o massacre que se adivinha em gaza

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 3 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Sex Nov 16, 2012 1:17 am

Relembrando a primeira mensagem :

Egypt Prime Minister Qandil arrives in Gaza

Fri Nov 16, 2012 7:7AM GMT
2



12



6


Egyptian
Prime Minister Hisham Qandil has arrived in Gaza amid Israel’s ongoing
airstrikes on the besieged territory, in order to express Egypt’s
solidarity with the Palestinians.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 1:57 am

mano Kllux Japoneses e Chineses sao puros e fanáticos racistas ...o nosso Camoes que andava a papar uma chinoca não podia alugar casa em Macau e tinha que viver numa gruta
Japoneses radicados no Brasil e meus colegas diziam que se quisessem naturalizar japoneses tinham tantos empecilhos que nao conseguiam
O mesmo se passa com Judeus e ciganos
Tente namoriscar uma cigana e verá a família de naifa afiada a dizer ou casas ou há dança e na judiaria era ou é ainda a mãe que é o chefe da banda e mesmo que o amigo se converta em muro de Jerusalém apenas e so pode dar cabeçadas no muro
Ora o lusitano é totalmente o oposto desta gente fanática que por estupidez dos católicos e não só atirou esta malta para ghetos e depois de apanhado o vicio da " MariaGuana " ja não largam a droga
HOJE My Friend é praticamente impossível nos dias que correm e voam em /47 e derivados manter estas merdas quer religiosas ou tribais salvo casos absolutamente pontais como índios mormons
Os católicos expostos ao livres pensadores e artistas pegaram os tomates de Roma e a mesma saltou da obscuridade para o mundo humanizado de hoje dando no tempo um salto ate á Lua
E Porque my Friend ?????????????????????????????????????????????
Porque marinheiros lusitanos fizeram a maior revolução da humanidade num mundo com cristãos ao Norte e muçulmanos a Sul ...o pessoal tuga deu a volta ao mundo e andou a mamar umas indianas e a praticar o kama sutra e no Brasil onde só haviam Índias eles rezavam o padre nosso ás pikenas

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 2:00 am

Novas equações políticas a perda de Israel: Analista
Uma
mulher palestina tem um cartaz de uma criança morta na Faixa de Gaza em
ataque aéreo israelense durante uma vigília vela acesa em apoio do povo
de Gaza em 17 de novembro de 2012.
(ver foto ai em baixo )
de Gaza em 17 de novembro de 2012.
Ter 20 nov 2012 03:16 GMT



Cada

morte que ocorre em Gaza "não é apenas a perda de uma vida humana, mas
uma morte gradual da consciência coletiva, que é tão angustiante
silêncio para com os sofrimentos de uma nação oprimida e às tiranias
indescritíveis de um regime Colonizar assassina.

Irã acadêmico Dr. Salami Ismail
Entrevistas relacionadas:

"Israel prefere não invadir Gaza
"Ataque israelense em Gaza planejado há muito tempo '

Pontos de vista relacionados:

Guerra em Gaza e mudança nas equações

As
situações políticas mudaram contra Israel na sequência da ofensiva em
curso do regime sobre a Faixa de Gaza sitiada, um proeminente analista
político diz Press TV.


"Graças aos desenvolvimentos na região, as equações políticas drasticamente virou-se para a perda de Israel. O
regime já não é suportado por uma norte-instalado ditador Hosni
Mubarak, que contribuíram financeiramente e militarmente ao regime
sionista ao longo das últimas décadas, "iraniano acadêmico Dr. Salami
Ismail disse em um artigo publicado no site da Press TV.

Salami
saudou o apoio global para Gaza, particularmente a da Turquia e Qatar,
notando que mais tem de ser feito para salvar vidas habitantes de Gaza.

O
primeiro-ministro do Qatar e ministro dos Negócios Estrangeiros do
Qatar Sheikh Hamad bin Jassim bin Jabor Al Thani expressa a ira de sua
nação e disse: "Eu condeno em nome do Catar ... Este crime imundo não deve passar sem punição. O Conselho de Segurança deve assumir as suas responsabilidades na preservação da paz e da segurança no mundo. "

Primeiro-ministro
turco Tayyip Erdogan disse: "Antes desta eleição eles (Israel) disparou
essas pessoas inocentes em Gaza por razões que eles fabricados.


Última edição por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 2:02 am, editado 1 vez(es)

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 2:01 am


_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 2:06 am

Com ofensiva terrestre, Israel pode sofrer revés internacional











Jonathan Marcus

Analista diplomático da BBC News









Atualizado em 20 de novembro, 2012 - 05:44 (Brasília) 07:44 GMT




























Caso Israel escolha uma invasão terrestre, pode perder apoio internacional



Israel recebeu de seus
principais aliados nos Estados Unidos e na Europa - muitos dos quais
culparam o Hamas pela escalada do conflito - uma janela pela qual o país
pudesse agir.


Mas agora essa janela está se fechando.




Notícias relacionadas









Tópicos relacionados







Se Israel continuar com suas operações aéreas, o número de mortos vai aumentar e o apoio diplomático ao país vai desaparecer.

Um fim de semana de negociações diplomáticas intensas, envolvendo Egito, Turquia e Catar, não alcançou muita coisa até agora.

Mas, agora, o objetivo comum é tentar
interromper o conflito antes que Israel lance uma ofensiva terrestre na
Faixa de Gaza. Algo que vai apenas elevar ainda mais o número de
palestinos mortos.


O chanceler britânico William Hague disse nesta
segunda-feira que o apoio internacional às operações israelenses será
avaliado se o país decidir usar suas tropas em solo.


"Uma invasão terrestre é algo muito mais difícil
de obter a simpatia ou apoio da comunidade internacional, incluindo o
Reino Unido", disse.


Na realidade, há pouca motivação em Israel – seja no governo ou entre os militares – para uma incursão na Faixa de Gaza.

Analistas israelenses acreditam que uma grande
parte dos objetivos militares do país foram atingidos nos primeiros dois
dias de conflitos.


O aumento no número de civis mortos na Faixa de
Gaza, e a consequente mudança no apoio internacional ao país,
provavelmente tem um peso maior do que qualquer avanço modesto em termos
de destruição de foguetes ou de infraestrutura do Hamas.


É preciso lembrar que foi o atual ministro da
Defesa de Israel, Ehud Barak, que em 2008-2009 quis impedir uma grande
incursão terrestre em Gaza, após os primeiros dias de conflito.


Sua opinião foi suplantada pela decisão do então premiê Ehud Olmert.

Mas sem um acordo e com as forças israelenses prontas para agir, uma fase de ataque terrestre ainda não pode ser descartada.

Então, qual seria a melhor maneira de colocar um fim nesse conflito?

Qualquer acordo real teria de ser informal –
Israel e Hamas não vão sentar em uma mesa de negociações e assinar um
pedaço de papel.


Ambos querem sair do impasse com algo para exibir.

Para os israelenses, o objetivo é por fim aos
ataques de foguetes e iniciar um longo período de calmaria. Isso
significa que o Hamas também terá de se esforçar para controlar grupos
mais radicais que querem manter os ataques contra Israel.


Já o Hamas também quer obter alguns benefícios
tangíveis, seja a abertura dos pontos de controle ou outras medidas que
reduzam o que muitos palestinos veem como um "estado de sítio" que
caracteriza suas vidas.


Oportunidade


A visita à região do secretário-geral da ONU,
Ban Ki-moon, pode fornecer alguns elementos diplomáticos para avançar as
discussões.


Sua visita também vai fornecer um oportunidade para os israelenses recuarem e talvez suspenderam as ações terrestres.

Tudo depende do volume de foguetes disparados de Gaza e, principalmente, de que alvos eles acertarão.

Um ataque em uma área populosa de Tel Aviv ou Jerusalém certamente mudaria o jogo.

Mas uma das razões pelas quais a diplomacia foi
até agora incapaz de por fim ao conflito está justamente no fato de que a
comunicação diplomática na região mudou significativamente.


A falta de laços diplomáticos estreitos entre
Israel e Turquia é um dos fatores. No entanto, a mudança mais importante
é o novo governo do Egito, agora, de certa maneira, mais simpático aos
palestinos e certamente mais suspeito em relação a Israel.


Canais experimentados e testados várias vezes
que já mitigaram conflitos no passado agora não estão mais em operação
do mesmo jeito.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 2:08 am

A falta de laços diplomáticos estreitos entre
Israel e Turquia é um dos fatores. No entanto, a mudança mais importante
é o novo governo do Egito, agora, de certa maneira, mais simpático aos
palestinos e certamente mais suspeito em relação a Israel.


Canais experimentados e testados várias vezes
que já mitigaram conflitos no passado agora não estão mais em operação
do mesmo jeito.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 2:10 am

Médio Oriente: Portugal favorável a estatuto de observador para Autoridade Palestiniana na ONU -- Paulo Portas

Bruxelas, 19 nov (Lusa) -- O ministro dos Negócios Estrangeiros disse
hoje, em Bruxelas, que Portugal é favorável a que a Autoridade
Palestiniana tenha o estatuto de "estado-observador" na Assembleia-Geral
das Nações Unidas, considerando que tal constituiria um "prémio para
quem é moderado".


Paulo Portas, que falava à saída de uma reunião dos chefes de
diplomacia da União Europeia, na qual a situação de crise no
Médio-Oriente esteve em evidência, face à escalada de violência na Faixa
de Gaza, considerou mesmo que seria incompreensível que a União
Europeia não apoiasse essa pretensão palestiniana, de privilegiar a via
do diálogo.


"Se nós dizemos aos palestinianos 'o caminho não é a violência, a via
correta é a negociação politica', então, quando a Autoridade
Palestiniana recorre às Nações Unidas, à Assembleia-Geral, para uma via
política, pedindo para ser não estado-membro, mas estado-observador, que
é uma opção em segunda vontade dos palestinianos, se porventura a
Europa lhes fechasse a porta perderia coerência e perderia relevância",
considerou.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 4:48 am

Tuesday Nov 20, 201211:24 AM GMT

UN chief warns Israel against ground invasion of Gaza Stripne





Protesters attack Israeli embassy in Denmark

Tue Nov 20, 2012 11:23AM GMT

0
Pro-Palestinian
protesters have attacked the Israeli embassy in Denmark's Copenhagen,
expressing their anger at Israel’s ongoing attacks on Palestinians in
the besieged Gaza Strip.


Manifestantes atacam embaixada de Israel na Dinamarca
Ter 20 nov 2012 11:23 GMT


Pró-palestinos manifestantes atacaram a embaixada de Israel em Copenhaga, Dinamarca, expressando sua raiva em ataques contínuos de Israel aos palestinos na Faixa de Gaza sitiada.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 4:50 am


Israel adia invasão de Gaza




Sob intensa pressão diplomática, o Governo israelita decidiu adiar a ofensiva terrestre na Faixa de Gaza.











9:38 Terça feira, 20 de novembro de 2012












Militares israelitas aguardam junto à fronteira norte da Faixa da Gaza que seja ordenada a invasão terrestre

Atef Safadi/EPA













31
4















9 comentários















Somam e
seguem as tentativas para parar mais uma vaga no conflito
israelo-palestiniano. Depois dos apelos ao cessar-fogo imediato do
secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, soube-se hoje que o
Presidente dos EUA, Barack Obama, decidiu enviar Hillary Clinton para o
Médio Oriente na esperança de que a chefe da diplomacia norte-americana
possa ajudar a mediar o conflito na região.

Depois de se reunir com o primeiro-ministro
israelita, Benjamin Netanyahu em Jerusalém, Hillary Clinton seguirá para
Ramallah para encontros com autoridades palestinianas, antes de rumar
ao Cairo, para se reunir com líderes no Egito.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também chega
hoje a Israel, onde se reunirá com Netanyahu e com o Presidente
israelita, Shimon Peres, antes de se deslocar à cidade de Ramallah, na
Cisjordânia, para um encontro com o presidente da Autoridade Nacional
Palestiniana, Mahmud Abbas.

Forte pressão diplomática


Atendendo aos esforços de mediação para que seja
alcançado um cessar-fogo, o Governo israelita decidiu adiar uma ofensiva
terrestre na Faixa de Gaza, informa esta manhã a imprensa israelita.

A decisão foi tomada pelo Gabinete de Segurança,
composto pelos nove principais ministros israelitas, que esteve a
analisar, até ao início da madrugada, se aceitava a proposta egípcia de
tréguas ou apostava em outras opções na sua ofensiva "Pilar de Defesa"
em Gaza.

No final da reunião não houve comunicados oficiais,
contudo, a imprensa israelita destaca hoje que a decisão de adiar a
entrada por terra na Faixa de Gaza deveu-se às fortes pressões de que
está a ser alvo o governo de Benjamin Netanyahu, sobretudo por parte de
Washington, para que seja encontrada uma saída para o conflito em Gaza,
indica a agência noticiosa espanhola Efe.

Mais de 100 mortos


A ofensiva militar israelita, que entrou hoje no seu
sétimo dia, causou já a morte a 107 palestinianos, metade dos quais
civis, tendo-se registado ainda a morte de três israelitas, também
civis.

Só na última noite, a Força Aérea e a Marinha de
Israel bombardearam mais de 100 alvos, entre os quais se encontravam
"túneis subterrâneos de lançamento de mísseis, túneis terroristas e
armazéns de armas", informaram os militares em comunicado.

A ofensiva noturna também visou "vários edifícios
usados por terroristas como centros de comando e controlo", assim como
"dez túneis utilizados como esconderijos operativos do Hamas", no poder
na Faixa de Gaza, refere a mesma nota.

Israel bombardeou também "uma instituição financeira
no norte de Gaza, utilizada pelo Hamas para financiar a sua atividade
terrorista", indica o mesmo comunicado. Trata-se do Banco Islâmico
Nacional de Gaza, usado pelo movimento radical islamita para pagar os
salários dos cerca de 35 mil funcionários, refere a agência Efe.




Ler mais: http://expresso.sapo.pt/israel-adia-invasao-de-gaza=f768231#ixzz2ClM7bTSa

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Ter Nov 20, 2012 4:54 am

.
r) De acordo com o Sr. Komico Yagi (Chefe de Departamento da
Universidade de Tóquio) há uma mentalidade no Japão de que o Islão é
uma religião muito intolerante e que se deve ficar longe dela
.


E assim o Japão se mantém inteligentemente ao abrigo da intolerância islamista e, consequentemente, bem longe dos problemas, que os islamistas aportam a todos os países, por onde passam.

Um exemplo a seguir... por muito que custe ao Mango...

Twisted Evil queen Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 5:01 am

Manos manas e indiferentes

Como sabem, el mango é um pacifista porque não acredito na força bruta da força e no apertar do gatilho
Fui recordista nacional em lançamentos de peso e dardo e a natureza dotou-me com as armas para correr á lambada quem se metesse kakuboy
...só que sempre levei porrada de mulheres e ai pensei
?????????????????????
Afinal a força bruta é boa para puxar carroças
e... na minha vida profissional jamais tomei decisões a varrer ...apesar de me empurrarem para
-mango mata esfola pah
Uma madame leva-se para a Caminha ( Minho City) com palavras meigas adoçadas e força na marreta (QB)
Isto vem a propósito desta gente louca falcoeiro que ocupam o governo de Israel
e a conclusão que ja tiraram foi a mesma que el Mango aqui tem exaustivamente dfito
- 1º -acabaram de eleger o hamas como seu interlocutor valido deixando o Abbas a fazer o papel de palhaço
çº-2º Ja verificaram que a opinião publica MUndial lhes caia em, cima que avançassem para Gaza ...porrah ate o Paulo Portas que apoiava a invasão do Iraque ja mostrou a PILA ( em espanhol Pilha )
e agora ?
Agoraaaaaaaaaaaaaaaa vao ter que conviver com o hamas e dificilmente vai ter condições para invadir o Irão ou largar umas ameixas nas H
Depois o movimento Judaico no mundo ja assobia para o lado perante tanta estupidez diplomática
ahhh ahhh mas eles vão mesmo avançar matar invadir e meter-se por ai dentro !
- Voces sao a Falar de ????Adolfo Hitler ? napoleão ?
Explique mas sem rotulos

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 5:06 am

Joao Ruiz escreveu:.
r) De acordo com o Sr. Komico Yagi (Chefe de Departamento da
Universidade de Tóquio) há uma mentalidade no Japão de que o Islão é
uma religião muito intolerante e que se deve ficar longe dela
.


E assim o Japão se mantém inteligentemente ao abrigo da intolerância islamista e, consequentemente, bem longe dos problemas, que os islamistas aportam a todos os países, por onde passam.

Um exemplo a seguir... por muito que custe ao Mango...

Twisted Evil queen Laughing

Um exemplo a seguir... por muito que custe ao Mango...

colam-me rotlos pauleiam-me e querem converter a um anti-qualquer coisa ...Mango é genuinamente Lusitano estudante da nossa historia colhendo e mamando na NOSSA Experiência onde tivemos eslavos e eslavas Mouras encantadas Judias quentes e mornas morenas e esturradas
Islamico e Judeus ( do actual Israel são exactamente o mesmo
Comungam e bebem no fanatismo religioso e matam
Uns sentados num F14 para prédios onde ha crianças inválidos e gente boa e sa e os Islamicos matam-se junto e para a mesma causa
Os Judeus querem a mesma Palestina so para eles ...os Islamicos querem correr com o invasor
manos El Mango é ateu e nao vos peço para me seguiram em cruzadas apostolicas ou evangelicas
- Mango Kaga para isso

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Ter Nov 20, 2012 6:15 am

.
Islamico e Judeus ( do actual Israel são exactamente o mesmo

Olhe que não, olhe que não! Só mesmo na sua cabeça!


queen Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 6:30 am

Ontem no Daily Show (que vejo todos os dias ) O Jon entrevistou um republicano Puritano about a campanha para ...opnde foi moastrado os horrores dos abortos terminando com os casamentos Gay ...bla bla
O JON SDtwart deu um murro na mesa e excalamou
- Porrah Pah eu sou judeu ( ele Jon ) e o que voce esta a dizer que quem nao concorda consigo vai para o INFERNO
O candidato gemeu e invocou a Biblia os salmos e os apendices da mesma para garantir que vinha tudo na Biblia
Daqui retiro duas ameixas
-Gosto de ouvir o Jon que é ca dos meus quando ha moral cinica a tentgar v...bla bla...
Depois Biblia não um livro para ...para e para ...porque nao é mais que um resumo de condutas sociais ...e pior do que isso serviu para matar milhoes de muita boa gente
Se bna america houve FDGP a queimar Alcorão tambem do lado oposto se queima Biblia ...
e porque o mango é ateu
...Pah eu tenho uma educação social baseada em esticar a mao a quem mais sofre mais tem fome e mais precisa de mi8m e NUNCA jamais em Livros sagrados dogmas onde todo o Filho duma ganda puta se refugia para esconder os seus cagaços after morte ou proveitos económicos enquanto andar pelas esquinas a roçar elku
Se os católicos evoluíram foi porque gente "á mango " arregaçaram as mangas e descarregaram as suas deduções a lirismos a falsos profetas e anexados no esquema


_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 6:47 am

Turkish foreign minister, Arab ministers arrive in Gaza Strip

Tue Nov 20, 2012 1:27PM GMT

Turkish
Foreign Minister Ahmet Davutoglu and several Arab ministers have
arrived in the Gaza Strip amid escalating Israeli attacks on the
besieged territory.

Ministro das Relações Exteriores turco, ministros árabes chegam na Faixa de Gaza
Ter 20 nov 2012 13:27 GMT

Ministro dos Negócios Estrangeiros turco Ahmet Davutoglu e vários ministros árabes chegaram na Faixa de Gaza em meio a crescentes ataques israelenses no território sitiado.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 7:03 am

haaretz
Morsi: conflito em Gaza vai terminar terça-feira, 2 foguetes país sul de Jerusalém
Militantes
de Gaza renovar o lançamento de foguetes em direção ao sul de Israel,
os palestinos relatório 5 mortos e 10 feridos em ataques militares
israelenses em Gaza, o Hamas, a Jihad Islâmica chefes no Cairo para
discutir os detalhes da possível cessar-fogo, EUA secretária de Estado
Hillary Clinton deverá entrar a Israel para discutir
o funcionamento de Gaza; principais ministros israelenses decidem dar
mais tempo para o cessar-fogo esforços; 100 greves IDF alvos em Gaza
durante a noite.
Por Haaretz | Nov.20, 2012 | 01:58 | 99

Um muro de uma casa destruída em ataque aéreo israelense na Cidade de Gaza, em, em 20 de novembro de 2012.
Um
mosaico de Dome de Jerusalém da Rocha é visto intacto em um muro de uma
casa destruída em ataque aéreo israelense na Cidade de Gaza, em, em 20
de novembro de 2012. Foto por AFP

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 7:10 am

Federação Russa











Faixa de Gaza: Lavrov critica o papel do Quarteto





19.11.2012








A Rússia pediu a cessação do bombardeio do exército israelense contra
civis e ressaltou a preocupação sobre a deterioração da situação nos
territórios palestinos. "O desenvolvimento desta situação pelo uso da
violência é inaceitável", disse o porta-voz do Ministério das Relações
Exteriores da Rússia, Alexander Lukashevich numa conferência de imprensa
na quinta-feira.


"Tanto o bombardeio do sul de Israel, como os ataques
desproporcionais sobre Faixa de Gaza, especialmente quando as vítimas
são civis de ambos os lados, são totalmente inaceitáveis​​", disse o
porta-voz.



"Moscou está profundamente preocupado com o que está acontecendo
em Gaza e apela ao fim ao derramamento de sangue", disse. Além disso, o
ministro do Exterior russo Sergey Lavrov criticou o papel do Quarteto
de mediadores internacionais para o Oriente Médio (Rússia, os EUA, a ONU
e a União Europeia) perante a escalada da violência. "O que está
acontecendo agora nos territórios palestinos nos preocupa imensamente.
Acreditamos que é necessário que cessem imediatamente os bombardeios e
ataques de todos os tipos de violência ", disse Lavrov.



"Lamentamos que nos meses anteriores ao escalar o conflito o quarteto
tenha sido incapaz de organizar-se e pronunciar-se sobre diálogo
direto", disse o ministro.


Por sua vez, o presidente russo, Vladimir Putin, em uma conversa
telefônica com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu exortou
as partes em conflito a mostrarem contenção e fazerem o possível para
regularizar a situação. Putin falou, também por telefone, com
presidente do Egito Mohamed Morsi e pediu-lhe o apoio "nos esforços para
normalizar a situação", de acordo com o serviço de imprensa do Kremlin.


O sexto dia da ofensiva israelita na Faixa levou a pelo menos 93
pessoas mortas e 900 feridas. Entre elas encontram-se muitas crianças.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 7:11 am

Por sua vez, o presidente russo, Vladimir Putin, em uma conversa
telefônica com o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu exortou
as partes em conflito a mostrarem contenção e fazerem o possível para
regularizar a situação. Putin falou, também por telefone, com
presidente do Egito Mohamed Morsi e pediu-lhe o apoio "nos esforços para
normalizar a situação", de acordo com o serviço de imprensa do Kremlin.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 7:12 am


Egipto acredita que trégua em Gaza será anunciada hoje





20.11.2012 - 08:50
Por AFP, João Manuel Rocha





  • Votar





  • |
  • 2 votos




























Bombeiros palestinianos apagam chamas no Banco Nacional Islâmico, atingido por Israel (Majdi Fathi/AFP)










O Presidente egípcio, Mohamed Morsi,
disse acreditar que uma trégua entre Israel e as forças do Hamas será
anunciada ainda hoje. Declarações feitas num momento de intensa
actividade diplomática, mas que foram antecedidas pela queda de dois
“rockets” em Jerusalém.












“A farsa da agressão israelita contra a Faixa de
Gaza vai acabar nesta terça-feira”, noticiou a agência de notícias
Mena, citando declarações feitas ao início da tarde por Morsi, sobre
quem recaiu a tarefa de mediar as negociações entre israelitas e o
movimento islamista palestiniano, de quem a Irmandade Muçulmana, hoje no
poder no Cairo, é patrona.

“Os esforços para concluir uma trégua
darão resultados positivos nas próximas horas”, terá dito o Presidente,
sem adiantar mais pormenores.

Pouco antes, as sirenes voltaram a
ecoar em Telavive, seguidas pouco depois por fortes explosões. Esta é a
segunda vez que a Cidade Santa é visada pelos rockets lançados a partir
de Gaza, mas segundo a polícia os projécteis caíram nos arredores da
cidade, sem provocarem feridos.

A aviação israelita mantém a
Faixa de Gaza sob cerco apertado. Na última noite, atacou perto de uma
centena de alvos, descritos como "terroristas". Segundo fontes
hospitalares, pelo menos seis pessoas foram mortas, incluindo duas
crianças.

Israel suspende planos militares
Na mesma
altura, porém, Israel anunciou a decisão de suspender provisoriamente o
projecto de avançar com uma operação militar terrestre na Faixa de Gaza,
segundo a AFP. “Foi tomada a decisão de suspender provisoriamente
qualquer projecto de ofensiva terrestre para dar hipótese de êxito aos
esforços diplomáticos”, disse um alto responsável israelita, que pediu o
anonimato, citado pela agência.

A decisão, não anunciada
oficialmente até à manhã desta terça-feira, terá saído de uma reunião do
governo israelita, que, na noite anterior, analisou uma proposta do
Egipto para uma trégua com o Hamas, segundo a imprensa israelita.

A
rádio pública noticiou que Israel deseja uma trégua de 24 a 48 horas,
para que seja preparado um cessar-fogo duradouro. A televisão israelita
disse que o primeiro-ministro, Benjamin Nethanyahu, estará disposto a
aprovar a decisão no prazo de 24 horas.

Clinton vai a Israel, Egipto e Gaza
O
secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, que na segunda-feira à
noite chegou ao Cairo, e tem deslocações previstas a Gaza e Israel,
apelou a um cessar-fogo de todas as partes. Foi também anunciado que a
secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, parte esta
terça-feira de Phnom Penh para uma deslocação a Israel, ao Egipto e a
Gaza.

Os sinais de possível trégua acontecem horas depois de um
raide israelita ter danificado com gravidade o Banco Nacional Islâmico,
uma instituição criada pelo governo do Hamas, na cidade de Gaza. O
edifício foi, segundo os serviços de emergência do território, atingido
por mísseis disparados por aviões F-16.

Outros raides visaram,
segundo fontes da mesma agência, casas de chefes militares do Hamas e
zonas desabitadas. Um comunicado das Forças Armadas israelitas confirmou
terem sido “visadas perto de 100 instalações terroristas, entre as
quais [plataformas] subterrâneas de lançamento de rockets, túneis e depósitos de munições”.

Russos acusam EUA
A
Rússia acusou, por seu lado, os Estados Unidos de “fazerem obstrução” a
uma tomada de posição das Nações Unidas sobre Gaza. A posição de
Moscovo foi anunciada depois de a embaixadora dos Estados Unidos nas
Nações Unidas, Susan Rice, ter declarado, na noite de segunda-feira, que
o país não dará aval a um texto do Conselho de Segurança que, do seu
ponto de vista, sabote os esforços para um cessar-fogo.

Desde o
início da operação militar israelita, na quarta-feira da semana passada,
foram mortos em Gaza 109 palestinianos e feridos perto de 900, segundo o
balanço de fontes médicas locais.

Na segunda-feira foram mortos dois palestinianos na Cisjordânia. Morreram também três israelitas, atingidos por um rocket palestiniano, na semana passada, no Sul de Israel.

Notícia actualizada às 14h03

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 7:14 am


Os sinais de possível trégua acontecem horas depois de um
raide israelita ter danificado com gravidade o Banco Nacional Islâmico,
uma instituição criada pelo governo do Hamas, na cidade de Gaza. O
edifício foi, segundo os serviços de emergência do território, atingido
por mísseis disparados por aviões F-16.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 9:13 am

Vitor mango escreveu:Ontem no Daily Show (que vejo todos os dias ) O Jon entrevistou um republicano Puritano about a campanha para ...opnde foi moastrado os horrores dos abortos terminando com os casamentos Gay ...bla bla
O JON SDtwart deu um murro na mesa e excalamou
- Porrah Pah eu sou judeu ( ele Jon ) e o que voce esta a dizer que quem nao concorda consigo vai para o INFERNO
O candidato gemeu e invocou a Biblia os salmos e os apendices da mesma para garantir que vinha tudo na Biblia
Daqui retiro duas ameixas
-Gosto de ouvir o Jon que é ca dos meus quando ha moral cinica a tentgar v...bla bla...
Depois Biblia não um livro para ...para e para ...porque nao é mais que um resumo de condutas sociais ...e pior do que isso serviu para matar milhoes de muita boa gente
Se bna america houve FDGP a queimar Alcorão tambem do lado oposto se queima Biblia ...
e porque o mango é ateu
...Pah eu tenho uma educação social baseada em esticar a mao a quem mais sofre mais tem fome e mais precisa de mi8m e NUNCA jamais em Livros sagrados dogmas onde todo o Filho duma ganda puta se refugia para esconder os seus cagaços after morte ou proveitos económicos enquanto andar pelas esquinas a roçar elku
Se os católicos evoluíram foi porque gente "á mango " arregaçaram as mangas e descarregaram as suas deduções a lirismos a falsos profetas e anexados no esquema


A pergunta que eu faço é logica
Tinha este candidato Republicana o "DIREITO " de impor a sua Mopral religiosa ao povo americano ?
teem os judeus de impor a sua religião a quem não alinha com eles ?

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 9:15 am

Trégua para ser anunciada em poucas horas: Barak
Ter 20 nov 2012 03:56 GMT

Ministro de Israel para Assuntos Militares, Ehud Barak diz que haverá dentro de uma trégua de algumas horas com Gaza, como o regime israelense continua a bater o enclave sitiado costeira.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maioria dos israelitas apoia ofensiva militar na Faixa de Gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Ter Nov 20, 2012 10:01 am

.
Maioria dos israelitas apoia ofensiva militar na Faixa de Gaza

por Lusa, publicado por Luís Manuel Cabral
Ontem

Mais de oito em cada 10 israelitas (84%) apoia a operação "Pilar de Defesa" na Faixa de Gaza, que hoje entrou no sexto dia, indicam os resultados de um inquérito divulgados hoje pelo diário Haaretz.

A sondagem, elaborada pelo Instituto Dialog para o jornal de Telavive, analisou separadamente a opinião de judeus e árabes israelitas e mostra que o apoio dos primeiros à ofensiva chega aos 90%.

Quase um terço dos inquiridos afirmou ainda ser favorável a uma ofensiva terrestre na Faixa de Gaza.

Os líderes israelitas também viram a sua popularidade aumentar com a ofensiva, com o primeiro-ministro, Benjamín Netanyahu, e o titular da pasta da Defesa, Ehud Barak, a figurarem entre os que mais beneficiaram, ao receberem um apoio superior a 20% face ao apurado em sondagens anteriores.

Netanyahu e Barak obtiveram um apoio de 55 e 52%, respetivamente, percentagens ainda assim muito abaixo das conquistadas por outros líderes políticos israelitas que lançaram operações bélicas no passado e chegaram a obter durante as mesmas um apoio superior a 80%.

O Haaretz refere que os resultados da sondagem apontam que este momento seria o mais adequado para parar a ofensiva, pelo menos politicamente, se não estratégica ou militarmente.

Isto porque, em casos anteriores, verificou-se um ponto de viragem no apoio popular neste ponto, dado que o público começa a perceber depois de vários dias de operação que a situação se vai complicando, surgindo críticas no meio da incerteza.

O fraco apoio a uma intervenção terrestre, segundo a pesquisa, mostra ainda assim que os israelitas entendem bem o elevado preço em vidas humanas que semelhante decisão poderia acarretar, assim como os escassos benefícios decorrentes de uma operação do género, concluiu o diário.

In DN



Já viu, quem publicou esta notícia, Mango?

Laughing Laughing Laughing Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Kllüx em Ter Nov 20, 2012 10:23 am



A √@güeAR Very Happy no meu novo iPad mini...







√i k... Official: Israel, Hamas reach agreement

Uma trégua entre os palestinianos da Faixa de Gaza e Israel
já foi anunciada no Cairo, informaram fontes do Hamas e da Jihad Islâmica citadas pela agência France Presse.

VIVA A PAZ!!!

bounce bounce bounce


Kllüx

Pontos : 11149

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Kllüx em Ter Nov 20, 2012 10:35 am



Afinal kontiNUA tudo muito konƒüzzzzzü affraid

Hamas says Gaza truce agreed, Israel says no deal yet

parece-me küz Gazzzz@s tão küm kagüƒƒƒƒƒƒa!!! Very Happy



Kllüx

Pontos : 11149

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vagueante em Ter Nov 20, 2012 11:11 am

Vitor mango escreveu:
Vitor mango escreveu:Ontem no Daily Show (que vejo todos os dias ) O Jon entrevistou um republicano Puritano about a campanha para ...opnde foi moastrado os horrores dos abortos terminando com os casamentos Gay ...bla bla
O JON SDtwart deu um murro na mesa e excalamou
- Porrah Pah eu sou judeu ( ele Jon ) e o que voce esta a dizer que quem nao concorda consigo vai para o INFERNO
O candidato gemeu e invocou a Biblia os salmos e os apendices da mesma para garantir que vinha tudo na Biblia
Daqui retiro duas ameixas
-Gosto de ouvir o Jon que é ca dos meus quando ha moral cinica a tentgar v...bla bla...
Depois Biblia não um livro para ...para e para ...porque nao é mais que um resumo de condutas sociais ...e pior do que isso serviu para matar milhoes de muita boa gente
Se bna america houve FDGP a queimar Alcorão tambem do lado oposto se queima Biblia ...
e porque o mango é ateu
...Pah eu tenho uma educação social baseada em esticar a mao a quem mais sofre mais tem fome e mais precisa de mi8m e NUNCA jamais em Livros sagrados dogmas onde todo o Filho duma ganda puta se refugia para esconder os seus cagaços after morte ou proveitos económicos enquanto andar pelas esquinas a roçar elku
Se os católicos evoluíram foi porque gente "á mango " arregaçaram as mangas e descarregaram as suas deduções a lirismos a falsos profetas e anexados no esquema


A pergunta que eu faço é logica
Tinha este candidato Republicana o "DIREITO " de impor a sua Mopral religiosa ao povo americano ?
teem os judeus de impor a sua religião a quem não alinha com eles ?


A pergunta que eu faço é logica
Tinha este candidato Republicana o "DIREITO " de impor a sua Mopral religiosa ao povo americano ?
teem os judeus de impor a sua religião a quem não alinha com eles ?
[/

Desde quando os judeus pretendem impôr a sua religião aos outros povos?
Tanto quanto sei, os judeus são atacados não por isso mas exactamente pelo contrário, isto é, por se fecharem e só aceitarem aqueles que são judeus por hereditariedade ou que se convertem ao judaísmo através do casamento.
Das religiões que têm origem na Bíblia, aquelas que praticam o proselitismo e que pretendem converter toda a gente sob risco das penas do Inferno (no Além) ou físicas (na Terra), são as religiões cristãs e as maometanas.
Não há dúvida de que existe, da parte do Mango, um grande preconceito religioso.


Vagueante

Pontos : 1698

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 11:23 am

joão Ruiz ficou feliz por uma noticia do haaretz de quem ao longo de semanas meses e anos fiz copy ao ponto de ...eles me mandarem um email a cravar-me para ser assinante er naqui despaço o manguito do Kllux ai de baixo
Como sempre não falhei nas minhas previsões
e quem ganha com esta estupida guerra ?
Para ja ninguem ...mas podemos ver quem mais perde
1º a estupidez desta gente de Israel a matar um chefe import5ante do Hamas coisa que vem em todos os books que nunca se faz ...os americanos cometeram o ERRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRo enorme e ainda hoje do Iraque controlam nada
porque ...os erros pagam-se caro
Depois ao resistir estoicamente aos judeus o Hamas garantiu o estatuto de ser o unico interveniente valido para a cfriaçao de uma nova Palestina
DEpois e aqui é o lado mais grave para Israel ...UM GRUPELHO sem uma unica arma pesada como tanques submarinos aviões ou ..ou... mostrou aos judeus que morreriam pela causa e aí o recuo dos judeus ...COMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO aqui previ ...dizendo que a soluçao dos judeus era matar tudo em GAZA ...só que o mundo mostrou mja cara á judaria e ate o Paulo Portas se assumiu frontalmente contra ...ele...ele,...Portas que pulava de contente com o Marcelo Rebelo de Sousa quando da invasaO DO iRAQUE
O OUTRO ERRO É QUE A INVASAO DO iRÃO bYE BYE ...JA NAO HA CAPACIDADE POLITICA PARA
...DEPOIS TRES PAISES SALTARAM A BARREIRA E agora sao vozes validas
O Egipto (espetacular ) O katar a quem os judeus bombardearam o banco em gaza e a Turquia (a quem Obama recorre quando ...

e por aqui me fico porque tenho que dar umas voltas pelos media

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 11:29 am

Apesar de rumores de trégua, Israel exorta palestinos a abandonar suas casas






Atualizado em 20 de novembro, 2012 - 14:51 (Brasília) 16:51 GMT




























Palestino com panfleto que o exorta a deixar sua casa 'imediatamente'



Aviões da Força Aérea de Israel
lançaram nesta terça-feira centenas de milhares de folhetos sobre
regiões da Faixa de Gaza, exortando moradores a deixarem suas casas e
rumarem ao centro da Cidade de Gaza, o que reforçou os temores de uma
invasão por terra.

Correspondentes da BBC em Gaza afirmam que
embora centenas de palestinos já estejam abandonando seus lares, muitos
dizem que não é prático ou que é tarde demais para sair.




Notícias relacionadas







Os folhetos lançaram ainda mais
dúvidas sobre a evolução do conflito, já que autoridades egípcias e
palestinas afirmaram, horas antes, que o anúncio de um cessar-fogo com
Israel seria iminente.

O presidente do Egito, Mohammed Mursi, que
lidera as negociações, disse esperar que Israel ponha fim a ataques
aéreos na noite desta terça-feira. Um porta-voz do grupo radical
palestino Hamas disse à BBC que uma trégua era iminente.

No entanto, o porta-voz do governo israelense,
Mark Regev, negou que um acordo com o Hamas tenha sido finalizado.
"Ainda não chegamos lá", disse o porta-voz, em entrevista à BBC. Ele
afirmou que as operações israelenses em Gaza continuarão até que se
chegue a uma "solução diplomática de longo prazo" quanto ao disparo de
foguetes palestinos no sul de Israel.

Ao mesmo tempo, Israel afirmou que havia colocado os planos de uma incursão terrestre em modo de espera.

Aviões


Lançados sobre as regiões norte, sul e leste de
Gaza, os folhetos lançados pelas Forças de Defesa de Israel dizem a
moradores que se encaminhem a áreas centrais "para sua segurança".

"As Forças de Defesa de Israel não têm você como
algo e não querem prejudicar você ou suas famílias. Para sua segurança,
exigimos que deixem suas casas imediatamente e rumem ao centro da
Cidade de Gaza", diz o folheto.

Israel começou os ataques a Gaza - que diz ter
como objetivo pôr fim ao lançamento de foguetes e mísseis por grupos
palestinos contra seu território - com um ataque que matou, na
quarta-feira, um líder militar do Hamas. Mais de 110 palestinos e três
israelenses morreram em ataques israelenses e de foguetes palestinos
desde então.

Nesta terça-feira, o Escritório de Representação do Brasil em Ramallah
Clique

está tomando providências para retirar cidadãos brasileiros da Faixa de Gaza
.


De acordo com o ministro-conselheiro João
Marcelo Soares, encarregado do setor consular no escritório em Ramallah,
já foram tomadas providências para que seja possível retirar da Faixa
de Gaza aqueles brasileiros que quiserem sair, depois de sete dias de
violência na região.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 11:31 am

fugir para onde se gaza é um campo de concentraçao ?
porrah mais o cinismo

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 1:00 pm

Mais de 60 feridos em manifestantes confronto com a polícia egípcia
Ter 20 nov 2012 19:34 GMT

Mais de 60 pessoas ficaram feridas quando os manifestantes entraram em confronto com a polícia egípcia na capital Cairo.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 20, 2012 1:04 pm

Grã-Bretanha sustenta assentamentos israelenses ilegais através de laços comerciais estreitos
Grã-Bretanha sustenta assentamentos israelenses ilegais através de laços comerciais mais próximos.

Ter 20 nov 2012 07:24 GMT

O
governo do Reino Unido tem tradicionalmente mantido boas relações
comerciais e florescente com o regime israelense, apesar das políticas
do regime expansionistas contra a lei internacional.


Em
maio de 2011, foi relatado que o comércio bilateral anual entre a
Grã-Bretanha e Israel ultrapassou £ 2000000000 anualmente durante os
últimos cinco anos e poderia muito bem chegar a £ 3000000000 em 2012. Israel, por sua vez, manteve-se no mercado do Reino Unido terceira maior exportação na região.

De
acordo com o anual do Reino Unido Investimento Directo Estrangeiro
relatório Israel ocupa o número 19 dos países com o maior número de
projetos investidos no Reino Unido.

Mais
de 300 empresas israelenses já estão operando na Grã-Bretanha e do país
se sente obrigado a prestar os seus serviços financeiros para Israel,
com a cidade de Londres, que é considerado como o centro principal da
Europa para os serviços financeiros, atuando como uma porta de entrada
para a Europa para as empresas israelenses.

A
Câmara Britânica de Comércio israelense (B-ICC) foi criado para
incentivar o comércio bilateral entre o Reino Unido ea entidade
sionista. A
instituição era para facilitar um número de delegações comerciais a
Israel a cada ano para ajudar a estimular o comércio e promover relações
mais estreitas de negócios entre Grã-Bretanha e Israel.

No entanto, o pedido de boicote e desinvestimento de Israel se espalha de forma significativa no Reino Unido.

Assentamentos israelenses na Cisjordânia ocupada e Oriente Al-Quds são ilegais sob a lei internacional. Através de apreensões ilegais, esses assentamentos têm contribuído para a injustiça ea pobreza do povo palestino. Ao negociar com eles, os países europeus, particularmente da Grã-Bretanha, estão fazendo esses assentamentos ilegais viável.

A
Igreja Metodista da Grã-Bretanha, a quarta maior denominação cristã no
Reino Unido, com 70 milhões de membros em todo o mundo, votou a boicotar
produtos israelenses e serviços produzidos na Cisjordânia ocupada por
Israel de "ocupação ilegal de terras palestinas."

O
sindicato segunda maior do Reino Unido (uníssono) com 1,3 milhões de
membros apoia um boicote total de Israel - económico, cultural e
desportivo - e cortar todos os laços com a Histadrut, a organização
israelense de sindicatos.

O
Reino Unido união outro maior comércio com dois milhões de membros,
Unite, votou por unanimidade para um boicote completo de produtos e
serviços israelenses e chamou para alienação de empresas israelenses em
Junho de 2010. Unite
acusa Israel de "uma política de limpeza étnica", "a falência forçada
da Autoridade Palestina" e "o edifício contínuo do muro do apartheid".
Ele ainda descreve Israel como um "estado de guerra" com "nenhum apetite
para a paz ou coexistência . "

Desde junho de 1967, Israel ocupou a Cisjordânia (incluindo Leste Al-Quds), e as Colinas de Golã. Estabeleceu assentamentos civis nesses territórios ocupados, o que é ilegal de acordo com a lei internacional. A
criação desses assentamentos é uma violação das obrigações de Israel
sob a Quarta Convenção de Genebra de 1949, que foi adotada para proteger
os civis nos conflitos armados.

O regime de ocupação foi obrigado a desmantelar os colonatos na Faixa de Gaza, em agosto de 2005. Na
Cisjordânia e as Colinas de Golã, no entanto, os assentamentos estão se
expandindo e os novos estão sendo estabelecido em violação do direito
internacional.

Por
outro lado, as empresas do Reino Unido estão envolvidas na construção
da infra-estrutura de assentamento, incluindo a parede ocidental
apartheid Bank. Empresas
do Reino Unido, organizações e instituições estão desempenhando um
papel importante no apoio - direta ou indiretamente - a expansão da
existência, o funcionamento e continuidade dos assentamentos israelenses
nos territórios palestinos ocupados.

As
atividades do Reino Unido apoiados negócios nos assentamentos ilegais e
seus associados zonas industriais são muito importantes para sua
viabilidade econômica. Empresas
agrícolas produtoras de frutas, legumes e flores dominam, mas as
indústrias que produzem produtos alimentares, produtos plásticos,
produtos de metal, produtos químicos, cosméticos e muitos outros
produtos também são relevantes para a economia dos assentamentos e,
portanto, são um fator importante na sua existência.

Assim,
estes laços económicos sustentar uma contínua violação do direito
internacional, o que tem consequências graves para o gozo dos direitos
humanos por parte da população não-colono local.

De
acordo com uma pesquisa de 68 empresas britânicas são conhecidos por
ter relações diretas ou indiretas com os assentamentos israelenses em
território palestino ocupado, dos quais 49 têm a sua sede no Reino Unido
e 19 dos quais são filiais britânica de empresas baseadas em Israel ou
em outros países.

Um total de 27 empresas israelenses operam em assentamentos e exportação para o Reino Unido foram identificados como segue:
· Frutas, legumes e ervas frescas: Agrexco, Arava, Flores direto, Hadiklaim, Mehadrin Tnuport Exportação
·
Outros produtos alimentares: Abady Padaria, Achdut, aditivos
alimentares Adumim / Frutarom, Amnom e Tamar, Oppenheimer, Saladas
Shamir
· Bebidas: Adanim chá, refrigerante-Club, Tishbi Estate Winery
· Cosméticos: Mar Morto Laboratórios, Intercosma
· Medicamentos: Fermentek
· Produtos: Plástico Keter, Brinquedos Tip Top, Twitoplast
· Produtos de metal: DiSTeK, Mul-T-Lock, Fechaduras Yardeni
· Têxtil produtos: Tapetes Caesarea, Dispobud, Ofertex
· Outros produtos: Greenkote

Para
25 destas 27 empresas de um total de 51 parceiros comerciais britânicos
foram encontrados: 12 subsidiárias de marketing britânicos das empresas
israelenses em causa e 39 importadores britânicos e varejistas. Frutas
e legumes exportados por essas empresas de liquidação são vendidos por
grandes varejistas do Reino Unido de rua, como Tesco, Sainsbury,
Waitrose e Somerfield. Outros
produtos exportados por empresas de liquidação são vendidos por
conhecidos britânicos redes de varejo, como a Marks & Spencer (M
& S), John Lewis e B & Q.

As
seguintes companhias britânicas vender produtos de mais de uma empresa
israelense ligada aos assentamentos israelenses na Cisjordânia ocupada:
· Apenas Kosher está ligado a seis empresas: Abadi Padaria, Achdut, Adanim Chá, Amnon e Tamar, Oppenheimer, Saladas Shamir.
· Tesco está ligado a quatro empresas: Arava, Hadiklaim, Mehadrin-Tnuport, Soda-Club.
· Sainsbury está ligada a duas empresas: Hadiklaim, club soda.
· John Lewis (incluindo o seu supermercado Waitrose divisão) está ligada a duas empresas: Ahava, Hadiklaim
· Argos está ligada a duas empresas: Keter Plásticas, Club Soda.

Três empresas britânicas com investimentos em assentamentos em territórios ocupados por Israel foram identificados:
· Hanson Reino Unido é um fornecedor de materiais de construção pesada para a indústria da construção. Ele tem uma filial em Israel, que possui fábricas e pedreiras na Cisjordânia. Hanson Reino Unido foi adquirida em setembro de 2007 pela empresa alemã Heidelberg Cement.
·
Britânica Israel Investimento é uma empresa de propriedade de Israel
possuir um shopping center em Maaleh Adumim, um assentamento na
Cisjordânia ocupada. O
principal accionista da British Investimento Israel é o empresário
britânico Leo Noe, o presidente executivo da F & C Asset Management
REIT.
·
A Unilever é um alimento anglo-holandesa grande, detergente e empresa
de cuidados pessoais, que detém uma participação de 51 por cento Beigel
& Beigel, uma fábrica de pretzel e lanches localizado em um
assentamento na Cisjordânia ocupada. Unilever anunciou recentemente que vai vender sua participação na Beigel & Beigel.

Uma empresa britânica oferecendo produtos ou serviços para os assentamentos israelenses tem sido identificada:
·
Ferramentas eléctricas da fabricante britânica de energia registro são
importados do Reino Unido a Israel por DNM empresa israelense Equipamentos técnicos e ferramentas, que tem uma filial localizada na Zona industrial Barkan, na Cisjordânia.

O
banco britânico HSBC está envolvido como subscritor no financiamento do
orçamento do Estado de Israel, ajudando o regime de Israel a emitir
títulos nos mercados de capitais internacionais. Por
si só, não há nada de errado com isso, é só onde esses fundos são
utilizados para apoiar atividades proibidas, tais como o estabelecimento
de assentamentos em território ocupado e sua infra-estrutura associada,
em violação das obrigações de Israel sob o direito internacional, que
este levantar preocupações.

Além
disso, há nove britânicos instituições financeiras que possuem títulos
emitidos pelo Estado de Israel, que são usados ​​para financiar
atividades realizadas pelo regime israelense. Mais
uma vez, é apenas quando tais atividades constituem uma violação do
direito internacional que este se torna um motivo de preocupação:
· Artemis Investment Management
· Investimento Ashmore Gestão
· Barclays Global Investors
· Capital International Ltd, parte do Capital Group (Estados Unidos)
· Fortis Investments (Reino Unido), parte do Fortis (Bélgica)
· Investec Asset Management
· Morley Fund Management
· Pictet Asset Management (UK) Ltd, parte da Pictet (Suíça)
· State Street Global Advisors UK Ltd, parte da State Street Corporation (Estados Unidos)

Dois grandes bancos israelenses, Banco Leumi e do Banco Mizrahi Tefahot, têm subsidiárias no Reino Unido. Estes dois bancos também têm filiais em assentamentos nos territórios ocupados. Seus
bancos de pais israelenses se envolver em atividades de empréstimo de
hipoteca e outros que incluem o financiamento da construção e aquisição
de habitação liquidação e propriedades comerciais e empréstimos para
liquidação de negócios baseados israelenses. Bank
Leumi é também um credor para o projeto ferroviário que liga a luz de
Jerusalém assentamentos na Cisjordânia ocupada com Israel propriamente
dito e, assim, consolida a existência desses assentamentos.

O
investimento da empresa britânica CSS foi envolvido em várias rodadas
de financiamento para Greenkote, um revestimento empresa israelense
exportador com uma fábrica e centro de I & D principal, localizado
na Zona Industrial Barkan.

Enquanto
isso, a G4S, empresa de segurança britânica, tem sido fortemente
criticado por sua colaboração com o regime israelense, que varia de
fornecimento de equipamentos e serviços para postos de controle
israelenses, assentamentos ilegais, o muro do apartheid e prisões onde
os prisioneiros palestinianos detidos e torturados sem julgamento.

MOL / HE

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106519

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 2:33 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum