O Diário Económico no seu melhor

Ir em baixo

 O Diário Económico no seu melhor Empty O Diário Económico no seu melhor

Mensagem por Viriato em Qua Jun 15, 2011 7:03 am

O Diário Económico no seu melhor

José Eduardo Moniz escreve:


«O momento é de regeneração reclamando-se o fim dos compadrios e dos conúbios de interesses públicos e privados.» [DE]

E o que escreve António Costa, o director do DE, em editorial?


«Proponho uma definição de serviço público: a provisão de bens e serviços que não são prestados pelo sector privado, porque, simplesmente, não são rentáveis. Sem informação generalista, futebol, concursos, telenovelas e filmes, produtos que hoje encontrámos na SIC e TVI, e, já agora, também na RTP, bastaria um canal para assegurar o que fica de fora, hoje a RTP2. E, caso fosse necessário, o Estado poderia contratualizar determinadas obrigações de serviço público com os canais privados. Que, a não serem cumpridas, deveriam resultar na perda imediata da licença de televisão.

A Impresa, que controla a SIC e o Expresso, está contra. Já o fez saber, e o tom vai aumentar. Como a Media Capital, que tem a TVI. Percebe-se: uma RTP privada é mais um concorrente num mercado já hoje muito competitivo. Mas é interessante perceber que o principal (e único) argumento contra a privatização é precisamente a defesa e a tentativa de proteger um mercado publicitário dividido por ‘dois e meio', porque a RTP tem publicidade, mas limitada: Não há publicidade que pague três canais, dizem. E o mercado, fica onde?» [DE]


Pois, se os canúbios de interesses públicos e privados favorecerem a Ongoing o país fica regenerado!
Viriato
Viriato

Pontos : 16657

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum