o massacre que se adivinha em gaza

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 6 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Sex Nov 16, 2012 1:17 am

Relembrando a primeira mensagem :

Egypt Prime Minister Qandil arrives in Gaza

Fri Nov 16, 2012 7:7AM GMT
2



12



6


Egyptian
Prime Minister Hisham Qandil has arrived in Gaza amid Israel’s ongoing
airstrikes on the besieged territory, in order to express Egypt’s
solidarity with the Palestinians.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Nov 25, 2012 4:23 am

.
Realmente, o Hamas deve ser muito poderoso. Até conseguiu levar o Mango para a Argentina, na tentativa (vã) de justificar o que justificação não tem...


lol! lol! lol! lol! lol! lol!

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Kllüx em Dom Nov 25, 2012 7:57 am



Tàva mesmo, vai e não vai, para meter aqui o video do "Lá vi a carroça"
prá'brikadeira - mas resolvi não o fazer por k podia ferir susceptibilidades.
Não obstante... ƒik@ aqui uma müsikazzzzinha para animar o bailarikü!


Laughing Laughing Laughing



Kllüx

Pontos : 11150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 9:01 am

Joao Ruiz escreveu:.
Realmente, o Hamas deve ser muito poderoso. Até conseguiu levar o Mango para a Argentina, na tentativa (vã) de justificar o que justificação não tem...


lol! lol! lol! lol! lol! lol!

Os profetas tinham parabulas (nao parabolicas ) para levarem, a sua mensagem ...e sou fiel á minha mensagem ...a ironia nao se comenta ...mas ...para quem se lembra da ditadura argentina e dos seus generais que levaram o seu exercito a cometer um suicido em luta contra uma superpotencia percebera que os genearias feitos xico experto tentavam com a guerra das malvinas unir o povo argentino na sua cruzada
Depois foco o exemplo que 2 ou tres escoceses em terra ja de pax naom tiveram a hostilidade do povo da argentina

e como profeta ( amador e sem carteira profissional ) meus irmãos eu vos abençoo nao na Cruz mas daqui deste meu poiso sentado ao teclado

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 9:06 am

Tàva mesmo, vai e não vai, para meter aqui o video do "Lá vi a carroça"
prá'brikadeira - mas resolvi não o fazer por k podia ferir susceptibilidades.
Não obstante... ƒik@ aqui uma müsikazzzzinha para animar o bailarikü!

adorei a dança do ventre ...por falar en ventre ...tinha na Fao um amigo director da Agricukltura entre Roma e Bologanha que me dizia ao ouvido
- mango la maffia sonno pouchi mai sonno Buoniu...e abismado por me ver falar chines nas assembelia e a ter dialogo com o ministro das florestas chineses ele dizia
- mamma mia lei parla tutti Linguagem ( tentio palra italianno ) e eu dizia
- Ventre eu parlo so que nao percei a ponta de um corno do que disseram

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 9:17 am

Dizia-me ontem uma amigo politizado que aborda e segura os temas pelos tomates
- Mango o Lutero fez uma revolta contra Roma e ganhou ...Porque isso convinha ao povo saquera as propriedades dos Catolicos ... Os jesuitas foram expulsos porque o povo ficava com as terras dops jesuitas .... Os protestantes fizeram um manguito a Roma porque o povo ficava com os lucrfos dos católicos ...Filipe os bel fez uma guerra contra os TEMPLARIOS porque ficavam com o cacau enoprmeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee dos templários ...Hitler fez uma guerra comk os judeus para lhe ficar com o cacau ...na Zambia a guerra foi feita contra os brancos para lhe ficarem com o caroço ...os PCP ficaram com as herdades porque ...e...e...e nas guerras tocava a trombeta para o saque e a soldadesca fanava tudo mas ( but but )...havia um toquer para a finalidade da pilhagem

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Nov 25, 2012 10:52 am

.
Eu cá acho, que os profetas recorriam a parábolas, para que a mensagemm fosse mais facilmente entendida pelos que os escutavam. Nem sempre o conseguindo, viam depois o resultado, normalmente em guerras fratricidas, como aconteceu na Palestina, entre a Fatah e o Hamas.

Portanto, Mango, muito cuidado com as suas profecias, não vá o diabo tecê-las...


Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Nov 25, 2012 10:58 am

Vitor mango escreveu:Dizia-me ontem uma amigo politizado que aborda e segura os temas pelos tomates
- Mango o Lutero fez uma revolta contra Roma e ganhou ...Porque isso convinha ao povo saquera as propriedades dos Catolicos ... Os jesuitas foram expulsos porque o povo ficava com as terras dops jesuitas .... Os protestantes fizeram um manguito a Roma porque o povo ficava com os lucrfos dos católicos ...Filipe os bel fez uma guerra contra os TEMPLARIOS porque ficavam com o cacau enoprmeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee dos templários ...Hitler fez uma guerra comk os judeus para lhe ficar com o cacau ...na Zambia a guerra foi feita contra os brancos para lhe ficarem com o caroço ...os PCP ficaram com as herdades porque ...e...e...e nas guerras tocava a trombeta para o saque e a soldadesca fanava tudo mas ( but but )...havia um toquer para a finalidade da pilhagem

As coisas, que o seu amigo sabe...

Eu cá, fiquei siderado. Jamais me ocorreria, que o vil metal fosse a mola impulsionadora de tanta maldade, sempre praticada pela alta roda mundial, em cada momento.

Que fazer?! Eu sou assim, ingénuo, cândido... e cego!

Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:02 am

Joao Ruiz escreveu:.
Eu cá acho, que os profetas recorriam a parábolas, para que a mensagemm fosse mais facilmente entendida pelos que os escutavam. Nem sempre o conseguindo, viam depois o resultado, normalmente em guerras fratricidas, como aconteceu na Palestina, entre a Fatah e o Hamas.

Portanto, Mango, muito cuidado com as suas profecias, não vá o diabo tecê-las...


Laughing Laughing Laughing Laughing Laughing

meninos e meninas deixemos o hamas e a fataça para o lado e agarremos o assunto pelos pomo dores

Religião
Sou alérgico como sabem a misturar vinho com aguardente ou melhor dito misturar exércitos com religião
Os profetas são sempre uma criação do Povo que aparece sempre que há semente terra e adubo e a maioria acaba por transmitir condutas sociais e nada mais do que isso

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Dom Nov 25, 2012 11:10 am

.

Vamos então à religião, propriamente dita e, para isso, aqui fica um exaustivo artigo da Wikipédia Link), que trata o assunto, desde a sua raiz:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Religi%C3%A3o

Quem é amigo, quem é?!


Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:13 am

Joao Ruiz escreveu:
Vitor mango escreveu:Dizia-me ontem uma amigo politizado que aborda e segura os temas pelos tomates
- Mango o Lutero fez uma revolta contra Roma e ganhou ...Porque isso convinha ao povo saquera as propriedades dos Catolicos ... Os jesuitas foram expulsos porque o povo ficava com as terras dops jesuitas .... Os protestantes fizeram um manguito a Roma porque o povo ficava com os lucrfos dos católicos ...Filipe os bel fez uma guerra contra os TEMPLARIOS porque ficavam com o cacau enoprmeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee dos templários ...Hitler fez uma guerra comk os judeus para lhe ficar com o cacau ...na Zambia a guerra foi feita contra os brancos para lhe ficarem com o caroço ...os PCP ficaram com as herdades porque ...e...e...e nas guerras tocava a trombeta para o saque e a soldadesca fanava tudo mas ( but but )...havia um toquer para a finalidade da pilhagem

As coisas, que o seu amigo sabe...

Eu cá, fiquei siderado. Jamais me ocorreria, que o vil metal fosse a mola impulsionadora de tanta maldade, sempre praticada pela alta roda mundial, em cada momento.

Que fazer?! Eu sou assim, ingénuo, cândido... e cego!

Laughing

ha um gajo cuja cara não me é estranha que escreveu um livro chamado o cacau $$$$ o carlitos Marx ...e porque estamos na casa judaica ( pelo menos esse é o tema ) Jesus Cristo nao gostava nada de comerciantes em templos e hoje se ca viesse ( nunca se sabe ) corria todas as lojas de imagens "made in China " de Fatima e estou certo que o crucificavam de novo
Como sabem ele foi traido por 30 dinheiros e é a partir do beijo de judas que ha uma separação imediata entre judeus e católicos ...e Roma achou que Judeus seriam banidos da sociedade a viver em ghetos e impedidos de ter propriedades e não poder andar na rua depois do sol posto ehtos ...bla bla mais musica pimba ...
Ora sendo perseguidos tudo o que era judeu nao constituía imobiliários mas cacau cash cacau pilim ouro coisas e coisas que agarravam metia na mochila e ala ala
a catolica e nao so acharam o oposto que deviam ter herdades e aqui os monges de cister apanhavam tudo o que a vista alcança e chegaram a ter 1\3 de Portugal
Hoje em que o pessoal anada ai na cata de euros tudo o que banqueiros anada a ser vigiado e ja ha alguém com uma caixa de fósforos para a primeira fogueira ja que em Portugal o culto religiosos ja não mete medo nem a crianças
Ha no horizonrte novas mensagens que ameaçam ROMA
os babaros
Sao os novos barbnaros os chineses e na america são os coloridos e os latino americanos ...os islamicos ? não me convencem porque teem petroleo a mais

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:15 am

Joao Ruiz escreveu:.

Vamos então à religião, propriamente dita e, para isso, aqui fica um exaustivo artigo da Wikipédia Link), que trata o assunto, desde a sua raiz:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Religi%C3%A3o

Quem é amigo, quem é?!


Laughing

sucede meus meninos que o maior estudioso de religião é o Moisés Espr.ito Sant.o meu conterrâneo que ainda não o meti aqui no vagueando porque ainda nao o apanhei ...e Fatima ...Fatima sao meus vizinhos mesmo mesmíssimo aqui ao lado

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:17 am

e neste paleio vadio lembrei-me da MErkel que é da tgerra dos Lutero

Dizia-me um amigo meu de peito
Oa alemães teem um defeito
Teem o defeito de escolherem SEMPRE o aliado errado

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:18 am

Vitor mango escreveu:e neste paleio vadio lembrei-me da MErkel que é da tgerra dos Lutero

Dizia-me um amigo meu de peito
Oa alemães teem um defeito
Teem o defeito de escolherem SEMPRE o aliado errado


para cumulo Roma escolheu um alemão para dirigir o barco ...pior ainda

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:22 am

Vitor mango escreveu:
Vitor mango escreveu:e neste paleio vadio lembrei-me da MErkel que é da tgerra dos Lutero

Dizia-me um amigo meu de peito
Oa alemães teem um defeito
Teem o defeito de escolherem SEMPRE o aliado errado


para cumulo Roma escolheu um alemão para dirigir o barco ...pior ainda

Afonso III (salvo erro de memoria ) retirou a Roma o poder de ter terras que iam a mais de 90% dom território ...e foi excomungado e...suponho que foi nesta altura que foi nomeado um papa Português a quem alguem a mando de alguem lhe atirou do 1º andar um pesado objecto e o gajo pifou

e ainda com a mesma memori o D. Diniz fez as pazes com Roma e nao permitiu a pilhagem dos templarios ...Mudou o disco para Ordem de Cristo e volta na volta toca o mesmo

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:23 am


O único papa português




Sr. Padre João Seabra
Pedro Julião Rebelo, mais conhecido por Pedro Hispano, destaca-se como o
único papa médico, e, patrioticamente, como o único papa português.
Como homem da Ciência, a obra que o distinguiu, verdadeiramente, foi a obra Tesouro dos Pobres, colocando os seus conhecimentos médicos ao dispor dos mais desfavorecidos.
Thesaurus Pauperum é
uma compilação de tratamentos, preconizados por cerca de trinta
autores. Os medicamentos, alguns testados pelo próprio, são feitos à
base de vegetais, animais e minerais. Foram efectuadas mais de setenta
cópias entre os séculos XIII e XVII e impressas oitenta edições; foi
traduzida para quinze línguas e utilizada no ensino de medicina, nos
séculos XIV e XV. A sua grande difusão derivou acima de tudo, da
existente dificuldade de acesso aos poucos médicos existentes na Idade
Média, por parte dos pobres. Assim, Pedro Hispano preocupou-se em
escrever uma obra mais útil, do que científica e desta forma, fornecer
aos pobres um meio para cuidar da sua própria saúde.
Para dar uma ideia do conteúdo da obra, segue-se um excerto de um tratamento para a epilepsia:
Esta
sua faceta altruísta e humilde é complementada pelo homem determinado,
que luta pelos seus ideais, posta à descoberta ao longo do seu
pontificado. A 15 de Setembro de 1276, é eleito com o nome de João XXI.

Não
foi o breve pontificado, de oito meses e cinco dias, que o impede
concretizar reconhecíveis feitos: repôs a ordem dentro da Igreja, obteve
a reconciliação entre as casas de Anjou e Habsburgo, na Península
Itálica, evitou um conflito entre os reis de Castela e França e
conseguiu a unificação das duas Igrejas ( do Ocidente e do Oriente).
Poderíamos
pensar que as suas experiências teriam sido abandonadas. Apesar de os
seus conhecimentos científicos serem considerados suspeitos ao inculto
clero (valendo-lhe a alcunha de “Magnus in Scientia”), ordenou que
construíssem no palácio papal de Viterbo, para que servisse de
laboratório.
Contudo, a sua dedicação à ciência roubou-lhe a vida.
A 14 de Maio de 1277, o anexo desabou tragicamente, supõem-se que
devido a uma explosão resultante de uma das suas experiências. Seis dias
depois, a 20 de Maio de 1277, o papa João XXI falece devido aos graves
ferimentos e é sepultado em Viterbo.
Papa João XXI, para alem de
papa e médico dedicou-se também ao estudo da filosofia, lógica e
psicologia, ensinou lógica e medicina em universidades. Foi autor de
muitas outras obras, uma delas, Summulae Logicales, quebrando três séculos foi o livro preferido para o estudo de lógica.
Assim, um homem culto e versátil, altruísta e determinado, mas acima de tudo um homem da ciência.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:26 am

Excomunhão do rei e do reino


No final da sua vida, viu-se envolvido em conflitos com a Igreja, tendo sido excomungado em 1268 pelo arcebispo de Braga e pelos bispos de Coimbra e Porto, para além do próprio Papa Clemente IV, à semelhança dos reis que o precederam. O clero
havia aprovado um libelo contendo quarenta e três queixas contra o
monarca, entre as quais se achavam o impedimento aos bispos de cobrarem
os dízimos, utilização dos fundos destinados à construção dos templos,
obrigação dos clérigos a trabalhar nas obras das muralhas das vilas,
prisão e execução de clérigos sem autorização dos bispos, ameaças de
morte ao arcebispo e aos bispos e, ainda, a nomeação de judeus
para cargos de grande importância. A agravar ainda mais as coisas, este
rei favoreceu monetariamente ordens religiosas mendicantes, como
franciscanos e dominicanos, sendo acusado pelo clero de apoiar
espiritualidades estrangeiradas. O grande conflito com o clero também se
deve ao facto do rei ter legislado no sentido de equilibrar o poder
municipal em prejuízo do poder do clero e da nobreza.

O rei, que era muito querido pelos portugueses por decisões como a da abolição da anúduva
(imposto do trabalho braçal gratuito, que obrigava as gentes a
trabalhar na construção e reparação de castelos e palácios, muros,
fossos e outras obras militares), recebeu apoio das cortes de Santarém em Janeiro de 1274,
onde foi nomeada uma comissão para fazer um inquérito às acusações que
os bispos faziam ao rei. A comissão, composta maioritariamente por
adeptos do rei, absolveu-o. O Papa Gregório X,
porém, não aceitou a resolução tomada nas cortes de Santarém e mandou
que se excomungasse o rei e fosse lançado interdito sobre o reino em 1277.

À sua morte, em 1279,
D. Afonso III jurou obediência à Igreja e a restituição de tudo o que
lhe tinha tirado. Face a esta atitude do rei, o abade de Alcobaça levantou-lhe a excomunhão e o rei foi sepultado no Mosteiro de Alcobaça.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Dom Nov 25, 2012 11:32 am

À sua morte, em 1279,
D. Afonso III jurou obediência à Igreja e a restituição de tudo o que
lhe tinha tirado.


isto é tudo mentira
De facto um padre permaneceu junto á cabeceira da cama quando ele estava moribundo
e perguntava
- quem é este filho da puta ?- e o padre respondia que era enviado do papa
- e Reimanadava-o para o Carvalho e neste encenação morreu quando o padre se mete junto á boca dele e grita para o pessoal ...ele pediu perdão ...este realato esta descrito num livro escrito por uma estudiosa lusitana cujo nome nao me alembru


e na verdade é D. Diniz que restitui poderes retirados ao Papa o que confirma que o King nao gemeu

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Kllüx em Dom Nov 25, 2012 5:58 pm






Kon100tração the freiras elegantes... Leiria Portugal Cool


Kllüx

Pontos : 11150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 1:06 am


Arquidiocese obtém liminar que proíbe em festa sátira à Igreja












Para o juiz, essas 'freirinhas' são um "vilipêndio à liberdade de culto"




A Arquidiocese de Goiânia obteve ontem (10) do juiz Carlos Luiz
Damascena, a pedido do Ministério Público, a proibição pela festa
M.I.S.S.A (Movimento dos Interessados em Sacudir a Sua Alma) do uso de
símbolos católicos e de fantasias de padre e do papa.





A festa se realizará hoje e até ontem os ingressos continuavam à
venda. Se desobedecer a liminar, a 2 Produções e Eventos Ltda., a
organizadora da festa, terá de pagar multa de R$ 60 mil.





Em dezembro de 2011, em Manus (AM), já tinha havido a proibição de
uma festa M.I.S.S.A, cuja divulgação foi feita pelas "freirinhas" acima.
A promoção ocorre também em outras cidades.





No convite da festa de Goiânia há referências à religião católica,
como “M.I.S.S.A também é lugar de cometer pecado”, “Cansei de homem
galinha. Por isso, todo domingo vou à M.I.S.S.A”, “Quando entrar na
M.I.S.S.A esqueça que já foi santo” e “Ajoelhou tem de rezar”.










Festa M.I.S.S.A já foi realizada no

Rio de Janeiro e em São Paulo




O Ministério Público aceitou o argumento da arquidiocese de que a
festa ofende os católicos, com o que o juiz Damascena concordou.





Para o juiz, “o desrespeito começou com a publicação da festa em
outdoors com promoters vestidos com trajes provocantes imitando freiras e
com par de chifres na cabeça (em alusão ao demônio), recepcionistas
vestidas de anjo (anões), padres e demônios, além de um palco decorado
como altar e um fotógrafo fantasiado de papa”.





Damascena concluiu que se trata de um “vilipêndio à liberdade de
culto”, mas o mérito de sua liminar é questionável porque cerceia a
livre manifestação de pensamento e opinião.





Íntegra da liminar








[i]Com informação da íntegra da liminar, entre outras fontes.



[/i]
Leia mais em http://www.paulopes.com.br

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 7:54 am

Depois de não como um político, a decisão de Barak para sair era inevitável
Mesmo que Barak quer fazer parte do próximo governo, ele vai exercer ainda mais influência do que ele tem, actualmente, isso significa que as políticas do governo que vem vai se transformar ainda mais para a direita.
Por Aluf Benn | 26/11/12 16:25 | 0

Ehud Barak entendeu que ele não tinha nenhuma chance de cruzar o limiar eleitoral no Sol eleições de janeiro, em vez de conduzir uma campanha que terminaria em humilhação e dívidas públicas, ele decidiu cortar suas perdas e renunciar alegando que o chefe do Atzmaut festa.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 7:57 am

Vitor mango escreveu:Depois de não como um político, a decisão de Barak para sair era inevitável
Mesmo que Barak quer fazer parte do próximo governo, ele vai exercer ainda mais influência do que ele tem, actualmente, isso significa que as políticas do governo que vem vai se transformar ainda mais para a direita.
Por Aluf Benn | 26/11/12 16:25 | 0

Ehud Barak entendeu que ele não tinha nenhuma chance de cruzar o limiar eleitoral no Sol eleições de janeiro, em vez de conduzir uma campanha que terminaria em humilhação e dívidas públicas, ele decidiu cortar suas perdas e renunciar alegando que o chefe do Atzmaut festa.

a historia é outra


Livni ...Olmert ...pediram, a Perez para se recandidadtar contra mafiosos do actual governo porque perceberam que a causa esta perdida
Barak nao alinhou contra o massacre de Gaza e o Miado absteve-se simplesmente com medo de irem parar ao TPI

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 8:00 am

Vitor mango escreveu:
Vitor mango escreveu:Depois de não como um político, a decisão de Barak para sair era inevitável
Mesmo que Barak quer fazer parte do próximo governo, ele vai exercer ainda mais influência do que ele tem, actualmente, isso significa que as políticas do governo que vem vai se transformar ainda mais para a direita.
Por Aluf Benn | 26/11/12 16:25 | 0

Ehud Barak entendeu que ele não tinha nenhuma chance de cruzar o limiar eleitoral no Sol eleições de janeiro, em vez de conduzir uma campanha que terminaria em humilhação e dívidas públicas, ele decidiu cortar suas perdas e renunciar alegando que o chefe do Atzmaut festa.

a historia é outra


Livni ...Olmert ...pediram, a Perez para se recandidadtar contra mafiosos do actual governo porque perceberam que a causa esta perdida
Barak nao alinhou contra o massacre de Gaza e o Miado absteve-se simplesmente com medo de irem parar ao TPI


Barak totalmente descaracterizou política no Oriente Médio: ministro de Israel, Gilad Erdan
Ministro israelense para Assuntos Militares, Ehud Barak (foto de arquivo)

Seg 26 de novembro de 2012 12:41 GMT


Salários de Netanyahu guerras para esconder problemas '
"Israel precisa aceno de Obama para atacar Gaza

Pontos de vista relacionados:

Israel teme repetir fiasco de 2006

Israel Proteção Ambiental ministro Gilad Erdan, diz ministro de Tel Aviv regime para Assuntos Militares, Ehud Barak, descaracterizou totalmente a situação política no Oriente Médio.


"Sua [Barak] abordagem política e ideológica estava completamente errado. No momento, estamos atuando para aumentar o limiar da eleição, a fim de ter uma liderança ... adequada, ao contrário de Barak Qual foi totalmente entenderam a situação política no Oriente Médio ", disse Erdan na terça-feira, comentando sobre a decisão de Barak para acabar com sua carreira política.

Barak anunciou mais cedo na quinta-feira que está se aposentando de política e não vai enfrentar nas eleições parlamentares em 22 de janeiro


A 70-year-old serviu como chefe de Israel de 14 funcionários e tem uma carreira de 36 anos de ocupação militar.

Seis meses depois de deixar o exército israelense em 1995, ele entrou para a política e assumiu o papel de ministro do Interior em primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin. Mais tarde ele foi nomeado ministro das Relações Exteriores.

Barak foi eleito presidente do Partido Trabalhista de Israel em 1997. Ele derrotou Benjamin Netanyahu na eleição 1999 de primeiro-ministro.

Em maio de 2000, ele liderou a retirada do exército israelense do sul do Líbano.

Ele foi derrotado pelo líder do Likud, Ariel Sharon nas eleições de 2001 e, posteriormente, renunciou ao cargo de líder do Trabalho e do Knesset (parlamento).

Barak anunciou seu retorno à política de Israel em 2005, e passou para a liderança do Partido Trabalhista em novembro do mesmo ano.

Depois de ganhar de volta a liderança do Partido Trabalhista em 2007, Barak foi empossado como Ministro para Assuntos Militares, como parte do gabinete de primeiro-ministro israelense Ehud Olmert.

PG / HSN / MA

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 8:04 am

Ehud Barak anuncia fim da sua carreira política

por Patrícia Viegas, com agênciasHoje
Ehud Barak, ministro da Defesa e ex-primeiro-ministro de Israel
Ehud Barak, ministro da Defesa e ex-primeiro-ministro de Israel Fotografia © Reuters

Ministro da Defesa e ex-primeiro-ministro de Israel, Ehud Barak anunciou que pretende abandonar a vida política, numa conferência de imprensa em Telavive, capital de Israel, noticiou a AFP.

"Anuncio a minha decisão de deixar a vida política e de não me apresentar às eleições" legislativas de 22 de janeiro", declarou Barak, de 70 anos.

Barak precisou, porém, que completará o seu mandato como ministro da Defesa do Governo atualmente liderado pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Ex-trabalhista (abandonou o Labour em 2011 para se tornar independente), Barak, que seguiu carreira militar durante 36 anos, disse que a sua decisão não foi fácil, mas que está seguro dela.

"Quero estudar, escrever, viver, divertir-me. Quero dedicar mais tempo à minha família", disse, citado esta manhã pelos sites dos jornais israelitas. Barak confirmou que há muito tempo que pensava fazer este anúncio, mas que demorou a fazê-lo por causa da Operação Pilar de Defesa (ofensiva contra grupos radicais palestinianos que têm disparado 'rockets' contra Israel a partir da Faixa de Gaza).

Considerado como um dos militares mais experientes e prestigiados de Israel, Barak era o número 2 do atual Governo israelita. Entrou na política em meados dos anos 90 depois de deixar o Exército.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Kllüx em Seg Nov 26, 2012 8:49 am



A história fala-nos...

dos grandes líderes como Cristo, Gandhi, Maomé, Buda, Dalai Lama etc. que começaram o seu desenvolvimento num universo espiritual motivado por revoluções pessoais. Todos se indignaram com o sistema em que viviam. Essas pessoas deixaram ensinamentos que transcendem os séculos e ajudam-nos a compreender que vivemos num mundo de fantasia criado pelo poder económico que alguns exercem sobre a maioria das populações. Se nos recusarmos ao excesso de consumo, é o primeiro passo para mudar o sistema. Todos nos indignamos com as inúmeras e sucessivas violações à liberdade de viver que testemunhamos no mundo, e cujo exemplo está a acontecer actualmente com os Índios Guarani Kaiowá no Brasil.

Kllüx

Pontos : 11150

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Seg Nov 26, 2012 10:22 am

.
Livni ...Olmert ...pediram, a Perez para se recandidadtar contra mafiosos do actual governo porque perceberam que a causa esta perdida
Barak nao alinhou contra o massacre de Gaza e o Miado absteve-se simplesmente com medo de irem parar ao TPI

Quanta imaginação, Mango.

Barak anunciou, pura e simplesmente, a sua retirada da VIDA POLÍTICA, o que significa, que não lhe interessa integrar qualquer futuro governo, como o Mango afirma nuns posts aí atrás. Trata-se de uma decisão pessoal, cujos motivos reais só ele conhece, não passando tudo o mais de mera especulação.

Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 10:25 am

Kllüx escreveu:


A história fala-nos...

dos grandes líderes como Cristo, Gandhi, Maomé, Buda, Dalai Lama etc. que começaram o seu desenvolvimento num universo espiritual motivado por revoluções pessoais. Todos se indignaram com o sistema em que viviam. Essas pessoas deixaram ensinamentos que transcendem os séculos e ajudam-nos a compreender que vivemos num mundo de fantasia criado pelo poder económico que alguns exercem sobre a maioria das populações. Se nos recusarmos ao excesso de consumo, é o primeiro passo para mudar o sistema. Todos nos indignamos com as inúmeras e sucessivas violações à liberdade de viver que testemunhamos no mundo, e cujo exemplo está a acontecer actualmente com os Índios Guarani Kaiowá no Brasil.

subscrevo e aplaudo

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 10:26 am

Joao Ruiz escreveu:.
Livni ...Olmert ...pediram, a Perez para se recandidadtar contra mafiosos do actual governo porque perceberam que a causa esta perdida
Barak nao alinhou contra o massacre de Gaza e o Miado absteve-se simplesmente com medo de irem parar ao TPI

Quanta imaginação, Mango.

Barak anunciou, pura e simplesmente, a sua retirada da VIDA POLÍTICA, o que significa, que não lhe interessa integrar qualquer futuro governo, como o Mango afirma nuns posts aí atrás. Trata-se de uma decisão pessoal, cujos motivos reais só ele conhece, não passando tudo o mais de mera especulação.

Laughing

certamente que é uma decisão pessoal e certamente ele nao iria dizer que estava farto de aturar bestas humanas

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Joao Ruiz em Seg Nov 26, 2012 10:31 am

.
certamente que é uma decisão pessoal e certamente ele nao iria dizer que estava farto de aturar bestas humanas

Isso é o que o Mango pensa, continuando a especulação.


Laughing

_________________
Amigos?Longe! Inimigos? O mais perto possível!

Joao Ruiz

Pontos : 32035

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Seg Nov 26, 2012 10:50 am



Rússia
Negόcios
CPLP
Mundo
Sociedade
Desporto
Cultura
Ciência
Foto-galerias
Mapa do site
Arquivo

Sociedade » Incidentes
Gaza não está só. Estamos em Gaza!
20.11.2012

Gaza não está só. Estamos em Gaza!. 17586.jpeg

Todo o mundo contra o frenesi assassino de Israel - Israel é uma democracia cujos políticos podem ordenar o assassinato de crianças, como 'ferramenta' de campanha eleitoral. Sempre, claro, crianças palestinas. Mas as multidões, em todo o mundo árabe, não são racistas.



Ahdaf Soueif, The Guardian, UK
http://stopwar.org.uk/index.php/palestine-and-israel/2038-gaza-is-no-longer-alone-as-it-faces-israels-killing-spree


Israel é uma democracia cujos políticos podem ordenar o assassinato de crianças, como 'ferramenta' de campanha eleitoral. Sempre, claro, crianças palestinas.
Mas as multidões, em todo o mundo árabe, não são racistas.


Protestos em Londres e em mais de 100 cidades em todo o mundo exigem o fim do ataque de Israel contra Gaza e o fim do cerco.http://stopwar.org.uk/index.php/palestine-and-israel/2038-gaza-is-no-longer-alone-as-it-faces-israels-killing-spree

Versão impressa
+ - Tamanho da Fonte
Enviar para um amigo


Martírio em Gaza: Vídeo de um cineasta e ativista britânico, filmado na cidade de Gaza
http://www.youtube.com/watch?v=B27HH6CFAOU&feature=player_embedded

Gaza Sob Ataque: Emergência! Proteste!
Sábado, 17/11, das 14h às 16h
Embaixada de Israel em Londres (2 Palace Green)
London W8 4QB
http://stopwar.org.uk/index.php/action-a-events/national-events/2033-november-17-gaza-emergency-demonstration-march-from-hyde-park-to-israeli-embassy


SE VOCÊ CLICAR emhttp://audioboo.fm/users/578060/boos, ouvirá os ataques de Israel contra Gaza.

Ouvem-se as explosões, o zunido dosdrones, a sirene das ambulâncias. É a trilha sonora da vida dos palestinos nesse exato momento. Os sons estão sendo gravados e retransmitidos e ouvidos em todo mundo. Todo o mundo árabe está ouvindo. Todos os amigos de Gaza, em todo o planeta, tremem de indignação. Gaza não está só.


Todos passamos a noite lendo e repassando tuítes e distribuindo matérias de blogs de jovens palestinos, em Gaza e em todo o mundo, e todos estamos vendo as imagens que eles distribuem.


Naquele mesmo hospital Shifa em Gaza (http://www.guardian.co.uk/world/2012/nov/16/gaza-hospital-emergency-reserves), hoje cedo, o primeiro-ministro do Egito, Hisham Kandil, pela primeira vez em 42 anos, estava onde os egípcios querem ver seu primeiro-ministro: solidário ao povo palestino.

Pela primeira vez em 42 anos, um representante do governo egípcio não mentiu ao falar primeiro ao povo egípcio, antes até de se dirigir ao presidente do Egito. Antes disso, Mursi falara de"coordenar a segurança" com Israel no Sinai; começou por fechar os túneis, que são o único canal de sobrevivência para os que vivem sitiados em Gaza; rejeitou a propostas de uma área de livre comércio na fronteira entre Egito e Gaza; e enviou um embaixador a Telavive com uma carta a Shimon Peres (http://www.thejc.com/news/world-news/87069/letter-morsi-peres-prompts-disbelief). E assim se viu muito inconfortavelmente associado aos restos do governo Mubarak e seus seguidores da ditadura militar.


O pessoal da Fraternidade Muçulmana e seu partido Liberdade e Justiça muito se empenharam em justificar as ações de seu representante no palácio presidencial, ante o resto do país.

Progressistas e todo o campo da esquerda no Egito zombaram do muito que eles falavam e do nada que faziam para defender os palestinos ao longo dos anos em que viveram na oposição, tanto quanto do espantoso silêncio que sobreveio, depois que chegaram ao poder. Os muros e paredes do Cairo cobriram-se de grafitis que zombavam da "carta de amor" que Morsi enviara a Peres. A zombaria que começou nos muros da cidade alastrou-se online e na blogosfera.


Agora, afinal, os próprios israelenses decidiram por Morsi. Agora, afinal, o presidente do Egito poderá dar melhor sentido à sua presidência, mais sintonizada com o desejo do povo egípcio.

Grandes caravanas de jovens egípcios já marcham em direção a Gaza. Com eles vai também minha sobrinha mais jovem. Toda a sociedade civil em todo o planeta está mobilizada; já partiram vários barcos em direção a Gaza, civis egípcios, de todo o país, estão em viagem para Gaza.

No plano mais 'oficial', o governo egípcio já enviou médicos, enfermeiros e remédios, que já chegaram a Gaza. Abdel Moneim Aboul-Fotouh, que é médico e foi candidato a presidência do Egito já partiu para Gaza (http://www.guardian.co.uk/world/feedarticle/10132171) - como também fez em 2008, durante a "Operação Chumbo Derretido", muito antes de pensar em concorrer à presidência do Egito. O Sindicato de Médicos Árabes já está organizando o transporte de doações e de médicos voluntários para Gaza.


Israel sempre tentou vender-se à opinião pública ocidental como se fosse a única democracia, num mar de fanáticos. A Primavera Árabe desmentiu e destruiu essa narrativa, talvez para sempre. Então os políticos israelenses passaram a trabalhar a favor de uma guerra contra o Irã. E, enquanto esperam, entraram num frenesi de assassinatos em massa em Gaza.


Se Israel queria instigar violência crescente contra o próprio governo, não poderia ter encontrado meio mais garantido do que assassinar Ahmed al-Jaabari, comandante do Hamás que, pelos últimos cinco anos, trabalhou para impedir ataques contra Israel.

Assassinado o comandante Jaabari, imediatamente recomeçaram os ataques, exatamente o que se vê agora.

Assim, Israel supõe que possa sequestrar a narrativa da Primavera Árabe e fazer andar para trás o relógio da história. Israel quer voltar ao tempo em que ainda havia quem acreditasse em "terroristas islamistas versus israelenses civilizados". Simultaneamente, desviam o foco do morticínio na Síria e, claro, ganham pontos para a política de linha duríssima de Binyamin Netanyahu e Ehud Barak, em período de campanha eleitoral, em população anestesiada pela propaganda.


De fato, a única coisa que conseguiram foi expor ao mundo a prova definitiva de que Israel é uma democracia em que os políticos podem ordenar o assassinato de crianças, para vencer eleições. Sempre crianças palestinas, é claro.

Os cidadãos do mundo já não se deixam enganar. Na 5ª-feira começaram protestos em todo o mundo em defesa de Gaza. Continuam na 6ª-feira e no sábado. E isso é apenas o começo.


Em todos os países árabes nos quais a população levantou-se para exigir respeito aos seus direitos, as multidões voltam às ruas para exigir respeito também aos direitos dos palestinos. A Tunísia já informou que seu ministro de Relações Exteriores já está em Gaza. Na Jordânia, hoje, centenas de milhares estão nas ruas e, ali também, ao mesmo tempo em que exigem o fim da monarquia jordaniana, exigem justiça para o povo palestino. Há protestos na Líbia. Do Egito já partiram várias caravanas e outras preparam-se para partir para Rafah e, dali, para Gaza.


Essas multidões em movimento carregam a verdadeira representação popular e manifestam o desejo dos povos da região. Daqui em diante, os governos terão de trilhar o caminho que está sendo aberto, hoje, pelos homens e mulheres que caminham rumo a Gaza, para defender Gaza.



Tradução: Vila Vudu

http://www.iranews.com.br/noticias.php?codnoticia=9137

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Vitor mango em Ter Nov 27, 2012 1:10 am

Relatório: Na sequência de Gaza incendiar-se, no Reino Unido poderia apoiar a candidatura palestina na ONU
Financial
Times diz que a mudança possível na política durante o impulso do PA
para ganhar o estatuto de observador está condicionada à continuidade as
negociações de paz israelenses, funcionários israelenses evitando
referindo-se a Haia.
Por Barak Ravid | Nov.27, 2012 | 09:32

Benjamin Netanyahu reunião David Cameron
Benjamin Netanyahu reunião David Cameron, em Londres, 4 de maio de 2012. Foto por GPO

Na sequência da trégua em Gaza, voltar a Washington especialistas debatem paz Israel-Palestina
Por Natasha Mozgovaya | Nov.27, 2012 | 09:32 | 1
Israel, EUA manter conversações secretas em amolecer a oferta da ONU Autoridade Palestina
Por Barak Ravid | Nov.27, 2012 | 09:32 | 5

Grã-Bretanha
está considerando uma mudança em sua posição na no lance palestino nas
Nações Unidas, em tentativa de reforçar a posição do presidente
palestino, Mahmoud Abbas, Reino Unido Número de jornal Financial informou nesta segunda-feira. Apoio
de Londres está condicionada à continuidade as negociações de paz com
Israel ea Autoridade Palestina abstendo-se de trazer casos contra
autoridades israelenses para o Tribunal Penal Internacional, disse o
jornal.

O
relatório de mudança possível do Reino Unido de direção seguida
relatórios alegando que Israel está a negociar com os Estados Unidos
sobre o texto da proposta na Assembleia Geral da ONU quinta-feira que
iria atualizar os palestinos para o estatuto de observador.

Representante
primeiro-ministro Benjamin Netanyahu nas negociações, Isaac Molho,
partiu para Washington no domingo, sem aviso prévio para se encontrar
com Casa Branca sênior e funcionários do Departamento de Estado.

Nas últimas semanas, Israel declarou que se opõe a qualquer redacção palestinos traria para votação na Assembléia Geral. Israel
recusou-se a negociar sobre redação da proposta e até pediu aos Estados
Unidos e os países da UE não entrar conversações sobre o assunto. Pelo contrário, ela quer que eles para colocar pressão sobre o presidente palestino, Mahmoud Abbas, para adiar a licitação.

Um
alto funcionário israelense observou que nos últimos dias altos
funcionários dos Estados Unidos disse Netanyahu e seus assessores que
Abbas está determinado a concluir o processo da ONU e que não vêem a
bloquear a votação. O governo dos EUA diz que vai tentar suavizar a redação na tentativa de limitação de danos.

Segundo o alto funcionário israelense, Netanyahu redação mudou sua postura e está apoiando o esforço americano para amenizar o. Molho
está trabalhando com altos funcionários do governo Obama sobre Israel
quer mudanças inseridas antes de os votos de montagem sobre o texto. Mas é tempo suficiente para enxerto permanece pouco claro nas mudanças.

Israel
quer cláusulas afirmando que os palestinos não vão pedir para serem
aceitos como membros do Tribunal Penal Internacional, em Haia;
associação deixaria os palestinos empurrar acusações criminais contra os
israelenses. Então,
Israel quer uma cláusula ressaltando que esta é uma decisão simbólica
que não concede a soberania sobre a Cisjordânia, Faixa de Gaza e
Jerusalém Oriental.

Então,
Israel quer que qualquer decisão de incluir um compromisso palestino
para a renovação das negociações diretas com Israel sem pré-condições.

Segundo o relatório de segunda-feira do Financial Times, do Reino Unido Abbas
tem condicionado o seu apoio na garantia de que os palestinos não vai
usar o estatuto de observador da ONU para trazer casos contra
autoridades israelenses para o Tribunal Penal Internacional, em Haia.

Grã-Bretanha deixou claro para Abbas, que está disposto a votar a favor da proposta. Até poucos dias atrás Grã-Bretanha rejeitou a oferta palestina definitivas, e disse que não iria apoiá-lo.

O governo britânico quer garantias de Abbas sobre uma série de questões em troca de seu apoio à proposta:

Primeiro Que os palestinos não vai trazer casos contra autoridades israelenses ao TPI ou outras agências da ONU. Isso é algo que Israel está preocupado.

Segundo Que
os palestinos não vai usar o estatuto de observador da ONU ONU como uma
base para um renovado apelo ao Conselho de Segurança da ONU para a
adesão total ao.

Terceiro Que Abbas quer se comprometer a retomar as negociações de paz com Israel sem pré-condições.

Esta
mudança de posição da Grã-Bretanha vem na esteira de Gaza de Israel
ofensivo, Pilar Operação da Defesa, informou o Financial Times.

Os britânicos acreditam que a operação reforçada Hamas na Faixa de Gaza, e que o PA precisa ser reforçado como resultado. Política
britânica, portanto, mudou à luz da compreensão no Ocidente de que não
há nenhuma maneira de parar o lance palestino na ONU, e que é necessário
encontrar meios para minimizar os danos. Israel e os EUA também têm entendido isso, e já começaram a tomar medidas nesse sentido.

_________________
Só discuto o que nao sei ...O ke sei ensino ...POIZ

Vitor mango

Pontos : 106528

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o massacre que se adivinha em gaza

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:39 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 5, 6, 7 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum