Vagueando na Notícia


Participe do fórum, é rápido e fácil

Vagueando na Notícia
Vagueando na Notícia
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Mar do Norte

Ir para baixo

Mar do Norte Empty Mar do Norte

Mensagem por Joao Ruiz Qua Jul 06, 2011 6:45 am

.
Uma fuga de crude ou gás por semana no Mar do Norte

por DN.pt
Hoje


As plataformas que extraem petróleo e gás natural no Mar do Norte registaram mais de 100 incidentes potencialmente fatais nos últimos dois anos. As fugas de gás ou crude, desconhecidas do grande público, ocorrem a um ritmo de uma por semana.

Esta foi a conclusão à qual chegou o The Guardian com base num documento do regulador de segurança - Health and Safety Executive (HSE) -, uma base de dados deste organismo com as fugas que são reportadas voluntariamente pelas empresas. Pela primeira vez são revelados os nomes das empresas responsáveis por mais de 100 derrames em 2009 e 2010 no Mar do Norte, o que desmente as alegações das multinacionais de que estão a fazer tudo para melhorar a segurança das plataformas, desde que em Julho de 1988 um acidente na Piper Alpha matou 167 trabalhadores.

Depois de um incidente que matou dois trabalhadores há cinco anos, a Shell prometeu corrigir os problemas nas suas explorações, mas, segundo o mesmo jornal, continua a ser a pior companhia no que respeita a fugas de crude e gás natural, seguida da francesa Total. Na sequência do acidente, um juiz considerou que a Shell poderia ter evitado a morte dos trabalhadores e um conselheiro de segurança da empresa admitiu mesmo que as regras foram ignoradas durante anos no Mar do Norte.

Pelo menos sete fugas, num período de dois anos, foram entretanto reportadas voluntariamente pela Shell. Na passada sexta-feira, a HSE ameaçou encerrar dentro de duas semanas várias operações na plataforma Brent Charlie, caso a Shell não corrigisse falhas graves de segurança. Segundo o jornal, desde o ano passado que a empresa deixou de exportar petróleo extraído nesta plataforma e de três outras do campo petrolífero de Brent.

Relatório que coloca em causa a credibilidade do próprio governo britânico, que tem apoiado o desejo da indústria petrolífera em perfurar o fundo do oceano Ártico, argumentando que as companhias do Reino Unido respeitam uma regulação de segurança "robusta". A Shell é uma das principais interessadas em explorar os mares de Beaufort e Chukchi.

In DN

Embarassed Rolling Eyes Twisted Evil

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!
Joao Ruiz
Joao Ruiz

Pontos : 32035

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos