Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Timor-Leste

Ir para baixo

Timor-Leste Empty Timor-Leste

Mensagem por Joao Ruiz Seg Out 10, 2011 11:06 am

.
Taur Matan Ruak anuncia candidatura às presidenciais

por Lusa
Hoje

Timor-Leste Ng1668059

O ex-chefe das Forças Armadas timorenses Taur Matan Ruak anunciou hoje a sua candidatura às presidenciais de 2012, justificando que quer "levar Timor-Leste para a frente".

"Quero que todas as pessoas tenham oportunidades na vida", disse o general, acrescentando que quer "levar Timor-Leste para a frente, desenvolver mais o país porque muitas pessoas ainda estão a sofrer".

Taur Matan Ruak apresentou a sua candidatura em Mertuto, no distrito de Ermera, próximo do local onde está sepultado um dos comandantes das forças da resistência timorense FALINTIL, Nino Konis Santana.

Antes da cerimónia do anúncio da candidatura, realizou-se uma missa junto à campa de Konis Santana.

Taur Matan Ruak sucedeu a Xanana Gusmão na liderança das FALINTIL e manteve-se na chefia das Forças Armadas timorenses até à passada quinta-feira, quando passou o testemunho a Lere Anan Timur.

Esta é a segunda candidatura às presidenciais timorenses a ser oficializada, depois de na semana passada o deputado Manuel Tilman ter anunciado que também concorre à Presidência.

Líder do partido KOTA (União dos Filhos Heróicos da Montanha), Manuel Tilman concorreu às presidenciais de 2007 em Timor-Leste, tendo obtido na primeira volta 4,09 por cento dos votos.

A imprensa timorense tem avançado com vários possíveis candidatos às presidenciais de 2012, sendo apontados o presidente do parlamento timorense, Fernando La Sama Araújo, ou o atual Presidente, José Ramos-Horta, que afirmou recentemente que anuncia em janeiro se se recandidata.

In DN

Timor-Leste Notsure

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Ramos-Horta lamenta morte da Marie Colvin

Mensagem por Joao Ruiz Sex Fev 24, 2012 8:28 am

.
Ramos-Horta lamenta morte da Marie Colvin

por Lusa
Hoje

Timor-Leste Ng1835024

O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, lamentou hoje, em comunicado divulgado à imprensa, a morte da norte-americana Marie Colvin e lembrou que em 1999 a jornalista ajudou a salvar a vida de 1500 refugiados timorenses.

"Em 1999, Marie Colvin ajudou a salvar a vida de 1500 refugiados num complexo das Nações Unidas em Díli que estava cercado pelos militares indonésios após o referendo que escolheu a independência (...). Os timorenses não esquecem a sua salvadora, porque ela se recusou a deixá-los", refere o comunicado.

Marie Colvin, 56 anos, morreu quarta-feira juntamente com o fotógrafo francês Rémi Ochlik, de 28 anos, num bombardeamento das forças do regime sírio a Homs, que feriu outros jornalistas estrangeiros.

In DN

Timor-Leste Images?q=tbn:ANd9GcSw28aUbKC_TTuGF-uwmFOck-WFdviPGt52knyuOUqpm1q66E2gW1wyTQ

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Ramos-Horta e La Sama indicam sentido de voto

Mensagem por Joao Ruiz Qua Mar 21, 2012 12:02 pm

.
Ramos-Horta e La Sama indicam sentido de voto

por Lusa
Hoje

Timor-Leste Ng1870023

O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, e o presidente do Partido Democrático, La Sama de Araújo, anunciaram hoje que vão indicar em conjunto um sentido de voto para a segunda volta das presidenciais e colaborar para as legislativas.

"O presidente La Sama e eu próprio reunimos 35 por cento dos votos. Qualquer desfecho da segunda ronda vai depender muito do nosso sentido de voto. O candidato que necessita ter 50 + 1 para passar na segunda volta vai necessitar do nosso apoio", afirmou o chefe de Estado timorense.

José Ramos-Horta e Fernando La Sama de Araújo, que é também presidente do parlamento nacional, ficaram, respetivamente, em terceiro (17,81 por cento dos votos) e quarto (17,67 por centos dos votos) lugares na primeira volta das presidenciais de sábado.

Passaram à segunda volta das presidenciais, Francisco Guterres Lu Olo com 28,45 por cento e Taur Matan Ruak com 25,18 por cento dos votos.

Francisco Guterres Lu Olo é o presidente da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente, que ganhou as legislativas de 2007 no país, mas que não conseguiu formar governo por não ter maior absoluta.

Taur Matan Ruak, ex-chefe das Forças Armadas, é apoiado pelo Conselho Nacional da Reconstrução de Timor-Leste do primeiro-ministro Xanana Gusmão, que formou governo com base numa coligação de maioria parlamentar, da qual o Partido Democrático faz parte.

"Faço um apelo forte aos candidatos que agora disputam a segunda volta, mas sobretudo aos seus apoiantes, para se absterem de fazerem intervenções incendiárias que amedrontem as pessoas", afirmou o Presidente timorense, sublinhando que quem for eleitor deverá sê-lo num contexto de absoluta transparência e tranquilidade.

Aos candidatos, Francisco Guterres Lu Olo e Taur Matan Ruak, o chefe de Estado disse também que devem impedir que os "seus militantes mais entusiasmados ou menos responsáveis interfiram indevidamente no processo".

"O nosso sentido de voto certamente não irá para o candidato que não consegue controlar os seus apoiantes e permite aos apoiantes fazer ameaças de todo o género", disse, acrescentando que será anunciado oportunamente o sentido de voto das suas candidaturas.

No plano político, José Ramos-Horta afirmou também que vai colaborar nas legislativas com o Partido Democrático, como tem feito nos últimos anos com outros partidos, sociedade civil e igreja.

"No plano político, como o senhor presidente La Sama disse, eu repito, clarifico, colaborarei com ele, colaborarei com o Partido Democrático, porque os dois juntos reunimos 35 por cento dos votos. Porque o PD tem uma base muito forte de juventude, colaborarei com eles para as legislativas. Não, obviamente, não vou aderir ao partido, nem a partido nenhum", afirmou.

"Vou colaborar, assim como tenho feito, ao longo de anos de diálogo com todos os outros partidos, sociedade civil e igreja para vermos qual é o cenário possível e a configuração política melhor para o país para garantir paz e estabilidade", salientou.

A conferência de imprensa decorreu numa unidade hoteleira de Díli e contou com a presença de dezenas de pessoas, além dos jornalistas.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty "Aceito a responsabilidade que me atribuíram"

Mensagem por Joao Ruiz Qua Abr 18, 2012 8:39 am

.
"Aceito a responsabilidade que me atribuíram"

por Lusa
Hoje

Timor-Leste Ng1905000

O vencedor das eleições presidenciais de Timor -Leste, Taur Matan Ruak, anunciou hoje que aceita a responsabilidade que as eleições timorenses lhe conferiram, num discurso de mais de 20 minutos na sede de candidatura, perante mais de duas dezenas de apoiantes.

"As minhas primeiras palavras vêm do fundo do meu coração e dirigem-se ao nosso querido povo de

"É com muita humildade que vos anuncio que aceito a responsabilidade que me atribuíram, através do voto livre e democrático", acrescentou.

Os resultados finais provisórios divulgados na terça-feira pelo Secretariado Técnico da Administração Eleitoral timorense dão a vitória na segunda volta das eleições presidenciais a Taur Matan Ruak, com 61,23 por cento dos votos.

In DN

Timor-Leste Images?q=tbn:ANd9GcRfKEOKESORVCanz_bT1wDqDzE5gheFX2LYFwRk8YeESXxjQirLhWHt

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Ministra timorense condenada a 5 anos de prisão

Mensagem por Joao Ruiz Sex Jun 08, 2012 8:16 am

.
Ministra timorense condenada a 5 anos de prisão

por Lusa
Hoje

O Tribunal Distrital de Díli, Timor-Leste, condenou hoje a ministra da Justiça, Lúcia Lobato, suspensa desde março, a cinco anos de prisão por crime de participação em negócio, mas a defesa vai recorrer da sentença.

Os juízes consideraram Lúcia Lobato autora moral de forma consumada em crime de participação em negócio relacionado com a aquisição de uniformes para a guarda prisional.

No final do julgamento, que começou no passado mês de abril, o advogado de defesa da ministra da Justiça, Sérgio Hornay, afirmou que vai recorrer da decisão, sem prestar mais declarações.

Lúcia Lobato começou por afirmar aos jornalistas que não queria recorrer da sentença, mas, acabou, por remeter a decisão final para os seus advogados.

A ministra foi suspensa de funções a 20 de março pelo parlamento timorense na sequência de um pedido do Tribunal Distrital de Díli para julgar Lúcia Lobato e um homem identificado como António Araújo Freitas.

O despacho do tribunal referia que os eram "acusados do crime de corrupção, abuso de poder e de falsificação de documento".

Na sentença hoje lida a ministra da Justiça foi absolvida dos crimes de abuso de poder e administração danosa e António Freitas absolvido de todas as acusações.

Após a suspensão da ministra, o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, assumiu a responsabilidade pelo Ministério da Justiça.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Distúrbios resultam de "atitude irresponsável" do CNRT

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jul 16, 2012 11:03 am

.
Distúrbios resultam de "atitude irresponsável" do CNRT

por Texto da Agência Lusa, publicado por Patrícia Viegas
Hoje

Os distúrbios em Timor-Leste praticados por alegados membros da Fretilin "não são feitos em nome" do partido, são "consequência de uma atitude irresponsável do CNRT e de alguns dos seus membros", afirmou hoje à agência Lusa Mari Alkatiri.

Segundo o secretário-geral da Fretilin, "os atos criminosos não têm nada a ver com a organização. A qualidade das pessoas é uma coisa, os atos das pessoas são outra coisa", disse o mesmo responsável, ao salientar que ninguém pratica distúrbios em nome da Fretilin.

Num contacto telefónico feito pela Lusa a partir de Macau, Mari Alkatiri, secretário-geral da Fretilin, salientou, contudo, que a reação das pessoas é uma resposta à "atitude irresponsável do partido CNRT e dos seus membros".

"Utilizaram os canais oficiais para fazerem uma conferência em direto e fazerem quase um julgamento público à Fretilin", disse Mari Alkatiri, ao sublinhar que publicamente os membros do Conselho Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT) acusam a Fretilin de "não contribuir para a paz e outras coisas".

"Isto é um ato irresponsável que teve lugar numa conferência do partido" e que depois gerou "reações espontâneas de pessoas e não da organização", assinalou.

Mari Alkatiri disse também ter já falado com o Presidente da República, Taur Matan Ruak, e com um colaborador do primeiro-ministro, Xanana Gusmão, "apelando a que assumam uma postura que acalme as pessoas".

Com lugar garantido na oposição depois do Conselho Nacional da Reconstrução Timorense ter decidido convidar o Partido Democrático e a Frente Mudança para formar um Governo maioritário, Mari Alkatiri garante "respeitar totalmente o resultado eleitoral", mas diz que a oposição do país nunca passou de cosmética.

"Eles dizem que querem uma oposição forte, mas é cosmética, porque o Governo nos últimos cinco anos nunca respeitou a oposição", concluiu.

In DN

Timor-Leste Images?q=tbn:ANd9GcQrf3d4DwqKUbBTYaMu2AVnK_DOMZJaBbnk-Gusc1LxGeFCPVkaAWMH

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Um morto nos arredores de Díli

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jul 16, 2012 11:15 am

.
Um morto nos arredores de Díli

por Texto da Agência Lusa, publicado por Patrícia Viegas
Hoje

Uma pessoa morreu hoje em Era, arredores de Díli, capital de Timor-Leste, em consequência de distúrbios que desde a noite de domingo são registados no país, disse à agência Lusa o comandante da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL).

"Quando os agentes da PNTL chegaram ao local dos distúrbios encontraram uma pessoa ferida que foi transportada para o hospital, onde acabaria por morrer", disse Longuinhos Monteiro num contacto telefónico feito a partir de Macau.

O ferido que acabaria por falecer estava envolvido em confrontos entre grupos rivais e a polícia está agora a investigar para apurar as causas da morte.

O mesmo responsável salientou que os distúrbios começaram após o Conselho Nacional da Reconstrução de Timor-Leste (CNRT), o partido de Xanana Gusmão, que ganhou sem maioria absoluta as legislativas timorenses, ter anunciado ter convidado o Partido Democrático e a Frente Mudança para formar o próximo Governo, rejeitando uma coligação com a Fretilin.

In DN

Timor-Leste Images?q=tbn:ANd9GcQ6ZN_AoGdnMlSDzW1BDP6rXq4A6du-0bLJeFlI-iR23DE5ekDoKFZZbg

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Polícia deteve cinco pessoas

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jul 16, 2012 11:44 am

.
Polícia deteve cinco pessoas

por Texto da Agência Lusa, publicado por Patrícia Viegas

Hoje

A Polícia Nacional de Timor-Leste deteve, desde o final da tarde de domingo, cinco pessoas alegadamente envolvidas em ações de desestabilização social no país, disse à agência Lusa o comandante da polícia, Longuinhos Monteiro.

Num contacto telefónico feito a partir de Macau, Longuinhos Monteiro explicou que na noite de domingo foram detidas duas pessoas e que já hoje de manhã outros três indivíduos que estarão envolvidos nos distúrbios que começaram após o Conselho Nacional da Reconstrução de Timor-Leste (CNRT), o partido de Xanana Gusmão, que ganhou sem maioria absoluta as legislativas timorenses, ter anunciado ter convidado o Partido Democrático e a Frente Mudança para formar o próximo Governo, rejeitando uma coligação com a Fretilin.

Longuinhos Monteiro disse também que os distúrbios, que classificou como "atos criminais" estão a ser perpetrados por "militantes ou apoiantes da Fretilin" que demonstram a sua "insatisfação com violência e anarquismo".

Mas, sublinhou, a polícia está no terreno para manter a tranquilidade e a ordem pública, e "nenhum país democrático aceita a violência e o anarquismo como parte do jogo político".

Desde o final da tarde de domingo, Longuinhos Monteiro identificou também 63 viaturas do Governo destruídas ou com danos, "entre os quais cinco carros da polícia", e cinco polícias feridos nos confrontos.

Apesar de sublinhar "ser seguro" andar nas ruas da capital, onde a polícia está pronta a intervir em qualquer cenário, Longuinhos Monteiro apelou à população para se manter em casa dado que os distúrbios são provocados por pessoas que atacam tudo o que não seja do partido (Fretilin).

"Para eles o alvo é tudo o que não é do partido", disse.

In DN

Timor-Leste Images?q=tbn:ANd9GcRjcGPDzFvJR_atVR7sfaqB8UzpcChKtG1jPaM-i38T2B2-SxpUIumGww

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Xanana agradece dedicação da GNR em Timor-Leste

Mensagem por Joao Ruiz Seg Nov 26, 2012 6:38 am

.
Xanana agradece dedicação da GNR em Timor-Leste

por Lusa
Hoje

Timor-Leste Ng2245135

O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, afirmou hoje que a polícia timorense está apta a conduzir a prevenção da criminalidade e agradeceu a dedicação das forças de segurança portuguesas, que deixou uma "marca indelével" na população.

"A PNTL (Polícia Nacional de Timor-Leste) provou estar apta a conduzir com zelo e determinação todas as missões de prevenção da criminalidade", afirmou Xanana Gusmão, sublinhando que a população no país vive em segurança.

O chefe do governo timorense falava na sessão de abertura da VII reunião do Conselho de Chefes da Polícia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que se realiza em Díli entre hoje e quinta-feira.

No discurso, Xanana Gusmão salientou que Timor-Leste é hoje um país "muito diferente" daquele que pediu há seis anos ajuda externa para garantir a estabilidade.

Referindo-se à Guarda Nacional Republicana, que regressou a Portugal a semana passada, Xanana Gusmão afirmou que "deixou uma marca indelével junto de todos os timorenses, constituindo-se como uma referência e um exemplo a seguir" pelos polícias timorenses.

"Já o disse várias vezes, repito agora, a atuação da Guarda foi determinante para o restabelecimento da ordem pública gravemente afetada pela crise que enfrentamos em 2006", salientou, felicitando o comandante-geral da GNR, o tenente-general Luís Newton Parreira.

O comandante-geral da GNR representa as forças de segurança portuguesas no encontro.

No discurso, Xanana Gusmão destacou também o "elevado brio, dedicação e competência" dos elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP) e do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras no "esforço de pacificação do país".

Durante o encontro, as polícias da CPLP vão debater a troca de informações entre as polícias, o papel da polícia na consolidação da estabilidade e da paz e a cooperação entre instituições no combate ao crime organizado.

Timor-Leste assumiu também hoje a presidência do Conselho de Chefes da Polícia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

In DN

Timor-Leste Images?q=tbn:ANd9GcRfKEOKESORVCanz_bT1wDqDzE5gheFX2LYFwRk8YeESXxjQirLhWHt

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Timor-Leste Empty Re: Timor-Leste

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos