Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Camboja

Ir para baixo

Camboja Empty Camboja

Mensagem por Joao Ruiz Ter Nov 23, 2010 3:41 am

.
339 mortos e 329 feridos em festival no Camboja

por CÉU NEVES
Hoje

Camboja Ng1384378

Dois milhões de pessoas foram à capital para a Festa da Água e muitos morreram na confusão. Comissão vai apurar causas.

Pelo menos 339 pessoas morreram e outras 329 ficaram feridas na Festa da Água, no Camboja. A maioria das vítimas são jovens que participavam no último dia do festival de três dias e que terão debandado perante a confusão na ponte que liga Phnom Penh à ilha de Diamante. O Governo diz tratar-se da maior tragédia dos últimos 30 anos e lembra que ainda estão por apurar as causas. O balanço dos mortos não é definitivo.

A agência noticiosa espanhola EFE cita testemunhos que indicam que o tumulto ocorreu como resultado da "aglomeração, calor intenso e humidade". Muitas pessoas desapareceram e outras tentaram escapar da confusão.

A Festa da Água terminava ontem, ao fim de três dias em que ocorreram à capital cambojana dois milhões de pessoas, segundo as autoridades, na maioria jovens. Estavam ali para assistir a concertos, a uma corrida de barcos no rio e ao fogo-de-artifício. Foi perto da ponte que liga as duas partes da cidade e que provoca um estrangulamento que se deu a confusão.

"Estávamos para atravessar a ponte para a ilha de Diamante quando as pessoas começaram a empurrar-se. Havia muitos gritos e pânico. Começaram a correr e a cair umas em cima das outras. Eu próprio também caí e sobrevivi apenas porque outras pessoas me seguraram. Muitas saltaram para a água", afirmou à AFP Kroun Hay, de 23 anos, transcreve a agência Lusa.

O primeiro-ministro do Camboja, Hun Sem, disse tratar-se da "maior tragédia ocorrida desde o regime de Pol Pot", que fez cerca de dois milhões de mortos, ou seja, que vitimou cerca de um quarto da população, entre 1975 e 1979.

Hun Sem apresentou as condolências às famílias das vítimas e determinando que o dia de amanhã seja dia de luto nacional.

O governante garantiu ainda que será constituída uma comissão para apurar os factos em que se deu a tragédia.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Camboja Empty Cortejo fúnebre transmitido em direto pela TV chinesa

Mensagem por Joao Ruiz Qua Out 17, 2012 4:41 am

.
Cortejo fúnebre transmitido em direto pela TV chinesa

por Lusa, texto publicado por Paula Mourato
Hoje

Os restos mortais do antigo rei do Camboja, Norodom Sihanouk, foram transportados durante a manhã de hoje para o aeroporto de Pequim, de onde deve seguir para o Camboja, segundo imagens difundidas em direto pela televisão estatal chinesa.

Norodom Sihanouk morreu na segunda-feira em Pequim, aos 89 anos.

O cortejo fúnebre, composto por cerca de 30 veículos, partiu de um hospital de Pequim, constatou um fotógrafo da AFP, e seguiu em direção ao aeroporto numa auto-estrada com o trânsito cortado.

Os restos mortais de Norodom Sihanouk estariam a ser acompanhados pelo atual rei do Camboja, Norodom Sihamoni, que sucedeu ao pai quando este abdicou em 2004, pela viúva, e pelo primeiro-ministro do Camboja Hun Sem, assim como por três monges budistas.

O antigo rei do Camboja marcou a história da segunda metade do século XX e foi sempre venerado pelo povo cambojano por ter mantido a unidade durante décadas de guerra.

Os restos mortais de Sihanouk devem chegar a Phnom Penh hoje à tarde, seguindo-se um período de luto que se prolongará até 21 de outubro, e o funeral realizar-se três meses mais tarde

In DN

Camboja Images?q=tbn:ANd9GcRnTM7pIEewNKEI2IZv0O3a6jKJZPSNFwLfHKOYSCQg8QlTt9nv_-czUg

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Camboja Empty Polícia investiga morte de turista francesa de 25 anos

Mensagem por Joao Ruiz Seg Fev 11, 2013 9:56 am

.
Polícia investiga morte de turista francesa de 25 anos

por Lusa
Hoje

As autoridades do Camboja iniciaram uma investigação à morte de uma turista francesa de 25 anos encontrada sem vida a boiar num rio.

A vítima, que estava completamente despida, foi encontrada domingo na província de Kampot, um dia depois de ter sido vista com vida pela última vez quando saía de bicicleta da unidade hoteleira onde estava alojada, referiu um responsável da polícia local citado pela agência AFP.

"Concluímos, pela análise ao caso, que se trata de um homicídio", disse ao salientar múltiplos ferimentos no corpo da vítima.

A família da jovem já foi informada da morte através da embaixada de França.

In DN

Camboja Images?q=tbn:ANd9GcTLL5Tfp-2TVddtxPz6WGbDRvmUP8tzR8oZd_Ikku9G_NhQLZbRTVEr7g

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Camboja Empty Re: Camboja

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos