artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Mensagem por Vitor mango em Seg Jul 18, 2011 10:13 am

Figos e Laranjas

Falar Hoje em FIGO associa-se de imediato ao jogador português , de nível internacional
Falar em laranjas , na idade media , era de imediato falar de Portugal
São dois frutos de grande interesse para o nosso país .
Vamos ás laranjas .Que tal aprofundarmos um pouco a historia deste fruto , valeu ?
Existem dois tipos de laranjas ;
- Uma amarga , Citrus auratium Linn
- Outra doce , Citrus sinensis Linn
As laranjeiras amargas foram introduzidas pelos árabes , vindas do Sueste da Ásia possivelmente no século X ou XI e era apreciada apenas como remédio .
Quanto ás doces ( as que nos interessam ) ,quando Vasco da Gama chegou a Mombaça , em 1498 , o rei local ofereceu-lhe laranjas grandes e doces ... melhores do que as de Portugal o que demonstram que já havia laranjas deste tipo em Portugal
Gaspar Correia, em Quiloa no ano de 1502 descreve novamente as laranjeiras , como as melhores que já experimentou .
Diversos autores descrevem as famosa “pommes” de Shangtarah - “Cintra “ –já referenciadas no século 14 que se propagaram primeiro com o nome de Sintra alternando com o nome de “ Portugals “
Parece que foi D. Francisco de Mascarenhas , quem plantou as primeiras arvores , em Xabregas , se bem , que outros autores afirmem que foram os árabes que as trouxeram através das rotas comerciais até Génova .
De Xabregas partiram enxertos para Madeira , Açores e Brasil .
Apesar de D. Pedro II , em 1671 , ter proibido a saída das laranjeiras , do país estas arvores depressa se propagaram no mediterrâneo .
Ninguém duvida que foram ,realmente , os portugueses a espalhar esta arvore pelo mundo , apesar da sua origem no sudeste da Ásia , nordeste da Índia e da Indochina como o nome botânico de - Citrus sinensis .
A data citada é de 1560 .
Em Lisboa , este fruto , era apregoado como “laranja da china “.
Partindo de Lisboa ela adquiriu nomes associados a Portugal como :
- Portugales na Grécia ,Secilia-portogallo na Turquia-portokal , Piemonte-portogalleto na Albânia- portokale , no Kurdistão-portoghal em abcácio de patrakal e nomes idênticos nos restantes países , quando o nome árabe era naranj derivado do persa naranj ou narangi
No novo continente , ela foi levada para a Baia pelos portugueses .Daqui levada para a Índia (Ormuz )
Curiosa a sua expansão em Portugal .
Necessitando de dias compridos ,só conseguidos em latitude baixa ou media e proximidade do mar m e não aguentando temperaturas abaixo dos 2graus negativos , activando-se a vegetação acima dos 12,8 graus de temperatura depressa se encontraram os melhores locais de plantação com estas caracteristicas .
Para se obterem laranjas mais doces a sua cultura foi levada para Setúbal e depois para o Algarve .
A sua adaptação , na Baia acabou por criar uma variedade hoje bem apreciada pelo excelente sabor
Na concentração de laranjais no mediterrâneo laranjais destacam-se Portugal, Espanha , Córsega, Itália, Grécia , Turquia, Síria, Líbano, Israel, Palestina , Egipto, Tunísia, Argélia e Marrocos .
Curiosa foi a sua introdução nos Açores A cultura teve tal sucesso , na ilha de S. Miguel , no século XVIII , que passou a monocultura . Exportavam-se toneladas de laranjas para Inglaterra .
Interessante também a descrição na visita de William Beckford a Alcobaça e Batalha 1794 onde são descritas laranjas entre as iguarias servidas e concerteza ele deveria já conhecer bem ,as laranjas idas dos Açores para o seu país .
Uma doença acabou por extinguir , rapidamente , todos os laranjais nos Açores .
Mas foi dos Açores , que foi levada uma variedade conhecida como Valência Late , para os EUA - esta variedade era conhecida como “laranja de Lisboa “

Noivas e ramos de Laranjeira

O tradicional uso de flores de Laranjeira no vestuário das Noivas vem do tempo das cruzadas .
Os cavaleiros cristãos , vindos da Palestina , ofereciam ás esposas , ramos de flor de laranjeira no aniversario do seu casamento . Os Sarracenos aliás consideravam esta flor símbolo da fertilidade , aliando o facto ao numero elevado de frutos que esta arvore , de porte médio conseguia .
Assim , este símbolo , entrou na tradição das noivas levarem um ramo de laranjeira , em toda a Europa meridional , Inglaterra e América do Norte

(*) Neste temas ecológicos das terças feiras temos evitado utilizar calões técnicos e digerir de forma pratica informações ao grande publico para fácil digestão informativa – a compreensão aos colegas deste facto

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Laranjas israelitas

Mensagem por Joao Ruiz em Seg Jul 18, 2011 3:58 pm

.
Laranjas israelenses terão selo de emissão de carbono


O selo é resultado da parceria entre a empresa israelense Mehadrim, que produz as laranjas Jaffa, e a entidade britânica Carbon Trust.

Centro de Mídia Brasil-Israel e Libris A- A+

As laranjas Jaffa, produzidas em Israel e famosas no mundo inteiro por sua doçura e quase ausência de sementes, receberão a partir de agora um selo indicando a quantidade de dióxido de carbono emitida durante sua produção e transporte. O selo é resultado da parceria entre a empresa israelense Mehadrim, que produz as laranjas Jaffa, e a entidade britânica Carbon Trust.

Estima-se que cada quilo de laranja provoque a emissão de 125g de dióxido de carbono, apontado como um dos principais responsáveis pelo aquecimento global. "O selo vai tornar transparente para todos os consumidores nossa responsabilidade em produzir alimentos prejudicando o menos possível o meio ambiente", explica Dov Warmen, executivo da Mehadrin.

In portaldoagronegocio.com.br

queen


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Mensagem por Vitor mango em Ter Jul 19, 2011 12:39 am

Joao Ruiz escreveu:.
Laranjas israelenses terão selo de emissão de carbono


O selo é resultado da parceria entre a empresa israelense Mehadrim, que produz as laranjas Jaffa, e a entidade britânica Carbon Trust.

Centro de Mídia Brasil-Israel e Libris A- A+

As laranjas Jaffa, produzidas em Israel e famosas no mundo inteiro por sua doçura e quase ausência de sementes, receberão a partir de agora um selo indicando a quantidade de dióxido de carbono emitida durante sua produção e transporte. O selo é resultado da parceria entre a empresa israelense Mehadrim, que produz as laranjas Jaffa, e a entidade britânica Carbon Trust.

Estima-se que cada quilo de laranja provoque a emissão de 125g de dióxido de carbono, apontado como um dos principais responsáveis pelo aquecimento global. "O selo vai tornar transparente para todos os consumidores nossa responsabilidade em produzir alimentos prejudicando o menos possível o meio ambiente", explica Dov Warmen, executivo da Mehadrin.

In portaldoagronegocio.com.br

queen



fantasias liricas ja que kualker arvore agarra no arroto e transforma-o em açucar libertando Oxigénio para o ar ..e um gajoi se a laranja for doce faz gazes carbónicas no WC e ai vai mais carbono ..a ausencia de semente sao mutações geneticas tal como um maricas nao utiliza o gaz para carbonatar de frente e prefere entradas por onde sai o gaz
Sinto-me á vontade á falar bisto porque fui dos primeiros tecnicos a defender árvores em todo o vale do Mindego quando as populações achavam que aquilo era para fazer arroz e milho ...e o mango explicou que ... para fazer agricultura eram necessarias arvores

e perante a morte de milhoes de pinheiros em Bordeau avisei o Professor Taris de um facto que vi exactamente na Golega

Laranjas podres evitavam a morte da doença ( rosselinia ) possivelmente porque o fundo do Podre possivelmente o Trocoderma viridis se instalava primeiro na raiz e impedia a vinda do mal ..alias a mesma laranja tem penicilinas


As famopsasa Baia tambem nao teem sementes e sao super doces e sao frutos e origem portuguesa quando ...

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Citros

Mensagem por Joao Ruiz em Ter Jul 19, 2011 9:54 am

.
CITROS: principais informações e recomendações de cultivo[1], [2]


Dirceu de Mattos Junior, José Dagoberto De Negri, José Orlando de Figueiredo e Jorgino Pompeu Junior


Introdução

Os citros compreendem um grande grupo de plantas do gênero Citrus e outros gêneros afins (Fortunella e Poncirus) ou híbridos da família Rutaceae, representado, na maioria, por laranjas (Citrus sinensis), tangerinas (Citrus reticulata e Citrus deliciosa), limões (Citrus limon), limas ácidas como o Tahiti (Citrus latifolia) e o Galego (Citrus aurantiifolia), e doces como a lima da Pérsia (Citrus limettioides), pomelo (Citrus paradisi), cidra (Citrus medica), laranja-azeda (Citrus aurantium) e toranjas (Citrus grandis).

São originários principalmente das regiões subtropicais e tropicais do sul e sudeste da Ásia, incluindo áreas da Austrália e África. Foram levados para a Europa na época das Cruzadas. Chegaram ao Brasil trazidos pelos portugueses, no século XVI.

Suas árvores, de porte médio, atingem em média quatro metros de altura; a copa é densa, de formato normalmente arredondado. As folhas são aromáticas, assim como as flores, pequenas e brancas, muito procuradas pelas abelhas melíferas e matéria-prima da água de flor de laranjeira. Os frutos são ricos em vitamina C; possuem ainda vitaminas A e complexo B, além de sais minerais, principalmente cálcio, potássio, sódio, fósforo e ferro.

A produção mundial de citros é de aproximadamente 102 milhões t por ano, e é oriunda de extensa área cultivada, com 7,3 milhões ha, que supera em grande parte outras fruteiras tropicais e subtropicais como banana, maçã, manga, pêra, pêssego e mamão. Os maiores produtores de laranjas são o Brasil e os Estados Unidos, que juntos representam cerca de 45% do total mundial. Destacam-se ainda nesse panorama África do Sul, Espanha e Israel, com a produção de laranjas para o mercado in natura e tangerinas, e o México, com a lima ácida Tahiti, além dos novos parque citrícolas emergentes na Ásia, como a China.

No Brasil, a produção de citros ocorre principalmente no Estado de São Paulo, onde encontram-se cerca de 85% da produção brasileira de laranjas (14,8 milhões t; 700 mil ha); também, na ordem de aproximadamente 1,5 milhão t, destaca-se a produção de Tahiti e tangerinas, como a Ponkan e o tangor Murcott. Outros estados como Bahia, Minas Gerais, Pará, Paraná e Rio Grande do Sul contribuem para o agronegócio dos citros com a produção, principalmente, de laranjas, tangerinas e Tahiti.

As laranjas representam a principal espécie cítrica cultivada no País. A pujança da produção brasileira deve-se ao grande mercado mundial de exportação de suco. Com o conhecimento das qualidades nutricionais, a demanda para o suco cítrico tem crescido.

A produção de citros in natura para o mercado interno e externo tem-se destacado pela crescente necessidade da melhoria da qualidade dos frutos. No caso do mercado interno, além do consumo da fruta, destaca-se a demanda de laranjas, tangerinas e limões para o preparo de suco fresco. Para o Tahiti e o Galego, junto com o uso culinário dá-se também o consumo misturado à cachaça no preparo da “caipirinha”.

Ler aqui o artigo completo

Wink

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
avatar
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Mensagem por Vitor mango em Ter Jul 19, 2011 12:27 pm

por acaso ando a plantar latanjeira mas para dar verdura ao jatdim
Uma arvore custa num viveirista aqui perto 5 euros

As laramjeiras sao enxertadas em POncirus trifoliata por isso o leitor nao se assuste se vir nascer ramos da parte de baixo da laranjeira com espinhos grosso e as folhas em tres partes ( dai o nome trifoliata
Porque ?
Porque meus amigos a laranjeira comum é muito atreita a um virus
Chama-se o Virus da tristeza

Depois ha os males da laranmjeira
Fumagina que o pessoal julga erradamente que é provocado p+elas formigas
Nada a ver
uMA COCHONILHA EXALA UM AÇUCAR PARA CRAVAR AS FORMIGAS PARA LHE LEVAREM OS FILHOS E POR CIMA DESSA MELHA DESENVOLVE-SE O BOLOR PRETO

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Mensagem por Vitor mango em Sab Ago 03, 2013 5:19 am

amen

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Mensagem por Vitor mango em Seg Jan 19, 2015 3:15 am

amen

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
avatar
Vitor mango

Pontos : 108845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: artigo sobre laranjas publicado in Diario de Leiria by Vitor mango

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum