh para o Cairo para comparecer no julgamento, que deverá iniciar-se na quarta-feira na capital egípcia, anunciou a imprensa egípcia.

Pressionado por contestação popular, Hosni Mubarak foi forçado a deixar o poder a 11 de fevereiro.

Hosni Mubarak, os filhos deste, Alaa e Gamal, o empresário em fuga Hussein Salem, o antigo ministro do Interior Habib el-Adli e seis adjuntos deste último deverão começar a ser julgados a partir de quarta-feira na capital egípcia no quartel-general da Escola de Polícia em Masr el-Gedida, no norte do Cairo.

Hosni Mubarak, de 83 anos, acusado de corrupção e de assassínio, está em prisão preventiva num hospital da estação balnear de Charm el-Cheikh.

Na segunda-feira, Mubarak recebeu uma ordem do tribunal para ser transferido para os arredores do norte do Cairo, onde vai decorrer o julgamento, mas ainda não se sabe se os médicos, que afirmam que o antigo presidente está muito fraco, vão autorizar a deslocação, indica o jornal pró-governamental Al-Masry Al-Youm.

"Vamos transportar [Mubarak] num avião militar até ao local do julgamento. Não queremos que haja tensões na rua devido à não comparência de Mubarak", indicou o ministro do Interior Mansour al-Issaoui ao jornal.

A transferência de Mubarak para o Cairo para aí ser julgado faz parte das principais exigências dos contestatários que depuseram o regime.

O estado de saúde de Mubarak é raramente noticiado, e as informações sobre ele frequentemente são contraditórias.

O ministro da Saúde, Amr Hilmi, indicou quinta-feira aos jornalistas que a saúde de Mubarak era "boa" e que o ex-presidente podia ser transferido para o Cairo.

Os 11 homens são acusados de corrupção bem como da morte de manifestante durante a revolta de Janeiro e Fevereiro, que provocou a queda de Mubarak, e da qual resultaram oficialmente quase 850 mortos.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Hosni Mubarak declara-se inocente em tribunal

Mensagem por Joao Ruiz Qua Ago 03, 2011 11:18 am

.
Hosni Mubarak declara-se inocente em tribunal

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1597523

Deitado numa maca, o antigo Presidente egípcio acusado de corrupção e de estar envolvido no assassínio de manifestantes, declarou-se hoje não culpado no tribunal penal do Cairo. O julgamento prossegue a 15 de Agosto.

A continuação do julgamento do ex-presidente egípcio Hosni Mubarak e dos dois filhos, Alaa e Gamal, ficou marcada para 15 de Agosto, anunciou hoje o presidente do Tribunal, Ahmed Refaat. Refaat também ordenou que o antigo Presidente egípcio, doente, seja internado num hospital perto do Cairo enquanto aguarda pela segunda sessão do julgamento.

O julgamento do ex-ministro do Interior Habibn el-Adli e de seis altos responsáveis da polícia, previsto para hoje, ficou marcado para quinta-feira.

O hospital designado pelo magistrado para acolher o ex-presidente é o Centro médico internacional, perto do Cairo.

Ahmed Refaat acedeu ao pedido da defesa para que Mubarak seja seguido por um médico oncologista "sempre que necessite".

O antigo Presidente egípcio Hosni Mubarak, acusado de corrupção e de estar envolvido no assassínio de manifestantes, rejeitou hoje na primeira sessão do julgamento todas as acusações de que é alvo no tribunal penal do Cairo.

Os filhos de Mubarak, Alaa e Gamal, acusados de corrupção, também se declararam inocentes em todas as acusações.

"Nego todas as acusações categoricamente", declarou Mubarak, a quem foi disponibilizado um microfone, com uma voz rouca mas num tom firme. O antigo Presidente falava deitado numa maca colocada numa zona enjaulada, destinada aos acusados na sala de audiências.

Um representante do Ministério Público tinha anteriormente acusado Mubarak de ter chegado a acordo com o antigo ministro do Interior Habib el-Adli para assassinar "premeditadamente" manifestantes contestatários do regime em numerosas localidades do Egipto. O procurador também acusou Alaa e Gamal Mubarak de corrupção.

Durante a audiência, os filhos de Mubarak ficaram junto do pai e tinham livros nas mãos, provavelmente exemplares do Alcorão.

Hosni Mubarak, os filhos deste, Alaa e Gamal, o empresário em fuga Hussein Salem, o antigo ministro do Interior Habib el-Adli e seis adjuntos deste último começaram hoje ser julgados na capital egípcia no quartel-general da Escola de Polícia em Masr el-Gedida, no norte do Cairo.

Os 11 homens são acusados de corrupção e da morte de manifestante durante a revolta de Janeiro e Fevereiro, que provocou a queda de Mubarak, e da qual resultaram oficialmente quase 850 mortos.

O ex-Presidente egípcio, de 83 anos, esteve até agora em prisão preventiva num hospital da estância balnear de Charm el-Cheikh.

Na segunda-feira, Mubarak recebeu uma ordem do tribunal para ser transferido para o Cairo, onde iria decorrer o julgamento. A transferência de Mubarak para o julgamento era uma das principais exigências dos contestatários que depuseram o regime.

O estado de saúde de Mubarak é raramente noticiado e as informações são frequentemente contraditórias. Na quinta-feira, o ministro da Saúde, Amr Hilmi, disse aos jornalistas que a saúde de Mubarak era "boa" e podia ser transferido para o Cairo.

Pressionado pela contestação popular, Hosni Mubarak foi forçado a deixar o poder a 11 de Fevereiro depois de ter governado o Egipto durante quase 30 anos.

In DN

Rolling Eyes Twisted Evil

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Confrontos entre apoiantes e opositores de Mubarak

Mensagem por Joao Ruiz Seg Set 05, 2011 8:48 am

.
Confrontos entre apoiantes e opositores de Mubarak

por Dn.pt
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1632746

As imediações do edifício no Cairo onde hoje será retomado o julgamento de Hosni Mubarak goram palco de confrontos entre apoiantes e opositores do antigo presidente egípcio.

A polícia anti-motim foi obrigada a intervir para acabar com os confrontos.

Os apoiantes de Mubarak gritaram palavras de ordem como "Não te abandonaremos", enquanto os adversários pediam "punição, punição".

O julgamento do antigo presidente egípcio, deposto a 11 de Fevereiro, é hoje retomado. Mas, ao contrário das audiências anteriores, não será emitido em directo pelas televisões.

Na última sessão, Mubarak surgiu em tribunal deitado numa maca.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Polícia invade televisão Al Jazira e detém técnico

Mensagem por Joao Ruiz Dom Set 11, 2011 10:11 am

.
Polícia invade televisão Al Jazira e detém técnico

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1639113

As forças de segurança egípcias invadiram hoje as instalações da delegação no Cairo do canal de televisão árabe Al-Jazira, e detiveram um dos seus técnicos.

O director da delegação do Cairo da Al Jazira, Ahmed Zin, denunciou em directo a invasão das forças de segurança egípcias, garantindo que estas "não tinham autorização judicial" para executar a operação. As forças de segurança justificaram a intervenção com o facto de os "vizinhos que habitam o mesmo edifício da televisão dizerem sentir-se prejudicados com a instalação do canal de televisão", explicou Zin, que suspeita mesmo que as autoridades se preparavam para encerrar a delegação.

Zin acrescentou que os agentes policiais confiscaram "sem autorização" o material de uma equipa da televisão que estava a transmitir em directo e detiveram um dos técnicos responsáveis pelas emissões da Al jazira, Ahmed al Banna. A cadeia de televisão, com sede no Qatar, indicou que a intervenção da polícia ocorreu dias depois de terem começado a transmitir em directo desde o Cairo e terem dado notícias e feito reportagens sobre o julgamento do antigo presidente egípcio Hosni Mubarak e dos homens do seu regime, acusados da morte de centenas de manifestantes.

O canal de televisão também divulgou notícias sobre os distúrbios ocorridos sábado em frente à embaixada israelita no Cairo.

In DN

Egipto - Página 2 000203B1

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Violência regressa à praça Thair

Mensagem por Joao Ruiz Sab Nov 19, 2011 10:55 am

.
Violência regressa à praça Thair

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1716812

Cairo foi hoje novamente palco de confrontos entre a polícia e manifestantes Fotografia ©️ Amr Abdallah Dalsh - ReutersA praça Tahir no Cairo foi hoje novamente palco de confrontos entre a polícia e manifestantes, após a dispersão pelas forças de segurança de uma concentração organizada por feridos da revolta do início do ano.

Iniciados de manhã, os confrontos intensificaram-se à tarde com cargas da polícia anti-motim, que usou gás lacrimogéneo, enquanto dezenas de manifestantes respondiam lançando projéteis, segundo um jornalista da agência noticiosa francesa AFP.

Os manifestantes gritaram "slogans" exigindo a saída do marechal Tantaui, que dirige o Conselho Supremo das Forças Armadas, que assumiu o poder após a queda do Presidente Hosni Mubarak a 11 de fevereiro.

A polícia entrou na praça Tahir para dispersar uma concentração realizada por feridos e familiares dos mortos durante a revolta de janeiro/fevereiro, segundo a agência oficial egípcia Mena.

Pouco depois começaram os confrontos entre a polícia e cerca de 200 manifestantes, de acordo com uma jornalista da AFP.

Segundo um responsável da segurança, dezenas de pessoas ficaram ligeiramente feridas, nomeadamente polícias, e vários manifestantes foram detidos.

A concentração, que já tinha vários dias, exigia o julgamento rápido dos polícias e dirigentes responsáveis pela violência que causou, segundo fontes oficiais, cerca de 850 mortos e milhares de feridos durante os 18 dias de revolta popular.

Mubarak, o seu ministro do Interior e responsáveis pela segurança estão atualmente a ser julgados por terem ordenado às forças de segurança que disparassem sobre os contestatários.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Dois mortos em confrontos entre polícia e manifestantes

Mensagem por Joao Ruiz Dom Nov 20, 2011 5:21 am

.
Dois mortos em confrontos entre polícia e manifestantes

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1717314

Dois manifestantes morreram esta madrugada no Egipto na sequência dos confrontos violentos entre a polícia e manifestantes, a menos de dez dias do primeiro escrutínio legislativo desde a saída de Hosni Moubarak do poder.

De acordo com a AFP, médicos anunciaram a morte de Ahmed Mahmoud, de 23 anos, morto a tiro no Cairo, e de Baha Eddin Mohamed Hussein, de 25 anos, atingido por uma bala em Alexandria, no norte do país.

Os confrontos, que eclodiram na manhã de sábado na Praça Tahrir, no Cairo, fizeram 750 feridos na capital, segundo o Ministério da Saúde, espalhando-se a outras cidades, incluindo Alexandria, Assuão, no sul, e Suez, no Mar Vermelho.

Durante os comícios, os manifestantes gritaram palavras de ordem contra o marechal Hussein Tantawi, chefe do Conselho Supremo das Forças Armadas (AFSC) e Junta Militar.

"Tudo o que está a acontecer é a prova de que os militares querem manter o poder", disse Ahmed Abou El-Enein, um activista de 30 anos, na praça Tahrir, local onde eclodiram os protestos populares que levaram à queda de Mubarak em Fevereiro.

In DN

Egipto - Página 2 Notsure

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty 33 mortos em confrontos na praça Tahrir

Mensagem por Joao Ruiz Seg Nov 21, 2011 10:05 am

.
33 mortos em confrontos na praça Tahrir

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1718670

Os confrontos que opõem a polícia e manifestantes que reclamam a saída dos militares do poder no Egipto provocaram em três dias 33 mortos, quase todos no Cairo, anunciaram hoje responsáveis de uma morgue da capital.

O Ministério da Saúde anunciou 22 mortos e centenas de feridos.

Um jovem foi morto no sábado em Alexandria (norte) e 32 pessoas morreram no Cairo, atingidas a tiro ou mortas por asfixia devido às granadas de gás lacrimogéneo lançadas pela polícia.

Os confrontos na capital egípcia prosseguiam hoje, com a polícia a lançar granadas lacrimogéneas para as centenas de manifestantes que divididos em pequenos grupos na Praça Tahrir e nas imediações respondem lançando pedras.

Segundo a agência noticiosa espanhola EFE, registam-se confrontos nas imediações do Ministério do Interior, especialmente na rua Mohamed Mahmud, que comunica com a praça Tahrir.

Esta onda de violência tem lugar a uma semana do início do processo eleitoral para as legislativas, a 28 de Novembro, as primeiras eleições depois da queda do Presidente Hosni Mubarak, em Fevereiro, na sequência de uma revolta popular.

Os manifestantes exigem o fim do regime militar instaurado após a demissão de Mubarak e os 'slogans' visam em particular o marechal Hussein Tantaoui, chefe do Conselho Supremo das Forças Armadas e o principal dirigente do país.

In DN

Embarassed Rolling Eyes Twisted Evil


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Previsível vitória fundamentalista preocupa Israel

Mensagem por Joao Ruiz Qua Nov 23, 2011 7:06 am

.
Previsível vitória fundamentalista preocupa Israel

por Lusa
Hoje

Egipto - Página 2 Ng1721385

Manifestante segura o Corão durante os protestos na praça Thair

O ministro do Interior israelita, Matan Vilnai, afirmou hoje que Israel está preocupado com o futuro do tratado de paz com o Egipto dada a previsível vitória dos fundamentalistas nas legislativas do país vizinho.

Em declarações à rádio militar, Vilnai referiu que Israel está a preparar-se para a possibilidade de uma vitória da Irmandade Muçulmana nas próximas eleições legislativas egípcias, na segunda-feira.

No caso de uma vitória da Irmandade Muçulmana, Israel espera uma "importante erosão" do tratado de paz entre os dois países -- o primeiro entre uma nação árabe e o Estado judaico.

O Egipto e Israel assinaram um acordo de paz em 1979, que tem sido um importante fator de estabilização na volátil região do Médio Oriente.

O ministro israelita acrescentou esperar que o chefe do Conselho Supremo das Forças Armadas egípcias, o marechal Hussein Tantaoui, consiga evitar o "caos geral" no Egipto.

"A situação (no Egipto) é problemática, sensível e não é clara. Tantaoui tenta evitar o caos e transmitir o poder da forma mais ordenada possível. Esperamos que consiga... porque senão será o caos geral", sublinhou.

O ministro disse que os responsáveis israelitas estão em contacto permanente com o Conselho Supremo das Forças Armadas egípcias e com Tantaoui.

"Aparentemente, o actual caos vai resultar numa maioria para os fundamentalistas, que estão organizados, tem solidez financeira e estão implantados em todo o Egito. Esta é a nossa principal preocupação", explicou Vilnai.

Questionado sobre uma eventual anulação do tratado de paz entre Israel e o Egito, considerou: "Actualmente, e sublinho a palavra actualmente, uma anulação não está na ordem do dia".

O ministro adiantou que "a partir do momento em que o poder se estabilize, após um longo processo eleitoral que deve durar seis meses, Israel espera uma importante erosão" do tratado.

"Estamos prontos para qualquer desenvolvimento e não queremos tomar decisões prematuras, mas de momento é tudo muito preocupante", disse.

O exército, que dirige o Egipto desde a queda de Hosni Mubarak em Fevereiro, prometeu na terça-feira realizar eleições presidenciais antes do final de Junho de 2012 e um possível referendo sobre a transferência do poder, perante dezenas de milhares de manifestantes que exigiam o seu regresso às casernas.

O general na reserva Nati Sharoni, presidente do conselho para a paz e segurança, afirmou à rádio pública que o acordo de paz de 1979 não será anulado pelo Egipto. "Este acordo será mantido, não pelo amor a Israel, mas porque serve os interesses fundamentais egípcios", disse.

O diário Haaretz noticiou que "altos responsáveis egípcios", incluindo o chefe dos serviços de informações, o general Murad Muwafi, garantiram aos interlocutores israelitas que o acordo de paz não será posto em causa.

O jornal adiantou que a situação no Egipto e na Síria dominou a apresentação anual, na terça-feira, ao gabinete de segurança israelita das diferentes estimativas e análises da Mossad (serviço de informações), Shin Beth (serviços de segurança interna) e do serviço de informações do exército.

In DN

Embarassed Rolling Eyes Twisted Evil

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Egipto - Página 2 Empty Re: Egipto

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos