Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

2 participantes

Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Qua Out 14, 2015 2:28 pm

Primeiro, vamos dar um inquérito por amostragem. Em dois endereços recentes do primeiro-ministro Netanyahu para o Knesset sobre a mais recente onda de terror e violência que tomou conta de Israel, ele pronunciou a palavra "incitação" de uma forma ou outra 14 vezes. A palavra "ocupação" ou qualquer um dos seus sinónimos não foi mencionado uma vez sequer.

O mesmo é verdade para as declarações feitas nos últimos dias por outros políticos israelenses, bem como comunicados emitidos pela Conferência dos Presidentes das Principais Organizações Judaicas, do Congresso Judaico Mundial, a Liga Anti-Difamação eo Comitê Judaico Americano. Todos eles condenam Mahmoud Abbas. Todos eles citam o incitamento palestino como uma das principais causas da violência. Nenhum deles mencionou 48 anos de controle israelense direto sobre o povo palestino, na Cisjordânia e, sim, em Jerusalém Oriental, bem.

Mas não são apenas os políticos e ativistas judeus americanos, embora eles são os únicos dando o tom. Israelenses comuns e os seus apoiantes no estrangeiro também têm aprendido a expurgar a ocupação, não só a partir de suas palavras, mas a partir de seus pensamentos também. Depois de fazer isso, adolescentes palestinos desenfreadamente lançando-se contra civis inocentes, sabendo que eles terão de enfrentar certa ferimentos ou morte, se transformam em manifestações do mal psicótico não adulterado. Depois de eliminar a ocupação da equação, aparentemente a atitude do mundo "equilibrada" para a violência, ea insistência dos meios de comunicação internacionais em descrever não apenas "vítimas" israelenses, mas palestinos, bem como, pode de fato parecer tendencioso, ultrajante e até mesmo anti-semita.

O lema israelense vigente, para parafrasear o imortal "Os alemães" episódio de Fawlty Towers é "Não mencione a ocupação". Se você pronunciar a palavra explícita, ao que parece, você acusado de justificar os terroristas e se você não fizer isso, você não é culpado de qualquer forma. Isso é muito conveniente, é claro, se acontecer de você ser um primeiro-ministro que esteve no poder durante os últimos seis anos: ignorando a ocupação permite que Netanyahu se esquivar de perguntas sobre por que você fez praticamente nada para se livrar dele. Enquanto o primeiro-ministro faz vista grossa à ocupação e convence os outros a fazer o mesmo, ele não tem que explicar por que ele mantém explodir na cara de todos.

Assim, os esfaqueamentos e tiroteios são um produto de "mentiras" palestinos sobre o Monte do Templo; o resultado da agitação ultrajante da Autoridade Palestiniana; a consequência de livros didáticos inflamatórios e líderes religiosos rabble-rousing; a manifestação de uma cultura de ódio e terror que está se espalhando por todo o Médio Oriente; mais um capítulo da longa saga de rejeição muçulmana de judeus na Palestina que está lá desde tempos imemoriais. Todos os pontos válidos, talvez, mas todo pálido na sombra da ocupação.

Há muitas razões que obrigam os políticos e os israelenses comuns para ignorar o mamute no quarto. Alguns na direita religiosa nem sequer reconhecem a existência de ocupação porque "como se pode ocupar a própria pátria". Outros se convenceram de que os palestinos na Cisjordânia, e mais ainda em Jerusalém Oriental, deve agradecer suas estrelas da sorte que eles estão vivendo sob uma ocupação israelense "benigna" e "esclarecido", em vez de em devastado por conflitos Síria, o Líbano ou a Líbia . Depois, há aqueles que compraram a linha de que, após a retirada de Gaza e à retirada das principais cidades da Cisjordânia, a ocupação tem efetivamente deixou de existir. E muitos foram embalados pelo isolamento cada vez mais eficaz de Gaza e na Cisjordânia "para além das montanhas das trevas" e simplesmente colocar a ocupação fora de suas mentes.

Mas até mesmo os israelenses que estão cheios cientes de que a Bet IDF, Shin e da Administração Civil continuará a gerir até os mínimos detalhes da vida diária para os palestinos, no entanto, resistir reconhecendo o pedágio social, econômico e humano da ocupação e do ódio cego que fomenta. As carrancas públicos israelenses sobre qualquer demonstração de empatia para com os palestinos e políticos de esquerda ainda são intimidados. Eles têm o cuidado de negar qualquer identificação com o sofrimento palestino e situação, insistindo que sua demanda para a diplomacia só é destinada a reforçar a segurança de Israel. Podem mencionar a ocupação, mas apenas como um fardo que os israelenses devem abandonar.

Em seu extremo, a recusa a aprovar uma ligação entre a ocupação ea violência que ele gera, apesar de esmagadora evidência empírica e histórica ao contrário, em Israel e em todo o mundo, é uma forma de o que às vezes é chamado de "negação". De acordo com o dicionário Oxford, um denialist é "" Uma pessoa que não reconhece a verdade de um conceito ou proposição de que é apoiada pela maioria da evidência científica ou histórica ", enquanto negação tem sido definida como" o emprego de argumentos retóricos para dar a aparência de debate legítimo onde ela não existe ". Nas últimas décadas, os exemplos contemporâneos mais proeminentes foram a negação da evolução, das alterações climáticas, do Holocausto, da ligação entre HIV e AIDS, entre tabagismo e câncer de pulmão.

Reconhecendo a ocupação não justifica terror, mas ignorá-lo completamente é para garantir que ele irá persistir por um longo tempo para vir. Como Pascal Diethelm e Martin McKee escreveu em um artigo de 2009 sobre denialism "As consequências de políticas com base em pontos de vista como estes pode ser fatal."
$ m.stack.teaserArticleAuthorImage.content.alt
Leia mais: http://www.haaretz.com/blogs/west-of-eden/.premium-1.680466?utm_campaign=Echobox&utm_medium=Social&utm_source=Facebook

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Joao Ruiz Qua Out 14, 2015 5:18 pm

.
Já repararam, que os muçulmanos são hábeis no uso de armas brancas e adoram esfaquear e degolar? E que, onde quer que desemboquem, tratam logo de usar dos seus costumes e tradições como um direito, que lhes assiste, em terras que não são as suas e, onde vigoram leis próprias, como estados de direito, que se prezam?

O melhor será então agradecer aos israelitas a frente que lhes têm feito, deixarem-se de penas e peninhas( isso pertence a aves) de quem só conhece o culto da morte e lança a desgraça e dor, por onde passa.

queen

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Qui Out 15, 2015 1:36 am

Joao Ruiz escreveu:.
Já repararam, que os muçulmanos são hábeis no uso de armas brancas e adoram esfaquear e degolar? E que, onde quer que desemboquem, tratam logo de usar dos seus costumes e tradições como um direito, que lhes assiste, em terras que não são as suas e, onde vigoram leis próprias, como estados de direito, que se prezam?

O melhor será então agradecer aos israelitas a frente que lhes têm feito, deixarem-se de penas e peninhas( isso pertence a aves) de quem só conhece o culto da morte e lança a desgraça e dor, por onde passa.

queen


Armas ? as únicas armas que eles teem é defenderem a sua pátria a terra onde nasceram de um invasor...

que quer fazer ali uma zona judaica


Lutam com facas da cozinha e pedras contra o mais bem exercito aramado do mundo
Ora vem nos livros que causas políticas nao se resolvem á misselada e o melhor símbolo MUndial foi do profeta Jesus Cristo que pregado numa Cruz ...Bla bla ...
O drama judaico é que eles se meteram numa camisa apertada de onde nao podem sair e cada vez o mundo os evita e rejeita
Ja nem os EUA quer nada desta gente e em especial com o Miafao inveterado mentiroso aldrabão cobarde e assassino de crianças
Tudo isto caminha para uma implosão

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Qui Out 15, 2015 5:54 am

Um reparo


Nos anos 90 a Multi mandava-me para todos os sítios onde havia borbulhas e comecei a sentir o Cheiro da Borrasca



O Drama Dos Israelitas é que os fanáticos e ultra judaicos tomaram totalmente conta da situação política e tal como o Bush e bestas iguais eles só reconhecem uma causa

FAZER SANGUE


Depois de morto Luther King Um "colorido ocupa EUA ...impensável



Mandela fechado a ferros e fogo sai em Liberdade e ganha o Prémio Nobel


Em Portugal o exercito viu que o combate nas colónias não tinha solução militar

Logo tornaram-se políticos

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Qui Out 15, 2015 8:08 am

Segunda nota

Onde estão as fronteiras de Israel
- As que a ONU declarou em 1947...
As da colonizaçao ... que são completamente ilegais perante os tratados internacionais e nessa base nem os EUA as reconhecem ...porque se as reconhecessem tudo o que é pais fraco seria engolido pelos mais fortes
Ora a II GG foi feita porque a Alemanha nazi engoliu tudo até á indigestão completa
Ou seja legalm,ente o estado de Israel nao tem fronteiras e os arabes bem razao teem para nao lhes reconhecer nada

Ora é exatamente aqui que os moderados e não só de Israel berram ...porque se deveria ter criado o estado de Palestina

Como os judeus nao se misturam e criam Ghetos os arabes a multiplicarem-se como Coelhos criarao o mesmo sentimento que os Pretos na Africa do SUL

Acabam com o apartaid e tomam conta do estado Israelita

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Joao Ruiz Sex Out 16, 2015 5:32 pm

.
Lembro-me da sua defesa extrénua da "primavera árabe", contra tudo o que eu contrapunha e veja como têm acabado os países onde ela se verificou, sendo que, os que não acabaram, se encontram a braços com problemas terríveis (Siria, Líbia, etc.).

Por isso, não ponho em causa a actuação israelita que, ao fazer frente aos palestinos, arca com toda a despesa de livrar muito boa gente de males maiores. Já pensou que se o acesso livre ao armamento (em vez de facas de cozinha e  pedras) lhes fosse concedido, pioraria ainda mais a situação no Média Oriente?

queen

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Sab Out 17, 2015 1:18 am

Joao Ruiz escreveu:.
Lembro-me da sua defesa extrénua da "primavera árabe", contra tudo o que eu contrapunha e veja como têm acabado os países onde ela se verificou, sendo que, os que não acabaram, se encontram a braços com problemas terríveis (Siria, Líbia, etc.).

Por isso, não ponho em causa a actuação israelita que, ao fazer frente aos palestinos, arca com toda a despesa de livrar muito boa gente de males maiores. Já pensou que se o acesso livre ao armamento (em vez de facas de cozinha e  pedras) lhes fosse concedido, pioraria ainda mais a situação no Média Oriente?

queen


Comom sabe oponho-me a ferro e fogo contra tudo o que é religião colada a partidos ou raças
E dito até á exaustão
Deem armas a Religiões e eles partem aos gritos
Morte ao Infiel !
Israel um estado Judeu ? e quem nao é judeu cava dali ?

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Sab Out 17, 2015 2:51 am

Read Friday's Haaretz Editorial.
Ai o chefe do governo não tem intenção de chegar a uma solução e promover a paz. Ele acredita seriamente que Israel pode viver para sempre pela espada, pela espada-esse é o espírito ele está usando para a actual crise."

Leia sexta haaretz do editorial.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Joao Ruiz Sex Out 23, 2015 4:16 pm

.
Se os israelitas, segundo s sua óptica, não são judeus,m são o quê, então?


Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Vitor mango Sab Out 24, 2015 1:37 am

Joao Ruiz escreveu:.
Se os israelitas, segundo s sua óptica, não são judeus,m são o quê, então?


Laughing

Sao Tanto como os Portugueses catolicos onde o nosso (po***!) Presidente Cavaco acha que Comunistas e Bloquista não devem ser levados a serio porque nao sao portugueses
Percebe ou quer que eu lhe explique que 25% dos Israelitas nem sequer sao judeus

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ
...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Batmoon_e0
Vitor mango
Vitor mango

Pontos : 115215

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Joao Ruiz Sab Out 24, 2015 4:53 pm

Vitor mango escreveu:
Joao Ruiz escreveu:.
Se os israelitas, segundo s sua óptica, não são judeus,m são o quê, então?


Laughing

Sao Tanto como os Portugueses catolicos onde o nosso (po***!) Presidente Cavaco acha que Comunistas e Bloquista não devem ser levados a serio porque nao sao portugueses
Percebe ou quer que eu lhe explique que 25% dos Israelitas nem sequer sao judeus

Um Israelita (em hebraico: ישראלי, Israeli, plur. Israelim) é um cidadão do moderno Estado de Israel, independentemente da sua origem étnica ou credo religioso. O Estado de Israel compreende principalmente Judeus e Árabes, muçulmanos e cristãos, assim como Drusos, Circassianos, e outros.  Actualmente, vive em Israel uma população de mais de 7 milhões de habitantes, a grande maioria é urbana, e a área mais povoada é o centro do país.

Entre os cidadãos de origem judaica, há uma enorme diversidade de origens étnicas e procedências, sendo hoje a maioria já de sabras (nascidos em Israel), mais de 70%. os outros tendem a identificar-se como ashkenazim, sefaradim ou mizrahim. O hebraico é o idioma dos judeus, e o árabe é a língua da minoria árabe; há ainda outros idiomas falados, principalmente entre os judeus que não são sabras e provém de uma infinidade de países, porém a tendência é o desaparecimento gradual dessas línguas minoritárias, que perdem espaço para o hebraico, que é a única língua usada no quotidiano dos judeus nascidos no país (a não ser os ultra ortodoxos, que não reconhecem o Estado de Israel e conservam o uso do iídich


Mas há muito mais que isto, sobre o assunto.

Quanto a Cavaco, o que ele diz não se escreve!

queen Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO Empty Re: ...visao geral sobre esta violencia ja incontrolavel na Palestina ... titulo maNGO

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos