Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

França

3 participantes

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir para baixo

França - Página 3 Empty Os franceses que querem ser alemães

Mensagem por ricardonunes Dom Mar 28, 2010 4:52 am

Relembrando a primeira mensagem :

por ABEL COELHO DE MORAIS

Cenas de amor e ódio na França dos anos 40. Cometeram o erro de se aproximar dos militares do III Reich que ocupavam o país. Foram cerca de 20 mil francesas que tiveram filhos de alemães de 1940 a 1944. As crianças irão pagar um preço elevado por esta paternidade maldita. Uma paternidade só agora reconhecida pelo Governo de Berlim.

"Sinto-me um vulcão em actividade, depois de todos estes anos de sofrimento. É o melhor sentimento que posso ter, já que o meu pai era um 'boche', o 'inimigo', enquanto eu o admirava com todo o meu coração", exulta Daniel Rouxel. Aos 67 anos, viu ser-lhe atribuída a nacionalidade alemã após uma luta de mais de 15 anos.
Rouxel nasceu em Abril de 1943, filho de mãe francesa e de Otto Hammon, tenente do exército que então ocupava a maior parte da França. É uma das 200 mil crianças nascidas de uniões entre francesas e militares alemães de 1940 a 1944.
A Alemanha começou, finalmente, a reconhecer-lhes a dupla nacionalidade, tendo Rouxel sido o primeiro, em Agosto de 2009. Depois dele, num processo ainda em curso, muitos outros conseguiram o passaporte alemão, pondo fim a uma situação de ignomínia e discriminação, que só foi possível após o degelo das relações franco-alemães nos anos 70.
A mãe de Daniel trabalhava na cantina de um campo militar alemão em Pleurtuit, localidade na costa atlântica, a dez quilómetros de Saint-Malo, quando a invasão aliada da Normandia, em Junho de 1944, a leva a partir para Paris. O bebé ficou para trás numa família de acolhimento.
Aos quatro anos, Daniel passou a viver com a avó materna numa aldeia da Bretanha. Aqui é visto como "uma curiosidade"; quando frequenta a escola, os outros alunos não lhe poupam insultos - frases como "filho de boche e de puta" eram "de veludo comparado com os insultos dos adultos", recorda Daniel. Aos cinco anos, pensou em suicidar-se.
Sessenta anos depois, a família alemã de Daniel entrega-lhe o capacete do pai. Para ele, foi o objecto "mais precioso" que alguma vez recebeu.
A sua história é também a de Jeanine Nivoix-Sevrestre, que a família só colocou na escola aos nove anos; rejeitada pelo avô, a jovem pesava então 18 quilos. Ou a de Claude Jeanne, que percorreu todos os cemitérios de alemães na Normandia à procura da sepultura do pai.
Muitos outros, na sua "enorme solidão" - como Daniel descreve a infância e a juventude - nunca conseguiram saber quem foi o pai; noutros casos, foram as mães a ocultar a sua identidade.
A maioria das crianças nasceu nas regiões onde se erguia a Muralha do Atlântico, locais onde as unidades alemães permaneceram mais tempo. "Foi aqui que houve contacto com as populações, os franceses estiveram envolvidos na construção das defesas, e os alemães ficaram associados à vida das aldeias nos primeiros anos da ocupação", nota Jean-Paul Picaper, historiador que retrata estas circunstâncias em Enfants Maudits. "Para os alemães é fantástico descobrir que os seus soldados não deixaram só morte à sua passagem na guerra" de 39/45. No livro, Picaper recolhe testemunhos da infância ditados por idosos; muitos trazem a público pela primeira vez estas memórias.
Rouxel e outros iniciaram a batalha pelo reconhecimento da dupla nacionalidade nos anos 90. O seu pedido era baseado nos arquivos da WAST (o serviço do exército alemão para as vítimas e presos de guerra), que permitem conhecer o destino de todos os elementos das forças armadas. Em 2003, o documentário Enfants de Boche constituiu uma "pedrada no charco" revelando tragédias pessoais, histórias e discriminações das crianças nascidas durante a Ocupação. Foi uma importante ajuda na batalha que só culminou no início de 2009, quando Berlim criou legislação permitindo o reconhecimento da nacionalidade a estes "filhos da guerra".
Mas nem todos os filhos de pai alemão terão o desejo de reconhecer o progenitor. Um desses "acidentes de guerra" - como pejorativamente eram conhecidos em França - reconhecia há dias, a coberto do anonimato, que aqueles que descobriram que o "pai teve o cartão do partido nazi não estarão tão ansiosos de admitir a sua paternidade".
ricardonunes
ricardonunes

Pontos : 3302

Ir para o topo Ir para baixo


França - Página 3 Empty A página de twitter de Nicolas Sarkozy

Mensagem por Joao Ruiz Qua Fev 15, 2012 6:10 am

.
Sarkozy anuncia candidatura pelo twitter

por DN.pt e AFP
Hoje

França - Página 3 Ng1822807

A página de twitter de Nicolas Sarkozy

Sondagens continuam a dá-lo como derrotado pelo candidato socialista François Hollande, que recolheria 57% a 60% das intenções de voto.

O primeiro ato de Nicolas Sarkozy depois de abrir hoje de manhã uma conta no twitter, foi o de anunciar, ainda que de forma indirecta, a sua recandidatura ao Eliseu. Escreveu o Presidente: "Aceitei o convite da TF1 para estar presente no telejornal desta noite. Marcamos encontro para logo - NS".

A cadeia televisiva confirmou o facto minutos mais tarde.

Sarkozy torna-se oficialmente candidato a 67 dias da primeira volta, num momento em que a candidata de extrema-direita Marine Le Pen continua com 15% a 19% das intenções de voto, e o centrista François Bayrou recolhe 12% a 14%.

Nas sondagens, Sarkozy não ultrapassou até agora os 25% numa primeira volta. Na segunda volta, é derrotado em todas as sondagens pelo socialista François Hollande, com números entre os 57% a 60% das intenções de voto.

Também pouco mais de uma hora passada sobre a abertura da conta no twitter, Sarkozy contava quase 25 mil seguidores.

In DN

França - Página 3 Smilie31

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Sarkozy ultrapassa Hollande nas sondagens

Mensagem por Joao Ruiz Ter Mar 13, 2012 5:01 pm

.
Sarkozy ultrapassa Hollande nas sondagens

por DN.PT
Hoje

França - Página 3 Ng1858703

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, surge pela primeira vez à frente do socialista François Hollande nas sondagens para as presidenciais.

Sarkozy surge com 28,5% das intenções de voto, contra 27% de Hollande na primeira volta, segundo a sondagem Ifop. Contudo, na segunda volta, o socialista está à frente do Presidente (54,5% contra 45,5%).

"É um ponto de viragem, que marca o fim de uma exceção na V República, a saber, um presidente cessante que saía derrotado na primeira volta", disse à AFP Frédéric Dabi (Ifop). "É um pouco um regresso à normalidade", acrescentou.

Segundo Dabi, a mudança é resultado dos anúncios de Sarkozy dos últimos dias. Além de ter feito o mea culpa em relação aos casos que resultaram na perda de popularidade, revelou uma série de medidas como a criação de um imposto sobre os lucros das grandes empresas e a redução para metade no número de imigrantes que, anualmente, são autorizados a entrar em França. O Presidente ameaçou ainda retirar o país do espaço Schengen se os acordos de livre circulação não forem revistos de forma a lutar mais eficazmente contra a imigração clandestina.

"É o sucesso, por enquanto, da estratégia de direita e de valorização do eleitorado da Frente Nacional seguidor de Sarkozy", afirma Dabi, indicando que "nunca Marine Le Pen esteve tão em baixo na nossa sondagem". A líder da extrema-direita francesa surge em terceiro lugar nas sondagens com 16%.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Sarkozy chama idiota a jornalista da televisão LCI

Mensagem por Joao Ruiz Sex Mar 16, 2012 5:31 pm

.
Sarkozy chama idiota a jornalista da televisão LCI

por DN.pt
Hoje

França - Página 3 Ng1863504

O Presidente francês e candidato às eleições de dia 22 não gostou muito de ser interpelado sobre os confrontos registados entre a polícia e os trabalhadores da Arcelor Mittal, que aconteceram esta quinta-feira junta à sua sede de campanha

Durante uma visita que fez a Chalons-sur-Marne, Sarkozy foi interpelado por um jornalista da televisão LCI, que o questionou sobre se o uso de gás lacrimogéneo pela polícia para dispersar os trabalhadores daquela empresa não tinha sido uma má ideia em plena campanha eleitoral para as presidenciais de 22 de abril.

O atual chefe do Estado francês, candidato apoiado pela UMP, parece não ter gostado muito desta interpelação e disse-lhe: "Achas que me importa o que é que estás para aí a dizer.

O que é queres que eu te diga? Idiota!".

A seguir, Sarkozy sorriu, com o ar de quem estava só a brincar, dando palmadinhas nas costas do jornalista e pedindo desculpas. "Ele até é simpático. É jovem!", exclamou o Presidente, enquanto o jornalista ficava um pouco embaraçado com a sua reação.

Veja aqui o vídeo no Youtube:



O chefe do Estado francês já é conhecido pelo seu livre falar: depois de ter chamado "escumalha" aos jovens dos subúrbios parisienses quando ainda era ministro do Interior, em 2007, um ano depois virou-se para um agricultor que o interpelou e disse: "Põe-te a andar triste pobre".

In DN

França - Página 3 Smilie31

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Tiroteio em escola judaica faz quatro mortos

Mensagem por Joao Ruiz Seg Mar 19, 2012 5:54 am

.
Tiroteio em escola judaica faz quatro mortos

por DN.pt
Hoje

Um professor de religião, de 30 anos, e três alunos, de dez, seis e três anos, morreram esta manhã frente ao colégio judaico Ozar Hatorah de Toulouse, no sudeste de França.

O autor dos disparos terá fugido de scooter, segundo as testemunhas citadas pela AFP. O incideente já foi criticado pelas autoridades israelitas e está a causar emoção um pouco por toda a França. As autoridades reforçaram a segurança de toda a comunidade judaica.

Segundo o procurador de Toulouse, o tiroteio fez ainda dois feridos. "O atirador disparou sobre tudo o que lhe apareceu pela frente", afirmou.

A polícia desconfia que o tiroteio pode estar relacionado com dois outros que tiveram militares como alvo em Toulouse e Montauban, no Sudeste de França, na semana passada. Nos três casos, o atirador atuou de scooter.

Patrick Rouimi, um dos responsáveis da associação de pais, disse à AFP que um homem abriu fogo sobre as pessoas que esperavam o transporte que leva e trás os alunos desta escola judaica.

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, anunciou hoje que vai visitar de imediato a escola, com o ministro da Educação do país e com o líder do Conselho Representativo das Instituições Judaicas de França (CRIF).

O candidato socialista às eleições presidenciais em França, François Hollande, anunciou também hoje que se vai dirigir ao local, para demonstrar solidariedade com as famílias e com a comunidade judaica francesa.

O grande rabino de França, Gilles Bernheim também manifestou o seu pesar perante o ocorrido: "Estou horrorizado pelo que aconteceu hoje em Toulouse em frente da escola judaica", disse o grande rabino, citado pela agência noticiosa France Presse.

Jonathan Hayoun, que lidera a associação francesa de estudantes judeus, pediu às autoridades que reforcem a segurança em escolas judaicas e sinagogas. "O discurso antissemita e racista criou um clima de insegurança para os judeus em França", afirmou Hayoun, em comunicado.

Este foi o terceiro ataque com armas de fogo numa semana na região do Sudoeste de França. A polícia já tinha iniciado uma caça ao homem, depois do assassínio, na passada semana, de três militares para-quedistas e ferimentos em outros dois, em dois incidentes separados, em que o atirador também fugiu de mota.

Nicolas Sarkozy disse hoje ser ainda "demasiado cedo" para relacionar estes dois ataques. "Existem algumas semelhanças, mas ainda é demasiado cedo para dizer se há ou não uma verdadeira relação. Só a polícia e a investigação criminal nos podem dizer que conclusões retirar", disse Sarkozy, em declarações a uma rádio francesa.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Atirador de Toulouse ia voltar a matar hoje

Mensagem por Joao Ruiz Qua Mar 21, 2012 11:18 am

.
Atirador de Toulouse ia voltar a matar hoje

por DN.pt
Hoje

França - Página 3 Ng1869857

A polícia francesa tem cercado desde a madrugada um homem de origem argelina, de 24 anos, que diz ter ligações à Al-Qaeda. Enquanto as negociações prosseguem, um elemento da comunidade judaica avançou que Mohamed Merah "tinha um plano para matar novamente".

Ao início da tarde, a belga BFM TV anunciou a detenção do homem que na segunda-feira matou quatro pessoas numa escola judaica de Toulouse. Mas o ministro do Interior, Claude Guéant, desmentiu a notícia e garantiu que as negociações prosseguem.

De manhã, a Reuters noticiou que Mohamed Merah fugiu de uma prisão em Kandahar, no Afeganistão, em junho de 2008, depois de ter sido condenado por colocar bombas nesta cidade afegã.

300 agentes da polícia da unidade de elite têm neste momento cercado o suspeito dos crimes de Montauban e Toulouse. O alegado assassino da scooter encontra-se no rés-do-chão de um imóvel do bairro de Côte Pavée, noroeste de Toulouse, tendo já havido uma troca de tiros com as forças de segurança no local.

Veja aqui o vídeo sobre o início do raide policial:


Uma forte explosão foi ouvida pelos jornalistas ao início desta manhã junto ao imóvel onde a polícia francesa tem cercado desde esta madrugada o suspeito de 24 anos. Os media franceses precisaram depois que foi a polícia a explodir o carro do suspeito. O gás do imóvel foi também cortado, por forma a evitar que ocorram outras explosões.

O 'Le Figaro' acrescenta que foram encontradas armas no interior da viatura, entres as quais, uma metralhadora. O suspeito terá dito que tenciona entregar-se às autoridades ao meio-dia, depois de as autoridades terem usado a sua própria mãe para tentar convencer o suspeito, de origem argelina, a fazê-lo, segundo relata o enviado especial do 'El Mundo' Juan Manuel Bellver.

Entretanto, segundo a AFP, três membros da família do suspeito cercado foram detidas pelas autoridades. Um deles será o irmão, igualmente suspeito de crime, radicalização e associação a movimentos salafistas a operar em solo francês.

Merah é suspeito de ser o assassino da scooter na origem da morte de um rabino e de três crianças da escola judaica Ozar Hatorah, em Toulouse, com idades entre os 4, 5, 7 e 30 anos. Além destas mortes, o homem, que já fora preso na cidade afegã de Kandahar, um dos bastiões dos talibãs, é suspeito de ser também o autor da recente morte de três militares franceses, que tinham raízes do Magrebe ou das Antilhas.

Nesta altura o ministro do Interior francês, Claude Guéant, afirmou aos jornalistas que a intenção das forças de segurança e do Governo é "capturar o suspeito vivo". Ao mesmo tempo, Jean-Pierre Filiu, especialista em Al-Qaeda, disse já esta manhã em entrevista à AFP que é preciso "cautela" antes de estabelecer qualquer relação entre este suspeito e a Al-Qaeda.

In DN

Twisted Evil

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Polícia começa a retirar residentes do prédio do presumível assassino

Mensagem por Joao Ruiz Qua Mar 21, 2012 11:30 am

.
Polícia começa a retirar residentes do prédio do presumível assassino

por Lusa
Hoje

As autoridades policiais francesas retiraram hoje os residentes do prédio onde se encontra cercado o islamista suspeito dos assassínios de Toulouse, disseram testemunhas.

A polícia tinha antes ordenado aos residentes do pequeno prédio de cinco andares para que se mantivessem em casa até que estivesse no terreno a operação para prender o alegado assassino.

As autoridades disseram ainda que os residentes do prédio serão entregues a especialistas psiquiátricos, de quem receberão apoio.

De acordo com fontes próximas da investigação, citadas pela agência noticiosa Fance Presse, um homem de 24 anos de origem argelina, identificado com Mohammed Merah, que disse a um agente ser membro da Al-Qaida, foi encontrado escondido numa casa no bairro de Croix-Daurade, perto da escola onde na segunda-feira três crianças judias e um rabino foram mortos a tiro.

O local foi cercado por cerca de 200 agentes, com capacetes e coletes à prova de bala, e dois polícias ficaram feridos numa troca de tiros com o suspeito no âmbito da operação, que ainda decorre.

Os funerais das três crianças e do professor mortos no tiroteio começaram a ser realizados esta manhã em Jerusalém.

Mais de mil pessoas vestidas de luto, muitas das quais a chorar, chegaram hoje ao cemitério de Givat Shau, nos arredores de Jerusalém, para acompanhar o transporte dos quatro corpos ao túmulo.

In DN

Idea


_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Explosivos encontrados no carro de irmão do suspeito

Mensagem por Joao Ruiz Qua Mar 21, 2012 11:33 am

.
[size=80]Explosivos encontrados no carro de irmão do suspeito[/size]

por dn.pt
Hoje

Foram encontrados explosivos nas buscas ao carro de um irmão de Mohamed Merah, o suspeito dos assassinatos ocorridos em Montauban e Toulouse, divulgou hoje fonte policial.

A viatura pertence ao irmão do suspeito que, segundo o ministro do Interior francês, Claude Guéant, segue a ideologia salafita (islamismo radical), tal como Mohamed Merah.

A natureza dos explosivos, que "ainda serão objeto de análise", não foi adiantada, avançou a agência AFP.

O carro estava estacionado perto da casa do irmão, precicou a mesma fonte policial. Esse irmão foi colocado sob custódia policial, bem como outros membros da família de Merah.

Esta fonte policial adiantou ainda que um "arsenal", sem avançar com mais pormenores, foi descoberto na viatura de Mohamed Merah. O automóvel estava estacionado perto da sua residência, em Toulou

In DN

Twisted Evil

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Autor dos crimes de Toulouse quis a República de joelhos

Mensagem por Joao Ruiz Qua Mar 21, 2012 11:39 am

.
Autor dos crimes de Toulouse quis a República de joelhos

por Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng1870822

O autor dos crimes de Toulouse "queria pôr a República de joelhos" com a "execução terrorista" de sete pessoas, mas a França "não cedeu", afirmou hoje o presidente francês e candidato à reeleição, Nicolas Sarkozy.

"França cumpriu o seu dever e, amanhã, a justiça cumprirá o seu", disse Sarkozy numa homenagem aos militares mortos em Montauban, localidade vizinha de Toulouse (sudoeste) onde se situa o regimento ao qual pertenciam os três militares mortos.

Sarkozy sublinhou "a magnífica imagem de dignidade" mostrada por toda a França perante "a fria selvajaria de um homem capaz de descer da moto e perseguir a sua vítima, seja uma menina ou um soldado".

"Um soldado francês conhece a morte e sabe encará-la de frente", mas "a morte que estes homens encontraram não foi aquela para a qual estavam preparadas", foi "uma execução terrorista", disse.

Mohamed Merah, que a meio da tarde continuava cercado pela polícia no seu apartamento, é suspeito do assassínio de sete pessoas, incluindo três militares de origem magrebina, a 11 e a 15 de março em Toulouse e em Montauban. A 20 de março, o mesmo atirador matou três crianças e um adulto numa escola judaica de Toulouse.

In DN

Embarassed

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Bomba explodiu em frente à embaixada da Indonésia

Mensagem por Joao Ruiz Qua Mar 21, 2012 11:54 am

.
Bomba explodiu em frente à embaixada da Indonésia

por Lusa
Hoje

Uma bomba artesanal explodiu hoje em frente à embaixada da Indonésia em Paris, sem causar feridos, informou a polícia da capital francesa citada pela agência noticiosa AFP.

Testemunhas dizem ter visto três homens colocar um pacote junto ao edifício da embaixada.

Uma pessoa descobriu um saco suspeito em frente à embaixada, apercebeu-se que se tratava de uma bomba artesanal e afastou o mesmo cerca de 10 metros do edifício antes de fugir, explicou fonte ligada à investigação citada pela AFP.

A bomba explodiu alguns minutos depois, cerca das 05:45 locais "e causou danos num raio de 50 metros", de acordo com a mesma fonte.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Irmão do assassino de Toulouse responde por cumplicidade

Mensagem por Joao Ruiz Dom Mar 25, 2012 10:38 am

.
Irmão do assassino de Toulouse responde por cumplicidade

por DN.PT|Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng1875417

Abdelkader Merah, irmão do assassino confesso de Toulouse, foi levado hoje para o Palácio de Justiça de Paris, podendo vir a ser acusado de cumplicidade nos atentados realizados pelo irmão na semana passada.

A sua namorada, que estava detida com Abdelkader Merah desde quarta-feira, foi libertada sem acusações.

Abdelkader foi presente a um juiz de instrução antiterrorista que deverá decidir a sua possível acusação e colocação em prisão preventiva. "As investigações dos serviços da polícia permitiram estabelecer a existência de indícios graves contra Abdelkader Merah, no que diz respeito à cumplicidade nos crimes e ligações a um grupo terrorista", segundo um comunicado do Ministério Pùbllico

Mohamed Merah, de 23 anos, assassinou sete pessoas na região de Toulouse, na semana passada, sendo três militares de origem magrebina, um professor e três crianças de um escola judaica.

Abdelkader Merah, de 29 anos, e a namorada foram transferidos, no sábado, de Toulouse para a unidade antiterrorista de Paris.

Abdelkader Merah admitiu que estava com o irmão quando este roubou a mota que utilizou nos crimes, mas as autoridades que fizeram buscas em sua casa não descobriram nem armas, nem explosivos, nem nenhum indício incriminatório no seu computador.

O irmão do assassino de Toulouse disse estar orgulhoso dos atos do Mohamed Merah.

A prisão da mãe de Mohamed Merah, uma das três pessoas próximas do assassino detidas pela polícia, foi revogada na sexta-feira à noite, disse uma fonte policial.

In DN

Embarassed [/center]

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty 10 detidos em novas operações contra radicais islâmicos

Mensagem por Joao Ruiz Qua Abr 04, 2012 10:55 am

.
10 detidos em novas operações contra radicais islâmicos

por lusa
Hoje

A polícia francesa lançou hoje nova operação contra radicais islâmicos em várias cidades do país, de que resultou a prisão de pelo menos dez pessoas, disse uma fonte ligada à investigação, citada pela Associated Press.

As operações foram levadas a cabo sobretudo nas cidades de Marselha e Roubaix, perto da fronteira com a Bélgica, e em várias outras localidades do sul e sudeste francês.

Esta é a segunda ação policial em menos de uma semana.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, tinha anunciado na terça-feira a realização de novas operações como a que teve lugar na sexta-feira contra movimentos islâmicos radicais, garantindo a aplicação de "tolerância zero" aos extremistas.

A operação contra os extremistas islâmicos foi lançada na sequência dos ataques registados no final de março em Toulouse, nos quais Mohamed Merah matou sete pessoas a tiro.

In DN

França - Página 3 Smilie31

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Sarkozy, filho 'feliz' de casal lésbico

Mensagem por Joao Ruiz Dom Abr 15, 2012 10:31 am

.
Sarkozy, filho 'feliz' de casal lésbicoHoje

França - Página 3 Ng1901425

"Nicolas (Sarkozy) também poderia ter tido duas mães lésbicas e teria sido igualmente feliz", afirma a ONG "SOS Homophobie" numa campanha lançada ontem, que utiliza dos principais candidatos às eleições presidenciais francesas para pedir que o país reconheça as famílias homoparentais.

Numa montagem fotográfica, a cara do ainda presidente e candidato aparece unida ao corpo de uma criança rodeada por duas mulheres sorridentes como se Sarkozy fosse um dos 300 mil menores que têm na França pais homossexuais.

Cartazes semelhantes foram elaborados com a cara do socialista Françoise Hollande, do candidato da extrema-direita Marine Le Pen, da ecologista Eva Joly, do candidato da esquerda Jean-Luc Mélenchon e do centrista François Bayrou.

In DN

Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Hollande vence. Extrema-direita faz prova de força

Mensagem por Joao Ruiz Dom Abr 22, 2012 4:24 pm

.
Hollande vence. Extrema-direita faz prova de força

por H.T.
Hoje

França - Página 3 Ng1910999

O socialista obteve 28,4 a 29,3% dos votos da primeira volta das presidenciais francesas, à frente do atual Presidente, Nicolas Sarkozy, com 25,5% a 275. Em terceiro ficou Marine Le Pen com 18,2% a 20%. Segunda volta é a 6 de maio

François Hollande venceu a primeira volta das presidenciais em França e surge como favorito à segunda volta de 6 de maio, face ao atual chefe do Estado, Nicolas Sarkozy. O socialista deverá então contar com os votos da esquerda radical e dos ecologistas, enquanto Sarkozy contará com os apoios da direita.

Segundo as estimativas divulgadas pelas televisões, a surpresa desta primeira volta é mesmo Marine Le Pen. A candidata da Frente Nacional, acima dos 18% dos votos, consegue assim um resultado superior ao do seu pai e anterior líder do partido, Jean-Marie Le Pen, em 2002, quando chocou a França ao passar à segunda volta.

Os cinco outros candidatos ficaram muito atrás. A ecologista Eva Joly fica-se pelos 2,1% a 2,3%, o soberanista Nicolas Dupont-Aignan, 1,5% a 2,1%, o trotskista Philippe Poutou, 1,2% a 1,3%, a outra trotskista Nathalie Arnhaud, de 0,5% a 0,6%, e Jacques Cheminade, 0,3%.

A participação, segundo todos os institutos, será de pelo menos 80%, abaixo dos 83,77% de 2007, mas muito acima dos 71,6% de 2002.

In DN

França - Página 3 SFl_france2

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Neta de Le Pen candidata nas legislativas em França

Mensagem por Joao Ruiz Qui Abr 26, 2012 10:12 am

.
Neta de Le Pen candidata nas legislativas em França

Hoje

França - Página 3 Ng1914804

Marion Marechal-Le Pen, neta do líder da extrema-direita francesa, Jean Marie Le Pen, e sobrinha da ex-candidata presidencial da Frente Nacional, Marine Le Pen, vai candidatar-se a um lugar no Parlamento nas eleições de junho.

Le Pen, 83 anos, disse que ajudará a neta de 22 anos a disputar uma cadeira parlamentar em junho. Acreditava-se que ele próprio iria concorrer pela cidade de Carpentras, situada 100 km a norte de Marselha, mas Le Pen decidiu ficar de fora e apoiar a neta.

"Não serei candidato nas parlamentares", disse Le Pen. "Irei lá [Carpentras] em breve e apresentarei Marion e todos os candidatos na região de Vaucluse. Vou ajudar na campanha dela."

A Frente Nacional, partido fundado por Le Pen, espera conquistar lugares no Parlamento pela primeira vez desde 1986, quando uma breve experiência de votação com base em representação proporcional garantiu ao partido 35 deputados.

Marine Le Pen conquistou quase um quinto dos votos na primeira volta das presidenciais de domingo, ficando em terceiro lugar, atrás do socialista François Hollande e do Presidente Nicolas Sarkozy.

In DN

França - Página 3 SFl_france2

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Ex-dirigente líbio nega financiamento a Sarkozy

Mensagem por Joao Ruiz Seg Abr 30, 2012 11:27 am

.
Ex-dirigente líbio nega financiamento a Sarkozy

por Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng1919629

O antigo chefe dos serviços de informação exteriores da Líbia, Moussa Koussa, afirmou que é falso o documento sobre o alegado financiamento do país ao presidente francês Nicolas Sarkozy nas presidenciais de 2007.

Em declarações à France Presse, Moussa Koussa disse que "todas essas histórias são falsificadas", referindo-se a um documento divulgado no sábado pelo site de informação francês Mediapart, que alegadamente comprovaria que o regime de Muammar Kadhafi teria aceitado financiar com 50 milhões de euros a campanha de Sarkozy às presidenciais de 2007.

Esse documento, indica o Mediapart, está assinado por Moussa Koussa, e refere um "acordo de princípio" para "apoiar a campanha eleitoral do candidato às eleições presidenciais, Nicolas Sarkozy, com um montante de um valor de cinquenta milhões de euros".

Moussa Koussa, que vive no exílio em Doha, Qatar, disse hoje que a informação não tem qualquer fundamento.

Nicolas Sarkozy considerou ontem uma "calúnia" a acusação de que terá feito um acordo com a Líbia para obter financiamento.

"É uma calúnia. Só de pensar que há jornalistas que se atrevem a dar crédito ao filho de Kadhafi e aos serviços secretos" líbios, disse o presidente francês, que vai disputar em 06 de maio a segunda volta das presidenciais com o candidato socialista Francois Hollande, em declarações ao Canal +.

In DN

França - Página 3 Icon_mrgreen

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Novo Presidente reunido com Sarkozy para receber códigos das armas nucleares

Mensagem por Joao Ruiz Ter Maio 15, 2012 10:07 am

.
Novo Presidente reunido com Sarkozy para receber códigos das armas nucleares

por Lusa
Hoje

O socialista François Hollande, eleito Presidente francês, chegou hoje ao palácio do Eliseu para a cerimónia de transferência de poder a realizar pelo chefe de Estado cessante, Nicolas Sarkozy.

Depois de um aperto de mão inicial para os fotógrafos assinalarem o momento, os dois políticos reuniram-se em privado durante cerca de 30 minutos no gabinete do Presidente, onde Sarkozy estará agora a transmitir informação "quente", como os códigos das armas nucleares, segundo noticia a agência AFP.

A seguir a esta reunião deverá decorrer a cerimónia de investidura de François Hollande, prevista para esta manhã.

In DN

França - Página 3 Icon_mrgreen

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Multidão encharcada aplaudiu Hollande na chegada ao Arco do Triunfo

Mensagem por Joao Ruiz Ter Maio 15, 2012 10:20 am

.
Multidão encharcada aplaudiu Hollande na chegada ao Arco do Triunfo

por Lusa
Hoje

Uma multidão de admiradores e de curiosos aplaudiu, de carapuços e chapéu-de-chuva, o novo Presidente francês, François Hollande, à chegada ao Arco do Triunfo, onde o socialista homenageou o soldado desconhecido, minutos depois de ter tomado de posse.

O Presidente subiu, num carro francês e híbrido, a ampla avenida dos Campos Elíseos. Centenas, de carapuços, lenços, e chapéu-de-chuva, esperavam-no por detrás das baias de ferro com que a polícia delimitou um perímetro de segurança, e debaixo de uma chuva contínua.

A praça Charles de Gaulle, junto ao Arco do Triunfo, não tinha nenhum banco nem nenhum muro sem gente empoleirada. Na primeira fila de espetadores, o mais perto possível do palco a que subiria o Presidente, T. Gatica, 60 anos, reformada, sem nada com que se proteger da chuva, esperava Hollande, em bicos de pés, ansiosa.

Poucos minutos antes do meio-dia (11:00 em Lisboa), os aplausos começaram. Esta "apoiante de coração" do novo Presidente não parou de o aplaudir, nem enquanto falava: "Estou aqui para receber François Hollande, o nosso Presidente. Consegui vê-lo de longe, bem de longe, infelizmente. Mas acredito na mudança!", diz à Lusa, para logo depois gritar, com a multidão, "Hollande! Hollande! Hollande".

O número de pessoas à espera do novo Presidente foi aumentando à medida que a hora avançava. As filas de gente continuavam ao longo da avenida dos Campos Elíseos, pontuada por bandeiras da França e da União Europeia. A multidão multiplicava fotografias e trocava palpites sobre a hora de chegada do novo chefe de Estado.

Num banco de madeira junto à entrada do metro, dez pessoas, em pé, debruçavam-se sobre o telemóvel de Jean-Marie Mobio, 44 anos, que seguia a emissão da televisão pública em direto através da Internet.

"Saiu do Eliseu?", tenta de novo a mulher do fundo, a cobrir a cabeça com um jornal. "Sim, acabou de entrar no carro", respondeu-lhe Mobio. "Pronto, está a chegar", conforma-se. Hollande deixou o palácio do Eliseu, onde foi empossado, 15 minutos antes do meio-dia.

A chuva não parava. Os dez aconchegavam-se e tentavam fazer crescer os curtos dois chapéus-de-chuva: "Partilhamos, mesmo sem nos conhecermos. É a mudança", brincou Nelly Mobio, 42 anos, mulher de Jean-Marie, que continuava com o telemóvel na mão.

Ele é formador de adolescentes de risco, ela está na reta final da gravidez, por agora não trabalha: " É um grande momento. Por isso fiz o esforço de vir com esta barriga enorme", conta à Lusa.

"Votámos em Hollande pelo seu programa de reconciliação da multiculturalidade francesa. É muito importante unir o país. Mas votámos sobretudo pelo seu projeto social, sobretudo pela sua preocupação com os jovens. Ele dá-nos esperança para além da crise", acrescenta o marido.

Assim que François Hollande chegou ao Arco do Triunfo, e depois dos aplausos e dos gritos, parte da multidão dispersou-se, fugiu da chuva. A assistir à homenagem, ficaram, ainda mais encharcados, apenas os mais resistentes.

Às 15:00, Hollande é esperado na Câmara de Paris. Depois parte para Berlim para se encontrar com a chanceler alemã, Angela Merkel. Em cima da mesa deverão estar a crise do euro, o crescimento económico dos Estados europeus e a crise na Grécia.

In DN

Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Hollande promete "um novo caminho para a Europa"

Mensagem por Joao Ruiz Ter Maio 15, 2012 10:31 am

.
Hollande promete "um novo caminho para a Europa"

por DN.pt e Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng1939194

O Presidente francês eleito, François Hollande, acaba de ser investido em Paris, partindo à tarde para Berlim, para discutir com a chanceler Angela Merkel a crise do euro, o crescimento económico e a situação na Grécia.

A passagem de poderes entre o Presidente cessante, Nicolas Sarkozy, e o Presidente eleito, François Hollande, aconteceu às 10:00 locais (09:00 em Lisboa), no Palácio do Eliseu. A assistir estiveram a nova e a ex-primeiras damas de França, Valérie Trierweiler e Carla Bruni, que se deixaram fotografar juntas.

No seu discurso inaugural, Hollande disse querer "abrir um novo caminho para a Europa". "Dirijo aos franceses uma mensagem de confiança. Nós somos um grande país que sempre fez face aos seus desafios", acrescentou o novo chefe dos Estado francês, socialista, prometendo "fazer viver juntos todos os franceses sem distinção, `*a volta dos mesmos valores, os da República".

Depois de investido, o novo Presidente vai homenagear o soldado desconhecido, no Arco do Triunfo, às 11:15, e volta a discursar, às 13:45, nas Tulherias, em frente à estátua de Jules Ferry, ministro da Educação da III República (século XIX), que instaurou em França a escola laica, obrigatória e gratuita.

François Hollande homenageia depois Marie Curie, prémio Nobel da Física (1903) e da Química (1911).

"Às 15:00, discursa na Câmara de Paris. Ao final da tarde parte para Berlim para se encontrar com a chanceler alemã, Angela Merkel. Em cima da mesa deverão estar a crise do euro, o crescimento económico dos estados europeus, e a crise na Grécia.

François Hollande fez campanha defendendo que iria renegociar o Tratado Orçamental Europeu para que o documento passasse a contemplar medidas de estímulo dos estados ao crescimento económico.

O socialista defende que a sucessão de planos de austeridade não conseguiu resolver a crise das dívidas soberanas e deixou a Grécia à beira do caos. Este deverá ser o ponto mais sensível do encontro com Angela Merkel, que, embora tenha afirmado estar otimista em relação a uma parceria "estável" com Paris, já fez saber que a disciplina orçamental "não é negociável".

No domingo, o porta-voz do Partido Socialista francês, Benoit Hamon, afirmou que Merkel deve "compreender" que não pode "decidir sozinha o destino da Europa".

François Hollande tem, desde a vitória da eleição de dia 06 de maio, multiplicado os seus contactos diplomáticos para preparar os próximos dias: o Presidente participa nos encontros do G8 e da NATO, de 18 a 21, nos Estados Unidos, e na cimeira de líderes europeus, a 23.

In DN

França - Página 3 SFl_france2

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Campanha muito longe do entusiasmo das presidenciais

Mensagem por Joao Ruiz Sab Jun 09, 2012 10:49 am

.
Campanha muito longe do entusiasmo das presidenciais

por Lusa
Hoje

Os franceses refletem hoje para votarem no domingo na primeira volta das eleições legislativas, depois de uma campanha muito menos mediatizada e muito menos personalizada do que a das presidenciais de abril e maio.

Houve menos espaço nos jornais, nas rádios e nas televisões, sem comícios à escala nacional, nem sombra da omnipresença ou do ritmo frenético da campanha que terminou, há cinco semanas, com a eleição do socialista François Hollande para a Presidência da República.

A corrida para a primeira volta das legislativas passou-se próxima dos eleitores, no terreno das mais de 500 circunscrições, mas longe do entusiasmo da campanha para a eleição presidencial.

Sinal disso é a estimativa da participação eleitoral no domingo: na sua edição de fim de semana, o jornal Le Monde cita um estudo do instituto Ipsos que aponta para uma taxa de abstenção de entre 40 e 43 por cento.

O recorde de abstenção numa eleição legislativa em França registou-se em 2007, e foi de 40 por cento.

Em declarações à agência Lusa, o investigador Bruno Cautrès, do Instituto de Estudos Políticos de Paris, explicou que, desde que, no ano 2000, o mandato presidencial em França passou de sete para cinco anos, e as legislativas passaram praticamente a coincidir com as presidenciais, pode olhar-se para as presidenciais como "uma eleição a quatro voltas".

Tanto em 2002 como em 2007, os franceses confirmaram no parlamento a escolha que tinham feito para o Eliseu. Não se espera, por isso, nenhuma surpresa no escrutínio de domingo.

A sondagem publicada pelo jornal francês estima, como a grande maioria das sondagens publicadas esta semana, que o PS não consiga os 289 assentos parlamentares que asseguram a maioria absoluta.

Contudo, prevê o instituto Ipsos, o conjunto da esquerda conseguirá eleger entre 292 e 346 deputados, contra os entre 231 e 285 da União por um Movimento Popular, o partido do ex-presidente Sarkozy.

O MoDem, partido centrista, e a Frente Nacional, partido da extrema-direita, que conseguiu 17,9 por cento dos votos na primeira volta das presidenciais, em abril, devem conseguir, segundo este estudo, entre zero e três deputados.

Na corrida aos 577 lugares do parlamento francês há 6 mil candidatos. Apenas os que tiverem mais de 12,5 por cento dos votos passam à segunda volta, no dia 17.

Existem 44,3 milhões de franceses inscritos nos cadernos eleitorais. As urnas abrem às 09:00 de Lisboa e encerram às 19:00. As primeiras projeções em França são conhecidas a essa hora.

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcTSoR-2K8CXKi13eM0dCHb1pnVAK0JzhevUu6a2NZltaEWEc1wo8RKd6Q

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Hollande confirma retirada das tropas francesas

Mensagem por Joao Ruiz Sab Jun 09, 2012 12:14 pm

.
Hollande confirma retirada das tropas francesas

por Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng1976065

O Presidente francês, François Hollande, confirmou hoje, após o atentado suicida que vitimou quatro soldados no sábado, que a retirada das tropas francesas do Afeganistão vai iniciar-se em julho e terminar no final de 2012.

Esta retirada, um dos seus compromissos durante a campanha eleitoral, "vai iniciar-se no mês de julho e estará concluída no final de 2012", anunciou oHollande numa breve declaração em Tulle (centro), onde se deslocou para participar numa cerimónia de comemoração do massacre de civis pelos nazis em 09 de junho de 1944.

"Até lá, tudo deve ser feito para que as nossas tropas cumpram as suas obrigações, mas com um nível mais elevado de segurança e com maioria vigilância para a vida dos seus soldados, e assumo aqui o compromisso que serei o garante desta operação", acrescentou.

O chefe de Estado recordou que a missão das tropas francesas "consistia em permitir aos afegãos recuperar o mais depressa possível a sua soberania no âmbito de uma transição que deve ser ordenada e rápida".

Na sua declaração perante os media, Hollande exprimiu o seu "reconhecimento, e de toda uma nação", aos soldados franceses.

"Saúdo a sua dedicação e coragem, conheço a força de caráter das tropas francesas no Afeganistão, dirijo às famílias a mensagem de solidariedade e de reconforto do povo francês", prosseguiu.

Por fim, Hollande anunciou a organização de uma "homenagem nacional às vítimas", sem precisar a data, e assegurou que "os feridos serão repatriados sem demora".

O ataque suicida de sábado vitimou quatro soldados franceses e o seu intérprete, além de ter provocado mais cinco soldados gauleses feridos, dois em estado grave.

Com este atentado, eleva-se para 87 o número de militares franceses mortos no Afeganistão desde o início da intervenção ocidental, em 2001.

Cerca de 3.500 soldados franceses estão deslocados no país, sobretudo em Cabul e no leste do território afegão.

No total, cerca de 130.000 soldados estrangeiros de 50 países, em que se incluem 90.000 norte-americanos, permanecem no território, estando a retirada das tropas de combate prevista para finais de 2014.

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcRA4oY3rLnPDx9DQLn_zZ_95T7Re9_tVJogIN3A7afUdKEW2YuN5yxH

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Três lusodescendentes no Parlamento francês

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jun 18, 2012 4:04 am

.
Três lusodescendentes no Parlamento francês

por Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng1989208

Patrice Carvalho foi eleito pelo PCFA eleição, no domingo, de três luso-descendentes para a Assembleia Nacional francesa "marca uma data importante na história dos portugueses em França", disse à Lusa o presidente da Activa - Grupo de Amizade França Portugal.

Três dos mais de 500 deputados eleitos no domingo para a Assembleia Nacional francesa são luso-descendentes: Christine Pires Beaune (PS), Patrice Carvalho (PCF) e Carlos da Silva (PS).

Para Hermano Sanches Ruivo, "tendo em conta a velocidade relativamente fraca da visibilidade política [dos luso-descendentes em França], o dia 17 de junho marca uma data importante na história dos portugueses neste país".

Para Paulo Marques, presidente da associação Cívica, de eleitos portugueses, luso-franceses e europeus em França, "esta eleição demonstra uma evolução, [e também] a capacidade interventiva da comunidade portuguesa nas questões da participação democrática em França".

Hermano Sanches Ruivo considerou ainda que a eleição destes três luso-descendentes pode ter impacto no reforço das ligações entre os dois países, e, por exemplo, ser útil na defesa do ensino da língua portuguesa em França. Mas pode também, defendeu, ajudar no reequilíbrio do eixo Paris-Berlim.

"Podemos [apenas] lamentar que, ao nível dos partidos, não tenha havido uma aposta ainda maior" nos luso-descendentes, acrescentou. O dirigente associativo argumentou também que Portugal devia ver além da "ligação de coração" destes eleitos com o país de origem da sua família, e focar-se "numa ligação de trabalho", que, considera, pode ser criada.

A socialista Christine Pires Beaune, de 47 anos, foi eleita na segunda circunscrição de Puy-de-Dôme (a 500 quilómetros a sul de Paris), com 59,5 por cento dos votos, derrotando o candidato da direita (União para um Movimento Popular).

O comunista Patrice Carvalho, de 59 anos, que concorria na sexta circunscrição do Oise (a 110 quilómetros a norte de Paris), foi eleito com 42,7 por cento dos votos, vencendo o candidato da direita (36,9) e o candidato da extrema-direita (20,3 por cento). Este será o segundo mandato de Patrice Carvalho na Assembleia Nacional francesa.

O socialista Carlos da Silva, de 37 anos, que era o "número dois" do ministro do Interior, Manuel Valls, entrou também no parlamento.

Valls, que concorria na primeira circunscrição de Essonnes, nos subúrbios de Paris, venceu a candidata da UMP, a também luso-descendente Cristela de Oliveira, com 65,5 por cento dos votos.

Como Valls é membro do Governo, é Carlos da Silva, suplente, assume o lugar de deputado.

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcSKjZnCtNhJLABB2BHQPCEVlh0J31XGitM4mNlibbe8NbsFOS8CinYYKg

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Hollande admite culpa do país nos crimes nazis

Mensagem por Joao Ruiz Dom Jul 22, 2012 10:24 am

.
Hollande admite culpa do país nos crimes nazispor Texto da Agência Lusa, editado por Patrícia ViegasHoje

França - Página 3 Ng2040046

O Presidente francês, François Hollande, reconheceu hoje a responsabilidade da França na perseguição dos judeus na Segunda Guerra Mundial durante uma homenagem a 13.152 judeus deportados para os campos de concentração nazis.

"Esses crimes foram cometidos em França, pela França", afirmou o chefe de Estado francês, citado pela agência Efe, num panfleto publicado pela presidência por ocasião de uma homenagem às vítimas da chamada Razia do Velódromo de Inverno (Rafle du Vélodrome d'Hiver), que ocorreu em 16 e 17 de julho de 1942, em Paris, e foi o maior aprisionamento de massa de judeus realizado na França durante a Segunda Guerra Mundial.

Hollande recordou a "lucidez" e a "valentia" do conservador Jacques Chirac que, em 1995, se tornou no primeiro presidente francês a reconhecer a responsabilidade da França nas deportações durante a Segunda Guerra Mundial.

"Foram assassinados pelo único motivo de serem judeus", afirmou hoje, em Paris, o chefe de Estado, acrescentando que a sua presença no ato de homenagem evidenciou "a vontade da França (...) de honrar os mortos sem sepultura".

Desta forma, Hollande demarcou-se da tese do seu mentor político e primeiro socialista a chegar ao Palácio do Eliseu na V República, François Mitterrand, que não reconhecia a responsabilidade da França.

Durante a Segunda Guerra Mundial foram deportados da França 75.500 judeus para os campos de extermínio nazis, dos quais sobreviveram 2.500, afirmou o Presidente francês.

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcRb_UT7yfAxFyFrUVUMdOu6nIfnmq3AvELaqeRJJP6T9NqwahAtbBnGIQ

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Vários mortos em acidente de autocarro polaco

Mensagem por Joao Ruiz Ter Set 11, 2012 10:47 am

.
Vários mortos em acidente de autocarro polaco

por Lusa, publicado por Helena Tecedeiro
Hoje

França - Página 3 Ng2111213

Pelo menos três pessoas morreram e seis correm perigo de vida num acidente de um autocarro com matrícula polaca numa autoestrada na zona de Mulhouse, leste de França, anunciou a polícia francesa.

O ministro dos Transportes francês, Fréderic Cuvillier, indicou que três pessoas morreram no acidente.

Seis pessoas ficaram em estado grave e correm perigo de vida, declarou o prefeito do departamento do Alto Reno, Alain Perret.

O autocarro transportava 65 passageiros e três tripulantes, segundo o transportador polaco Sindbad, e o acidente ocorreu cerca das 08:00 (07:00 em Lisboa) na autoestrada A36 perto da cidade de Mulhouse no sentido Alemanha-Belfort.

"Ainda não se sabem as circunstâncias. O motorista polaco está à guarda da polícia", indicou o procurador de Mulhouse Hervé Robin, precisando que os resultados dos "primeiros testes de alcoolemia deram negativos".

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Valls admite novas detenções de terroristas islâmicos

Mensagem por Joao Ruiz Seg Out 08, 2012 9:42 am

.
Valls admite novas detenções de terroristas islâmicos

por Lusa, publicado por Graciosa Silva
Hoje

França - Página 3 Ng2156210

O ministro do Interior francês, Manuel Valls, admitiu hoje como "muito provável" novas detenções de presumíveis membros da rede terrorista islâmica, desmantelada no sábado durante uma operação policial da qual resultou a morte de um suspeito.

"Haverá sem dúvida, talvez, outras detenções", sublinhou Valls numa entrevista concedida à emissora de rádio RTL, durante a qual insistiu que "era um grupo perigoso e determinado a atuar".

"Era necessário neutralizá-lo", adiantou o ministro, que recordou que já se sabe que o grupo perpetrou o lançamento a 19 de setembro de uma granada contra uma loja de judeus na cidade de Sarcelles, na periferia norte de Paris, do qual resultou um ferido leve.

O ministro referiu ainda que "sem dúvida havia outros objetivos" na agenda daquela célula terrorista, apesar de ainda "ser muito cedo" para dizer quais.

No sábado, o presumível líder do grupo, identificado como Jeremie Sidney, de 33 anos, morreu num confronto armado com os agentes da polícia quando estes se preparavam para o deter num andar em Estrasburgo, noroeste de França.

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcQu0dIGnNuontKPhJcqjftYIESbEJo53TLyybGec-5CvXNMFIriMPWXEQ

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Ayrault compara relação franco-alemã com o seu casamento

Mensagem por Joao Ruiz Qui Out 18, 2012 8:38 am

.
Ayrault compara relação franco-alemã com o seu casamento

por Paula Mourato
Hoje

França - Página 3 Ng2174702

O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, comparou, hoje, a relação franco-alemã com o seu "equilibrado" casamento. Explicou que ele e a mulher têm uma relação com base na "discussão" para evitar os mal-entendidos.

Jean-Marc Ayrault chegou hoje a Singapura para uma visita ao sudeste da Ásia, e respondeu a perguntas de estudantes da Universidade Lee Kwan Yew. Um dos estudantes perguntou e se a relação franco-alemã estava "a bater a asa".

O primeiro-ministro francês esclareceu que a relação franco-alemã ainda está para durar. "Um casal que quer ter uma relação duradoura tem de ser equilibrado", disse Ayrault provocando risos na plateia.

E continua a sua explanação, aproveitando a presença da esposa, Brigitte Ayrault, para explicar que é como a sua mulher: "discutimos e chegamos a acordo. E a senhora Merkel e o senhor Holande também".

Mais sério, Jean-Marc Ayrault disse que "a relação franco-alemã é inevitável". "Poderia ser uma tentação, mas seria mal entendido pela União Europeia se a França e a Alemanha estivessem de acordo cada país a um canto", disse.

"No período anterior, sobre a qual não quero criar polémica, havia a sensação de um certo desequilíbrio", observou, referindo-se à presidência de Nicolas Sarkozy

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcRtuT9enjC3zbYosDwR9GBbM0AvmzXAFi4CsvbwGZ-EsozGzGMRoTPMrA

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Juppé pensa que só Sarkozy pode resolver crise na UMP

Mensagem por Joao Ruiz Seg Nov 26, 2012 7:45 am

.
Juppé pensa que só Sarkozy pode resolver crise na UMP

por Lusa
Hoje

França - Página 3 Ng2245689

Alain Juppé, que fracassou no domingo a tentativa de mediação entre os dois candidatos a liderar a conservadora UMP, afirmou hoje que o ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy é o único com autoridade suficiente para conciliar as partes. Sarkozy é "claramente o único hoje com autoridade suficiente para propor eventualmente uma saída", declarou Juppé numa entrevista à rádio RTL.

O ex-primeiro-ministro, fundador da União por uma Maioria Popular (UMP), ignora se Sarkozy pode "acalmar" a situação e animar os aspirantes Jean-François Copé e François Fillon a sentarem-se à mesa para debater uma solução, mas em qualquer caso declarou que é "a vez dele".

Sarkozy, que apesar de se ter retirado da vida pública é considerado pelos simpatizantes da UMP como a melhor opção para exercer a oposição ao Presidente socialista François Hollande, tem agendado para hoje um almoço com Fillon, que foi seu primeiro-ministro durante os cinco anos de mandato.

Nas eleições primárias da UMP a 18 de novembro, Copé proclamou-se vencedor por uma diferença de 98 votos, enquanto Fillon denunciou que não se tinham contado mais de um milhar de votos que lhe dariam a vitória.

Numa entrevista hoje com a emissora RMC, Copé justificou a recusa da mediação de Juppé e descartou que Sarkozy se envolva na batalha.

Copé precisou que na reunião que manteve no domingo com Fillon e Juppé argumentou que "há regras do jogo fixadas há dez anos" que estipulam que há duas instâncias internas que "decidem a regularidade das eleições".

A primeira instância proclamou Copé vencedor na terça-feira e a segunda, a comissão de recursos, tomará a decisão provavelmente hoje mesmo.

Essa comissão de recursos "vai decidir e a etapa seguinte será uma mediação política" que deverá acabar com o conflito dentro do partido, indicou.

O autoproclamado presidente da UMP declarou-se disposto a aceitar na nova direção que presida membros do setor de Fillon.

Fillon denunciou que a comissão de recursos que deve pronunciar-se hoje não é imparcial, dado que, como a primeira que proclamou Copé vencedor, está controlada por dirigentes que fizeram campanha pelo rival.

In DN

França - Página 3 Smilie31

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Justiça decide quarta-feira sorte de Strauss-Kahn

Mensagem por Joao Ruiz Seg Dez 17, 2012 10:19 am

.
Justiça decide quarta-feira sorte de Strauss-Kahn

por Abel Coelho de Morais, com AFP
Hoje

França - Página 3 Ng2282419
Strauss-Kahn numa foto recente, em Paris Fotografia ©️ Reuters

O antigo diretor-geral do FMI, Dominique Strauss-Kahn, saberá quarta-feira se terá de ir ou não a tribunal no chamado caso Carlton, em que é acusado "de proxenetismo agravado em grupo organizado", nomeadamente por passar várias noites de sexo com prostitutas remuneradas em Lille, Paris e Washington.

Os advogados de Dominique Strauss-Kahn pediram a nulidade de todo processo e o antigo responsável do FMI disse desconhecer que as mulheres em causa, que lhe foram apresentadas por empresários e por um antigo comissário de polícia, eram prostitutas.

Em declarações às autoridades, algumas delas afirmaram que Strauss-Kahn se comportou como um "predador sexual" e, em diversas ocasiões, teve comportamentos menos próprios.

Nove pessoas foram investigadas neste processo.

Os advogados de Strauss-Kahn pediram a nulidade do processo, argumentando que os juízes encarregados da instrução estão a ser parciais e lhes ocultaram determinadas peças processuais.

O advogado de um dos acusados, afirmou à AFP que "existem três grandes possibilidades, que são a anulação de todo o processo, a anulação de certos aspetos deste, como as detenções preventivas, ou a anulação de certas acusações".

Os advogados de Strauss-Kahn já deram a entender que, a prosseguir o processo, estão dispostos a recorrer aos tribunais de segunda e última instância e, se necessário, irão até ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

A decisão da justiça francesa irá suceder uma semana após o acordo a que chegou o antigo diretor-geral do FMI e Nafissatou Diallo, a funcionário de um hotel de Nova Iorque que acusou Strauss-Kahn de agressão sexual e tentativa de violação. Os termos do acordo são secretos e envolvem, nomeadamente, uma indemnização financeira.

In DN

Embarassed Rolling Eyes

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Sarkozy denuncia no Facebook acusação "injusta"

Mensagem por Joao Ruiz Seg Mar 25, 2013 11:25 am

.
Sarkozy denuncia no Facebook acusação "injusta"

por Paula Mourato com agências
Hoje

França - Página 3 Ng2456692
Fotografia © REUTERS - Thomas Samson

O ex-presidente francês denunciou, hoje, na sua página do Facebook que acusação de que é alvo no caso Liliane Bettencourt é "injusta e infundada". Nicolas Sarkozy é acusado de ter abusado da debilidade da idosa milionária.

"Vou usar toda a minha energia para demonstrar a minha integridade e a minha honestidade. A verdade triunfará. Não tenho dúvidas", acrescentou o ex-chefe de Estado numa das suas raras declarações públicas desde sua derrota nas eleições presidenciais de maio.

Nicolas Sarkozy foi acusado na passada quinta-feira por um juiz de um tribunal de Bordéus, em França.

Depois dessa acusação Nicolas Sarkozy passou a estar formalmente envolvido na investigação sobre o financiamento partidário ilegal.

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3129041&seccao=Europa

In DN

França - Página 3 Icon_mrgreen

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty França defende mercado único de telecomunicações

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jun 24, 2013 3:58 am

.
França defende mercado único de telecomunicações

por Texto da Lusa, publicado por Lina Santos
Hoje

Os ministros franceses da Indústria e da Economia e Telecomunicações, Arnaud Montebourg e Fleur Pellerin, respetivamente, defenderam hoje que seja criado um mercado único das telecomunicações para ajudar os operadores europeus a conquistarem os mercados internacionais.

"É preciso apoiar as iniciativas de cooperação e associação entre os operadores móveis europeus, para obter serviços conjuntos das redes móveis dos Estados-membros" da União Europeia (UE), pode ler-se numa coluna de opinião, assinada por Montebourg e Pellerin, publicada hoje no jornal francês Les Echos.

Segundo os dois ministros, a Europa deve fazer essa aposta de investimento, "que beneficia a economia e cria emprego e inovação", de forma a favorecer um mercado com menos operadores pequenos a competirem entre si.

"Com quase 150 operadores num território comparável em tamanho aos Estados Unidos da América, onde há apenas alguns", as empresas de telecomunicações europeias são "demasiado pequenas para conquistarem os mercados internacionais, e vulneráveis em relação aos novos atores globais de Internet", referem os ministros no texto.

Os governantes franceses sublinham que a Europa deve criar regras "mais inovadoras" para fazer frente aos desafios do futuro das telecomunicações, e ganhar importância face aos "gigantes da Internet, que nunca foram tão poderosos".

"Precisamos de novos ares na política europeia de telecomunicações, um novo ângulo que permita criar um mercado único de telecomunicações na Europa", acrescentam.

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcSnY_GdvX28JQGku_Hx40-iuHIcdFqE6qLqHaYH4hgLeiSKN_WMotAD0w

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Fogo de artifício para combater "pessimismo" francês

Mensagem por Joao Ruiz Seg Jul 15, 2013 10:55 am

.
Fogo de artifício para combater "pessimismo" francês

por Susana Salvador, com agências
Hoje

França - Página 3 Ng2656732
Fotografia © Reuters/Gonzalo Fuentes

A Festa Nacional de França terminou ontem com um espetáculo pirotécnico junto à Torre Eiffel. O Presidente francês François Hollande prometeu uma retoma económica para os próximos meses.

"A recuperação económica da França está em curso", afirmou ontem o Presidente francês numa entrevista às televisões por ocasião do Dia da Bastilha.François Hollande mostrou-se decidido em combater o "pessimismo" dos franceses, prometendo uma retoma económica para os próximos meses

Durante a manhã, o Presidente assistiu ao desfile militar, que contou com a participação de tropas do Mali e com as bandeiras dos 12 países africanos que combateram ao lado dos franceses. A multidão presente aplaudiu as tropas francesas que estiveram na operação Serval, celebrando o que Hollande chamou de "vitória" no Mali.

Na entrevista, Hollande reconheceu ainda a sua inquietação pelo reforço da Frente Nacional (FN) e sublinhou a "extrema gravidade" de algumas das suas propostas, como a saída do euro, o encerramento das fronteiras ou a expulsão de estrangeiros. O Presidente comparou o incremento da popularidade da extrema-direita, confirmado nas últimas legislativas parciais, com um fenómeno similar de movimentos "populistas" que "oferecem as mesmas soluções" em outros países europeus num contexto de crise.

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=3323006&seccao=Europa

In DN

França - Página 3 Images?q=tbn:ANd9GcRJfCys40rT8CiQ4M3ui6DEcOT90yVsoKe-_N-8OhrJpXC4zQlESJgzyQ

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

França - Página 3 Empty Re: França

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos