Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Eu, Daniel, engraxador de sapatos

Ir para baixo

Eu, Daniel, engraxador de sapatos Empty Eu, Daniel, engraxador de sapatos

Mensagem por Vitor mango Qua Fev 11, 2015 2:26 am

Eu, Daniel, engraxador de sapatos
Jackie Frenche Koller
No dia 24 de outubro de 1929, quinta-feira, a Bolsa de Nova Iorque ruiu. Não houve vidros estilhaçados, soalhos a voar em pedaços, nem paredes destruídas; porque não era o prédio que se desmoronava, mas os algarismos que sustentavam toda a estabilidade económica dos Estados Unidos.
Nos escombros desta catástrofe sem precedente, muitas vidas humanas se perderam. Em 1932, perto de quarenta por cento da população branca ativa americana encontrava-se sem trabalho e sem rendimentos, bem como cinquenta e seis por cento da população negra.  
As crianças que cresceram durante a década da Grande Recessão ficariam marcadas para sempre pela pobreza, pelo desespero e pela humilhação que assolaram a nossa sociedade.
A minha mãe foi uma dessas crianças. Abandonada pelo pai em pleno coração da crise, com um irmão e sete irmãs, foi educada pela minha avó, uma pequena irlandesa corajosa que, para manter viver a sua família, pouco mais tinha do que a força do seu amor. Durante toda a minha infância, aquando das reuniões de família, ouvi contar incansavelmente as peripécias destes tempos difíceis Mas nesses relatos não havia amargura. Transparecia o entusiasmo e as gargalhadas de uma família a quem a adversidade tornara mais forte e mais unida.
Foi esse espírito indomável que inspirou este livro.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
Eu, Daniel, engraxador de sapatos Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115221

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos