Sex.com à venda a partir de um milhão de dólares

Ir em baixo

Sex.com à venda a partir de um milhão de dólares Empty Sex.com à venda a partir de um milhão de dólares

Mensagem por ricardonunes em Qua Fev 24, 2010 1:58 pm

O domínio sex.com, que já foi dos mais visitados da Internet, vai voltar a estar à venda em leilão em Março. A base de licitação é de um milhão de dólares (cerca de 730 mil euros), mas a história do domínio nem sempre se fez de lucros espectaculares.
A história do Sex.com está contada em dois livros sobre um dos domínios (endereços) de Internet com maior potencial comercial - "Sex.com", de Kieren McCarthy e "The Sex.Com Chronicles" de Charles Carreon.
O norte-americano Gary Kremen, fundador do site de encontros amorosos Match.com, foi o primeiro proprietário do Sex.com. Registou o domínio há 16 anos, sem alojar nele qualquer conteúdo. Segundo o jornal 'The Independent', o endereço registou nos seus primeiros cinco anos de vida cerca de cinco milhões de acessos por dia, tendo sido descrito pelo jornalista Kieren McCarthy como "a propriedade virtual mais valiosa do planeta".
Dois anos depois, o domínio foi transferido para Stephen M. Cohen, que conseguiu tornar-se proprietário do endereço recorrendo a inúmeras fraudes. Cohen alojou publicidade no Sex.com, que acabou por se tornar no site mais rentável de toda a Internet, com mais de 25 milhões de visitantes únicos por dia.
Na sequência da perda da propriedade do Sex.com, Kremen processou Cohen e venceu em tribunal, mas não recebeu os 65 milhões de dólares de indemnização que lhe eram devidos, porque Cohen fugiu para o México e forjou a falência dos seus negócios para não ser obrigado a pagar. Cohen foi encontrado em 2005 e esteve preso, mas ainda aguarda julgamento por não ter pago a indemnização. Por ordem judicial, o domínio voltou a pertencer a Kremen, que em 2006 o vendeu à empresa Escom por um preço histórico de 14 milhões de dólares.
A Escom, que pretendia revolucionar a indústria pornográfica na Internet, não conseguiu rentabilizar o domínio, que chegou a dar prejuízo, já que, segundo o 'The Inquirer', a sua audiência desceu para cerca de 120 mil visitas por mês.
O Sex.com vai agora ser vendido em leilão pela empresa Dom Partners, credora da Escom; a base de licitação é de um milhão de dólares, mas uma fonte próxima dos leiloeiros não espera que a venda tenha o mesmo sucesso da que lhe valeu o recorde de 14 milhões de dólares em 2006.

DN
ricardonunes
ricardonunes

Pontos : 3302

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum